Jump to content

Incidente durante reboque com avião da TAM em Congonhas.


Lúcio

Recommended Posts

Não sei se trata-se deste caso.... mas as seguradoras adoram estes incidentes, elas logo perguntam : “... certificado da barra aprovada?..... “ - uma grande maioria vai ficar sem resposta.

Link to comment
Share on other sites

Ainda estou tentando entender como isso aconteceu. O pessoal que conhece Congonhas melhor poderia explicar se é normal passar tão perto dessaa árvores?

 

 

É... situação um pouco estranha, será que foi quebra do garfo de reboque?

Porque mesmo que seja com aeronave sem passageiros ou pilotos, durante o procedimento tem que ter um mecânico dentro do cockpit justamente para acionar os freios..... curioso...

 

De acordo com um audio que está circulando no whats, durante o reboque da acft do hangar de manutenção para o terminal, o operador do trator falhou em comunicar ao mecânico à bordo o momento em que desengatou o reboque para virar o trator (tirou do hangar de ré e iria virar pra rebocar até o terminal de frente). Daí como o mecânico não acionou o parking brake, logo que o operador removeu o engate, o avião começou a descer em direção às arvores.

 

Falha de comunicação, pura.

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

De acordo com um audio que está circulando no whats, durante o reboque da acft do hangar de manutenção para o terminal, o operador do trator falhou em comunicar ao mecânico à bordo o momento em que desengatou o reboque para virar o trator (tirou do hangar de ré e iria virar pra rebocar até o terminal de frente). Daí como o mecânico não acionou o parking brake, logo que o operador removeu o engate, o avião começou a descer em direção às arvores.

 

Falha de comunicação, pura.

Tive acesso ao audio também, nao acredito muito que seja verdade... Se este fosse o caso, não acredito que o operador de push teria força suficiente pra tirar o pino sendo que a aeronave estaria apoiada sobre ele... Acredito mais que seja um cisalhamento da barra.

Link to comment
Share on other sites

Tive acesso ao audio também, nao acredito muito que seja verdade... Se este fosse o caso, não acredito que o operador de push teria força suficiente pra tirar o pino sendo que a aeronave estaria apoiada sobre ele... Acredito mais que seja um cisalhamento da barra.

 

Bom, de qualquer forma acredito que, com atenção e boa comunicação, teria como evitar que o avião fosse parar nas árvores. Mas sendo quebra da barra de pushback, a "barra" fica mais leve pra quem tava fazendo o serviço, vamos torcer para que seja o caso.

Link to comment
Share on other sites

 

Bom, de qualquer forma acredito que, com atenção e boa comunicação, teria como evitar que o avião fosse parar nas árvores. Mas sendo quebra da barra de pushback, a "barra" fica mais leve pra quem tava fazendo o serviço, vamos torcer para que seja o caso.

Pode ter havido falha na comunicação, como também pode ser uma repetição do incidente com F100 PT-MRA em 1991 em Congonhas, quando o reboque era feito fora das condições estabelecidas pelo fabricante, que era ter um mecânico habilitado a bordo , no caso de ontem bastava ele observar que o avião se deslocava já desconectado do trator e tomar as providências que lhe cabia, caso estivesse desenergisado , teria que ligar a bateria acionar a bomba hidráulica e pisar com cautela nos freios, pois o avião se deslocava para trás, no local há um leve declive, mas o avião embalou no trajeto já desgovernado, e assim foi até ir de encontro às árvores. Uma pena e prejuízo talvez de alguns milhões de reais

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade