Jump to content
Sign in to follow this  
A345_Leadership

Avianca Brasil entra com pedido de recuperação judicial [PARTE 1]

Recommended Posts

Nenhuma empresa area no Brasil paga seus fornecedores rigorosamente em dia. Repito, nenhuma.

 

Bem ou mal isso é uma prática do mercado... Se compararmos com uma familia, as empresas aereas brasileiras estao sempre no rotativo do cartao de credito.

 

A diferenca é que a ONE deixou de pagar o minimo do boleto do cartao e foi parar no SPC..

 

É a melhor forma de explicar o que esta acontecendo.

Procede.

 

Motorista da Van de BPS estava 6 meses sem receber e uma grande rede de hoteis estava esperando 60mil cair na conta outro dia também (tam)..

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ao menos quatro arrendadores de motores e aviões desistiram de negociar com a Avianca Brasil o pagamento pelo leasing dos equipamentos, segundo pessoas relacionadas com os casos.
As empresas alegam quebra de confiança sucessiva por parte da companhia, em recuperação judicial desde dezembro, e que não tem pago em alguns casos nem parcelas mais recentes, relativas a fevereiro. A prioridade das marcas é retomar os ativos mesmo que haja um calote definitivo.
Há receio de que a Avianca canibalize aeronaves, com o uso de peças de uma unidade para abastecer outra, diz o representante de uma companhia que não quis se identificar.
Além disso, existem companhias interessadas nos ativos, apurou a coluna.
O juiz de primeira instância responsável pelo processo de recuperação da empresa suspendeu ações que pediam a apreensão de ativos até a realização da assembleia da aérea com credores, em abril.
Os arrendadores questionam a decisão na Justiça. Alegam que o Brasil descumpre uma convenção da qual é signatário, que visa garantir a retomada rápida de aeronaves e peças.
Os agravos das empresas serão apreciados pelo TJ-SP (Tribunal de Justiça) em 11 de março.
Em ofício enviado à Anac em 22 de fevereiro, o Itamaraty afirma que o mercado aéreo brasileiro pode ser prejudicado com a cobrança de maiores taxas de juros em contratos de leasing se não acatar o tratado.
Na última terça (26), o STJ negou pedido da agência reguladora para cancelar o registro das aeronaves.
Procuradas, Avianca Brasil e Anac não se manifestaram.
15514922315c79e48731c9b_1551492231_4x3_m

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/mercadoaberto/2019/03/prioridade-de-arrendadores-e-tirar-avioes-e-pecas-da-avianca-brasil.shtml

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Você não vê nenhuma notícia boa com relação a RJ da Avianca, é só atraso de pagamento, não pagamento de diária, não pagamento de vale refeição, arrendadores fazendo de tudo pra reaverem seus bens por falta de CONFIANÇA... E agora o MRE entra na conversa alertando as outras empresas brasileiras sobre a perda de vantagens por causa do descumprimento da Convenção...

Esperemos as próximas notícias. Dia 6 é o dia do pagamento dos salários...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ontem tentei ver valores de vôo para Abril pelo APP e não consegui também. O site Decolar a algum tempo não mostra opções com AVB. Espero seja algo pontual.

Decolar.com voltou a vender passagens da Avianca.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E sobre a Life Air (a UPI que a Avianca propõe criar e vender)?

A proposta apresentada no plano de recuperação da cia consiste da criação e alienação dessa tal unidade, a Life Air, que seria composta por slots da O6 e ativos (Oceanair e AVB), cujos recursos obtidos com sua alienação seriam destinado à quitação de parte dos débitos.

No tocante à continuidade da empresa, uma vez repassados slots e ativos para terceiro, o que seria da Avianca depois disso tudo?

As críticas ao plano de recuperação são contundentes.

Eu creio (leia-se: temo) que o caso Avianca terminará em decretação de falência.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ontem tentei ver valores de vôo para Abril pelo APP e não consegui também. O site Decolar a algum tempo não mostra opções com AVB. Espero seja algo pontual.

 

Decolar só até mês que vem. Compras em maio não apareceu Avianca, só as outras 3...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em Janeiro à Avb tinha 11% do mercado doméstico, após a redução da frota já anunciada para quanto deve cair essa participação?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em Janeiro à Avb tinha 11% do mercado doméstico, após a redução da frota já anunciada para quanto deve cair essa participação?

 

Cara, o que é um pouco visivel é que com a devolução de alguns aviões, ela fez a malha rodar mais com outros, pelo menos uma pessoa ligada a mim voava 30-40h mes agora está voando 70h mes... então não vai cair tanto, diria q fevereiro poderemos ver quem sabe uns 10% ou até manter os 11%, agora depois da malha de 1/4 (belo dia pra iniciar uma malha) aí sim vamos tomar real noção das coisas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Definitivamente a fase não está boa para a "oxane".

Pena ver uma empresa importante para o país passando por este sufoco todo.

Mas é fato que não se entrou nesta espiral destrutiva da noite para o dia. Os gestores sabiam que o furacao ia chegar uma hora, assim como foi com a Varig, Vasp, e outras.

E diferente do Japão, aqui não tem vento divino certo para afastar o que de ruim esta chegando.

Vamos esperar o Carnaval terminar para o ano de fato começar, e continuar torcendo para a "oxane" sair desta. Mas tá difícil.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outro fato que está virando moda na empresa: APU inop. Ai poderemos chegar ao ridiculo de um provedor de handling se recusar a servir LPU por falta de pagamento e a empresa começar a operar em forma extraordinária sem cortar 1 motor e fazer a operação seccionada... o que é uma desgraça todal na pontualidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há dias a frota da AVB não aparece no FlightRadar24... Quantos A320neo irão para a AD? Os A330 da AVB são bem mais novos que os atuais da AD... Não há interesse?

Edited by Lady Margot Ferning

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há dias a frota da AVB não aparece no FlightRadar24... Quantos A320neo irão para a AD? Os A330 da AVB são bem mais novos que os atuais da AD... Não há interesse?

 

AD tem A330neo para receber esse ano. O que certamente eles vão ter interesse são nas tripulações da O6, isso sim tem faltado no lado da Azul.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outro fato que está virando moda na empresa: APU inop. Ai poderemos chegar ao ridiculo de um provedor de handling se recusar a servir LPU por falta de pagamento e a empresa começar a operar em forma extraordinária sem cortar 1 motor e fazer a operação seccionada... o que é uma desgraça todal na pontualidade.

 

Segundo o MGO da empresa , ta proibido esse procedimento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Ontem mesmo observei vários voos da AVB no FR24....

 

Há dias a frota da AVB não aparece no FlightRadar24... Quantos A320neo irão para a AD? Os A330 da AVB são bem mais novos que os atuais da AD... Não há interesse?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Postada no SSC:
Airbus A330 -243 1208 N974AV Avianca Colombia ferried 03mar19 GRU-MDE, PR-reg prior transfer ex PR-OBS

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há dias a frota da AVB não aparece no FlightRadar24... Quantos A320neo irão para a AD? Os A330 da AVB são bem mais novos que os atuais da AD... Não há interesse?

Acabei de contar 15 avioes numa passada rapida pelo Brasil no Flight Radar... Seu app deve estar com alguma configuracao errada

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Postada no SSC:

Airbus A330 -243 1208 N974AV Avianca Colombia ferried 03mar19 GRU-MDE, PR-reg prior transfer ex PR-OBS

 

Ainda tá com matrícula ativa na ANAC, PR-OBS. Acho que depois do carnaval fica cancelada...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Eu não disse vôos. Eu disse frota.

 

FR24 considera os aviões da Avianca Brasil (O6) como da Avianca Colômbia. Por isso, a frota no site deles consta como vazia. Para ver os aviões da O6, acesse a página da Avianca Colômbia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se no flightradar24 você colocar "one" no callsign, aparecem as aeronaves da AVB. Agora 6388, 8524, 6245, 6197, 6318, 6161, 6129, 6017, 6133, 6303, 6231 e 6148

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acabei de contar 15 avioes numa passada rapida pelo Brasil no Flight Radar... Seu app deve estar com alguma configuracao errada

 

Parece que há um problema de interpretação de texto. Eu disse e repito: há dias no Flight Radar 24 não aprece listada A FROTA da AVB (um recurso só para assinantes, talvez aí esteja o problema). Entenderam ou querem um desenho? Bjocas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

FR24 considera os aviões da Avianca Brasil (O6) como da Avianca Colômbia. Por isso, a frota no site deles consta como vazia. Para ver os aviões da O6, acesse a página da Avianca Colômbia.

 

Vc está certo.

Edited by Lady Margot Ferning

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que confusão isso, né? A Ouchanér não é da Avianca, mas seus aviões são listados com matrícula brasileira no inventário da Avianca Colômbia que não é a dona da Avianca Brasil mas propriedade da Avianca Holding. Na filial brasileira que não é dela, tem seu nome nas aeronaves, mas não tem nenhuma responsabilidade legal sobre elas. Esse mundo é muito curioso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que confusão isso, né? A Ouchanér não é da Avianca, mas seus aviões são listados com matrícula brasileira no inventário da Avianca Colômbia que não é a dona da Avianca Brasil mas propriedade da Avianca Holding. Na filial brasileira que não é dela, tem seu nome nas aeronaves, mas não tem nenhuma responsabilidade legal sobre elas. Esse mundo é muito curioso.

 

Pode crer!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade