Jump to content
Sign in to follow this  
Dinämica da Operação

Azul assina acordo para adquirir nova empresa com ativos da Avianca Brasil

Recommended Posts

Share this post


Link to post
Share on other sites

As diárias e férias foram pagas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos aguardar o próximo pagamento pra ver se vai sair em dia...

Share this post


Link to post
Share on other sites

A assembleia com credores do dia 15/04 foi antecipada para 29/03

Share this post


Link to post
Share on other sites

Falou em aporte o dinheiro apareceu...

 

Mas esse aporte já está na conta? A Azul já fez um TED ou um DOC pra Avianca? :macumba:

Edited by MRN

Share this post


Link to post
Share on other sites

Latam está pensando em participar do leilão. Saiu matéria no Valor sobre isso...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Mas esse aporte já está na conta? A Azul já fez um TED ou um DOC pra Avianca? :macumba:

 

Creio que não foi diretamente pra Avianca e sim um depósito em juízo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Já trabalhei numa empresa que prestava serviço a outra em estado falimentar, e ouvi de um alto diretor dela que estava torcendo logo por uma greve pra ele encerrar as operações de vez, pq aí não teria mais volta a "justificativa". Obvio que não era pra mim ter ouvido isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já trabalhei numa empresa que prestava serviço a outra em estado falimentar, e ouvi de um alto diretor dela que estava torcendo logo por uma greve pra ele encerrar as operações de vez, pq aí não teria mais volta a "justificativa". Obvio que não era pra mim ter ouvido isso.

 

Se a Avianca estivesse torcendo por uma greve, era só não ter pago os salários hoje, porque a greve era dada como certa amanhã. Creio que ela não queira encerrar as suas operações...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Latam está pensando em participar do leilão. Saiu matéria no Valor sobre isso...[/quote

 

Duvido,tens o link da reportagem?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse link não abre para não assinantes,pena

Nota curta mesmo, sem detalhes.

 

SÃO PAULO - (Atualizada às 14h09) - A Latam, segunda maior companhia aérea em voos domésticos no Brasil, com 29,84% de participação, monitora a evolução da Avianca Brasil, enquanto avalia se faz ou não uma oferta para comprar parte da concorrente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A TAM comprou a Pantanal por 13 milhões de reais fora as dívidas(que somavam mais de 70 milhões de reais). Tudo pelos slots em Congonhas. E a Pantanal tinha só 0,15% do market share na época.

 

Até parece que não vão analisar a Avianca com bons olhos. Para levar, a Azul vai ter trabalho no leilão.

 

Sem falar que, com a compra, além de garantir os slots e uma parte do market share, evita o crescimento da Azul em Congonhas.

Edited by bfrey

Share this post


Link to post
Share on other sites

A LATAM pode analisar, mas eu pessoalmente não acho vantajoso para o grupo. Ela já domina mais de 40% de CGH e com a Gol vai para 80-80%, qual o impacto da Azul lá?

 

Queimaria dinheiro segurando sua posição em mercados onde querem roubar seus paxs: Chile, Argentina e Peru, e tentar crescer no colombiano.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A assembleia com credores do dia 15/04 foi antecipada para 29/03

 

A data inicial proposta para a primeira assembleia era 04/04 (10/04 a 2ª), sendo antecipada para 29/03 (05/04 a 2º).

 

Quando será o tal leilão?

Ainda é incerto o momento exato.

 

Depende da aprovação do plano de recuperação proposto. Se for aprovado, a O6 deverá dar publicidade à disponibilidade da UPI, que é para dar inicio ao processo competitivo de alienação entre os demais interessados. Até lá, partindo da premissa que o plano tenha sido aprovado sob os termos atuais, a Azul goza de exclusividade (acordada com a O6) na fase de negociação que antecede a publicação legal.

 

Se a alienação da UPI ocorrer, considerando as modalidade legais de alienação de ativos, não necessariamente o método utilizado será o leilão. Tudo vai depender da proposta da azul, que será fechada, e de outros inúmeros fatores ainda não conhecidos que são:

 

  • a aprovação do plano de recuperação (que é o o principal);
  • a conversa com a Azul prosperar;
  • o eventual aparecimento de outros interessados (a vermelha que não é mais vermelha, por ex.);
  • a discricionariedade do juiz e do comitê de credores em face tudo que está por vir;
  • et cætera, ou se preferir, a boa e velha etc.

Tem muita coisa para acontecer, a maioria delas incertas.

Edited by Rodrigo_A32F

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nota curta mesmo, sem detalhes.

 

SÃO PAULO - (Atualizada às 14h09) - A Latam, segunda maior companhia aérea em voos domésticos no Brasil, com 29,84% de participação, monitora a evolução da Avianca Brasil, enquanto avalia se faz ou não uma oferta para comprar parte da concorrente.

Obrigado mesmo assim, os chilenos são calejados com operações no Brasil,duvido que façam qualquer investimento,embora 100 milhões de dólares não seria nada se comparado com os 790 milhões de dólares que vão gastar no retrofit das aeronaves mais a compra do Multiplus,sairia barato assumir a AVB e pagar o salário melhor ,padrão da antiga JJ,temo pelos colaboradores

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado mesmo assim, os chilenos são calejados com operações no Brasil,duvido que façam qualquer investimento,embora 100 milhões de dólares não seria nada se comparado com os 790 milhões de dólares que vão gastar no retrofit das aeronaves mais a compra do Multiplus,sairia barato assumir a AVB e pagar o salário melhor ,padrão da antiga JJ,temo pelos colaboradores

Creio que se a Latam entrar na jogada será para evitar o crescimento da concorrente Azul e não para expandir as operações. Faria algo semelhante ao que a Gol fez com a Webjet...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Azul pretende compartilhar voos com Avianca em até 6 meses

 

A Azul pretende implantar o compartilhamento de voos ("codeshare") com a nova empresa que será criada pela Avianca Brasil em até seis meses. John Rodgerson, presidente da aérea, disse nesta quinta-feira que a aquisição da nova empresa deve gerar ganhos de sinergia com a integração de operações.

Uma das oportunidades que a companhia vê de crescimento é com o compartilhamento de voos entre as duas empresas, aproveitando melhor a oferta.

"Temos experiência em fusão e podemos fazer rapidamente a integração das operações da Azul com as operações da nova empresa", afirmou David Neeleman, fundador da Azul e presidente do conselho de administração da companhia.

 

https://www.valor.com.br/empresas/6160701/azul-pretende-compartilhar-voos-com-avianca-em-ate-6-meses

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade