Jump to content
Sign in to follow this  
Carlo Fratini

Boeing 737 MAX 8 da Ethiopian Airlines cai logo após a decolagem

Recommended Posts

 

Cabeças vão rolar em Seattle!!

 

É, a Boeing foi péssima na maneira que lidou com essa situação. Teria sido muito melhor eles terem pedido para os operadores groudarem os aviões enquanto investigavam, tudo em nome da preocupação com segurança e afins. Mas prefiram falar que não tinha problema nenhum e agora a imagem é de que a empresa não se preocupa com novos acidentes.

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Trump oficializou. Max8 groundeado nos EUA

Share this post


Link to post
Share on other sites

https://twitter.com/CopaAirlines/status/1105902284502982656

 

Copa en coordinación con @aacivilpty y según los acontecimientos que se están dando suspende inmediata y temporalmente la operación de sus MAX9, hasta tanto se cuente con los hallazgos sobre las causas del accidente de Ethiopian Airlines.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Trump oficializou. Max8 groundeado nos EUA

 

- Aviões que estão no ar serão groudeados assim que pousarem no destino;

- As empresas aéreas e a Boeing concordaram com a ação;

- A ação vale por tempo indeterminado e foi tomado devido a novas evidências do acidente da Ethiopian.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

É, a Boeing foi péssima na maneira que lidou com essa situação. Teria sido muito melhor eles terem pedido para os operadores groudarem os aviões enquanto investigavam, tudo em nome da preocupação com segurança e afins. Mas prefiram falar que não tinha problema nenhum e agora a imagem é de que a empresa não se preocupa com novos acidentes.

 

Ficou muito feio pra Boeing... Agora que os EUA colocaram no chão tmb, piorou mais ainda.

Share this post


Link to post
Share on other sites

As ações da Boeing devem cair mais ainda depois desse último gancho de direita.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quando a EASA groundeou já achei que a Boeing estaba se quiemando na relutância. Hoje foi o Canada ...

 

Se confirmados os problemas na aqriquitetura do MCAS, Boeing sai com desconfiança desse episódio, o que era totalmente evitável com 30s de sandalia da humildade...

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um resumo até então:

- A Boeing ja sabia desde agosto que o MCAS poderia apresentar problemas.

- Vários pilotos reportaram o problema de pitch-down no modelo.

- Ocorre o acidente da Lion Air, a Boeing diz que o avião é seguro, mas que ira rever a atuação do MCAS.

- Operação e entregas do MAX seguem normalmente.

- Acidente com o Ethiopian com similaridades do Lion Air

- Boeing reitera que a aeronave é segura

- Investigação começa, China groundea os MAX

- Outras Cias e Paises seguem a China e colocam os aviões no chão

- Boeing segue dizendo que são seguros, assim como as cias americanas.

- Europa e EUA ordenam o groundeamento dos 737 MAX 8 e 9.

 

Para o próprio Trump, o maior defensor da industria Yankee, vir anunciar a medida, é porque encontraram caroço no angu, e deve ser um belo de um caroço.

 

Especulações para o futuro:

- Os MAX podem ficar semanas, senão meses, no chão, impactando as operações de dezenas de cias, assim como novas rotas planejadas, renovação de frota, etc.

- As cias com certeza iram enfiar essa bucha no rabo da Boeing

- Possivelmente o mercado financeiro irá punir a Boeing por causa dos prejuízos que os acionistas terão, obrigando a mesma a pagar uma bela multa.

- Programa 737 MAX pode (e deve) sofrer com cancelamentos e ameaças de cancelamentos de encomendas por parte das Cias, visando um desconto.

- A320 agradece.

- Cabeças brilhantes vão rolar dentro da Boeing.

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

FAA Statement on Boeing 737 Max

3/13/19 3:00pm Update

Statement from the FAA on Ethiopian Airlines

The FAA is ordering the temporary grounding of Boeing 737 MAX aircraft operated by U.S. airlines or in U.S. territory. The agency made this decision as a result of the data gathering process and new evidence collected at the site and analyzed today. This evidence, together with newly refined satellite data available to FAA this morning, led to this decision. (grifo meu)

The grounding will remain in effect pending further investigation, including examination of information from the aircraft’s flight data recorders and cockpit voice recorders. An FAA team is in Ethiopia assisting the NTSB as parties to the investigation of the Flight 302 accident. The agency will continue to investigate.

https://www.faa.gov/news/updates/?newsId=93206

Share this post


Link to post
Share on other sites

Até os MAX 9 foram groundeados! E realmente, pra Trump fazer isso, algo tem.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Board da Airbus nesse momento...

 

612ih.jpg

 

Principalmente por ver a concorrente escorregar onde a airbus foi pioneira e, alias, muitíssimo criticada na época...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não acredito que seja de bom tom alguém rir da tragédias que foram a morte de mais de 300 pessoas, mas enfim.... hard times we are living in.

  • Like 19

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não acredito que seja de bom tom alguém rir da tragédias que foram a morte de mais de 300 pessoas, mas enfim.... hard times we are living in.

 

Lembrei do TOP TOP TOP....em outro infeliz momento da aviação...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não acredito que seja de bom tom alguém rir da tragédias que foram a morte de mais de 300 pessoas, mas enfim.... hard times we are living in.

Eu tmb não acredito.... Neste momento recente da tragédia, de fato, acho que nenhum membro da CIA concorrente iria rir... Mas daqui há algum tempo, pelo menos achar que a situação dos fatos foi benéfica para tal empresa, isso eu acho possível... Partindo da natureza do ser humano, difícil não imaginarmos nenhum tipo de situação possível.

 

abs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tá certo, acho que o momento foi errado mesmo, peço desculpas pela postagem. Só pra esclarecer que a imagem não se refere a tragedia mas à forma como a Boeing lidou com a situação e deixou chegar nesse ponto.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em uma taxa de colisão por voo, uma aeronave moderna típica como a série A320 ou a série Boeing 737 (ex-os primeiros modelos dos anos 60/70 ) mostraria uma taxa de colisão de 0,11-0,15 por milhão de vôos. Atualmente, o Boeing 737 Max está em 4 grandes colisões por milhão de vôos . Além disso, a taxa de acidentes nesses outros jatos modernos geralmente inclui causas exógenas. Mesmo o Concorde, que tem uma taxa feia igual a 11, teve um único acidente fatal - devido ao encontro de detritos na pista (portanto, exógeno). Por enquanto, é provável que os dois crashes do 737 Max tivessem causas endógenas. Não é surpresa que países de esquerda e direita estejam proibindo o 737 Max de cruzar seus céus.

 

Texto interessante em: https://seekingalpha.com/instablog/1006811-paulo-santos/5280437-boeing-might-wrong-737-max

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ao que está parecendo, há uma correlação entre unreliable airspeed, AoA e nose trim down não intencional que tornam ou 1) aeronave incontrolável ou 2) trips não sabendo reagir adequadamente ao issue.

Share this post


Link to post
Share on other sites
A AC afirmou em comunicado que transporta 9000 a 12 mil pessoas por dia em seus MAXs, o que é um enorme impacto que afetará todo o sistema deles. Eu me pergunto como eles podem realocar tantos passageiros?


Cancelando os voos MAX, ou eles têm aeronaves estacionadas de reposição, ou eles trariam de volta as aeronaves paradas? Alguma ideia de quanto tempo isso poderia levar?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho meio tenebroso essas companhias aéreas chancelarem com absoluta certeza a segurança do 737MAX em meio a um movimento no mundo inteiro de groundear a aeronave por via das dúvidas e longe de sair algum resultado preliminar das investigações. Pode ser que os acidentes realmente não possuem nenhuma relação com o projeto? Pode. Mas se ocorre de cair uma aeronave dias após alguma empresa aparecer em diversas mídias sociais informando que a aeronave é perfeitamente segura, eu duvido muito que ela consiga sair viva dessa situação. Mesma coisa se daqui uns dias a Boeing e a FAA decidirem groundear as aeronaves, o dano na imagem da AA, Copa, Southwest e afins seria óbvio. Não é o risco que eu gostaria de correr se eu fosse C-level em uma empresa dessas.

 

Quem diria, o papelão era óbvio e não demorou nem um dia pra acontecer. Agora as assessorias de imprensa dessas companhias aéreas vão ter que ralar pra consertar o dano de imagem por conta da teimosia de ir contra o receio dos passageiros e defender a aeronave ativamente. Sorte que esse embate não ocorreu por muito mais tempo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Capacidade técnica se atesta, horas de voo se mede e se registra e a experiência se presume conjugando as duas primeiras.

 

O conhecimento a posteriori é o único método capaz de revelar se um profissional com 200 horas, em face de uma dada emergência, se sairá melhor do que o profissional com 2000 horas. Até lá, apenas presumiremos que este se sairá melhor que aquele.

 

As vezes aqueles 10 minutos sob alguma condição anormal, em que tudo que se almeja é alcançar a cabeceira, agrega muito mais experiência ao profissional, do que 1000 horas de cruzeiro com os glúteos confortavelmente depositados sobre a pele de carneiro e um dos olhos sobre a linha magenta.

 

Eu penso que, embora valorada com base em dados objetivos, a experiência seja "um valor" tão subjetivo que se aqueles 3 guerreiros do JAL123 tivessem logrado êxito ao tentar levar aquele 747SR para pouso, eles teriam agregado à suas carreiras uma experiência tão valiosa que o método advindo da simples conjugação do tempo jamais seria capaz de mensurar.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

A AC afirmou em comunicado que transporta 9000 a 12 mil pessoas por dia em seus MAXs, o que é um enorme impacto que afetará todo o sistema deles. Eu me pergunto como eles podem realocar tantos passageiros?
Cancelando os voos MAX, ou eles têm aeronaves estacionadas de reposição, ou eles trariam de volta as aeronaves paradas? Alguma ideia de quanto tempo isso poderia levar?

 

 

Acredito que terão que ajustar a frota restante, cancelar algumas rotas e até arrendar aeronaves pelo período de paralisação dos MAX. Como exemplo, muitas cias arrendaram outras aeronaves para suprir a parada dos 787 com problemas nos motores Rolls-Royce. A própria Latam arrendou 747-400 e 777-200 para realizar seus voos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que zona só pra analisar as caixas pretas!

 

Finalmemte a BEA da França se comprometeu fazer a analise

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um ponto que me chamou a atenção, foram os dois acidentes terem acontecidos em países cujo o Inglês não é lingua nativa. Reforçando que o material de treinamento foi extremamente inadequado, ou intencionalmente confuso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade