Jump to content
Sign in to follow this  
A345_Leadership

Avianca Brasil entra com pedido de recuperação judicial [PARTE 1]

Recommended Posts

 

Esses F-100 estão em condições de voar?

Avianca deixou por muito tempo A330 parados, como que pagam por isso e deixam parados, que tantas despesas....

Não vou nem falar dos A-318 que deve ter dado muito prejuízo, mesmo tendo aluguel barato, deixam de gerar receita

para a cia.

Para a Avianca não vale a pena, será que há trips com carteira de F100 válida? Tem que gastar com manutenção, etc...

 

Mas poderiam dar outros usos: arrendar, vender ou até mesmo desmanchar. Ficar sem gerar receita não dá.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa idéia de F100 voltando a operar na AVB me lembra no fim da Varig, que diziam que a empresa iria reativar os B732 (que por sinal já estavam bem canibalizados naquela época).

 

Enfim.. Em BSB é o PR-OAF que pousou sem o trem dianteiro baixado, talvez nunca volte a voar. E os de CGH estão provávelmente esperando um comprador, e detalhe, se esse comprador não aparecer, o destino deles naturalmente será o desmonte.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já faz um certo tempo que esse F100 está por lá. Sempre que passo por lá eu o vejo. Acredito que esse nem chegou a ser vendido.

Então deveriam estar dentro dos hangares e tiraram pra economizar ou falta de pagamento

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém achar que vão reativar o F100 depois de tanto tempo é igual a achar que tudo o que está acontecendo na oceano e planejamento, não pagar aviões, RJ, não pagar salários, tá tudo previsto, agora reativa os F100 que estão a anos abandonados sem nenhuma tripulação,

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém achar que vão reativar o F100 depois de tanto tempo é igual a achar que tudo o que está acontecendo na oceano e planejamento, não pagar aviões, RJ, não pagar salários, tá tudo previsto, agora reativa os F100 que estão a anos abandonados sem nenhuma tripulação,

 

Vindo da 06 tudo é possível, as bizarrices já começam dee como a empresa começou recebendo aviões como pagamento de uma dívida...

Share this post


Link to post
Share on other sites

A transparência, as idas e vindas e as declarações irreais da direção me lembram até... Deixa quieto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém sabe por onde anda o PR-ONZ ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

O boato agora é que o presidente caiu!

Share this post


Link to post
Share on other sites

O boato agora é que o presidente caiu!

Caiu ou abandonou o barco?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém sabe por onde anda o PR-ONZ ?

Está parado em SJK

Share this post


Link to post
Share on other sites
Postura da Avianca tranquiliza Abracorp, Alagev e Air Tkt
10/01/2019 14:36 | Danilo Teixeira Alves

default.jpgCarlos Prado (Abracorp), Eduardo Murad (Alagev) e Ralf Aasmann (Air Tkt)
É com tranquilidade que entidades do trade turístico lidam com a atual situação da Avianca Brasil. A Abracorp elogiou a transparência com que a companhia aérea, que inicia processo de recuperação judicial, tem trabalhado com a entidade e seus respectivos associados.

“Desde o início estamos em contato direto com a direção da empresa. Temos trabalhado normalmente e sabemos que é uma estratégia respaldada na legalidade”, disse o presidente do Conselho de Administração da Abracorp, Carlos Prado. Ele revelou que recebe relatórios diários da companhia, com dados como performance, regularidade e aproveitamento dos voos do dia anterior. Tranquilizar o viajante corporativo, que depende do modal aéreo para fazer negócios e não pode perder reuniões por atrasos ou cancelamentos, é fundamental.

“Uma empresa em recuperação judicial não terá problema algum em se reequilibrar novamente se cumprir todos os requisitos do plano. Eles (gestores da companhia) precisam continuar atuando com muito cuidado e não deixar que nenhuma insatisfação pegue o consumidor final ou os parceiros de surpresa”, opinou Prado.

Eduardo Murad, da Alagev, e Ralf Aasmann, da Air Tkt, têm a mesma opinião. “Nós também estamos torcendo e em constantes encontros com executivos da companhia”, revelou o diretor executivo da Alagev, que reúne gestores de Viagens Corporativas. “É uma companhia aérea que detêm 14% de participação do mercado e que sempre entregou um excelente produto. Nossa parceria segue como antes”, apontou Aasmann, representando as consolidadoras.

“Desde o início, a Avianca Brasil foi transparente com a Alagev e com os nossos associados. Já vimos grandes aéreas norte-americanas entrando em recuperação e saindo ainda mais forte. É uma saída estratégica que eles adotaram”, avalia Murad.

Em tempo: no mês de dezembro a Avianca Brasil foi responsável por transportar mais de 1 milhão de passageiros, com um índice de regularidade de 99%. Ou seja, conseguiu manter as operações dentro de uma normalidade, mesmo em meio ao início do processo de RJ.

Na próxima semana, a revista PANROTAS trará uma matéria especial sobre as perspectivas da aviação para 2019, abordando, além da recuperação judicial da Avianca Brasil, temas como concessão de aeroportos, investimentos estrangeiros em aéreas nacionais, consolidação do setor e as projeções de crescimento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Postura da Avianca tranquiliza Abracorp, Alagev e Air Tkt

 

10/01/2019 14:36 | Danilo Teixeira Alves

 

 

 

 

default.jpgCarlos Prado (Abracorp), Eduardo Murad (Alagev) e Ralf Aasmann (Air Tkt)

É com tranquilidade que entidades do trade turístico lidam com a atual situação da Avianca Brasil. A Abracorp elogiou a transparência com que a companhia aérea, que inicia processo de recuperação judicial, tem trabalhado com a entidade e seus respectivos associados.

 

Desde o início estamos em contato direto com a direção da empresa. Temos trabalhado normalmente e sabemos que é uma estratégia respaldada na legalidade, disse o presidente do Conselho de Administração da Abracorp, Carlos Prado. Ele revelou que recebe relatórios diários da companhia, com dados como performance, regularidade e aproveitamento dos voos do dia anterior. Tranquilizar o viajante corporativo, que depende do modal aéreo para fazer negócios e não pode perder reuniões por atrasos ou cancelamentos, é fundamental.

 

Uma empresa em recuperação judicial não terá problema algum em se reequilibrar novamente se cumprir todos os requisitos do plano. Eles (gestores da companhia) precisam continuar atuando com muito cuidado e não deixar que nenhuma insatisfação pegue o consumidor final ou os parceiros de surpresa, opinou Prado.

 

Eduardo Murad, da Alagev, e Ralf Aasmann, da Air Tkt, têm a mesma opinião. Nós também estamos torcendo e em constantes encontros com executivos da companhia, revelou o diretor executivo da Alagev, que reúne gestores de Viagens Corporativas. É uma companhia aérea que detêm 14% de participação do mercado e que sempre entregou um excelente produto. Nossa parceria segue como antes, apontou Aasmann, representando as consolidadoras.

 

Desde o início, a Avianca Brasil foi transparente com a Alagev e com os nossos associados. Já vimos grandes aéreas norte-americanas entrando em recuperação e saindo ainda mais forte. É uma saída estratégica que eles adotaram, avalia Murad.

 

Em tempo: no mês de dezembro a Avianca Brasil foi responsável por transportar mais de 1 milhão de passageiros, com um índice de regularidade de 99%. Ou seja, conseguiu manter as operações dentro de uma normalidade, mesmo em meio ao início do processo de RJ.

 

Na próxima semana, a revista PANROTAS trará uma matéria especial sobre as perspectivas da aviação para 2019, abordando, além da recuperação judicial da Avianca Brasil, temas como concessão de aeroportos, investimentos estrangeiros em aéreas nacionais, consolidação do setor e as projeções de crescimento.

Avianca transparente? Minha nossa q materia paga

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Avianca transparente? Minha nossa q materia paga

 

Esse pessoal representa muito para as empresas aéreas, movimentam cifras altíssimas.

Creio que devam receber sim relatórios e fazem acompanhamentos como eles mesmos relatam

na matéria, até pelo movimento com o mercado corporativo, também devem ter informações

que não podem falar. Agora, o que não sabemos é até quando tais relatórios são verdadeiros 100%

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Esse pessoal representa muito para as empresas aéreas, movimentam cifras altíssimas.

Creio que devam receber sim relatórios e fazem acompanhamentos como eles mesmos relatam

na matéria, até pelo movimento com o mercado corporativo, também devem ter informações

que não podem falar. Agora, o que não sabemos é até quando tais relatórios são verdadeiros 100%

Sem duvidas. O que a Abracorp representa é o que sustenta as empresas aéreas no Brasil. O ticket medio de viagens corporativas é altíssimo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Teu link tá com algum problema, mas acho que se refere ao vídeo em que o pessoal do Panrotas questionava sobre a falta

de informações da Avianca. Já a matéria trás pessoas representantes das consolidadoras e mercado corporativo, trás

a posição deles que tem acesso a direção da empresa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Jesus... torço para o melhor desfecho possível para a Avianca Brasil, mas está difícil em acreditar!

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Teu link tá com algum problema, mas acho que se refere ao vídeo em que o pessoal do Panrotas questionava sobre a falta

de informações da Avianca. Já a matéria trás pessoas representantes das consolidadoras e mercado corporativo, trás

a posição deles que tem acesso a direção da empresa.

Esse video mesmo

 

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2019/01/incertezas-na-avianca-brasil-preocupam-mercado-veja-video_161458.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

Está parado em SJK

Obrigado, amigo! Sabes o motivo?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado, amigo! Sabes o motivo?

Ele vai pra Avianca Argentina, abs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ele vai pra Avianca Argentina, abs

Não já foi?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nessa história toda, sigo aguardando há dois meses um reembolso de mais de R$1000 da Avianca, por um voo cancelado. Cada vez que ligo para o call center pedem mais prazo para me pagar ou alegam que meus dados - fornecidos n vezes - estão incompletos. Sinto que vou tomar um calote e que nem o Juizado de Pequenas Causas vai poder me ajudar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por onde anda o Frederico Pedreira, né?

Quase todo dia tinha post no LinkedIn. Desde a RJ, sumiu!

Adorava uma lacração, politicamente correto.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho várias passagens Star Alliance emitidas com pontos AMIGO. Será que estão em risco?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade