Jump to content
Sign in to follow this  
Dinämica da Operação

Azul assina acordo para adquirir nova empresa com ativos da Avianca Brasil

Recommended Posts

O valor que a Azul vai pagar é 105 ou 400 milhões ? Eu vi no fato relevante o valor de 105. Porém no jornal nacional e diversas mídias falam no valor de 405 também.

105 milhões de dólares, o que dá estes 400 ou 405 milhões de reais, dependendo do câmbio que usar

Share this post


Link to post
Share on other sites

O valor que a Azul vai pagar é 105 ou 400 milhões ? Eu vi no fato relevante o valor de 105. Porém no jornal nacional e diversas mídias falam no valor de 405 também.

 

105 milhões de dólares, que *3,80 = 400 milhões de reais.

 

Esse valor é um um aporte inicial (em caráter de empréstimo), que será descontado caso AD arremate a Life Air no leilão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

105 milhões de dólares, que *3,80 = 400 milhões de reais.

 

Esse valor é um um aporte inicial (em caráter de empréstimo), que será descontado caso AD arremate a Life Air no leilão.

Negativo, a proposta da Azul além de ser não vinculante, pois pode ser alterada dependendo de uma série de condições, entre elas renegociação de leasing, autorização dos slots, etc, só há o pagamento no closing da operação, ou seja dinheiro somente com o cumprimento das condições precedentes entre elas o leilão. Se houver pagamento antes o leilão poderá ser embargado, por vício na operação.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Não vai absorver todos, pelo que se comenta na radio corredor, menos da metade (falam em um primeiro momento em 2000 dos 4000 tripulantes).

A rescisão será honrada pela O6 (ou pelo que sobrar dela).

Quem for para Azul, provavelmente não só vai ser demitido da O6, como ter que assinar a quitação das verbas trabalhistas.

 

Abraço

Se de fato a Avb quitar a rescisão é justo, o que sobrar dela,com certeza vai fechar as portas devendo meio bilhão para iniciar ( se Azul só pagar 400 milhões)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Li que os slots da Azul em CGH irão aumentar de 13 para 34. A mesma reportagem fala que Gol e Latam possuem 130 cada. É isso mesmo? Achei que fosse 116 para a Latam e 118 para a Gol.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Li que os slots da Azul em CGH irão aumentar de 13 para 34. A mesma reportagem fala que Gol e Latam possuem 130 cada. É isso mesmo? Achei que fosse 116 para a Latam e 118 para a Gol.

 

Pela ANAC, em jan19:

 

G3 3.399 decolagens + 3.355 pousos = 6.798 / 2 / 31 = 110 pares dia em média

JJ 3.335 3.315 = 6.650 = 107

O6 575 570 = 1.145 = 18

AD 387 388 = 775 = 13

15.368 / 31 / 17 horas = 29 mov/hora (06 - 23h)

 

Pode ter tido voos cancelados, fechamentos por questões climáticas, etc.

Edited by TheJoker

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pela Infraero, jan19 18.478 / 31 / 17 h = 35 mov/hora

fev19 16.902 / 28 / 17 h = 35.5

Edited by TheJoker

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há anos a azul "namora" a Avianca, com certeza esse cenário já era previsto pelo planejamento.

 

Um detalhe que não vi ninguém falando;

 

Segundo o comunicado após a UPI a Azul continuaria usando o nome Avianca até que houvesse uma fusão definitiva. Só que tem um detalhe, o nome Avianca não pertence a O6. Como isso fica?

 

Sinceramente, não vejo problema em usar o nome Avianca pois é um direito de uso que a O6 tem firmado em contrato e que ela está repassando para a Life Air na RJ. No máximo, talvez possa existir em contrato uma cláusula de anuência por parte do cedente. Similar à compra do Citbank varejo pelo Itaú, que continuou tendo o direito de uso por mais de 1 ano até a incorporação total da parte comprada. Só não vai usar o nome Avianca se a Avianca Holdings decidir romper o contrato de cessão de direito de uso, mas creio que a O6 e a Azul (ou quem compre a Life Air) estão protegidos neste caso pelo processo de RJ.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

105 milhões de dólares, que *3,80 = 400 milhões de reais.

 

Esse valor é um um aporte inicial (em caráter de empréstimo), que será descontado caso AD arremate a Life Air no leilão.

 

Na Globo falou que desse total de USD 105 milhões, USD 40 milhões era o empréstimo (aporte) inicial para a O6 continuar operando.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pela ANAC, em jan19:

 

G3 3.399 decolagens + 3.355 pousos = 6.798 / 2 / 31 = 110 pares dia em média

JJ 3.335 3.315 = 6.650 = 107

O6 575 570 = 1.145 = 18

AD 387 388 = 775 = 13

15.368 / 31 / 17 horas = 29 mov/hora (06 - 23h)

 

Pode ter tido voos cancelados, fechamentos por questões climáticas, etc.

Mesmo somando os slots da O6 e da AD, ainda dá cerca de um terço dos slots das duas maiores. Impressionante!

 

Como ficaria em GRU?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mesmo somando os slots da O6 e da AD, ainda dá cerca de um terço dos slots das duas maiores. Impressionante!

 

Como ficaria em GRU?

 

Pela ANAC em jan19, só doméstico:

 

JJ 3.144 decolagens + 3.146 pousos = 6.290 / 31 dias / 2 = 101 pares por dia em média

G3 2.899 2.918 = 5.817 = 94

O6 1.796 1.801 = 3.597 = 58

AD 1.035 1.027 = 2.062 = 33

2Z 137 137 = 274 = 4

PAX 18.040 = 291

Cargo 307 285 = 592 = 10

Total 18.632 = 301

 

Pela GRU Apt. 18.145 = 293

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por isso não entendo precisar de 17 slots no SDU, quando deveria pegar todos os de GRU (saltaria pra 91) e ficar praticamente com o mesmo share da G3 e quase perto da JJ.

Edited by TheJoker
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por isso não entendo precisar de 17 slots no SDU, quando deveria pegar todos os de GRU (saltaria pra 91) e ficar praticamente com o mesmo share da G3 e quase perto da JJ.

 

A Azul sabe tirar proveito de bons slots no SDU. Penso que o desejo devera ser avaliar manter a Ponte Aerea CGH-SDU e operar mais voos SDU-BSB

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, não vamos esquecer que o Temer sancionou a MP do capital estrangeiro e só falta a o Congresso aprovar.

Caso seja aprovado, muita gente deve entrar no jogo.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, não vamos esquecer que o Temer sancionou a MP do capital estrangeiro e só falta a o Congresso aprovar.

Caso seja aprovado, muita gente deve entrar no jogo.

Será que votam até abril?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, não vamos esquecer que o Temer sancionou a MP do capital estrangeiro e só falta a o Congresso aprovar.

Caso seja aprovado, muita gente deve entrar no jogo.

 

 

Voce poderia apontar a lista de empresas aguardando a aprovacao no congresso para abrir filial no Brasil?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos passar a régua em algumas coisas, assim como foi no tópico da RJ da Avianca.

 

- A maioria das AFAs desde o início da RJ saíram de funcionários da Azul, e aconteceu tudo, menos o que as AFAs prometiam;

 

- Agora com a proposta da Azul, já estão até decidindo quem entra ou não na companhia. Mas nada vem de alguma chefia, são apenas AFAs;

 

- Ainda não foi vendida, a empresa passará por leilão e a única coisa que a Azul tem é uma prioridade. Então não compraram, logo não tem como falar em staff por enquanto;

 

- Outras empresas poderão participar do leilão, e há mais interessados;

 

- Os dois CNPJs irão continuar existindo até os passivos serem liqüidados. Logo, até então, caso for a Azul que levar o prêmio, haverá operação dedicada ainda.

 

It’s all folks! Por enquanto.

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos passar a régua em algumas coisas, assim como foi no tópico da RJ da Avianca.

 

- A maioria das AFAs desde o início da RJ saíram de funcionários da Azul, e aconteceu tudo, menos o que as AFAs prometiam;

 

- Agora com a proposta da Azul, já estão até decidindo quem entra ou não na companhia. Mas nada vem de alguma chefia, são apenas AFAs;

 

- Ainda não foi vendida, a empresa passará por leilão e a única coisa que a Azul tem é uma prioridade. Então não compraram, logo não tem como falar em staff por enquanto;

 

- Outras empresas poderão participar do leilão, e há mais interessados;

 

- Os dois CNPJs irão continuar existindo até os passivos serem liqüidados. Logo, até então, caso for a Azul que levar o prêmio, haverá operação dedicada ainda.

 

It’s all folks! Por enquanto.

 

O que se tem também é, que a Azul adiantou um valor para a continuidade operacional da ONE até a data do leilão, e se algum outro interessado arrematar, o valor é devolvido para a AD.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

- Outras empresas poderão participar do leilão, e há mais interessados;

 

 

 

 

Saberia nos dizer quem são os interessados, além da Azul?

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

O que se tem também é, que a Azul adiantou um valor para a continuidade operacional da ONE até a data do leilão, e se algum outro interessado arrematar, o valor é devolvido para a AD.

Exato! E defender o CNPJ não garante empregabilidade. Corajoso o DN aportar 105$ mi nos irresponsáveis da Avianca.

 

Aliás ontem um conhecido voou nesta, atraso de 2h, uma lambança operacional, avião caindo os pedaços por dentro... Não adianta arrotar Star Alliance e ser Looks like Transafrik

Share this post


Link to post
Share on other sites

Corajoso o DN aportar 105$ mi nos irresponsáveis da Avianca.

E acha que ele vai aportar este valor sem garantias?

 

Ele não ser ingênuo :P

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade