Jump to content
Sign in to follow this  
aguedes

Queda de aeronave Agusta AW109SP Grand New prefixo PT-FPS

Recommended Posts

Que triste!!

Um helicóptero tão moderno.

Que Deus conforte a todos

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outro Agusta? Não é o terceiro que cai no Brasil neste ano ou estou enganado?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outro Agusta? Não é o terceiro que cai no Brasil neste ano ou estou enganado?

Não sei deste acidente, mas li um monte de relatórios finais de acidentes de rotativa no Brasil e fiquei espantado com o número deles que não caíram, foram "derrubados".

 

Pelo que li a maioria foi força do contratante aliado a complacência da trip, aviação geral e rotativa sofrem as mesmas pressões.

Triste demais. Que Deus ilumine suas almas.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não vou falar desse acidente

Até por que temos que aguardar o Relatório do Cenipa

E Tb por uma questão ética e respeito aos demais

Envolvidos

 

A dois anos atrás estava com minha esposa passando um feriado em Campos do Jordão

Era meados de junho e foi um final de semana com muita neblina

Andei de carro pelos arredores e a visibilidade vertical era de pouquíssimos metros e a horizontal dos mirantes praticamente nenhuma

Ouvi uns três helicópteros muito próximos, provavelmente pousando em algum lugar. Mas muito próximos, onde vc nota nitidamente que estão aproximando para algum lugar muito próximo

Tipo, ouvir barulho por mais de 2 minutos e barulho alto. Diferente de um sobrevoo onde o barulho duraria poucos segundos

Resumindo ou inauguraram um ILS CAT 3B lá ou a tinha colega forçando a barra

Lamentável

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse ano já é o quarto acidente envolvendo Agusta. FPS ano 2016, máquina nova.

Meus sentimentos aí familiares.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Feriadao+Mal Tempo = Desastre

A probabilidade de ter excedido os minimos é alta.Eu disse probabilidade,vamos aguardar conclusoes do Cenipa

Os acidentes em com um todos tiveram mau tempo, por enquanto nada se provou de falha do Agusta, com pressão pra vôo em condições desfavoráveis. Uma dúvida, sendo um senhor equipamento e que voa IFR, ele não pode tirar de letra uma operação com neblina, operando com segurança??

E para os biturbinas, em caso de falha de uma ele consegue prosseguir o vôo ou acontece o mesmo que os biturbinas a hélice, com grande prejuízo no desempenho?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os acidentes em com um todos tiveram mau tempo, por enquanto nada se provou de falha do Agusta, com pressão pra vôo em condições desfavoráveis. Uma dúvida, sendo um senhor equipamento e que voa IFR, ele não pode tirar de letra uma operação com neblina, operando com segurança??

E para os biturbinas, em caso de falha de uma ele consegue prosseguir o vôo ou acontece o mesmo que os biturbinas a hélice, com grande prejuízo no desempenho?

A realidade é que na Executiva, uma grande esmagadora de operadores, não respeita ao pé da letra as regras de voo por instrumentos.

A versatilidade do Helicóptero faz com que essa cultura seja ainda mais evidente.

Pra falar em termos práticos, uma boa parte das operações seriam inviáveis respeitando 100% os limites de uma operação visual

Ex: vc descer até uma GRID MORA que em áreas montanhosas da uma margem de até 2000 pés

Resumindo o correto seria a segurança está acima de tudo. Pois nada é pior que a perda de vidas e financeiramente falando um acidente Tb é muito ruim.

Mas a maioria esmagadora dos donos de máquinas modernas e caríssimas, tem um péssimo doutrinamento no tocante a Segurança de voo.

Em um ambiente onde os empregos não são fáceis, principalmente os bons, a receita para o desastre está completa.

Aí o cidadão , compra um equipamento de milhões de dólares, caríssimo de manter, que na teoria seria para transportar ele é sua família de A para B com segurança e rapidez.

E o que acontece na prática, é uma operação amadora com risco altíssimo de dar errado.

É o que falo, do que adianta vc está decolando com um bimotor se não respeitar o envelope da máquina

Se perder um motor vai para o chão da mesma forma

Além de que, a chance de um falhar quando se considera dois é maior do que um falhar quando só se tem um.

Matemáticamente falando, o dobro.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

A realidade é que na Executiva, uma grande esmagadora de operadores, não respeita ao pé da letra as regras de voo por instrumentos.

 

Depois que vi um procedimento "visumento" desenhado em carta e plotado no GPS pra chegada em Angra ou Paraty, não me recordo agora, não duvido de mais nada.

Edited by Diego Oliveira
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Claro que o relatório vai apontar os fatos. Mas é assustador ler alguns relatos de como esta a pressão na executiva e o sujeitamento a operação abaixo dos minimos. Triste.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...