Jump to content
Sign in to follow this  
Carlo Fratini

Boeing 737 MAX 8 da Ethiopian Airlines cai logo após a decolagem

Recommended Posts

Esta manhã o 737-800MAX ET-AVJ operando o vôo ET 302 com destino Nairobi caiu poucos minutos após a decolagem em Addis Abeba....8 tripulantes e 149 passageiros....

Edited by Carlo Fratini
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caramba, outro Max 8 se acidentando logo após a decolagem.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Segundo o aviation herald, o avião nivelou em torno de 9000ft e pouco depois o contato radar foi perdido.

 

Lembrando que ADD fica a 7600ft de elevação, então ele nivelou a menos de 2000ft acima da elevação do aeroporto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Passando da hora de groundear os maxs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os dados iniciais parecem semelhantes ao acidente com o Max na Indonésia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Será que a Gol vai grondear os seus?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tem que groundear os Max pra ontem. Sou velhinha e lembro dos DC-10 da Varig no chão após o acidente da AA.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Infelizmente mais um Max perdido, junto com tantas outras vidas, ainda precisamos de dados sobre o ocorrido, a região não oferece precisão de dados no flight radar.

Existe alguma lei ou regulamentação para groundear um modelo? Tive essa dúvida esses dias.

Se tiver, o caso se aplica?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Galera, peraí! Não faz o menor sentido pedir que a frota de MAX seja groundeada!

 

Pq vcs pedem isso? Isso é insanidade.

 

Temos mais de 350 acfts entregues e duas acidentadas, mas sem nenhum indício que seja erro de projeto ou falha na montagem pela Boeing.

 

Ainda mais se considerar que o acidente da Lion Air foi em um mercado altamente reconhecido como falho na manutenção e condições de voo.

 

Abs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Galera, peraí! Não faz o menor sentido pedir que a frota de MAX seja groundeada!

 

Pq vcs pedem isso? Isso é insanidade.

 

Temos mais de 350 acfts entregues e duas acidentadas, mas sem nenhum indício que seja erro de projeto ou falha na montagem pela Boeing.

 

Ainda mais se considerar que o acidente da Lion Air foi em um mercado altamente reconhecido como falho na manutenção e condições de voo.

 

Abs

 

Duas acidentas com todo indicio de ser o mesmo problema... tem que por no chão mesmo.

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites

Galera, peraí! Não faz o menor sentido pedir que a frota de MAX seja groundeada!

 

Pq vcs pedem isso? Isso é insanidade.

 

Temos mais de 350 acfts entregues e duas acidentadas, mas sem nenhum indício que seja erro de projeto ou falha na montagem pela Boeing.

 

Ainda mais se considerar que o acidente da Lion Air foi em um mercado altamente reconhecido como falho na manutenção e condições de voo.

 

Abs

Por isso mesmo eu perguntei se existem regras para esses casos, daí groundear ou não, fica balizado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Galera, peraí! Não faz o menor sentido pedir que a frota de MAX seja groundeada!

 

Pq vcs pedem isso? Isso é insanidade.

 

Temos mais de 350 acfts entregues e duas acidentadas, mas sem nenhum indício que seja erro de projeto ou falha na montagem pela Boeing.

 

Ainda mais se considerar que o acidente da Lion Air foi em um mercado altamente reconhecido como falho na manutenção e condições de voo.

 

Abs

 

Aonde que isso é "nenhum indício"? Dois acidentes recentes na mesmíssima fase de vôo, circustâncias semalhantes. Aviões MAX, entram voando no chão....

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Geoffrey Thomas, the editor in chief of Airline Ratings, told CNN the Ethiopian Airlines crash Sunday had "significant differences" to the Lion Air crash last year. On the Lion Air flight, there were "wild fluctuations in air speed and... we continued to get data from the plane all the way down to impact."

Sunday's crash, however, had "no fluctuations and all of the sudden transmission" ceased, he said. "That transmission ceasing indicates catastrophic failure in air."


"I think [Ethiopian Airlines] are going to be looking at whether there was an engine failure," CNN's Quest said. "The plane is climbing out at a normal fashion, but there are mountains in the area, and longstanding pilots are well aware that if you have an issue departing Addis on that particular route, you've got a mountain in front of you."



  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

350 aeronaves entregues e 2 acidentes? É muito, é uma porcentagem enorme. Aeronaves não foram feitas para cair e um modelo novo, com tecnologias de ponta não pode cair do nada. Tem que groundear mesmo, não dá pra esperar mais mortes.

  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Fr24 para de funcionar com a aeronave a 8600 pés. 330 knts.

 

149 Pax

8 tripulantes

Pessoas de 33 nacionalidades

Não há sobreviventes.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Geoffrey Thomas, the editor in chief of Airline Ratings, told CNN the Ethiopian Airlines crash Sunday had "significant differences" to the Lion Air crash last year. On the Lion Air flight, there were "wild fluctuations in air speed and... we continued to get data from the plane all the way down to impact."
Sunday's crash, however, had "no fluctuations and all of the sudden transmission" ceased, he said. "That transmission ceasing indicates catastrophic failure in air."
"I think [Ethiopian Airlines] are going to be looking at whether there was an engine failure," CNN's Quest said. "The plane is climbing out at a normal fashion, but there are mountains in the area, and longstanding pilots are well aware that if you have an issue departing Addis on that particular route, you've got a mountain in front of you."

 

 

Mas é válido se basear em dados do FR24 para tirar conclusões precipitadas? Por mais que possa existir uma discrepância entre as variações de velocidade/altitude do Lion Air, o ADS-B com poucas antenas de recepção (como no caso da Etiópia) não pode ser considerado em minha opinião uma fonte completamente segura para essas análises.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se é para groundear a frota de MAX, não sei.

Mas que neste momento os operadores estão com aquele desconforto, pode apostar.

Dois acidentes desta monta em uma aeronave tecnologica e em tão pouco tempo de serviço é de chamar atenção mesmo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

D1-SXk-k-Wo-AAq-EII.png

 

Additional data from Flightradar24 ADS-B network show that vertical speed was unstable after take off.

 

Fonte Twitter oficial do flightradar

Edited by diogodvd

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Mas é válido se basear em dados do FR24 para tirar conclusões precipitadas? Por mais que possa existir uma discrepância entre as variações de velocidade/altitude do Lion Air, o ADS-B com poucas antenas de recepção (como no caso da Etiópia) não pode ser considerado em minha opinião uma fonte completamente segura para essas análises.

 

Concordo, o próprio FR já tuitou que não recebeu todos os dados do voo por conta da cobertura na região.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Boeing entregou o primeiro em maio 2017 para Malindo Air, com sede na Malásia, e ja sao 2 acidentes fatais com B737max em menos de 2 anos aparentemente pelo mesmo motivo.

 

Lembrando que tem varios avioes deste modelo fazendo voos de 7horas ou +.

 

Ja ha indicio suficiente para a FAA tomar alguma medida.

Edited by BLUE - SBKP -
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em nov 2018, a Boeing emitiu um (OMB) direcionando as cias para os procedimentos da tripulação tratar de circunstâncias em que há uma entrada incorreta de um sensor de AOA. Angle of Attack.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O acidente foi perto de 9am então desorientação espacial ñ deve ser um fator aí.

 

Alguém pode traduzir o METAR?

 

05:00 UTC / 08:00 local time:
HAAB 100500Z 06008KT 9999 FEW025 16/10 Q1029

06:00 UTC / 09:00 local time:
HAAB 100600Z 07010KT 9999 FEW025 18/09 Q1029

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

O acidente foi perto de 9am então desorientação espacial ñ deve ser um fator aí.

 

Alguém pode traduzir o METAR?

 

05:00 UTC / 08:00 local time:

HAAB 100500Z 06008KT 9999 FEW025 16/10 Q1029

06:00 UTC / 09:00 local time:

HAAB 100600Z 07010KT 9999 FEW025 18/09 Q1029

Não é minha especialidade, mas esse parece fácil:

Aeroporto HAAB, horário 05 zulu, ventos 060° com 8knts, visibilidade 10 km(km?), Poucas nuvens (025?), Temperatura 16°, ponto de orvalho 10°, ajuste do altímetro 1029.

 

Condições bem boas para vôos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade