Jump to content
Sign in to follow this  
Carlo Fratini

Boeing 737 MAX 8 da Ethiopian Airlines cai logo após a decolagem

Recommended Posts

No acidente da Lion Air, de acordo com a investigação inicial, o fator preponderante foram os problemas nos transdutores de velocidade e ângulo de ataque e lógica do sistema de controle do estabilizador horizontal. No da Etiópia ainda não se sabe.

 

Assumindo a questão do controle, como definitiva, não haveria um indício técnico de falha no desenho/projeto, mas sim a inabilidade da tripulação de identificar o problema e voar com o controle de pitch manual. Se for isso, qual o ponto de grounderar a frota? Parece mais uma decisão emocional do que técnica.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Imaginem como ficaria a situação da Gol e consequentemente da aviação no Brasil caso haja essa determinação.

Como dito pelo Paraense, afetaria quase nada. A Gol pode aumentar a utilização dos outros aviões da frota.

 

Quanto as operações que dependem do MAX, a solução é fazer escala técnica enquanto isto. Nada de fim do mundo.

 

Não podemos esquecer que tem muito de política (para não dizer guerra comercial) nessa decisão chinesa

Sim, mas por outro lado força a Boeing ser mais enérgica se, digo se, o problema for em alguma coisa do MAX.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se a GOL tiver que groundear os MAX vai causar impacto significativo na malha sim.

 

São 7 aviões, mesmo aumentando a utilização dos demais não se consegue substituir 7 aviões assim. Sem contar o impacto nos voos pros EUA, que precisarão fazer escala, aumentando custos e sendo prejudicial pra imagem junto aos passageiros.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não podemos esquecer que tem muito de política (para não dizer guerra comercial) nessa decisão chinesa

 

Sem dúvida, a decisão chinesa é muito mais política do que técnica, mas ainda assim me parece acertada.

 

Como leigo eu diria que a melhor opção é groundear até ter certeza que são causas distintas. Atualmente os argumentos que vejo para não groundear a frota é que não pode-se dizer que os dois acidentes foram causados pelo mesmo problema, mas e se for o caso? Não seria melhor groundear até esclarecer o problema? Isso ajudaria a colocar pressão na fabricante para determinar a causa e implementar as correções o mais rápido possível. Eu como passageiro sinceramente não me sentiria bem voando num MAX hoje (aliás, antes desse acidente mesmo eu voei em um há umas 2 semanas atrás e já tava com o pé atrás por conta do acidente da Lion Air, imagina agora então...)

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se a GOL tiver que groundear os MAX vai causar impacto significativo na malha sim.

 

São 7 aviões, mesmo aumentando a utilização dos demais não se consegue substituir 7 aviões assim. Sem contar o impacto nos voos pros EUA, que precisarão fazer escala, aumentando custos e sendo prejudicial pra imagem junto aos passageiros.

 

Na verdade neste momento não, estamos entrando na baixa temporada com as ocupações despencam e é fácil ajustar a malha.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boeing stock showing a near 9.6% decline in premarket after China grounds all 737 MAXs. This would be a loss of $22.96 billion in market capitalization. $BA #ET302 https://t.co/pM3RxdJ0lH

 

 

Talvez com essa queda brusca, a Boeing seja pressionada a tomar alguma decisão mais efetiva no ground dos MAX.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se a GOL tiver que groundear os MAX vai causar impacto significativo na malha sim.

 

São 7 aviões, mesmo aumentando a utilização dos demais não se consegue substituir 7 aviões assim. Sem contar o impacto nos voos pros EUA, que precisarão fazer escala, aumentando custos e sendo prejudicial pra imagem junto aos passageiros.

Como falado pelo colega acima, na baixa temporada, é fácil ajustar a malha. Difícil mesmo é convencer um passageiro a entrar num avião que ele parou de confiar ou, Deus nos livre, correr o risco de um novo acidente, porque não tomou as medidas preventivas cabíveis e necessárias.

Share this post


Link to post
Share on other sites

CVR foi encontrado

 

E as autoridades indonesias groundearam o MAX 8 no país.

Share this post


Link to post
Share on other sites

No Airlines.net tão falando que a indonesia solicitou o ground também

No flightradar tem nenhum max da Lion air em vôo

Edited by FCRO

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se a GOL tiver que groundear os MAX vai causar impacto significativo na malha sim.

 

São 7 aviões, mesmo aumentando a utilização dos demais não se consegue substituir 7 aviões assim. Sem contar o impacto nos voos pros EUA, que precisarão fazer escala, aumentando custos e sendo prejudicial pra imagem junto aos passageiros.

Com relação à imagem junto aos pax, creio que se bem trabalhada, a situação pode vir é a melhorar a imagem da companhia, visto que está tomando medidas adicionais de segurança.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dados do Flight Radar

 

3oNOKb0.png

Edited by diogodvd

Share this post


Link to post
Share on other sites

não há discussão o certo e Ground no MAX e ver o que esta acontecendo nem no DC-10 que tinha uma falha grave de projeto os acidentes foram tão próximos um dos outros...

 

não sou especialista em climber longe disso mas infelizmente tem que guardar os pássaros pois longe do Sensacionalismo da midia qualquer leigo hoje tem total razão em ter medo de voar nesse aparelho

Share this post


Link to post
Share on other sites

Royal Air Maroc groundeou os MAX

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não estou dizendo que sou a favor ou contra, mas acho que é uma questão de tempo até groundearem todos os MAX.

 

https://youtu.be/c1MUz8fEblk

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Boeing vai começar a agir. É muita perda em menos de 24 horas. O negócio é colocar no chão os Max's, investigar, corrigir os erros e reiniciar com a aeronave redondinha. Melhor a Boeing ressarcir as empresas aéreas os prejuízos do solo do que correr o risco de um caos acionário e fabril que se desenha.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os papéis da Boeing vão abrir com mais de 10% de queda, Roll-out do T7-9 adiado, Cias e Agencias reguladores groundeando o MAX. A Boeing deve mostrar proatividade e emitir um comunicado de groundeamento, nem que seja por alguns dias, pra acalmar os ânimos. Um terceiro acidente seria EXTREMAMENTE prejudicial ao projeto MAX, a Boeing não deve correr esse risco.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por gentileza, poderia relacionar quais informações o Lito passou no vídeo a respeito do acidente que foram mais aprofundadas que a do Gabriel?

Exatamente isso... Lito não passou informação, muito menos especulação. Está aí a diferença ..,

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém sabe me explicar qual o motivo de não ser bem visto especular as causas de um acidente aéreo? Toda vez que acontece algum acidente os comentários são sempre na linha de "vamos aguardar o relatório, é precipitado dizer isso, dizer aquilo, etc". Po, praticamente a única função desse tópico é levantar possíveis causas, o que uns acham, outros pensam, enfim. Se não bastaria um tópico trancado com a notícia e depois um post de update com o relatório final. É óbvio que ninguém sabe as causas ainda, aconteceu o acidente há 24h atrás, mas qual o problema em levantar hipóteses?

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites

às vezes lidar habitualmente com o complexo dificulta enxergar o simples.

 

um modelo de avião "novo" que em menos de dois anos de operação sofre dois acidentes catastróficos de maneira absolutamente idêntico - cai em pouco mais de 5 minutos após a decolagem e tendo reportado dificuldades de controle e unreliable air speed... seria assustador não deixar os max no chão neste momento e há histórico e estatísticas que "impõem" o groundeamento.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Master, bem-vindo de volta !!!! Privilegio voltar a contar com suas participacoes por aqui !

 

 

Creio que a FAA vai anunciar algo amanha - existe uma pressao crescente nos EUA no dia de hoje para um Ground.

Um terceiro acidente seria chocante ! Hora de revisar tudo e ter certeza sobre o que causou as duas quedas - e fazer as correcoes de rumo no 737MAX

Obrigado Lipe
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

https://www.bbc.com/news/business-47523468

11-Mar-2019, 12:15 zulu

 

Airlines that have grounded the 737 Max 8

  • Shenzhen Airlines (delivery of first 737 Max 8 in July 2018)
  • China Eastern Airlines (delivery of first 737 Max 8 in Dec 2017)
  • Air China (delivery of first 737 Max 8 in Nov 2017)
  • Kumming Airlines
  • Ethiopian Airlines
  • Cayman Airways
  • Indonesia airlines: Garuda Indonesia (one) and Lion Air (10) to be inspected.

Airlines continuing to operate the aircraft

  • Norwegian Air shuttle (delivery of first 737 Max 8 in June 2017) - "in close dialogue with Boeing"
  • Flydubai (delivery of first 737 Max 8 in July 2017) - "monitoring"
  • TUI Group (delivery of first 737 Max 8 in January 2018) - "close contact with manufacturer"
  • Air Italy - "in constant dialogue with the authorities"
  • S7 - "constantly keeping in touch with the manufacturer"
  • SilkAir - (delivery of first 737 Max 8 in Sept 2017) - "closely monitoring developments".
  • Southwest Airlines - "in contact with Boeing"

Other airlines that use the 737 Max 8

  • LOT Polish Airlines (delivery of first 737 Max 8 in November 2017)
  • SpiceJet (delivery of first 737 Max 8 in Oct 2018) - no immediate comment
  • JetAirways - no immediate comment
  • Corendon Airlines (delivery of first 737 Max 8 in May 2018)
  • Mauritania Airlines (delivery of first 737 Max 8 in Dec 2017)
  • Okay Airways (delivery of first 737 Max 8 in June 2018)
  • Malindo Air (delivery of first 737 Max 8 in May 2017)
  • Sunwing Airlines (delivery of first 737 Max 8 in June 2018)
  • Aerolineas Argentinas (delivery of first 737 Max 8 in Nov 2017)
  • Aviation Capital Group
  • Aeromexico
  • Gol Airlines
  • Gecas Travel Services
  • Oman Air and WestJet all use the aircraft but their delivery date has not been confirmed by Boeing.
Edited by ruifo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Com uma pesquisa rápida da pra ver que a G3 segue operando normalmente os Max, nesse momento o XMA está indo pra JPA.

 

O problema da Boeing groudear os Max é que o impacto nas ações vai ser imediato.

Edited by Schonarth

Share this post


Link to post
Share on other sites

Impacto em ações se recuperam e no longo prazo viram uma pequena cicatriz no gráfico.

 

Não responder adequadamente as demandas, sejam governamentais, da imprensa ou do público em geral quebram uma firma, seja lá qual for o ramo.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Gol é a única companhia aérea brasileira que utiliza o Boeing 737 MAX 8 e já opera com sete aviões do modelo preferencialmente em rotas para os Estados Unidos, América do Sul e Caribe. A empresa disse ao Bom Dia Brasil que acompanha as investigações sobre o acidente e que, por enquanto, não cogita a suspensão de voos.

 

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/03/11/china-proibe-voos-locais-com-boeing-737-max-apos-acidente-na-etiopia.ghtml

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade