Jump to content

Trem direto para GRU estreia; trajeto em 35 minutos


Recommended Posts

TRANSPORTE
Trem direto para GRU estreia hoje; trajeto em 35 minutos
03/10/2018 12:12 | Leonardo Ramos
Divulgação/ CPTM
default.jpgTransferência na Estação Engenheiro Goulart (foto) não é mais necessária; viagem passa a levar 35 minutos

O problema inicial do tempo de percurso de trem para o aeroporto de Guarulhos, que chegava a levar mais de duas horas, foi em parte solucionado hoje.

 

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), responsável pela ligação, inaugurou hoje o serviço Connect, com trens que partem da estação Brás, na Linha 12-Safira, para o aeroporto internacional sem ter que fazer transferência na Estação Engenheiro Goulart para a Linha 13-Jade, que leva até Guarulhos - antes, era impossível chegar ao aeroporto sem fazer essa transferência.

 

Com a nova opção, a CPTM promete que a viagem do centro da capital para o terminal de Guarulhos passa a levar apenas 35 minutos, informa a companhia. Sob a mesma tarifa de R$ 4 dos trens metropolitanos, o Connect contará com seis viagens em direção ao Brás e outras seis no sentido Aeroporto-Guarulhos, nos seguintes horários: 6h20, 7h, 7h40, 18h, 18h40 e 19h20.

 

Aos sábados, o serviço funciona apenas nos três horários matinais (6h20, 7h e 7h40); o Connect não funcionará aos domingos.

 

Vale lembrar que embora a troca de plataforma na Estação Engenheiro Goulart não seja mais necessária com o novo serviço, as paradas no trajeto que vai do Brás até o aeroporto estão mantidas, que são três no caminho: Tatuapé (Linha 12-Safira), na própria Engenheiro Goulart, e na Guarulhos-Cecap, (Linha 13-Jade), antes de chegar no ponto final, a estação Aeroporto-Guarulhos. De lá o passageiro precisa pegar um ônibus para chegar nos terminais.

 

OPERAÇÃO ATUAL MANTIDA

A Linha 13-Jade, que faz o percurso Estação Engenheiro Goulart-Aeroporto de Guarulhos, mantém o funcionamento atual, com trens fazendo o trajeto em intervalos de 20 minutos nos horários de maior movimento - 5h às 8h e 17h às 20h -, levando 30 minutos nos demais horários.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

  • Replies 74
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

De fato é uma saga...;; Mas permita-me pontuar algumas coisas, até como dicas para quem for enfrentar a "maratona" nos trilhos (Não faça isso em casa, nem na frente das crianças e muito menos com mal

Concordo plenamente contigo! A cada vez que estive em NY acabei preferindo andar de Uber, já que entre linhas diferentes na mesma plataforma, estações separadas com o mesmo nome, trens que param onde

Tudo bem que o Air Train é bem mais prático (apesar de parar lá na PQP), mas achei o sistema de metrô de NY muito confuso, até mesmo para quem domina o idioma. Esse lance de ter 4 linhas parando na me

Ajuda pra caramba esse trem, é o que comentaram, conectou Guarulhos (e junto o aeroporto) a todo o sistema.

 

Um exemplo, mês passado fui levar uma pax pra conhecer Paranapiacaba. Estava no Hotel Matiz, andei 2 quadras, peguei o trem na Aeroporto, a estação está belíssima, conectei em Eng.Goulart, bem sinalizada, depois no Brás e ai cheguei, finalmente, em Rio Grande de Serra pra pegar o busão. Foram até este ponto 2h08m de viagem, não esperei mais que 5 minutos em cada conexão.

 

No Brás tá bem mal sinalizado, quem não conhece se estrepa. Fora isso, gostei do trem, gostei da nova opção e sempre que puder vou utilizar este trem. Entre ficar 1h preso na Marginal e 30 minutos até o Brás de trem, bora de trem!

Link to post
Share on other sites

a grande diferença desse trem para os passageiros será com o serviço expresso a partir da Estação da Luz; curiosamente notícias de julho diziam que este serviço iniciaria antes deste Connect no Brás.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Estes serviços - Connect e Express - é mais da vontade política do que estudos técnicos.

 

Para operar estes serviços, fud** o sistema, precisamente das Linhas 11 e 12. E detalhe, em alguns em horários de pico.

 

Preferia que operasse em baixos intervalos entre o Aeroporto e Eng. Goulart.

Link to post
Share on other sites

Estes serviços - Connect e Express - é mais da vontade política do que estudos técnicos.

 

Para operar estes serviços, fud** o sistema, precisamente das Linhas 11 e 12. E detalhe, em alguns em horários de pico.

 

Preferia que operasse em baixos intervalos entre o Aeroporto e Eng. Goulart.

 

 

O que é pior é que no leito da ferrovia teria espaço para um ramal extra , que bem construído poderia até mesmo ser operado em velocidades mais altas.

 

E não seria um investimento muito alto (penso que uns R$ 40 a 60 milhões) mas não nascemos para ferrovias... infelizmente.

Link to post
Share on other sites

Depois que a utilização do bilhete único permitiu a integração com o metro e cptm, aumentou consideravelmente o lotação deste meios e no caso da linha 13, ainda não há integração com os ônibus municipais de Guarulhos, quando ocorrer, com certeza o ramal deverar receber mais usuários.

Link to post
Share on other sites

 

 

O que é pior é que no leito da ferrovia teria espaço para um ramal extra , que bem construído poderia até mesmo ser operado em velocidades mais altas.

 

E não seria um investimento muito alto (penso que uns R$ 40 a 60 milhões) mas não nascemos para ferrovias... infelizmente.

Lipe, esta faixa extra não ficaria este valor. Diria que uns R$ 200 milhões, por baixo.

 

Como comparação, a extensão da Linha 9 (4,5 km) custará R$ 1 bi. Tudo bem que neste valor tem a construção de duas estações, pátio de manobras, duas vias e outros complementares.

 

Isso é possível até o Brás, entre esta estação e Luz, é difícil colocar mais uma via sem alterar as edificações da região.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Meus prezados

Trem direto para GRU estreia hoje; trajeto em 35 minutos
default.jpg
Transferência na Estação Engenheiro Goulart (foto) não é mais necessária; viagem passa a levar 35 minutos

O problema inicial do tempo de percurso de trem para o aeroporto de Guarulhos, que chegava a levar mais de duas horas, foi em parte solucionado hoje.

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), responsável pela ligação, inaugurou hoje o serviço Connect, com trens que partem da estação Brás, na Linha 12-Safira, para o aeroporto internacional sem ter que fazer transferência na Estação Engenheiro Goulart para a Linha 13-Jade, que leva até Guarulhos - antes, era impossível chegar ao aeroporto sem fazer essa transferência.

Com a nova opção, a CPTM promete que a viagem do centro da capital para o terminal de Guarulhos passa a levar apenas 35 minutos, informa a companhia. Sob a mesma tarifa de R$ 4 dos trens metropolitanos, o Connect contará com seis viagens em direção ao Brás e outras seis no sentido Aeroporto-Guarulhos, nos seguintes horários: 6h20, 7h, 7h40, 18h, 18h40 e 19h20.

Aos sábados, o serviço funciona apenas nos três horários matinais (6h20, 7h e 7h40); o Connect não funcionará aos domingos.

Vale lembrar que embora a troca de plataforma na Estação Engenheiro Goulart não seja mais necessária com o novo serviço, as paradas no trajeto que vai do Brás até o aeroporto estão mantidas, que são três no caminho: Tatuapé (Linha 12-Safira), na própria Engenheiro Goulart, e na Guarulhos-Cecap, (Linha 13-Jade), antes de chegar no ponto final, a estação Aeroporto-Guarulhos. De lá o passageiro precisa pegar um ônibus para chegar aos terminais*.

OPERAÇÃO ATUAL MANTIDA
A Linha 13-Jade, que faz o percurso Estação Engenheiro Goulart-Aeroporto de Guarulhos, mantém o funcionamento atual, com trens fazendo o trajeto em intervalos de 20 minutos nos horários de maior movimento - 5h às 8h e 17h às 20h -, levando 30 minutos nos demais horários.
Fonte: Leonardo Ramos – site PANROTAS 3 out 2018
* O ônibus da ligação estação – terminais é pago?

Edited by jambock
Link to post
Share on other sites

 

* O ônibus da ligação estação – terminais é pago?

 

negativo, é gratuito. São ônibus da própria concessionária (GRU Airport) que fazem a conexão.

 

GRU-Airport_busao.jpg?resize=768%2C576&s

 

https://www.gru.com.br/pt/passageiro/como-chegar-sair/trem

Edited by Nos-767
  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Nesta quinta feira eu testei o serviço Brás-Aeroporto Guarulhos. Sai do Brás as 18:05 e cheguei ms estação Aeroporto Guarulhos as 18:30.

Como o trem faz paradas em Tatuape e Eng Goulart, tem passageiros as que descem no Tatuapé e uns 30% do trem descem em Eng Goulart. Quando era 17:45 o trem abriu as portas e a galera ja aguardavam na porta.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

O que é pior é que no leito da ferrovia teria espaço para um ramal extra , que bem construído poderia até mesmo ser operado em velocidades mais altas.

E não seria um investimento muito alto (penso que uns R$ 40 a 60 milhões) mas não nascemos para ferrovias... infelizmente.

Esse era o projeto original do Expresso Aeroporto. Uma linha quase 100% exclusiva de GRU até a Luz.

Max ai veio a melancia na cabeça do trem bala fazendo quase o mesmo trajeto, o interesse privado e publico desapareceu, depois o trem bala subiu no telhado e o Governo do Est de SP veio com essa solução tampão.

Link to post
Share on other sites

Lipe, esta faixa extra não ficaria este valor. Diria que uns R$ 200 milhões, por baixo.

 

Como comparação, a extensão da Linha 9 (4,5 km) custará R$ 1 bi. Tudo bem que neste valor tem a construção de duas estações, pátio de manobras, duas vias e outros complementares.

 

Isso é possível até o Brás, entre esta estação e Luz, é difícil colocar mais uma via sem alterar as edificações da região.

 

Do Bras até a Luz pelo que lembro tem como usar a estrutura existente, A345.

Tem 4 ou 5 ramais ja operacionais. Pode dividir com um dos existentes sem problemas - e na Luz tem lugar pra ficar estacionado sem problemas!

Link to post
Share on other sites

Fiz o trecho na última quinta feira na parte da manhã!! O trem é bom, os funcionários estão informando bem na estação Guarulhos!! Mas o grande problema é a estação Bras, que é um caos!! Passageiro nenhum merece descer ali e tentar trocar para a linha de metro que está sempre explodindo de gente nos horários da manhã! O ponto de taxi fica a dois quarteirões da estação em Bairro que parece The Walking Dead. Conversei com o funcionário da CTPM e ele me disse que a linha até a luz ainda nao esta funcionando pois estão sendo criados guichês para check in na própria estação!!

Link to post
Share on other sites

Ideia excelente!!

 

Pena que a estação, que deveria ser próxima aos terminais 2 e 3, ficou longe. Provavelmente por pressão da concessão da Airport Bus Service e da Guarucoop, que cobram preços "módicos" para ir até São Paulo.

Link to post
Share on other sites

 

Do Bras até a Luz pelo que lembro tem como usar a estrutura existente, A345.

Tem 4 ou 5 ramais ja operacionais. Pode dividir com um dos existentes sem problemas - e na Luz tem lugar pra ficar estacionado sem problemas!

Lipe, teoricamente é possível aproveitar o trecho existente entre Luz e Brás. Para isso teria que instalar nova sinalização (CBTC) que permita que os intervalos entre os trens caiam de 3-4 minutos para 2 minutos (como comparação, a Linha 3 no pico é inferior a 1m30s), porque conseguiria encaixar um Expresso Aeroporto entre os intervalos da Linha 11. Outra coisa importante é instalar AMVs (Aparelho de mudança de via) do padrão UIC, que é um dos mais novos, para que o trem mude de via sem diminuir a velocidade e o carrossel.

 

E isso a CPTM não irá fazer tão cedo por restrições orçamentárias. Cancelou o investimento no CBTC e nos AMVs do sistema todo. Mesmo instalando, tem a questão da "interface" da sinalização, seja ATC ou ATO. A Linha 13, salvo engano, a sinalização é da Alstom, enquanto das Linhas 12 e 11 são Bombardier ou Siemens

 

Outra solução é construir mais uma via (reversível), mas esbarra na questão física, em alguns trechos entre Brás e Luz há imóveis tão próximos que teriam que desapropriá-los, fora que a Gare do Brás é tombada. E para acomodar uma terceira linha, teria que mexer nas outras. Sinceramente, não acho que vale a pena nas condições atuais e no que visam fazer da Linha 13 no futuro.

 

A questão física é tão importante que os trens que farão Luz-Aeroporto ficarão estacionados na Barra Funda.

 

Ideia excelente!!

 

Pena que a estação, que deveria ser próxima aos terminais 2 e 3, ficou longe. Provavelmente por pressão da concessão da Airport Bus Service e da Guarucoop, que cobram preços "módicos" para ir até São Paulo.

 

Caravelle, não foi nem um nem outro, e sim entre governo estadual (CPTM) e governo federal (Infraero), típico problema de esferas diferentes.

 

Aproveitar o gancho da sua postagem e do Lipe para comentar o que planejaram para Guarulhos e o que planejam:

 

 

É preciso conhecer o que passou na época para entender a operação da Linha 13.

A Linha do Aeroporto, como é chamada, era para ser o serviço para atender originalmente Guarulhos, tanto que era chamada de Linha G. O serviço para o aeroporto seria a Linha 14 Expresso Aeroporto. Seria feita por meio de PPP. Não houve interessados para a linha durante o processo de chamamento, pois temiam que a linha seria redundante com a proposta do TAV que passaria por GRU e mataria a Linha 14. O projeto foi cancelado e priorizado a Linha 13.

Antes de entrarem com o processo de Licenciamento Ambiental, a CPTM entrou em contato com a Infraero de construir uma estação dentro do sítio aeroportuário, não sendo definido se seria perto dos terminais ou debaixo deles. Houve um impasse: a Infraero deixava a CPTM construir a estação e a linha, desde que a estatal paulista bancasse por tudo; já a CPTM falava que a estação era de interesse do aeroporto, portanto, a Infraero deveria ajudar. Duas esferas de poder, com dois partidos antagônicos, já sabemos o que aconteceu...

Se repararmos, a L13 percorre o lado oeste da Hélio Smidt, trecho que não é da juridição da GRU Airport/Infraero.

A Linha 13 não será apenas o tramo Eng. Goulart-Aeroporto, ela vai ter uma extensão até a Chácara Klabin (ainda não definitivo) e a outra até Bonsucesso. A Linha seguirá o percurso do Rio Baquirivu e vai passar ao norte do complexo aeroportuário e a CPTM propôs uma estação em parceria com a GRU Airport próximo do Edifício Garagem. Novamente ocorreu o impasse como da Infraero, e o agravante que a GRU Airport não tem obrigação, ela só vai fazer se for lucrativo para ela. Com diversas linhas de ônibus, duas rodovias, a futura saída do Rodoanel Norte e o fato de GRU ser aeroporto premium internacional para SP, o passageiro vai chegar nele de qualquer jeito, não será o trem que vai facilitar. Segundo alguns colegas da CPTM que trabalharam nesta época, a GRU Airport prefere construir um shopping center no local da estação.

Entretanto, parece que a GRU Airport procurou novamente a CPTM para discutir esta estação, pois pode sair mais barato que o APM. Vamos ver o que dá, pois o trecho Aeroporto-São João é parte da Fase II da expansão da Linha.

cptm-linha13-1024x653.png

A estação sairia na mediana de Jd. dos Eucaliptos e São João.

Resumindo: a L13 é um Frankstein de Linha G e do Expresso Aeroporto e a falta de articulação entre CPTM, Infraero, GRU Airport, Prefeitura de Guarulhos e os governos do Estado e Federal tornam este serviço capenga. A chance de recuperar será com a Fase II, se não ocorrer, é decretar atestado de burrice para todos.

Sobre os custos:

Para quem gosta de números. A Linha 13 custou R$ 2,3 bi por 12km de linhas, vamos arredondar o custo por km para R$ 200 milhões.

Imaginando uma estação de trem em frente ao Edifício Garagem, seria uma extensão de 2 km ao custo de R$ 400 milhões. Este valor pode abaixar por que não serão necessárias Obras de Artes Especiais como o viaduto estaiado. Não tem grandes obstáculos como o Parque Ecológico do Tietê e as rodovias e só será necessário construir uma estação.

Mas aí quem vai pagar? Em privado, a CPTM alegava que a GRU Airport seria a maior beneficiária e deveria bancar parte da obra. Já a GRU Airport falava que a CPTM seria a interessada. Para GRU Airport pode ser mais barato que fazer o People Mover.

Os mapas abaixo mostram como era a intenção do Governo Estadual em relação a Linha G (que virou 13) e o Expresso Aeroporto.

Se repararmos, eles pegaram a L13 esticaram mais alguns quilômetros e chamou de "Linha do Aeroporto", sendo que a intenção deles foi atender o Terminal Taboão da EMTU. Reparem que o trecho do EA seria subterrâneo entre o Brás e a Luz. Na época era previsto a Nova Luz, uma nova estação subterrânea que agregaria as linhas 7, 8, 10, 11 e o Expresso Aeroporto, pois a configuração atual da Luz não é para estação terminal e sim de estação de passagem, pois não tem estrutura para tal.

O governo estadual poderia dar duas prioridades para a Zona Leste: levar a L13 e L2 até Gabriela Mistral-Tiquatira (no mapa está escrito como Penha). Não precisaria dessa solução medíocre da L13 e daria a opção de ligar Paulista e o Aeroporto com apenas um transferência.

dZ8Jf4M.jpg
MP9c672.jpg
Link to post
Share on other sites

foi a concessionária que pediu pro governo mudar o projeto pois tinha planos para usar a área proposta para estação (mais próxima dos terminais), e se comprometeu a fazer um vlt pra ligar a estação onde ela foi construída aos terminais

Link to post
Share on other sites

"Entretanto, parece que a GRU Airport procurou novamente a CPTM para discutir esta estação, pois pode sair mais barato que o APM. Vamos ver o que dá, pois o trecho Aeroporto-São João é parte da Fase II da expansão da Linha."

 

Tomara que criem estações próximas aos Terminais 2 e 3!

Link to post
Share on other sites
CPTM irá inaugurar o Expresso Aeroporto dia 16/10

11 de outubro de 2018 1:40 pm

Fernando Galfo


A CPTM pretende inaugurar o Expresso Aeroporto da Linha 13 Jade na próxima semana, terça-feira dia 16. Ele havia sido para julho e posteriormente para agosto.


A justicativa do atraso é pelo atraso no sistema de sinalização e que a empresa foi multada em R$ 2 milhões.


O serviço Airport-Express vai operar sem parada para embarque e desembarque, entre a Estação Aeroporto e a Estação Luz. O percurso será realizado em cerca de 35 minutos e os trens partirão em 4 horários programados nos dois sentidos. O valor da tarifa será de R$ 8,00.


Inclusive a Secretaria dos Transportes Metropolitanos criou um bilhete exclusivo para o serviço.


O novo serviço funcionará na plataforma 5 da Estação Luz , de segunda a sexta-feira, com cinco horários:


Sentido Aeroporto: 10:00, 12:00, 14:00, 16:00, 22:00

Sentido Luz: 9:00, 11:00, 13:00, 15:00, 21:00


Os trens com bagageiros estão prometidos para 2019.


Com informações do SPTV edição de 11 de outubro


  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade