Jump to content
Sign in to follow this  
A345_Leadership

Avianca Brasil entra com pedido de recuperação judicial [PARTE 1]

Recommended Posts

Exatamente. Em geral, a situação para tripulantes técnicos é confortável devido à grande oferta de empregos. Claro, involve mudança de país e etc, mas a oportunidade tá ali. Para os comerciais, como eu, a situação é diferente. Especialmente para a galera próximo dos ou acima dos 40! (Como eu).

Aderi ao PDV e fui desligado no dia 01/03. Sigo esperando meu pagamento de salário como os colegas na ativa. Dá um certo desespero em pensar que posso não receber o que me é devido. Já tenho data marcada pra mudar de país (de novo) e recomeçar (de novo). Haja resiliência, viu?

 

 

Te desejo enorme sucesso no seu recomeço!

 

Boa sorte nos novos ares.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na minha opinião todo o embróglio que ocorreu com a ONE está aqui :

 

O foco é isso : https://www.valor.com.br/empresas/6016811/donos-da-avianca-perdem-acao-de-r-200-milhoes-para-seguradoras

 

Está aí em cima a raiz das atitudes que até então fez de uma empresa que crescia acima dos 2 dígitos; "Quebrar"!!! Sem procurar novos investimentos, de criar planos de ações e atitudes básicas de enfrentamento de crises tão comum em nosso pais.!!!

 

Podemos até pensar que o CEO anterior fosse tão ruim mas tão ruim assim...De uma forma ou de outra. Péssimo!

 

A verdade é que a Ocean Air já estava comprometida com os arrestos de suas ações societárias como forma de garantia judicial devido a ações do estaleiro.

 

E os irmão viram isso e iniciaram um desassombrado jogo de xadrez!

 

E o que fazem?

 

Simplesmente jogam a Ocean Air para o estado de bancarrota através de uma recuperação judicial.

 

De uma forma ou de outra é esse CNPJ/Empresa que ficará com toda a carga de dívida de compromissos da empresa, Inclusive o comprometimento do arresto acima.!!!

 

Resetam uma nova empresa através de uma Unidade Produtiva de Venda (Chamada de UPV Life Air) - Inclusive está na proposta do Plano de Recuperação ( Condição Obrigatória de carregar os Slots, capacitações técnicas, algumas estruturas e afins. !!)

 

Vendem essa UPV....Provavalmente para uma outra cia aérea ( Brasileira !), se essa não se preocupar e analisar os legados deixados na história no Brasil. ( Caso GOL e VARIG ) e se molde por outos exemplos enfrentandos.

 

A Ocean Air continua então enfrentanto mais alguns anos de caminhada com a RJ....E depois finalmente decretam a Falência (Exatamente igual o caso VARIG após ter sua unidade produtiva vendida para o chinês sabe-se de lá onde Lap Chan) e fim!

 

Por outro lado, há até um vertente (AFA que não deixa de ser curiosa) que os próprios irmãos já estariam construindo um grupo de investimentos em nome de terceiros para adquiriem essa unidade produtiva, e assim de alguma forma continuarem no ramo da aviação que hoje apresenta número bastantes favoráveis em termo de decisão de investimentos no Brasil.

 

Lembrando que o Sr. German já possuí certas relações de negócios com Paul Singer que é o responsável pelo Fundo de Gestão Elliot Management, qual foi dado uma "carta" de intenção ao Juiz da Recuperação sobre possível participação na capitalização da UPV Life Air. Por várias vezes o fundo já tirou os Eframovichs de enrascadas e tenha certezam que não perdem dinheiro não.

 

Em relação aos lessors querem é ver mesmo é dinheiro! São bancos genuínos e nada mais do que isso !!!! Paga direito que o avião fica! Simples assim! Pode ser que um o outro terá consequências comerciais que impactarão sim no relacionamento...Mas se pagar vida que segue, pois o dinheiro não dorme !! E há aviões na Ocean Air que não terão vida tão fácil assim no comércio (A320CEO)...

 

Os Neos sim!! Talvez todos embora e o plano inicial de manter 38 aviões mingue na RJ!!

 

Para os colaboradores só há uma certeza...O melhor cenário vai ser muito ruim e difícil para todos!!!

 

E pq?

 

Vamos lá....O Atual presidente escolhido "essencialmente" a dedo pelos irmãos, Sr. Jorge Viana trabalhou na Passaredo no seu auge da recuperação judicial....E lá em Ribeirão não existe nada próximo a entendimentos e conformidades de leis trabalhistas e CLT.

 

Lá meu amigo reina a lei do cão;

 

Salários atrasados, ticket que não entra, 13º Salário divido em 12 vezes e assim vai - FGTS e 1/3 Férias...? No no no!

 

Precisam reduzir de uma maneira mais raza possível a mão de obra por avião...Equação básica na aviação ! Redução sem custos!!

 

É um grande sofrimento humano no intuito de forçar o colaborador a pedir sim as suas contas...Simples assim!!! E liberar os compromissos de 40% de FGTS e demais custas!!! Tudo no radar!!!

 

E na Ocean Air infelizmente já está acontecendo isso!!! E é o planejamento corporativo capitalista na selva de pedras já reduzindo aos poucos o quadro.

 

E por fim joga tudo na conta do CNPJ da Ocean Air.

 

Outro ponto emergencial...Há um contagem regressiva em relação as reacomodações dos voos internacionais da Ocean Air já para a partir de abril...Onde está sendo feito essas reacomodações? Com quem ? Apesar de ser apenas 03 destinos (MIA,JFK e SCL) podemos considerar que há um baixo "entusiamo" de resolver a solução desses clientes, que não são tão poucos assim não é?

 

Basta acessar Reclame Aqui e no próprio Face da Empresa...A linha é a mesma...Até agora não foi dada qualquer solução de reacomodações em outros voos de outras empresas e para muitos o simples reembolso não é propriamente a solução mais adequada.

 

E joga também na conta do CNPJ da Ocean Air.

 

Ainda está durando e nos seus ultimos dias a tal marca "AVIANCA" ou "AVIANCA Brasil"...Não sei, mas é questão de pouco tempo essa marca ainda persista no Brasil como conheçemos....Tudo indicia que não!

 

Cedo a tarde ou a Colombia peça ou a propria RJ dará sua solução.

 

Retornará a sua significância ( Que não e lá muito boa por sinal ) em fazer os seus voos para a capital colombiana e peruana...E ainda com algum risco importante dessa bagunça respingar na viabilidade de suas operações, afinal a justiça do trabalho no Brasil ainda é bem mais rigorosa em relação as demais, e o crachá de colaborador com um condor vermelho e branco é um só no Brasil, seja ele na Ocean Air, na Avianca Holdings ou nos quintos!!!

 

Em relação a Star Alliance, basta continuar pagando os royalties...Ou não! Definitivamente a quem interessa isso é o novo dono com suas estratégias e interesses

 

E por fim há um ultimo destino que é de fato o total colapso das operações....Destino esse que duvido muito esteja no radar dos "vendedores de enciclopédias".

 

Esse são meus pensamentos dessa novela toda!!!

 

 

Abraços,

Edited by robadv
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na minha opinião todo o embróglio que ocorreu com a ONE está aqui :

 

O foco é isso : https://www.valor.com.br/empresas/6016811/donos-da-avianca-perdem-acao-de-r-200-milhoes-para-seguradoras

 

Está aí em cima a raiz das atitudes que até então fez de uma empresa que crescia acima dos 2 dígitos; "Quebrar"!!! Sem procurar novos investimentos, de criar planos de ações e atitudes básicas de enfrentamento de crises tão comum em nosso pais.!!!

 

Podemos até pensar que o CEO anterior fosse tão ruim mas tão ruim assim...De uma forma ou de outra. Péssimo!

 

A verdade é que a Ocean Air já estava comprometida com os arrestos de suas ações societárias como forma de garantia judicial devido a ações do estaleiro.

 

E os irmão viram isso e iniciaram um desassombrado jogo de xadrez!

 

E o que fazem?

 

Simplesmente jogam a Ocean Air para o estado de bancarrota através de uma recuperação judicial.

 

De uma forma ou de outra é esse CNPJ/Empresa que ficará com toda a carga de dívida de compromissos da empresa, Inclusive o comprometimento do arresto acima.!!!

 

Resetam uma nova empresa através de uma Unidade Produtiva de Venda (Chamada de UPV Life Air) - Inclusive está na proposta do Plano de Recuperação ( Condição Obrigatória de carregar os Slots, capacitações técnicas, algumas estruturas e afins. !!)

 

Vendem essa UPV....Provavalmente para uma outra cia aérea ( Brasileira !), se essa não se preocupar e analisar os legados deixados na história no Brasil. ( Caso GOL e VARIG ) e se molde por outos exemplos enfrentandos.

 

A Ocean Air continua então enfrentanto mais alguns anos de caminhada com a RJ....E depois finalmente decretam a Falência (Exatamente igual o caso VARIG após ter sua unidade produtiva vendida para o chinês sabe-se de lá onde Lap Chan) e fim!

 

Por outro lado, há até um vertente (AFA que não deixa de ser curiosa) que os próprios irmãos já estariam construindo um grupo de investimentos em nome de terceiros para adquiriem essa unidade produtiva, e assim de alguma forma continuarem no ramo da aviação que hoje apresenta número bastantes favoráveis em termo de decisão de investimentos no Brasil.

 

Lembrando que o Sr. German já possuí certas relações de negócios com Paul Singer que é o responsável pelo Fundo de Gestão Elliot Management, qual foi dado uma "carta" de intenção ao Juiz da Recuperação sobre possível participação na capitalização da UPV Life Air. Por várias vezes o fundo já tirou os Eframovichs de enrascadas e tenha certezam que não perdem dinheiro não.

 

Em relação aos lessors querem é ver mesmo é dinheiro! São bancos genuínos e nada mais do que isso !!!! Paga direito que o avião fica! Simples assim! Pode ser que um o outro terá consequências comerciais que impactarão sim no relacionamento...Mas se pagar vida que segue, pois o dinheiro não dorme !! E há aviões na Ocean Air que não terão vida tão fácil assim no comércio (A320CEO)...

 

Os Neos sim!! Talvez todos embora e o plano inicial de manter 38 aviões mingue na RJ!!

 

Para os colaboradores só há uma certeza...O melhor cenário vai ser muito ruim e difícil para todos!!!

 

E pq?

 

Vamos lá....O Atual presidente escolhido "essencialmente" a dedo pelos irmãos, Sr. Jorge Viana trabalhou na Passaredo no seu auge da recuperação judicial....E lá em Ribeirão não existe nada próximo a entendimentos e conformidades de leis trabalhistas e CLT.

 

Lá meu amigo reina a lei do cão;

 

Salários atrasados, ticket que não entra, 13º Salário divido em 12 vezes e assim vai - FGTS e 1/3 Férias...? No no no!

 

Precisam reduzir de uma maneira mais raza possível a mão de obra por avião...Equação básica na aviação ! Redução sem custos!!

 

É um grande sofrimento humano no intuito de forçar o colaborador a pedir sim as suas contas...Simples assim!!! E liberar os compromissos de 40% de FGTS e demais custas!!! Tudo no radar!!!

 

E na Ocean Air infelizmente já está acontecendo isso!!! E é o planejamento corporativo capitalista na selva de pedras já reduzindo aos poucos o quadro.

 

E por fim joga tudo na conta do CNPJ da Ocean Air.

 

Outro ponto emergencial...Há um contagem regressiva em relação as reacomodações dos voos internacionais da Ocean Air já para a partir de abril...Onde está sendo feito essas reacomodações? Com quem ? Apesar de ser apenas 03 destinos (MIA,JFK e SCL) podemos considerar que há um baixo "entusiamo" de resolver a solução desses clientes, que não são tão poucos assim não é?

 

Basta acessar Reclame Aqui e no próprio Face da Empresa...A linha é a mesma...Até agora não foi dada qualquer solução de reacomodações em outros voos de outras empresas e para muitos o simples reembolso não é propriamente a solução mais adequada.

 

E joga também na conta do CNPJ da Ocean Air.

 

Ainda está durando e nos seus ultimos dias a tal marca "AVIANCA" ou "AVIANCA Brasil"...Não sei, mas é questão de pouco tempo essa marca ainda persista no Brasil como conheçemos....Tudo indicia que não!

 

Cedo a tarde ou a Colombia peça ou a propria RJ dará sua solução.

 

Retornará a sua significância ( Que não e lá muito boa por sinal ) em fazer os seus voos para a capital colombiana e peruana...E ainda com algum risco importante dessa bagunça respingar na viabilidade de suas operações, afinal a justiça do trabalho no Brasil ainda é bem mais rigorosa em relação as demais, e o crachá de colaborador com um condor vermelho e branco é um só no Brasil, seja ele na Ocean Air, na Avianca Holdings ou nos quintos!!!

 

Em relação a Star Alliance, basta continuar pagando os royalties...Ou não! Definitivamente a quem interessa isso é o novo dono com suas estratégias e interesses

 

E por fim há um ultimo destino que é de fato o total colapso das operações....Destino esse que duvido muito esteja no radar dos "vendedores de enciclopédias".

 

Esse são meus pensamentos dessa novela toda!!!

 

 

Abraços,

Boa sua análise

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Air Lease 'purposefully avoided' Avianca Brazil: Udvar-Hazy

 

 

06 MARCH, 2019

SOURCE: FLIGHT DASHBOARD

As lessors plead their cases in local bankruptcy court to repossess their aircraft from Brazil's fourth largest carrier Avianca Brazil, Air Lease says the carrier was never a desirable counterparty for the lessor.

"We felt they didn't have the competitive cost position and market penetration to be eligible for our products," executive chairman Steven Udvar-Hazy told investors during the JP Morgan aviation, transportation and industrials conference today. "It was a corporate decision not to do business with them," he adds.

In December, Avianca Brazil filed for bankruptcy protection with the local courts as lessors moved to repossess their equipment. Aircastle, Aviation Capital Group and GECAS are among its major creditors and each has publicly stated their intentions to repossess their aircraft.

Udvar-Hazy notes that the airline's founder German Efromovich courted the Los Angeles-based lessor to do deals with the Brazilian carrier, adding that "it was an unsuccessful romance". "We purposefully avoided that situation," Udvar-Hazy says.

Air Lease has no exposure to Avianca Brazil. The company leases only one 2009-vintage Airbus A330-200 (MSN 1016) to sister airline Avianca in Colombia. When the lease expires later this year, it is contracted to be released to "a large airline in Europe", Udvar-Hazy says.

The Air Lease chairman notes that Brazil has demonstrated that it does not have room for more than three airlines to operate successfully. "We didn't feel that the lowest guy on the food chain…had the capability to compete with Gol, TAM [sic] and Azul."

When pressed by the moderator to comment on the Cape Town Convention's efficacy, Udvar-Hazy replies: "Cape Town, to us, is a nice seaside town in South Africa."

Later in the day, Aircastle's executive vice president of corporate finance and strategy Roy Chandran told investors that it would be harmful for Brazil not to rule in favour of the lessors.

"Ultimately, the courts should prevail and they should adhere to what the convention says because it has broader implications to the rest of the Brazilian aviation industry," says Chandran.

Aircastle has two 2014-build Airbus A320s and eight 2015-build of the same type on lease to the carrier. It was able to repossess one A330 it had on lease to the carrier prior to the filing for bankruptcy protection.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Reunião ainda hoje para o grupo decidir se continuam voando sem pagamento

Share this post


Link to post
Share on other sites

Reunião ainda hoje para o grupo decidir se continuam voando sem pagamento

 

Exatamente. Dia 8 seria o dia de parar se não tivessem recebido o que a empresa deve

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Avianca Brasil como conhecemos já era. Pra chegar a tal ponto, não há mais ponto de retorno. Só nos resta aguardar para ver o que vai sobrar. Desejo a melhor sorte para todos nesse processo. Triste!

Edited by Antonio (CENI)
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

aposto que pagam até amanhã, sempre na corda bamba

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pode apostar que vai pagar, mas o estrago já está feito !!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

E não menos do que esperado....Salários atrasados!!!

 

Funcionários sem Tickets de refeição....

 

Complicado a estratégia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sabe o que é bizarro? A lambança da alta gestão participando de eventos de turismo e turismo corporativo e anunciando que a empresa vai contratar um Gerente de Vendas dedicado ao corporativo.

 

Um gerente lá ganha de 12 a 15K e a vaga foi anunciada há dois dias no Linkedin.

 

É muita vergonha alheia! Já tem funcionário anunciando que não vai trabalhar enquanto não receber o salário e o VR.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sabe o que é bizarro? A lambança da alta gestão participando de eventos de turismo e turismo corporativo e anunciando que a empresa vai contratar um Gerente de Vendas dedicado ao corporativo.

 

Um gerente lá ganha de 12 a 15K e a vaga foi anunciada há dois dias no Linkedin.

 

É muita vergonha alheia! Já tem funcionário anunciando que não vai trabalhar enquanto não receber o salário e o VR.

 

A Vaga que está aberta é para a Avianca Internacional !!!

 

Com certeza já estão preparando equipe independente!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Reunião ainda hoje para o grupo decidir se continuam voando sem pagamento

 

Alguna novidade a respeito desta reunião ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cada vez fica mais difícil saber o que se passa na Avianca Brasil, mas como o colega falou, qualquer mero problema que venha a ocorrer a culpa é a falta de pagamento.

 

Eu não sei como ninguém comentou que o incidente no GIG foi por causa do pobre piloto que nao recebeu o salário e por isso não pensou direito ao pousar ..

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

A Vaga que está aberta é para a Avianca Internacional !!!

 

Com certeza já estão preparando equipe independente!

 

Devem ser 2 vagas distintas. A O6 anunciou "gerente dedicado ao corporativo":

 

https://www.panrotas.com.br/viagens-corporativas/aviacao/2019/02/avianca-brasil-tera-gerente-dedicado-ao-corporativo_162570.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

E começaram a queimar passagem, recebi agora um email com ofertas do tipo 1/3 o que as demais cobram. BSB-CGH por 140 reais, chega a ser ridiculo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E começaram a queimar passagem, recebi agora um email com ofertas do tipo 1/3 o que as demais cobram. BSB-CGH por 140 reais, chega a ser ridiculo.

Todas estão cobrando nessa faixa, a depender da distância do voo. Acho que vamos acabar tendo mais rearranjo de malhas para a baixa. Ao que parece, tem muita oferta de assento.

 

Essa crise brasileira ia terminar fazendo vítimas na aviação.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

EMPRESAS

Avianca Brasil regulariza pagamento de 1,4 mil colaboradores

07/03/2019 19:34:00 | Danilo Teixeira Alves

 

 

 

 

A Avianca Brasil informou há pouco que realizou o pagamento dos salários referentes a fevereiro para cerca de 1.400 colaboradores (de um total de quase cinco mil), priorizando aqueles com menor remuneração. No entanto, a companhia ainda não deu uma previsão de quando regularizará o pagamento dos salários e diárias de viagens dos comandantes e comissários de bordo, que se reuniram hoje com o Sindicato Nacional das Aeronautas (SNA).

 

Leia abaixo na íntegra o posicionamento da Avianca Brasil:

 

"A Avianca Brasil informa que nessa quinta-feira, 7, realizou o pagamento dos salários referentes a fevereiro de 2019 para cerca de 1.400 colaboradores, priorizando aqueles com menor remuneração. Os demais foram comunicados sobre o atraso e a empresa trabalha para que seu pagamento aconteça o mais rápido possível. A companhia aproveita a oportunidade para agradecer o comprometimento, apoio e compreensão de todos os seus colaboradores neste momento

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu realmente não sei se esta informação (de que pagou parcialmente os funcionários) mais ajuda do que atrapalha. Acredito que acelera o medo de comprar um bilhete que possivelmente micará. Estou com 3 pernas a voar com a O6 na mão ainda, com fé. Pior sorte têm aqueles que estão com alguma parte dos R$ 600MM de pontos Amigo nas mãos...

Share this post


Link to post
Share on other sites

O cara que entra num avião sabendo que o piloto não está recebendo salário não pode nem reclamar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O cara que entra num avião sabendo que o piloto não está recebendo salário não pode nem reclamar.

Pq? Posso saber?

Talvez ele esteja pagando aquela passagem querendo ajudar o Cmte q está sem receber.

Edited by rbullara
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os demais foram comunicados sobre o atraso e a empresa trabalha para que seu pagamento aconteça o mais rápido possível.

 

O mais rápido possível... Nem data tem...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pode e deve reclamar, tanto ele como o piloto, cada um aqui que é complicado!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

O cara que entra num avião sabendo que o piloto não está recebendo salário não pode nem reclamar.

 

Eu não entro nem a pau num avião da Avianca

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade