Jump to content
Sign in to follow this  
A345_Leadership

Avianca Brasil entra com pedido de recuperação judicial [PARTE 1]

Recommended Posts

Concordo! Falando especificamente dos técnicos, emprego pra quem tem carteira do 320 válida não falta, porém principalmente os copilotos que já tinham algum tempo de casa estão no limbo.. No Brasil não vislumbro qualquer tipo de promoção nas congeneres em menos de 8-10 anos.

Tb concordo 100%

 

Sempre falo para os copilas que conheço, na Aviação sua carreira pode subir igual a um foguete se vc der sorte de escolher a empresa certa.

Como tb, pode ser uma areia movediça se vc escolhe a empresa errada.

Independente das suas capacidades profissionais

 

Logicamente, existem alguns caminhos que vc pode trilhar para tentar nortear seu desenvolvimento profissional, mas mesmo assim uma boa dose de sorte encurtara muito caminho

A regra é simples, para possíveis resultados rápidos aposte na baixa

De preferência em empresas que são consideradas segunda linha

Apostar em empresas maduras e ditas organizadas, normalmente traduzirá em uma carreira sólida mas com progressão lenta

 

Então, falo pra galera copila da One que é gente boa,

Primeiro entada o que vc quer. Então racionalize o objetivo

 

Quer carreira sólida, vá pra uma Major

Quer uma possibilidade de promoção, se jogue em algum buraco que poucos querem e tenha histórico de promover os da casa

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tb concordo 100%

 

Sempre falo para os copilas que conheço, na Aviação sua carreira pode subir igual a um foguete se vc der sorte de escolher a empresa certa.

Como tb, pode ser uma areia movediça se vc escolhe a empresa errada.

Independente das suas capacidades profissionais

 

Logicamente, existem alguns caminhos que vc pode trilhar para tentar nortear seu desenvolvimento profissional, mas mesmo assim uma boa dose de sorte encurtara muito caminho

A regra é simples, para possíveis resultados rápidos aposte na baixa

De preferência em empresas que são consideradas segunda linha

Apostar em empresas maduras e ditas organizadas, normalmente traduzirá em uma carreira sólida mas com progressão lenta

 

Então, falo pra galera copila da One que é gente boa,

Primeiro entada o que vc quer. Então racionalize o objetivo

 

Quer carreira sólida, vá pra uma Major

Quer uma possibilidade de promoção, se jogue em algum buraco que poucos querem e tenha histórico de promover os da casa

Existem copilotos na Latam oriundos da Varig que ja tem mais de 20 anos na função... Alguém que tinha entrado na Varig imaginava que não teria uma carreira sólida? Edited by giuli

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que rolo.

Das duas uma, ou os irmãos vão ganhar o prêmio de imbecís empresariais do século

Ou, se eles de alguma forma saírem ganhando algo, tudo isso será conhecido como o maior 171 legal da história

Dois picaretas

Edited by MRN

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pra técnico solteiro sim, tá fácil. Pra aquele que é pai de família, com esposa trabalhando, não e tão simples. Dificilmente o mercado absorverá todo mundo. A única saída pra alguns será expatriar

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pra técnico solteiro sim, tá fácil. Pra aquele que é pai de família, com esposa trabalhando, não e tão simples. Dificilmente o mercado absorverá todo mundo. A única saída pra alguns será expatriar

Exato... e expatriar sem querer é tenso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Problema da nossa aviação brasileira continua quem gerencia ela. Se de um lado temos grandes nomes como Berta, Fontana, Linneu, Rolim, Pinto, Neeleman, por outro lado tivemos Cipriani, Canhedo, Follegati, Imagawa e agora os Efromovich.

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Efromovich nada mais é do que o Canhedo 2.0 . Infelizmente uma triste realidade em ter pessoas assim no mundo corporativo.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Efromovich nada mais é do que o Canhedo 2.0 . Infelizmente uma triste realidade em ter pessoas assim no mundo corporativo.

Não consigo compreender o Efromovich. Na Colômbia ele é muito respeitado por ter resgatado a Avianca, já no Brasil vemos que ele e seu irmão não conseguiram tocar o negócio. Talvez se ele tivesse entregado a administração da O6 para um profissional, assim como fez na Colômbia, o resultado não seria tão triste.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não consigo compreender o Efromovich. Na Colômbia ele é muito respeitado por ter resgatado a Avianca, já no Brasil vemos que ele e seu irmão não conseguiram tocar o negócio. Talvez se ele tivesse entregado a administração da O6 para um profissional, assim como fez na Colômbia, o resultado não seria tão triste.

Bem simples e já falaram aqui, lá ele.nao pode fazer o que bem quer, tem que responder a acionistas, Conselho é autoridades americanas por estar na Bolsa de NY

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não consigo compreender o Efromovich. Na Colômbia ele é muito respeitado por ter resgatado a Avianca, já no Brasil vemos que ele e seu irmão não conseguiram tocar o negócio. Talvez se ele tivesse entregado a administração da O6 para um profissional, assim como fez na Colômbia, o resultado não seria tão triste.

 

Ao contrário, nos últimos tempos e especialmente, depois da última greve de pilotos (que de fato, tinha algumas exigências bem exageradas e fora da realidade), a reputação dele (e da companhia, também) tá bem queimada lá. É tanto que pela primeira vez desde a aquisição da Avianca, ele ficou de fora dos rankings dos dez empresários de maior respeito/reputação na Colômbia. E do mesmo jeito, a Avianca também ficou fora do top ten das marcas colombianas de prestígio.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Problema da nossa aviação brasileira continua quem gerencia ela. Se de um lado temos grandes nomes como Berta, Fontana, Linneu, Rolim, Pinto, Neeleman, por outro lado tivemos Cipriani, Canhedo, Follegati, Imagawa e agora os Efromovich.

 

Berta um baita FDP de mãos dadas com o Brigadeiro Eduardo...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem simples e já falaram aqui, lá ele.nao pode fazer o que bem quer, tem que responder a acionistas, Conselho é autoridades americanas por estar na Bolsa de NY

Entendi, porém o Efromovich arrematou 75% da Avianca em 2004. Em 2005 assumiu os 25% restantes. A Avianca Holdings só foi pra BVC (Bolsa de valores da Colômbia) em 2011 e para a NYSE em 2013. Então, antes da abertura de capital a empresa já tinha uma administração competente, coisa que a

O6 nunca teve.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como pode um debito de 2,5 bi para a malha e qtde de aeronaves?

Até o Juiz nesse caso estaria sendo enganado.

Também não faria sentido a Azul entra nesse embrolho, sem sentido.

 

Pra quem ainda achava que a malha domestica dava lucro.... pelo visto a Eliot vem colocando dinheiro ha tempos de olho no IPO

 

Não saiu IPO e agora ela deve estar executando clausulas leoninas !

 

Com R$ 2,5 bi de divida, esquece, ninguem vai cobrir buraco desse tamanho podendo começar do zero com todo esse dinheiro e ainda com a possibilidade de ganhar slot em CGH de graça!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cansado de esperar reacomodação (ligação da Avianca), que nunca recebia, pois na central só diziam grosseiramente que tenho que esperar contato, decidi reembolsar as milhas, vendi no max milhas por R$ 19,70 e uma semana depois elas desvalorizaram pra menos de R$ 10.

 

Emiti na Delta.

 

O desrespeito e amadorismo da OceanAir são absurdos. Não tem mais espaço pra uma empresa dessa em mercados saudáveis.

Edited by Delmo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cansado de esperar reacomodação (ligação da Avianca), que nunca recebia, pois na central só diziam grosseiramente que tenho que esperar contato, decidi reembolsar as milhas, vendi no max milhas por R$ 19,70 e uma semana depois elas desvalorizaram pra menos de R$ 10.

 

 

Eu fiquei bastante desencantado com a O6 este mês. Eu comecei o mês de março torcendo pela negociação dos lessores e na minha cabeça esperava que a RJ desse um fôlego de caixa que viesse a dar uma tranquilidade de tesouraria. Ao mesmo tempo, o pricing de passagens seria revisto para dar rentabilidade dos voos na RJ. Acho que nada disso deu certo ou foi executado.

 

No carnaval, quando eu tive um aviso de que o voo internacional de volta de quarta-feira de cinzas seria cancelado e realocado para a terça-feira de carnaval, jogaram no meu peito uma condição pegar ou largar "ou aceita a mudança de dia ou reembolsa em pontos". No final, cumpriram os voos. Dei sorte, porque o voo imediatamente subsequente ao meu foi aquele que ficou parado em San Juan, Porto Rico. Tive outro voo O6 em que está sendo uma luta o acúmulo de pontos em uma parceira star alliance: a O6 não está liberando o acúmulo (provavelmente porque necessita caixa ser enviado à parceira). Tenho um POA-GIG na O6 semana que vem que tou cabreiro se o voo será cumprido.

 

O preço certo no maxmilhas deveria ser próximo a zero - vários estão reportando não conseguir converter pontos em passagens, especialmente em parceiros. Há um site de milheiros em que fiquei sabendo que UA, CM e até a irmã AV fecharam seus inventários para a O6: destas três nem mais se vê as disponibilidades no Amigo. Pra Europa, o que eu soube é que até se acha disponibilidade mas na hora de fazer o tíquete, "dá erro".

 

Agora, dadas as notícias de que o Juiz já está ##### e sem paciência - não quer dar mais prazo... pra quem ficar depois da assembleia de credores, acredito que a opção de quem tinha pontos ou passagens na mão deva ser única: "virar credor de massa falida". Eu mesmo acho que serei candidato a isto com meu voo POA-GIG... Triste... #RIPAviancaBR

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um opinião do pessoal, tenho parente com ponte aérea para junho... Eles pagam pra ver ou pedem reembolso?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Junho esta bem distante...eu pediria reembolso e compraria a passagem de qualuer outra empresa com o menor preço..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre o amigo que falou do POA, semana que vem acho q ainda rola.

 

Para abril, que eu saiba, já foram cortados do Galeão... Gru, Poa, Ssa e CGH

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Eu mesmo acho que serei candidato a isto com meu voo POA-GIG... Triste... #RIPAviancaBR

GIG-POA-GIG será cancelado em abril. Já foi postado aqui a malha a partir de abril

Share this post


Link to post
Share on other sites

GIG-POA-GIG será cancelado em abril. Já foi postado aqui a malha a partir de abril

 

Eu vi, aliás nisso eu tou na marca do pênalti, o meu é dia 31 de março.

Edited by Thiago Lenzi

Share this post


Link to post
Share on other sites

No dia 31, o voo 6299, POA-GIG, tá vendendo normalmente, disponível para emissões até no myid. Perguntei para um colega de solo na O6, que trabalha no GIG, se já tinha sido publicada a escala de abril. Ele confirmou que sim.

 

Não consigo encontrar voo nenhum saindo do GIG à partir de abril. Muito triste a situação. E todos estão esperando a Azul como a salvadora da pátria. Cruel...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um opinião do pessoal, tenho parente com ponte aérea para junho... Eles pagam pra ver ou pedem reembolso?

Se for uma viagem despretenciosa, só pq não tem nada melhor pra fazer, deixa como tá. Trabalharia em cima da teoria do risco da real probabilidade da Azul (LifeAir) assumir os bilhetes de CGH.

 

Se tiver compromisso importante, eu cancelaria e emitiria em outra.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade