Jump to content

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

leelatim

Airbus A220 é barulhento demais para moradores de Zurique

Recommended Posts

Airbus A220 é barulhento demais para moradores de Zurique

 

 

 

Richard Weiss, Benjamin D. Katz e Corinne Gretler

05/11/2018 16h17

(Bloomberg) -- A Swiss Air saudou a chegada de seu último avião com grande fanfarra, apelidando o modelo Airbus A220 de "avião do sussurro" e prometendo aos bairros do entorno do Aeroporto de Zurique 50 por cento menos barulho que as aeronaves mais antigas.

 

Mas o rótulo acabou assombrando a unidade da Deutsche Lufthansa porque, segundo descrição dos moradores, os dois motores do avião de fuselagem estreita emitem um som parecido com um estranho uivado quando a aeronave chega à terra, irritando quem mora no trajeto do voo.

 

 

"É ainda mais barulhento do que outras aeronaves", disse Klaus Stoehlker, porta-voz da Fundação Contra o Barulho dos Aviões, com sede em Zurique. "Eles o descrevem como algo temporário que ocorrerá apenas enquanto fazem avaliações, mas passaram nove meses e o barulho não foi embora."

 

O Aeroporto de Zurique recebeu reclamações em sua linha telefônica para barulhos relatando sons incomuns quando o A220 passa pelo céu, disse uma porta-voz, acrescentando que a instalação está trabalhando com a Swiss para buscar uma solução rápida. O avião -- que foi desenvolvido pela Bombardier e atualmente faz parte da linha da Airbus -- não viola as regras e o som, que dura alguns segundos, não gerou a aplicação das tarifas maiores aplicadas aos jatos que emitem ruídos mais fortes.

 

A Airbus e a Swiss afirmaram que estão cientes da situação e em contato próximo com a fabricante de motores Pratt & Whitney, que está analisando o barulho -- comparado por alguns ao canto de acasalamento de uma baleia orca -- para determinar sua causa. O som "ocorre ocasionalmente" durante os movimentos do acelerador quando o A220 está em baixa potência, disse uma porta-voz da Pratt, acrescentando que a pegada total do ruído do jato ainda representa uma melhora de 75 por cento em relação aos aviões mais antigos.

 

O problema, que afeta os modelos A220 aparentemente de forma aleatória, pode manchar a imagem do avião de alternativa ideal para aeroportos com limitação de ruído. Aeroportos concentradores como o de Frankfurt operam com toques de recolher rigorosos no período noturno, enquanto o Aeroporto da Cidade de Londres, também atendido pela Swiss com o avião, restringe os voos nos fins de semana.

 

O nome Whisperjet foi aplicado a uma série de aviões ao longo das décadas, como o BAE-146 e o Boeing 727 da Eastern Airlines, cujos motores montados na traseira deixavam a frente da cabine silenciosa, mas a traseira especialmente barulhenta.

 

--Com a colaboração de Frederic Tomesco.

 

Repórteres da matéria original: Richard Weiss em Frankfurt, rweiss5@bloomberg.net;Benjamin D. Katz em London, bkatz38@bloomberg.net;Corinne Gretler em Zurich, cgretler1@bloomberg.net

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só rindo... vamos por uns 737-200 para sobrevoar o local. O uivo desses aviões novos é sinistro mesmo, mas ahhh dane-se.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Conheço essa situação de moradores de Kloten com relação ao aeroporto, mas sinceramente não sei quem chegou primeiro, o ovo ou a galinha.

Já em Congonhas eu sei mto bem quem chegou primeiro, e não consigo entender alguém reclamando do barulho dos aviões.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Será que se referem ao barulho que a aeronave faz ao iniciar a decolagem?

Em dezembro do ano passado voei no A220-300, escutem só o som dos motores aos 5:36 no vídeo abaixo:

 

 

Abraços!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Será que se referem ao barulho que a aeronave faz ao iniciar a decolagem?

Em dezembro do ano passado voei no A220-300, escutem só o som dos motores aos 5:36 no vídeo abaixo:

 

 

Abraços!

Tirando aquele som estranho que citaste no início da aceleração, o resto é impressionante de silencioso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

" Fundação contra o barulho dos aviões"

Vou morrer e não vou ver tudo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tirando aquele som estranho que citaste no início da aceleração, o resto é impressionante de silencioso.

Sim, irritantemente silencioso!! kkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, irritantemente silencioso!! kkkk

 

Os E2 usam o mesmo motor, correto?

Share this post


Link to post
Share on other sites

De que barulho estão reclamando?! Francamente... Aliás, os próprios A320neo e B737max quando passam baixo, próximo a minha casa, quase não os ouço.

 

Sim, irritantemente silencioso!! kkkk

Bem isso mesmo! Tão silencioso que dá até raiva!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na reportagem é dito que esses sons estranhos são emitidos no pouso e em ocasiões de baixa potência no solo. Acredito que a melhor maneira de identificar isso é vendo um vídeo feito de fora como o que segue https://youtu.be/ed5U3t3qazY e de fato tanto no pouso quanto na decolagem o avião faz uns sons bem estranhos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na reportagem é dito que esses sons estranhos são emitidos no pouso e em ocasiões de baixa potência no solo. Acredito que a melhor maneira de identificar isso é vendo um vídeo feito de fora como o que segue

e de fato tanto no pouso quanto na decolagem o avião faz uns sons bem estranhos.

Aos 20 segundos de vídeo da pra ouvir esse barulho de "baleia", ainda durante a aproximação. Realmente é bem significativo e se destaca do som ambiente, imagino que deve ser bem irritante se ouvido diariamente repetidas vezes.

Share this post


Link to post
Share on other sites

No mesmo dia e da mesma pista.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

No mesmo dia e da mesma pista.

 

 

É nítido o barulho de baleia no vídeo do A220 decolando.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É o mesmo motor do A32N, não é?
Quando há aumento ou redução de potência o Chewbaca reclama mesmo.

 

 

Será que se referem ao barulho que a aeronave faz ao iniciar a decolagem?

Em dezembro do ano passado voei no A220-300, escutem só o som dos motores aos 5:36 no vídeo abaixo:

 

 

Abraços!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, irritantemente silencioso!! kkkk

Pois é...sou da geração 737-100/200 e do "doisetão" aquilo era irritantemente bom !!!! :dente:

Share this post


Link to post
Share on other sites

É nítido o barulho de baleia no vídeo do A220 decolando.

kkkkkk

Parece aqueles busão da CMTC antiga trocando marcha :lol: :lol: :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

É o mesmo motor do A32N, não é?

Quando há aumento ou redução de potência o Chewbaca reclama mesmo.

 

 

Mas acho que este som não vem do motor propriamente dito, deve ser alguma reverberação a determinada rotação no bordo de fuga, flaps, pilones ou algo parecido. Ficou bem bizarro mesmo kkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois é...sou da geração 737-100/200 e do "doisetão" aquilo era irritantemente bom !!!! :dente:

 

Exatamente. E o que dizer dos barulhentos F-27 e FH-227? Bons tempos...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas acho que este som não vem do motor propriamente dito, deve ser alguma reverberação a determinada rotação no bordo de fuga, flaps, pilones ou algo parecido. Ficou bem bizarro mesmo kkkk

 

Bom, como o E2 é um avião bem diferente e grita igual, pra mim vem do fan... chega a ser engraçado

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Bom, como o E2 é um avião bem diferente e grita igual, pra mim vem do fan... chega a ser engraçado

Vi vários vídeos e não encontrei aquela "baleia" chorando nos E2....

Share this post


Link to post
Share on other sites

Consultando o Airport Briefing da Jeppessen - Arrivals pra qualquer aeroporto da Europa:

 

- Primeiro dizem pra usar idle reverse pra não incomodar a vizinhança.

- Na mesma página dizem pra agilizar o landing run e livrar na primeira saída disponível porque o aeroporto é high intensity operations.

 

:jnana:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Região de Kloten, 1950 (as primeiras operações datam de 1948):

 

Friedli-Kloten-Flughafen-04.jpg

 

já era razoavelmente povoado, diferente da gênese aeroportuária de Congonhas, que era utilizado para teste de canhões, tão longe que era.

Share this post


Link to post
Share on other sites

diferente da gênese aeroportuária de Congonhas, que era utilizado para teste de canhões, tão longe que era.

teste de canhões?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Consultando o Airport Briefing da Jeppessen - Arrivals pra qualquer aeroporto da Europa:

 

- Primeiro dizem pra usar idle reverse pra não incomodar a vizinhança.

- Na mesma página dizem pra agilizar o landing run e livrar na primeira saída disponível porque o aeroporto é high intensity operations.

 

:jnana:

 

O uso de reverso com pista seca não diminui o landing run e, se a pista for boa, nem com ela molhada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade