Jump to content
Sign in to follow this  
Léo Almeida

Voos internacionais em Fortaleza dobraram em 1 ano; o que está acontecendo?...

Recommended Posts

Não Boulos, não há engano, apenas vivência de experiência não distantes.

 

A ideia de renúncia fiscal para impulsionar a economia teve efeitos que sentimos até hoje. A perda de 10%, por exemplo, em tributação, não significa que haverá o corte na mesma proporção ao consumidor final. Combustível é o exemplo mais claro.

 

E estamos falando de um setor que trabalha com 2% de margem de lucro, a prioridade não será o investimento, mas a melhora da qualidade da receita. Foi eliminada a franquia de bagagem, mas não houve redução das passagens, pois o aumento de outros custos acabaram com a suposta economia e as empresas também viram como uma fonte de receita. Com a escalada das tensões entre EUA e Irã o suposto ganho no incentivo paulista vai para o ralo.

 

Quantos as universidades, a USP tinha disciplina orçamentária e criou um colchão financeiro bom, mas outras gestões gastaram 110% e seco em R$ 2 bi em poucos anos. Problema delas é mais gestão, com alguns gastos desnecessários - e não são bolsas para alunos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na média, os custos aumentam mais do que as empresas conseguem repassar ao consumidor, por isso a sensação de que não há redução de preços de passagens. Infelizmente, a nossa realidade é diferente...

 

G3 1T19 RASK +3,2% CASK +4,7%

 

DL +0,1% -1,4%

AF/KL -2,2% -0,4%

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Egídio Serpa: venda começa para Madrid

 

Por Redação, egidio.serpa@diariodonordeste.com.br 23:00 / 23 de Junho de 2019

 

NEGÓCIOS

 

Dentro de 10 dias, a Air Europa começará a vender passagens para os seus dois voos semanais que ligarão o Aeroporto de Barrajas, de Madri, ao Pinto Martins, de Fortaleza. Esses voos começarão em dezembro. A informação foi transmitida a esta coluna pelo secretário de Turismo do Governo do Ceará, Arialdo Pinho, que acrescentou: no fim de julho, a Air Europa reunirá em Madri o "trade" turístico da Espanha para apresentar o seu novo destino brasileiro. Em 60 dias - adiantou Arialdo Pinho - haverá evento semelhante na Itália. E, para finalizar, o titular da Setur adiantou que, dentro de quatro meses, a Air Europa abrirá um escritório na capital cearense. Vale recordar que, na semana passada, o governador Camilo Santana, em companhia de Arialdo Pinho, esteve na Espanha, onde celebrou acordo com a Air Europa, estabelecendo dois voos semanais ligando Madri a Fortaleza. Em tempo: o secretário Arialdo Pinho também antecipou à coluna que, em 2021 e 2022, Fortaleza deverá estar ligada por via aérea à Ásia, incluindo China, Coreia do Sul e Japão. Os chineses são hoje os que mais viajam no mundo.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lembro de ter lido tempos atrás, que o Ceará poderia ter uma ligação com a Ásia, devido a investimentos coreanos no Pecém.

 

2018, chegadas em FOR: coreanos 142, chineses 95, Israel 393, outros 274 - total Ásia 904. Em 2017 foram só 208. Começou a aumentar a partir de maio, graças a AF-KL. Melhor mês foi setembro 145 pax, deve dar uma média de 6-7 pax/voo.

Edited by TheJoker
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Brasil todo recebeu 60.726 chineses (Mainland, HKG e Taiwan), média 1.168 pax semana ou 167 pax/dia. Coreanos foram só 22.656, 436 pax/semana ou 62pax/dia.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

H G31196 01SEP25OCT 1234507 18673H 2355JDOJDO J
H G31197 02SEP26OCT 1234560 18673H JDOJDO0505 J

 

G3 ainda não conseguiu atingir os 50 voos diários.

 

5M19 3.295 decolagens + 3.300 pousos = 6.595 / 151 dias = 43.7 voos/dia só se for com os extras de jul/ago e os reforços do 2º semestre.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pwlo siros, só em outubro! Há o argumento de q entrou em acordo com o governo para retardar por causa do Max.

Share this post


Link to post
Share on other sites

https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/editorias/negocios/estado-adapta-regras-de-isencao-fiscal-a-gol-apos-problema-em-aviao-1.2118451

 

Estado adapta regras de isenção fiscal à Gol após problema em avião

Deixa a gol à vontade para não priorizar FOR, mas deve ser sim a melhor escolha.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já vi divulgação em agências aqui de FOR anunciando FOR-PEK pela AF com conexão rápida em CDG.

 

Lembro de ter lido tempos atrás, que o Ceará poderia ter uma ligação com a Ásia, devido a investimentos coreanos no Pecém.

 

2018, chegadas em FOR: coreanos 142, chineses 95, Israel 393, outros 274 - total Ásia 904. Em 2017 foram só 208. Começou a aumentar a partir de maio, graças a AF-KL. Melhor mês foi setembro 145 pax, deve dar uma média de 6-7 pax/voo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Schultz Portugal divulga pacotes brasileiros para 70 agentes
04/07/2019 15:48 | Marcos Martins

PUBLICIDADE

A Schultz Portugal lançou para cerca de 70 agentes de viagens a sua programação do Brasil, durante roadshow em Porto. Foram apresentados cinco pacotes para os destinos de Porto de Galinhas (PE), Jericoacoara (CE), Salvador, Barra de São Miguel (AL) e Jalapão (TO). Os preços dos pacotes não incluem a parte aérea.

“Estamos seguindo a nossa estratégia de ampliação das operações outgoing em Portugal. Além dos circuitos rodoviários Europamundo e Small Groups, estamos lançando, a partir de agora, a nossa programação para o Brasil com dezenas de opções em todo o País” comenta diretor comercial da Schultz Portugal, Rodrigo Corrêa.

Os preços dos pacotes não incluem a parte aérea. No entanto, uma parceria com a Cabo Verde Airlines oferece condições diferenciadas para os pacotes da Schultz Portugal a Salvador, Recife e Fortaleza, além de opções de conexões internas para outros destinos brasileiros por meio de codeshare.

Segundo o diretor geral de Vendas da Cabo Verde Airlines, Márcio Ferreira, o Brasil é um mercado estratégico e prioritário, sendo que a companhia aérea planeja o aumento de frequências e a abertura de novas rotas para o País.

 

www.panrotas.com.br

Share this post


Link to post
Share on other sites

Schultz Portugal divulga pacotes brasileiros para 70 agentes

04/07/2019 15:48 | Marcos Martins

 

PUBLICIDADE

 

 

Segundo o diretor geral de Vendas da Cabo Verde Airlines, Márcio Ferreira, o Brasil é um mercado estratégico e prioritário, sendo que a companhia aérea planeja o aumento de frequências e a abertura de novas rotas para o País.

 

www.panrotas.com.br

 

Em REC já tem previsão para o 4º voo.

 

HVR0663 VR0664 27OCT22MAR 0000007 183752 SIDSID0005 0105SIDSID JJ
HVR0663 VR0664 28OCT23MAR 1000000 183752 SIDSID0005 0105SIDSID JJ
HVR0663 VR0664 31OCT26MAR 0004000 183752 SIDSID0005 0105SIDSID JJ
HVR0663 VR0664 01NOV27MAR 0000500 183752 SIDSID0005 0105SIDSID JJ
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fortaleza tem o maior ganho de voos e oferta de assentos do Brasil em 2019

Janaina-60x60.jpgPor Janaina Brito em 06/07/2019 - 12:05
fortaleza.jpg

Fortaleza foi o destino brasileiro que mais cresceu em oferta de voos e de assentos nesse primeiro semestre de 2019

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Fortaleza teve o maior crescimento de voos e oferta de assentos do Brasil no primeiro semestre de 2019. Entre janeiro e julho de 2019, a capital cearense teve um aumento de 68% da oferta de voos e de 60% da oferta de assentos, se comparado com o mesmo período de 2019. O estudo considera apenas voos diretos com números disponibilizados pela Agência Nacional de Aviação Civil.

Além de Fortaleza, algumas outras cidades tiveram um resultado positivo nesse primeiro semestre. Brasília teve um crescimento de 34% em oferta de voos e 28% de assentos. Curitiba expandiu em 15% a oferta voos e 21% de assentos. Campinas teve um aumento de 14% na oferta de voos e 25,44% de assentos. Já Salvador cresceu 1,7% em vôos e 5% em assentos, enquanto Florianópolis teve um aumento de 3% na oferta de voos e 3% de assentos.

Todos os demais destinos do Brasil registraram resultados negativos tanto em oferta de voos quanto em assentos neste período. As regiões Norte e Sudeste foram as mais afetadas pela queda dos números. Já a região Centro-Oeste apresentou um aumento significativo.

Na última segunda-feira, dia 1° de julho, a Cabo Verde Airlines iniciou operações da sua terceira rota de Fortalezapara Ilha do Sal. A novidade foi a conexão direta para Milão, na Itália. Até dezembro, a Cabo Verde adicionará sua quarta rota em Fortaleza e Recife.

www.mercadoeeventos.com.br

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 cidades que mais cresceram em oferta nos voos internacionais
08/07/2019 11:45 | Da Redação

Wikicommons / Portal da Copa
default.pngFortaleza se destaca no ranking

Seis cidades brasileiras aumentaram sua capacidade em voos internacionais de janeiro a julho de 2019, segundo a Embratur. No ranking, Fortaleza aumentou em 60,1% sua oferta de assentos, à frente de Brasília (28%), Campinas (25,44%), Curitiba (20,92%), Salvador (4,8%) e Florianópolis (3,16%). Todas as demais cidades que recebem voos internacionais diretos tiveram queda na oferta.

Ainda há um abismo entre as cidades brasileiras, considerando o volume de voos internacionais diretos que recebem. São Paulo (Guarulhos) concentra 63,55% da capacidade de assentos, seguida pelo Rio de Janeiro (17%), Campinas (3,82%), Brasília e Recife (empatas com 2,49%) e Fortaleza (2,2%).

No total, a região Sudeste concentra 86,2% da oferta internacional, liderando com folga. Na sequência aparecem o Nordeste (6,6%), Sul (3,2%), Centro-Oeste (2,4%) e Norte (1,4%).

 

www.panrotas.com.br

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Movimentação no Aeroporto de Fortaleza cresce 17,4%; maior entre os terminais da Fraport no mundo
Por Redação, 17:45 / 12 de Julho de 2019 ATUALIZADO ÀS 20:32
Pousos e decolagens no terminal cearense somaram 28.680 operações, alta de 8,8% na comparação com o primeiro semestre do ano passado

Apenas em junho, passaram pelo Aeroporto de Fortaleza 514.607 passageirosFoto: Camila Lima

O fluxo de passageiros no Aeroporto de Fortaleza chegou a 3,45 milhões no primeiro semestre de 2019, entre embarques e desembarques. O número representa um crescimento de 17,4% na comparação com igual período de 2018 - a maior variação entre todos os terminais administrados pela alemã Fraport. Os pousos e decolagens somaram 28.680 operações, alta de 8,8% na comparação com o primeiro semestre do ano passado.

A concessionária que está à frente do Aeroporto de Fortaleza administra outros 23 aeroportos pelo mundo. No Brasil, comanda a operação do Aeroporto de Porto Alegre (RS), que em igual período registrou movimentação de 3,9 milhões de passageiros, crescimento de 1,8% na comparação com o primeiro semestre de ano passado. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (12) pela Fraport AG.

Apenas em junho, passaram pelo Aeroporto de Fortaleza 514.607 passageiros, crescimento de 3,3% ante junho de 2018. Em contrapartida, o movimento de aeronaves caiu 7,3% na comparação com igual período do ano anterior, com 4.268 pousos e decolagens.

Logo no início do mês passado, companhias aéreas como Gol, Latam e Azul se articularam para ocupar os espaços deixados pela Avianca Brasil, que deixou de operar no Ceará no fim de abril deste ano.

Cargas

Já a movimentação de cargas no Aeroporto de Fortaleza apresentou queda. Em junho, o volume transportado foi de 3,32 toneladas, queda de 10,1% em relação ao mês de junho de 2018. No semestre, as 38,1 toneladas transportadas representam queda de 5,6% na comparação com o primeiro semestre do ano passado.

www.diariodonordeste.com.br

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

AFA

 

Fortaleza negocia abertura de rotas aéreas com Bogotá e Santiago
28/07/2019
Por Agência EFE
O Aeroporto Internacional de Fortaleza está negociando a abertura de rotas aéreas com Bogotá, na Colômbia, e Santiago, no Chile, informou à Agência Efe o governador do Ceará, Camilo Santana.
“Atualmente já temos quase 50 voos internacionais no aeroporto de Fortaleza e temos boas perspectivas de novas frequências para a América Latina, que ainda estão em negociação, como as rotas para Santiago e Bogotá”, disse o governador, que não revelou quais companhias operariam os voos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

SCL 1 vps pela G3, ou H2 operando sazonal ok. Mas BOG? não deu certo pra O6, assim como pra CM quem tinha muito + cnx em PTY e não vingou.

Edited by TheJoker

Share this post


Link to post
Share on other sites

SCL 1 vps pela G3, ou H2 operando sazonal ok. Mas BOG? não deu certo pra O6, assim como pra CM quem tinha muito + cnx em PTY e não vingou.

Não diria que nao deu certo, foi uma demanda irregular ao longo dos anos.

 

O dado cru é: demanda média 74% de 2017 para cá, com zero conexões. Não se pode dizer que é um fiasco:

ANO MÊS Ocupação Ida

 

2017 1 85%

2017 2 79%

2017 3 62%

2017 4 75%

2017 5 54%

2017 6 68%

2017 7 81%

2017 8 62%

2017 9 81%

2017 10 62%

2017 11 75%

2017 12 87%

2018 1 83%

2018 2 77%

2018 3 74%

2018 4 70%

2018 5 73%

2018 6 68%

2018 7 84%

2018 8 58%

2018 9 56%

2018 10 68%

2018 11 96%

2018 12 87%

2019 1 92%

2019 2 70%

2019 3 65%

Edited by Igor Pires

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se a Gol entrar no FOR-BOG, com uma boa estratégia de conexões na ponta de FOR, poderia melhor ainda mais essas ocupações acima. Idem para o FOR-SCL (Gol ou Latam).

 

Não ficaria surpreso de ver ambas rotas rodando entre 1vps na baixa e 2vps na alta, tendo FOR como ponto de conexão para o Nordeste (Gol ou Latam).

Edited by ruifo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se a Gol entrar no FOR-BOG, com uma boa estratégia de conexões na ponta de FOR, poderia melhor ainda mais essas ocupações acima. Idem para o FOR-SCL (Gol ou Latam).

 

Não ficaria surpreso de ver ambas rotas rodando entre 1vps na baixa e 2vps na alta, tendo FOR como ponto de conexão para o Nordeste (Gol ou Latam).

 

Não sei se concordam, mas sempre acho que um voo 1vps obriga uma estadia muito grande do passageiro. Meu sentimento é que às vezes, não se vai e volta com o mesmo vôo e isso penaliza a ocupação.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gol encerra voos diretos entre Congonhas (SP) e Fortaleza
30/07/2019 10:32 | Larissa Faria

Divulgação/Gol
default.jpgGol encerrará voos do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, para Fortaleza, no Ceará

A Gol confirmou que vai encerrar seus voos diretos entre o aeroporto de Congonhas (SP) e a capital Fortaleza, cidade que se tornou seu principal hub no Nordeste por conta da chegada das parceiras Air France-KLM. Segundo a empresa, os voos para a capital cearense partindo de São Paulo ficarão concentrados no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Veja o posicionamento da companhia na íntegra:

"A malha da Gol é dinâmica e constantemente revisada para melhor atender a demanda de seus clientes e os movimentos do mercado. Por motivos estratégicos, a companhia concentrou sua oferta de voos partindo de São Paulo com destino a Fortaleza no aeroporto de Guarulhos. Os clientes continuam com seis voos diários e diretos da capital paulista para a capital cearense, com horários convenientes além de conectividade com a maioria dos destinos oferecidos pela companhia."

 

www.panrotas.com.br

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
A Avianca Colômbia vai fechar codeshare coma Gol no Brasil?

Se sim, tem cara de estarem falando de um BOG-FOR e um BOG-BSB.


*******


Avianca Colômbia teve prejuízo de $8 mi com crise da Oceanair


Em entrevista ao O Globo, o presidente interino da Avianca Holdings (Colômbia/Panamá) revelou os danos causados pela crise na empresa irmã brasileira e afirmou a suspensão do uso da marca no Brasil.


A321neo-Avianca.jpg


O brasileiro Renato Covelo é o presidente interino da empresa até a chegada de Anko Van der Werff, ex-KLM.


Renato afirmou que a empresa que é separada da Avianca Brasil (Oceanair) teve um prejuízo de $3 milhões de dólares pela recuperação judicial (a Holding é uma das credoras) mais $5.5 milhões para acomodar passageiros da brasileira, principalmente dos voos para Miami e Nova Iorque.


Os danos relacionados a imagem da marca Avianca ainda não foram mensurados, porém é certo que a marca não poderá ser utilizada por uma empresa brasileira mais, mesmo que isso esteja incluso no plano de Recuperação Judicial.


“Na segunda-feira, notificamos o juiz da recuperação judicial de que o contrato de concessão da marca está encerrado. Tinha uma regra do leilão que dizia que quem comprasse (os ativos) poderia usar a marca Avianca por mais 180 dias. Acreditamos que isso não vai acontecer. Se a Avianca Brasil quiser voltar a voar, não vai ser com a mesma marca. Terá que usar outra marca, porque esta é nossa.” disse Renato.


A situação entre as duas empresas irmãs mudou bastante desde o início da crise na Avianca Brasil em dezembro: os irmãos Efromovich perderam a cadeira de conselho na Holding e não tem poder decisório mais. Ao mesmo tempo eles sumiram do Brasil.



Apoio à proposta da Azul e futuro da Avianca no Brasil


AVIANCA-PARADOS-HANGAR-CGH-12S.jpg


E não são apenas os funcionários (e ex-funcionários) que apoiam a proposta da Azul, Renato também inclina mais a plano unificado ao invés da fatiação da empresa:


“Havia uma oportunidade de um leilão único, da Azul, que ia comprar uma operação inteira, com aviões, pessoal e slots . O que estão vendendo agora são unidades produtivas isoladas, que não estão produzindo nada. A Azul ia levar a concessão, funcionários, aviões, tudo. Do jeito que foi feito, agora há uma disputa, mas não há um pacote completo, como era com o outro plano. É preciso ver qual vai ser o interesse dos competidores no leilão do dia 10 de julho” declarou o presidente.


Ainda existe um risco claro de que o leilão remarcado para o dia 10 de julho seja nulo: a regra de slots é clara, a empresa perde se não utilizar. Com as operações paralisadas, a Avianca Brasil pela regra “regular” deveria perder todos os slots. Mas a ANAC que já tinha autorizado o leilão dos slots contrariando regra própria, pode favorecer o leilão.


Sobre o plano de expansão no Brasil e rumores sobre um investimento para uma nova aérea no país, Renato foi infático:


“Estamos buscando entrar (com voos internacionais) em uma cidade no Centro-Oeste e outra no Nordeste. Mas entrar no mercado doméstico do Brasil não está no nosso plano agora. O Brasil é um país difícil de operar, com custos de combustível e impostos altos. Os custos operacionais dos aeroportos brasileiros são altíssimos. “



  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

A Avianca Colômbia vai fechar codeshare coma Gol no Brasil?
Se sim, tem cara de estarem falando de um BOG-FOR e um BOG-BSB.

 

A Avianca Colômbia fechou esse ano um acordo de interline com a GOL e a Azul para distribuir pax no Brasil.

 

https://www.aeroflap.com.br/avianca-holdings-estreita-acordo-de-interline-com-a-gol-e-a-azul/

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Egídio Serpa: venda começa para Madrid

 

Por Redação, egidio.serpa@diariodonordeste.com.br 23:00 / 23 de Junho de 2019

 

NEGÓCIOS

 

Dentro de 10 dias, a Air Europa começará a vender passagens para os seus dois voos semanais que ligarão o Aeroporto de Barrajas, de Madri, ao Pinto Martins, de Fortaleza. Esses voos começarão em dezembro. A informação foi transmitida a esta coluna pelo secretário de Turismo do Governo do Ceará, Arialdo Pinho, que acrescentou: no fim de julho, a Air Europa reunirá em Madri o "trade" turístico da Espanha para apresentar o seu novo destino brasileiro. Em 60 dias - adiantou Arialdo Pinho - haverá evento semelhante na Itália. E, para finalizar, o titular da Setur adiantou que, dentro de quatro meses, a Air Europa abrirá um escritório na capital cearense. Vale recordar que, na semana passada, o governador Camilo Santana, em companhia de Arialdo Pinho, esteve na Espanha, onde celebrou acordo com a Air Europa, estabelecendo dois voos semanais ligando Madri a Fortaleza. Em tempo: o secretário Arialdo Pinho também antecipou à coluna que, em 2021 e 2022, Fortaleza deverá estar ligada por via aérea à Ásia, incluindo China, Coreia do Sul e Japão. Os chineses são hoje os que mais viajam no mundo.

 

Em princípio a aeronave será o A330 motor RR, só não sabe quem vai atender, TAP ou KLM

Share this post


Link to post
Share on other sites

ARIALDO Pinho impulsionou de tal jeito o turismo cearense, através de voos internacionais. Este ano mais dois estão na agenda. Turismo é fonte de renda inesgotável e o Ceará virou um boom. Arialdo não descansa enquanto não fechar o voo de Casablanca à Fortaleza.

 

Coluna de Alan Neto - www.opovo.com.br

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade