Jump to content
Sign in to follow this  
jambock

Egito assinou um contrato para a compra de caças Su-35

Recommended Posts

Meus prezados

Egito assinou um contrato para a compra de caças Su-35
O periódico Russo “Kommersant”, informou que a Rússia assinou um contrato com o Egito para o fornecimento de várias dúzias de caças multifuncionais pesados Su-35. O Kommersant destacou ainda que juntamente com os caças médios MiG-29M / M2 fornecidos ao Egito, eles devem aumentar significativamente o potencial de combate da Força Aérea Egípcia nos próximos anos.
Em nota o “Kommersant”, cita o trecho de uma entrevista a dois altos executivos de empresas do setor de defesa. Segundo eles, o acordo relevante, que implica o fornecimento de “mais de duas dúzias de aeronaves” e suporte para material de aviação ultrapassa o valor de cerca de US $ 2 bilhões, e este entrou em vigor no final de 2018 e podem começar a ser recebidos entre 2020–2021.
Os interlocutores do “Kommersant” se recusaram a divulgar o custo do contrato, mas observaram que este garante a utilização da capacidade do fabricante da aeronave, a Planta de Aviação Komsomolsk-on-Amur, por vários anos mais.
Um dos interlocutores do “Kommersant” salientou que as capacidades de produção da linha da fábrica permitem que a empresa produza cerca de 20 dessas aeronaves para as necessidades das forças aeroespaciais russas sem problemas entre 2019-2020.
Porém a Rosoboronexport absteve-se de comentar sobre este fato.
Nos últimos anos, o Egito tem sido um dos maiores compradores de uma ampla gama de armas e equipamentos militares russos. Esta atividade está diretamente relacionada com a figura do presidente Abdel-Fattah al-Sisi, que chegou ao poder no Egito durante o golpe de Estado em 2013
Segundo fontes militares, o ex-ministro da Defesa al-Sisi, que substituiu Mohammed Morsi como chefe do Estado, percebeu rapidamente a real necessidade do exército de um rearmamento maciço.
Já em 2014, Moscou e Cairo assinaram um pacote de contratos de armas, implicando o fornecimento de vários sistemas de defesa aérea tais como sistemas antimísseis Antey-2500 e Buk-M2E, artilharia, armas leves e outras armas no valor de US $ 3,5 bilhões.
Assinado então o pacote de fato de contratos tornou-se o primeiro exemplo real da renovação da cooperação técnico-militar entre Cairo e Moscou desde 1972, quando conselheiros militares soviéticos deixaram o país a pedido do presidente egípcio Anwar Sadat. Posteriormente, vários contratos de armas icônicos foram concluídos como o acordo para o fornecimento de 46 caças MIG-29M / M2 (cerca de US $ 2 bilhões) e 46 helicópteros de combate Ka-52 (que custam mais de US $ 1 bilhão), ambos atualmente em andamento.

Fonte: kommersant via E.M.Pinto site Poder Aéreo 18 mar 2019

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados
Estados Unidos ameaçam Egito com sanções pela compra do caça russo Su-35
Um representante do alto escalão da administração dos Estados Unidos mencionou durante uma coletiva telefônica que as autoridades dos EUA poderiam impor sanções a países que comprem armas estrangeiras, dentro da estrutura da Lei de Combate aos Oponentes da América Através de Sanções (CAATSA – Countering America’s Opponents through Sanctions), informou a agência russa TASS.
O representante fez esta declaração, respondendo à pergunta se o presidente dos EUA, Donald Trump, pretende impor sanções ao Egito, devido ao fato de que este último pretende adquirir caças russos Su-35.
“A Rússia não é um parceiro confiável no campo do fornecimento de armas”, disse o representante.
Ele também expressou a opinião de que o equipamento militar dos EUA é superior aos seus homólogos russos.
Recentemente, a mídia informou que o Egito comprou dezenas de Su-35 russos.
Fonte: site Poder Aéreo 9 abr 2019

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados

Estados Unidos ameaçam Egito com sanções pela compra do caça russo Su-35

Um representante do alto escalão da administração dos Estados Unidos mencionou durante uma coletiva telefônica que as autoridades dos EUA poderiam impor sanções a países que comprem armas estrangeiras, dentro da estrutura da Lei de Combate aos Oponentes da América Através de Sanções (CAATSA – Countering America’s Opponents through Sanctions), informou a agência russa TASS.

O representante fez esta declaração, respondendo à pergunta se o presidente dos EUA, Donald Trump, pretende impor sanções ao Egito, devido ao fato de que este último pretende adquirir caças russos Su-35.

“A Rússia não é um parceiro confiável no campo do fornecimento de armas”, disse o representante.

Ele também expressou a opinião de que o equipamento militar dos EUA é superior aos seus homólogos russos.

Recentemente, a mídia informou que o Egito comprou dezenas de Su-35 russos.

Fonte: site Poder Aéreo 9 abr 2019

 

 

“A Rússia não é um parceiro confiável no campo do fornecimento de armas”, disse o representante....

 

Nesse ramo ai.... não sei que é confiável...

 

sugiro a leitura

 

http://www.abra-pc.com.br/index.php/publicacoes-abra-pc/forum/73-27-projeto-f-x2-alguns-comentarios-a-respeito-na-antevespera-da-decisao-quirico-t-f.html

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados

Está esclarecido o "mais de duas dúzias de Su-35"...

Egito assina acordo de US $ 2 bilhões para 50 caças da Rússia

 Tradução-E.M.Pinto

 A Força Aérea Egípcia assinou um acordo militar para compra 50 aviões combate MiG-35 da Rússia. O acordo de US $ 2 bilhões, é o maior da era pós-soviética, e supera o que foi assinado entre o Cairo e Moscou em abril de 2015.

O primeiro acordo previa a entrega até 2020 de  24 caças MiG-29M da Rússia. O novo acordo prevê a adoção de uma aeronave bem mais moderna e atualizada, o MiG-35 é uma aeronave oriunda de um projeto de revisão completa do MiG-29 básico. A aeronave possui uma capacidade multifuncional mais robusta, com uso aprimorado de armas de alta precisão ar-ar e ar-solo. Além disso, ele possui um alcance de combate aumentado devido a um aumento em sua capacidade interna de combustível.

A cooperação mútua entre os dois países foi potencializada após a posse de Al-Sisi em junho de 2014, particularmente no nível de apoio militar, no entanto, as relações se deterioraram depois que um avião de passageiros russo caiu sobre a península do Sinai em outubro de 2015. A retomada do tráfego aéreo russo na capital egípcia do Cairo no ano passado teve um papel significativo na mitigação das relações entre os dois países.

Fonte: Midle East Monitor via Plano Brasil

Creio que o redator equivocou-se. Smj, a aeronave em questão é Sukhoi Su-35. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...