Jump to content
Sign in to follow this  
TheJoker

Air France-KLM comemora ocupação alta e tarifa baixa nos voos de Fortaleza

Recommended Posts

Por Lisia Minelli em

24/09/2018

 

Depois de três meses de operações a partir de seu hub em Fortaleza (CE), a Air France-KLM só tem a comemorar. Segundo o diretor Geral da Air France-KLM para América do Sul, Jean-Marc Pouchol, os resultados das vendas estão acima do esperado. “No primeiro dia do anúncio do voo, há cerca de um ano, tivemos 500 reservas e foi fantástico. A demanda tem nos surpreendido desde então e não para de crescer. Tanto que mesmo antes do início das operações em 3 de maio, decidimos aumentar a frequência e a partir de abril de 2019 o voo passa a ser diário”, comentou.

De acordo com o executivo, ter um voo diário do Nordeste sempre foi a meta da companhia, mas o que eles não imaginavam é que isso seria realidade em tão pouco tempo. “Nossa participação no mercado do Nordeste era muito pequena, mas agora cresce cada vez mais na região. Nossos voos estão com ocupação acima de 90%, mesma média dos voos de São Paulo e Rio. E a tarifa ainda é em média 35% mais barata, ainda que o dólar esteja instável, muito disso pela proximidade com a Europa”, comemorou.

Pouchol também lembrou que a Air France-KLM está aumentando sua oferta em todo Brasil e não somente em Fortaleza. “Em um ano passaremos de 37 para 44 voos semanais no país. Serão 1,3 milhão de assentos ofertados por ano entre Brasil e França a partir de 2019. Aumentamos oferta no Rio de Janeiro de sete para dez voos e em Fortaleza adicionamos o stopover, que nos diferencia dos concorrentes e aumenta as vantagens para os clientes”, completou.

A taxa de conexão em Fortaleza também tem crescido, segundo Pouchol. Cerca de 30% dos clientes Air France-KLM fazem conexão no hub da companhia e os números vêm crescendo. “Isso mostra bem o êxito que temos com esse projeto no Nordeste, onde conseguimos conectar passageiros de todo país e aumentamos nosso share de mercado, crescendo rapidamente na região”, disse.

 

Parceria Atout France – Segundo Caroline Putnoki, diretora do Atout France na América Latina, a parceria com a Air France-KLM foi decisiva na hora de escolher Fortaleza como sede do 4º Encontros à Francesa. Para a diretora, não é possível desenvolver e promover um destino se não houver malha aérea. “Temos um potencial enorme no Nordeste e que nunca foi bem trabalhado pela França, mas que agora será possível com o novo voo. Já temos visto as vendas crescerem desse mercado”, afirmou.

 

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/air-france-klm-comemora-ocupacao-alta-e-tarifa-baixa-nos-voos-de-fortaleza/

 

Os clientes dos voos são, basicamente, metade brasileiros e metade europeus, mas a tendência é que o mercado da Europa alcance maior participação, à medida que cresça a notoriedade do projeto, segundo o grupo. No entanto, há outro desejo de receber mais clientes também da Ásia.

 

mesma coisa no https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/09/hub-da-air-france-klm-em-fortaleza-opera-com-90-de-ocupacao_158927.html

Edited by TheJoker
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para Air France-KLM, hub em Fortaleza foi um acerto

 

28/05/2019

 

Por Artur Luiz Andrade

 

Presente na abertura do Matcher, evento que reúne compradores internacionais com fornecedores brasileiros, no Centro de Convenções do Ceará, em Fortaleza, o diretor geral da Air France-KLM para a América do Sul, Jean-Marc Pouchol, disse que a empresa está satisfeita com os resultados do primeiro ano do hub e o evento está alinhado com os objetivos de tornar esse portão de entrada mais popular entre os europeus. Tanto que a empresa continua investindo nas ligações de Fortaleza para Paris e Amsterdã.

Hoje já há uma ligação diária com a Europa a partir da capital cearense e segundo Pouchol haverá aumento de oferta com a chegada do Boeing 777, substituindo A 340-300. O 777 terá 312 lugares sendo 28 na executiva, 24 na econômica premium e 260 na econômica. “E com os mesmos produtos de bordo oferecidos nos voos de São Paulo”, acrescenta.

 

De acordo com o diretor da AF-KLM, hoje os europeus já são maioria nos voos para Fortaleza e 30% dos passageiros (entre brasileiros e europeus) fazem uma conexão com a Gol antes ou depois do voos da Air France-KLM. Um índice maior do que os 25% em todas as rotas AF-KLM no Brasil. Segundo Daniela Araújo, gerente de Mercados Internacionais da Gol, houve um aumento de 40% nos voos da Gol para Fortaleza.

Pouchol deu entrevista para o Bastidores do Turismo da PANROTAS, que irá ao ar ainda esta semana, com outras novidades da Air France-KLM, que este ano atingirá o recorde de oferta de assentos em sua história no Brasil.

 

 

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2019/05/para-air-france-klm-hub-em-fortaleza-foi-um-acerto_164808.html

 

Caiu, antes falavam que a G3 tinha 30% de conexão com AF-KL.

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Comemora tarifa baixa" rs

Nunca vi isso, comemorar que a tarifa

média é 35% mais baixa que em Gru, onde operam com os mesmos 90% de ocupação, então a rota é um fiasco, se estão cobrando tão menos para manter a mesma ocupação, estranho isso!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fiasco foi o BSB/CDG.

 

E o sabidão querendo uma tarifa igual à de GRU, até porque a distância de FOR e GRU para a Europa são iguais.

Edited by fel486

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caramba, tem uma turminha aí que vive de fazer barraco do nada. Pqp!

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fiasco foi o BSB/CDG.

 

E o sabidão querendo uma tarifa igual à de GRU, até porque a distância de FOR e GRU para a Europa são iguais.

Amiguinho,

 

Se FOR-CDG passar por uma crise da Dilma como o CDG-BSB passou, será fiasco também como o PTY-FOR tá sendo.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

FOR-CDG é 25% mais curto que GRU-CDG, que conta com demanda paga de C e F muito maior do que FOR.

Logo a tarifa média de FOR ser "só" 35% abaixo de GRU pode não ser ruim.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se FOR-CDG passar por uma crise da Dilma como o CDG-BSB passou, será fiasco também como o PTY-FOR tá sendo.

 

A vantagem de FOR sobre BSB e até GIG/GRU, é que a maioria dos pax são europeus, então não tem crise.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caramba, tem uma turminha aí que vive de fazer barraco do nada.

 

São os zeladores de Fortaleza.

 

Se você fizer qualquer análise do mercado cearense:

"ah mas BSB foi pior"

"Ai mas você odeia o nordeste"

"Ai que argumento lixo"

 

Não sei pra que tá aqui se só quer ler a própria opinião.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Joon acabou, esqueçam o "valores mais baixos", aproveitei esse tópico porque o assunto é o mesmo: AF comemora 3 meses, e agora 1 ano de operações em FOR. O que tem de importante já está grifado.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

FOR-CDG é 25% mais curto que GRU-CDG, que conta com demanda paga de C e F muito maior do que FOR.

Logo a tarifa média de FOR ser "só" 35% abaixo de GRU pode não ser ruim.

A nota diz tarifa média entre as rotas para mim ficou subentendido que a referência era proporcional à rota , óbvio que para um trecho mais curto se cobre menos,mas não foi o que ficou entendido para mim quando ele comparou a tarifa média ( a média é por km voado, ou seja, ganham 35% menos por km voado que eles conseguem cobrar em Gru, tendo a mesma ocupação)

 

Mas enfim, pode ter se expressado mal ,podem ter redigido mal ,pode meu entendimento ser outro,mas que o tópico é sem nexo é, ninguém comemora tarifas baixas

Share this post


Link to post
Share on other sites

Amiguinho,

 

Se FOR-CDG passar por uma crise da Dilma como o CDG-BSB passou, será fiasco também como o PTY-FOR tá sendo.

Perfeito. Às vezes as pessoas imaginam que uma rota encerrada deu errado desde o começo, mas isso não necessariamente é verdade. Não vamos longe: a Delta ia bem em BSB operando com 757 para ATL até a TAM resolver fazer concorrência predatória com dois 767 diários para a Flórida e, para piorar, a Delta errar resolvendo também voar com 767 e para MCO. Perdeu a disputa. Foi um fator conjuntural, aliado a um erro estratégico, que fez uma ligação bem sucedida se acabar.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Amiguinho,

 

Se FOR-CDG passar por uma crise da Dilma como o CDG-BSB passou, será fiasco também como o PTY-FOR tá sendo.

 

Pega ar não, amiguinho.

 

Voo sem divulgação nenhuma e com a maioria dos passageiros vem dos EUA, onde FOR vai voltar a ter 19 voos semanais na alta temporada. Realmente um fiasco a Copa não conseguir competir com Gol e Latam que têm voos diretos para os EUA.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Perfeito. Às vezes as pessoas imaginam que uma rota encerrada deu errado desde o começo, mas isso não necessariamente é verdade. Não vamos longe: a Delta ia bem em BSB operando com 757 para ATL até a TAM resolver fazer concorrência predatória com dois 767 diários para a Flórida e, para piorar, a Delta errar resolvendo também voar com 767 e para MCO. Perdeu a disputa. Foi um fator conjuntural, aliado a um erro estratégico, que fez uma ligação bem sucedida se acabar.

 

BSB-CDG está no time dos que foram cortados pela crise da Estoca-vento:

 

AUH-GRU / SIN-BCN-GRU / MUC-GRU / REC-MIA / GIG-YYZ / GIG-MEX.

 

Dentre vários e vários outros exemplos. Estes voos operaram bem até a crise.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Pega ar não, amiguinho.

 

Voo sem divulgação nenhuma e com a maioria dos passageiros vem dos EUA, onde FOR vai voltar a ter 19 voos semanais na alta temporada. Realmente um fiasco a Copa não conseguir competir com Gol e Latam que têm voos diretos para os EUA.

 

Justificativa por justificativa toda situação terá.

 

Posso usar seu argumento irônico e dizer: realmente um fiasco um voo não sobreviver a uma crise histórica.

 

Nem ia adentrar nisso, mas...

 

- Quer falar sobre o finado MAD-FOR-REC-MAD?

- O fracasso da Alitalia em FOR?

- O finado ATL-FOR?

- Sobre CAY-FOR que só existe pra desconto de ICMS?

- O finado BOG-FOR idem?

- SID-FOR que bate lata com 30% de ocupação?

- Não, quem sabe a Air Madrid que não sustentou MAD-FOR-SCL.

- PTY-FOR tá indo embora.

- Cadê a Air Maroc? Tamo esperando...

 

Isso tudo não é pra se desfazer de Fortaleza, que tem potencial fortíssimo e com certeza vai crescer. Mas sim pra por em xeque a forma petulante que vc vem discutindo tudo que se refere a Fortaleza e já devo ser o décimo a reclamar disso. Já que não quer ser humilde, seja respeitoso pelo menos.

 

Bons voos, amigo!

  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

A vantagem de FOR sobre BSB e até GIG/GRU, é que a maioria dos pax são europeus, então não tem crise.

 

Ainda tem o subsidio pago em cash pelo governo cearense. Essa bufunfa faz toda a diferença

 

 

Governo do Ceará repassa R$ 12,8 milhões à companhia Air France
Por Yohanna Pinheiro, yohanna.barros@diariodonordeste.com.br 22:51 / 21 de Novembro de 2018 Atualizado às 09:46 / 22 de Novembro de 2018
Valor repassado à aérea pode chegar a R$ 57,3 milhões em cinco anos. Medida deve "contribuir com parte dos custeios necessários para o estabelecimento de rotas internacionais em aeroportos cearenses", segundo SDE
image.jpg image.jpg
Air France é a maior beneficiária da subvenção, segundo as regras da medida posta pelo Estado Foto: Benito Latorre

O Estado repassou R$ 12,841 milhões à companhia aérea Air France, com o objetivo de "contribuir com parte dos custos necessários para o estabelecimento de rotas internacionais em aeroportos cearenses", conforme publicação no Diário Oficial do Estado (DOE) da última terça-feira (20). O valor corresponde à primeira parcela de um montante de até R$ 57,3 milhões que podem ser transferidos à companhia em cinco anos.

A medida tem como base a Lei 16.580/18, que autoriza o Governo a pagar até R$ 100 milhões em cinco anos, sendo R$ 20 milhões por ano, às companhias que iniciem rotas não existentes em aeroportos do Estado até 1º de janeiro deste ano, desde que somem ao menos cinco novas frequências internacionais com aeronaves de corredor duplo, vinculadas a um hub com pelo menos 50 voos domésticos (contando pousos e decolagens).

A prática corresponde a uma subvenção econômica, modalidade de transferência de recursos públicos a instituições privadas e públicas que costuma ser utilizado por entidades de fomento à inovação. A ideia é compartilhar com a empresa os custos e riscos inerentes à atividade dela - no caso, da operação do hub do grupo Air France/KLM e Gol no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento do Estado (SDE), tendo em vista o grande efeito multiplicador de novas linhas aéreas internacionais na economia cearense, a subvenção é destinada a contribuir com parte dos custos necessários para o estabelecimento de rotas internacionais em aeroportos cearenses.

A pasta explica que a liberação da subvenção foi condicionada aos impactos do hub aéreo, estimados em estudo do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), em mais de R$1,05 bilhão no PIB do Estado.

"Os efeitos na economia cearense já são visíveis através do aumento do fluxo de turistas no Estado, movimentando toda uma cadeia de serviços, gerando empregos e renda; na retomada na exportações de produtos como flores, peixes e plantas ornamentais, pescado, entre outros, que estavam fora da pauta de comércio exterior por problemas de logística".

A Air France já é a maior beneficiária da subvenção, uma vez que o valor que ela pode receber é de 57,3% do que o Estado está autorizado a repassar. Ainda há espaço, porém, para transferir R$ 7,1 milhões a outras companhias que se enquadram nos requisitos, como a KLM, Gol e Latam. Segundo a SDE, até o momento, a empresa Air France foi a única a pleitear a subvenção ao Estado.

"O valor de R$ 12.841.500,00 é referente a uma parcela de pagamento do valor total. O processo ainda está em andamento e prevê obrigações da parte da empresa aérea e do Governo do Ceará", destaca a Secretaria.

Procurada, a companhia informou que a abertura de uma nova rota intercontinental requer um investimento muito alto e o grupo Air France-KLM habilitou-se na forma da lei à percepção de incentivos do Governo do Estado do Ceará para a operação de rotas internacionais a partir do Aeroporto de Fortaleza.

"Nesse contexto, desde maio, quando inaugurou o centro de conexões em Fortaleza, as rotas para Paris e Amsterdã têm sido portas de entrada importantes para o estímulo e crescimento da economia no Estado, o que vêm contribuindo de forma significativa para o desenvolvimento da região. A empresa acredita que ainda há grande potencial de turismo a lazer e corporativo e irá trabalhar para a promoção do destino na Europa e Ásia", pontua a Air France em nota.

Regras

A lei determina ainda que, para poder receber a subvenção, a implantação do hub deve ocorrer no intervalo de, no máximo, 12 meses a partir da primeira operação, e que pelo menos dois voos diários entre os 50 possam contemplar o Aeroporto Regional de Juazeiro do Norte, o que não é obrigatório. Ainda há a ressalva de que a utilização de aeroporto localizado no Estado como simples escala de voos internacionais não atende ao disposto na presente Lei.

Isenção de ICMS

Além do projeto de subvenção, que tramitou em alta velocidade na Assembleia Legislativa em junho, tendo sido aprovado apenas dois dias após sua entrada no parlamento, o Governo oferece outros benefícios a aéreas que operem um hub aéreo no Estado.

Tais companhias já usufruem de isenção de ICMS sobre a aquisição de querosene de aviação e operações e serviços internos de importação de bens, máquinas, equipamentos, peças e componentes aeronáuticos; aeronaves, suas partes e peças; serviço de transporte aéreo doméstico de cargas; e a aquisição e fornecimento de alimentação e provisões de bordo.

Ainda neste mês, o governador Camilo Santana decretou um novo incentivo para o mercado de aviação, desta vez em âmbito regional. As aéreas que operarem pelo menos três voos semanais com destino a três cidades do Interior (entre as quais Juazeiro do Norte, Jericoacoara e Aracati) terão direito a incentivo que reduz em 64% na base de cálculo para o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidente sobre o querosene de aviação

Ampliação de voos

Desde a implantação do hub, em maio, as companhias passaram a operar na Capital novos voos internacionais à Paris (França), Amsterdã (Holanda), Orlando e Miami (Estados Unidos), Rosário e Córdoba (Argentina), além de expandir em pelo menos 35% das operações domésticas da Gol.

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

R$12.800.000,00 / 365 dias / 500 pax (ida+volta) = R$70,00 não é isso que vai fazer os voos serem rentáveis.

Share this post


Link to post
Share on other sites

R$12.800.000,00 / 365 dias / 500 pax (ida+volta) = R$70,00 não é isso que vai fazer os voos serem rentáveis.

Sendo que 30% é conexão e sequer ficarão no Ceará, será que vale realmente a pena subsidiar com milhões uma empresa estrangeira que sequer mantém seus turistas no estado?

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não mantém?? Alguém precisa falar com os operadores turísticos, pq estao surgindo mtos hoteis r resorts na costa cearense. Só o beach park investiria 10bi em 10 anos. A maioria, grande maioria, fica em fortaleza.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Justificativa por justificativa toda situação terá.

 

Posso usar seu argumento irônico e dizer: realmente um fiasco um voo não sobreviver a uma crise histórica.

 

Nem ia adentrar nisso, mas...

 

- Quer falar sobre o finado MAD-FOR-REC-MAD?

- O fracasso da Alitalia em FOR?

- O finado ATL-FOR?

- Sobre CAY-FOR que só existe pra desconto de ICMS?

- O finado BOG-FOR idem?

- SID-FOR que bate lata com 30% de ocupação?

- Não, quem sabe a Air Madrid que não sustentou MAD-FOR-SCL.

- PTY-FOR tá indo embora.

- Cadê a Air Maroc? Tamo esperando...

 

Isso tudo não é pra se desfazer de Fortaleza, que tem potencial fortíssimo e com certeza vai crescer. Mas sim pra por em xeque a forma petulante que vc vem discutindo tudo que se refere a Fortaleza e já devo ser o décimo a reclamar disso. Já que não quer ser humilde, seja respeitoso pelo menos.

 

Bons voos, amigo!

 

Ate porque hoje em dia esta uma maravilha, nao e? Ia falar da maravilha que esta o RJ, ja que a crise historica passou e hoje esta tudo de bem, mas nao posso comparar com outra cidade ou estado que vao dizer que eh ataque pessoal.

 

Pode falar a vontade de voos antigos e que fracassaram, foram outros tempos. Mas nem preciso falar que esses voos eram pontuais, e que tambem voos que contavam com bastante conectividade e que teoricamente eram para cidades que tinham mais demanda tambem fracassaram, entao nao eh nenhuma surpresa. Nem preciso citar nomes para nao ficar repetitivo.

 

Acho engracado voce ou outros acharem ruim eu responder dessa forma, mas quando vao comentar certas coisas nao estao nem ai para o que falam. De resto, nada pessoal com ninguem daqui.

 

Bons voos, friend.

 

Sendo que 30% é conexão e sequer ficarão no Ceará, será que vale realmente a pena subsidiar com milhões uma empresa estrangeira que sequer mantém seus turistas no estado?

 

Engracado que antes de lancarem esses voos o pessoal dizia que a demanda em FOR era tao pequena que ia ter uns 60% de conexoes ou mais, ai vejo esse seu comentario falando de 30% como se fosse muito para conexoes.. Mas segue o jogo.

 

 

Analise do mercado cearense:

 

- So conseguiu esses voos por conta de incentivo do governo (ok)

- Comparar ou falar algo sobre BSB como resposta (vitimismo, odeia o nordeste, argumento lixo)

- Latam nao conseguiu se manter no GRU/FCO, que conta com mais 2 voos diarios, imagina em FOR (ok)

- FOR nao tem o mesmo valor de ticket que GRU para a Europa, entao o voo eh um fiasco (ok)

 

Eh, realmente sou eu que nao consigo ler a opiniao de outras pessoas sem surtar. E nao vao parar de repetir a mesma coisa, com a mesma dor de cotovelo. Deveriam ir atras dos numeros para saber se esses voos realmente so se sustentam pelo incentivo dado, porque eu, diferentemente de alguns, nao me preocupo com isso. Acho muito bom ter voos a partir de outras cidades pelo Brasil, seja com incentivo ou nao. Muito legal, por sinal, os voos que o interior paulista esta ganhando.

Edited by fel486

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois da torcida de CNPJ, agora há a torcida de DDD. No caso, 085.

 

 

 

 

 

São os zeladores de Fortaleza.

 

Se você fizer qualquer análise do mercado cearense:

"ah mas BSB foi pior"

"Ai mas você odeia o nordeste"

"Ai que argumento lixo"

 

Não sei pra que tá aqui se só quer ler a própria opinião.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nossa, gente... Vão viver!

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novos voos geram alta de 102% de estrangeiros em Fortaleza

28/05/2019 12:50 | Karina Cedeño

 

O número de turistas que chegam ao Aeroporto Internacional de Fortaleza (CE) foi significativamente impulsionado no último ano.

 

De acordo com a secretária executiva do Turismo do Ceará, Denise Sá, o volume de passageiros estrangeiros no aeroporto aumentou 102% entre maio de 2018 passado e abril deste ano.

 

“São muitos os fatores que contribuem para este crescimento. Um deles é o fato de o aeroporto passar a ter uma empresa alemã (Fraport) como sua concessionária, o que favoreceu a chegada de novos voos ao destino”, destaca Denise.

 

A inauguração do hub da Gol e Air France-KLMno aeroporto Pinto Martins trouxe consigo a chegada de voos vindos de Paris-Charles de Gaulle e Amsterdã-Schiphol, que tiveram início no mesmo dia. As novas operações internacionais conectam-se também às cidades de Belém, Manaus, Natal, Recife, Salvador, São Luís e Brasília em aeronaves da Gol.

 

Em seu primeiro ano de operação, o hub já transportou 2,5 milhões de passageiros pelas três companhias aéreas – entre destinos domésticos e internacionais. Foram mais de 17 mil voos operados no período.

 

O assunto foi debatido durante coletiva de imprensa realizada no Matcher, que acontece hoje e amanhã (29) no Centro de Eventos do Ceará.

 

www.panrotas.com.br

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tá parecendo o forum do SkyscraperCity isso aqui... 😴

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade