Jump to content

Boeing 737 MAX 8 da Ethiopian Airlines cai logo após a decolagem


Recommended Posts

Via avherald.com :

 

On Mar 11th 2019 two listeners on frequency reported independently the crew declared emergency shortly after normal departure, while in the initial climb, reporting they had unreliable airspeed indications and had difficulties to control the aircraft. The listeners could not hear later transmissions due to frequency changes.

 

Muito parecido com a ocorrência do Lion Air até agora.

Link to post
Share on other sites

  • Replies 1.2k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Não acredito que seja de bom tom alguém rir da tragédias que foram a morte de mais de 300 pessoas, mas enfim.... hard times we are living in.

Não vejo avião caindo aqui no Brasil, que tem gente com 200h totais indo do C152 para o A320.   Gente competente entra em processo interno ou externo com pouca hora, estuda, absorve conhecimento e d

My nickelback:   Comecei por várias vezes a escrever o texto para postar neste tópico....mas não consigo chegar a conclusão nenhum...e tenho que aceitar isso. Meu lado tecnólogo e piloto me faz pen

Via avherald.com :

 

On Mar 11th 2019 two listeners on frequency reported independently the crew declared emergency shortly after normal departure, while in the initial climb, reporting they had unreliable airspeed indications and had difficulties to control the aircraft. The listeners could not hear later transmissions due to frequency changes.

 

Muito parecido com a ocorrência do Lion Air até agora.

 

A dúvida é se a causa é relacionada a uma questão de desenho do sistema ou se é uma questão de treinamento...

Link to post
Share on other sites

O desenho do sistema obviamente é responsabilidade da Boeing; o treinamento para seu uso em grande medida também é.

Link to post
Share on other sites

 

Desculpa, Ruifo, mas, se num fórum de discussões não for possível especular, vamos todos ficar calados em casa e esperar o final das coisas.

 

A especulação aqui é saudável e não só aqui, como também entre as empresas áreas e governos, tendo em vista que muitos já groundearam o Max. Agora, se vc não concorda com a posição alheia mostre a sua e não fale que a discussão em cima de especulações é bobagem. Já vi muita bobagem, para alguns, ser a realidade dos fatos. E me parece que dessa vez não será muito diferente.

Eu agradeco as especulacoes e o debate, pois sempre que há, existe alguem para contrapor e eu aprender mais.

 

Meus pesames as vítimas

 

As empresas que estao deixando seus Max no chao, estao fazendo por seguranca e por uma resposta a sociedade a quais participam.

Ao mesmo tempo, pressionaram a Boeing e as autoridades para conclusao das investigações.

Apenas um comentario: o Aeroporto de Addis Ababa fica no meio de montanhas. Como falei pra minha esposa voltando de JNB: pelo menos estamos pousando com o pessoal da Ethiopian, que creio que conhece bem essas montanhas!

Link to post
Share on other sites

Uma dúvida..Sem considerar esse acidente da Ethiopian, que ainda não tem nenhuma informação oficial que tenha ocorrido o mesmo problema que teve o do Lion Air, algum outro Max apresentou problemas nos indicadores de velocidade e/ou ângulo de ataque da aeronaves?

Link to post
Share on other sites

Update Avherald:

 

On Mar 11th 2019 at 19:42Z the FAA announced: "Today, the FAA will issue a Continued Airworthiness Notification to the International Community (CANIC) for Boeing 737 MAX Operators." At 22:37Z the FAA released the CANIC for both Boeing 737-8 MAX and 737-9 MAX stating, they continue to monitor pending changes in the MCAS system, AoA Sensor Signal improvements and MCAS maximum command limits as well as training requirements associated with MCAS following their initial reaction to the crash of LionAir JT-610. The FAA states: "External reports are drawing similarities between this accident and the Lion Air Flight 610 accident on October 29, 2018. However, this investigation has just begun and to date we have not been provided data to draw any conclusions or take any actions."

 

http://avherald.com/h?article=4c534c4a&opt=0

 

Destaquei em vermelho algo que muito provavelmente a FAA vai olhar com lupa na análise deste acidente junto ao NTSB e autoridades etíopes

 

A CANIC tem informações importantes. Dentre outros, as melhorias demandadas pela FAA junto aos operadores devem ser implantadas até abril/2019:

 

"Boeing’s completion of the flight control system enhancements, which provide reduced reliance on procedures associated with required pilot memory items. The FAA anticipates mandating these design changes by AD no later than April 2019."

 

Se isso tiver relação com o acidente, será que não deu tempo?

 

https://www.faa.gov/news/updates/media/CAN_2019_03.pdf

Edited by Dreamliner
Link to post
Share on other sites

Quando groundearam o DC-10, o NTSB descobriu nada menos que 8 aviões com as mesmas rachaduras no pilone, semelhanteas ao AA 191. Porém esse problema foi causado por causa de um procedimento irregular na manutenção, que foi copiado por diversas cias.

Mas o avião já tinha um histórico de problemas da porta de carga, que causou 2 acidentes (1 deles fatal), acabou pesando bastante pra deixá-los no chão.

Link to post
Share on other sites

Autoridade de Aviação Civil de Singapura groundeou os MAX 8 do país e proibiu a operação de qualquer a MAX 8 no território e espaço aéreo singapurano.

Edited by edu2703
Link to post
Share on other sites

Pra mim demorou para groudearem a frota toda pelo simples fato de que já esta confirmado que no caso do Lion Air existiu uma falha que causou o acidente (independente de mal gerenciada) e a similaridade absoluta com oque aconteceu ontem. Não tem como ignorar que em ambos os acidentes o perfil de voo (e mais recentemente o fato todos pilotos estarem lidando com unreliable speed) são idênticos, pra mim cabe à Boeing provar que ambos os acidentes não tem relação nenhuma com o design da aeronave, até lá o modelo em questão deve ficar no chão. Nós pilotos hoje em dia somos cobrados por perfeição tanto no simulador como na rota, então que cobrem a perfeição dos fabricantes também.

Edited by FOQA
  • Like 9
Link to post
Share on other sites

A lógica é simples: não tem ainda como determinar que são causas distintas, então deixa os aviões parados enquanto investiga. A lógica contrária (deixa voando porque ainda não se pode determinar que é a mesma causa) é arriscada e na aviação não gostamos de riscos.

  • Like 7
Link to post
Share on other sites

A lógica é simples: não tem ainda como determinar que são causas distintas, então deixa os aviões parados enquanto investiga. A lógica contrária (deixa voando porque ainda não se pode determinar que é a mesma causa) é arriscada e na aviação não gostamos de riscos.

 

Perfeito.

 

Quem insistir em manter o Max voando vai ter um dano enorme na imagem e na confiança. O tipo de coisa que sai bem caro pra recuperar, bem mais caro que manter os aviões no chão por algum tempo.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Alguém tem familiaridade com o sistema? Existe algum procedimento previsto para bypassar toda a automação envolvida na controlabilidade da aeronave? Full direct law?

Link to post
Share on other sites

Alguém tem familiaridade com o sistema? Existe algum procedimento previsto para bypassar toda a automação envolvida na controlabilidade da aeronave? Full direct law?

737 MAX não é fly-by-wire. O que ele possui é o MCAS, que possui um funcionamento diferente

Link to post
Share on other sites

Alguém tem familiaridade com o sistema? Existe algum procedimento previsto para bypassar toda a automação envolvida na controlabilidade da aeronave? Full direct law?

 

Temos aqui no CR um amigo que é piloto da G3 (737-8HX acho que é o nickname) e como o mesmo afirmou o treinamento pro Max foi um curso online de 3 horas. Certamente em tão pouco tempo não da pra se aprofundar em muita coisa.

 

Aposto que esse treinamento é um dos pontos que irão mudar daqui pra frente, provavelmente vão exigir alguma coisa mais abrangente e parecida com o treinamento normal de tipo.

Edited by Schonarth
Link to post
Share on other sites

Pois é Allan. Estava dirigindo agora cedo e pensando na situação da GOL de como o impacto pode ser maior que o mesurado. Estou procurando voos pra MCO em julho e preciso de um voo diurno POA-xx-MCO. A GOL é a melhor opção junto com a Avianca via LIM. Depois vem a Azul. Minha esposa disse:" no Max tenho medo de voar!"

 

Baseado nesse comentário fiquei pensando no GOL que planificou sua malha internacional com o MAX e o prejuízo pode não ser realmente mesurado. Muitas pessoas vão evitar essa aeronave como faziam com os F-100 tempos atrás.

Link to post
Share on other sites

https://www.aeroflap.com.br/boeing-recebe-certificacao-do-737-max-8/

Aqui diz que o MAX tem Fly-by-Wire.

 

Acho que quem pode tirar nossa dúvida é o 737-8HX

Pelo o que eu ando lendo, apenas os spoilers são controlados pelo fly-by-wire. As demais superficies de controle não são. Edited by edu2703
Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.



×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade