Jump to content
Sign in to follow this  
TheJoker

LATAM cancela BSB-EZE.

Recommended Posts

LATAM will end service between Brasilia and Buenos Aires from 2 May. Gol will remain as the sole carrier on the route.

 

https://twitter.com/ghimlay

 

Editora do Flightglobal.com

Edited by TheJoker
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelos slots de BSB de 15/03.

 

H JJ8126 03APR01MAY 0030060 174320 0055EZEEZE J último voo EZE-BSB dia 30/04 chegada em BSB 01/05
H JJ8126 08APR29APR 1000000 174320 0125EZEEZE J
H JJ8127 03APR01MAY 0030000 174320 EZEEZE0910 J último voo BSB-EZE
H JJ8127 06APR27APR 0000060 174320 EZEEZE0910 J
H JJ8127 08APR29APR 1000000 220321 EZEEZE0935 J

Share this post


Link to post
Share on other sites

Duas empresas dividindo um mercado que não cresceu.

 

BSB-EZE JJ G3

dez18 1.890 pagos 12v LF 90,5% 3.002 26v LF 65,8%

jan19 2.142 14v 87,9% 3.147 26v 68,8% = 5.289 jan18 JJ 5.589

fev19 1.973 12v 94,5% 3.703 24v 87,7% = 5.676 fev18 5.700

10.965 -2,9% 11.289

EZE-BSB JJ G3

dez18 2.066 pagos 13v LF 91,3% 3.380 26v LF 73,9%

jan19 2.186 13v 94,6% 3.293 24v 78,0% = 5.479 jan18 JJ 6.292

fev19 1.665 12v 79,7% 3.703 24v 87,7% = 5.368 fev18 4.817

10.847 -2,4% 11.109

21.812 -2,6% 22.398

Share this post


Link to post
Share on other sites

G3 GRU-EZE/AEP 2M18 36.506 JJ 44.599 4M 16.525

GRU-EZE/AEP 2M19 29.425 29.368 17.992

dif. -7.081 -15.231 +1.467

BSB-EZE +6.850

 

G3 GIG-EZE 2M18 23.096 JJ 6.140 PZ 14.295

2M19 17.566 8.726 12.133

dif. -5.536 +2.586 -2.162

 

 

AD CNF-EZE 2M18 17.784

CNF/VCP-EZE 2M19 26.729

dif. +8.945

Share this post


Link to post
Share on other sites

É o que digo de corrosão. A Latam tira de um lado e coloca em outro e não necessariamente cresce o mercado

 

E em BSB ela tem um custo de conexão ruim pois se o passageiro vem do centro-sul é custo! Pelo que vejo pouco a pouco a Latam se concentra no internacional em GRU e as exceções parece que serão somente SCL-GIG (creio que mais cedo ou mais tarde a Latam vai tentar sair de BUE-RIO) e os voos para MIA e MCO que ela esta sustentando no Nordeste pra manter a briga com a Gol e a Azul.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

BSB deve ser essencialmente conexões para o Nordeste, assim como VCP e CNF. Então melhor ficar em GRU do que perder dinheiro pra concorrência.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

E saber que sondavam que teriam Bsb-Scl/Lima/Madri etc

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acredito que esteja relacionado ao ICMS ... ao que parece o incentivo não foi regulamentado para 2019 portanto ninguém terá o benefício.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acredito que esteja relacionado ao ICMS ... ao que parece o incentivo não foi regulamentado para 2019 portanto ninguém terá o benefício.

 

Eu acho que tenha mais a ver com o benefício de São Paulo. A Latam tá tentando arrumar avião pra adicionar as rotas e ter desconto onde a frota inteira está.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É o que digo de corrosão. A Latam tira de um lado e coloca em outro e não necessariamente cresce o mercado

 

E em BSB ela tem um custo de conexão ruim pois se o passageiro vem do centro-sul é custo! Pelo que vejo pouco a pouco a Latam se concentra no internacional em GRU e as exceções parece que serão somente SCL-GIG (creio que mais cedo ou mais tarde a Latam vai tentar sair de BUE-RIO) e os voos para MIA e MCO que ela esta sustentando no Nordeste pra manter a briga com a Gol e a Azul.

 

Ela mantem REC-EZE 2X, tb. As vezes A320, as vezes A321. E as ocupações, pelo que tenho visto, são muito boas

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pra ilustrar o que falei, seguem as ocupações de fevereiro no inter em REC:

 

AEA

REC/MAD - 72%
MAD/REC - 72%


AZU

REC/FLL - 74%
FLL/REC - 91%

REC/MCO - 77%
MCO/REC - 94%

REC/ROS - 98%
ROS/REC - 92%

REC/COR - 97%
COR/REC - 93%


CFG

REC/FRA - 91%
FRA/REC - 88%


CMP

REC/PTY - 68%
PTY/REC - 76%


GLO

REC/EZE - 90%
EZE/REC - 89%

REC/MVD - 85%
MVD/REC - 76%


LAT

REC/MIA - 87%
MIA/REC - 84%

REC/EZE - 93%
EZE/REC - 93%


TAP

REC/LIS - 72%
LIS/REC - 68%


TCV

REC/SID - 59%
SID/REC - 50%

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Eu acho que tenha mais a ver com o benefício de São Paulo. A Latam tá tentando arrumar avião pra adicionar as rotas e ter desconto onde a frota inteira está.

Acho que não, em uma empresa com mais de 100 A320, ela não conseguir remanejar a malha para atender o incentivo paulista soa estranho.

 

O que percebo na LATAM é abrir mão de slots preciosos na Argentina (cancelaram GRU-ROS e BSB-EZE), agora vão fazer o que com eles?

 

Para falar a verdade acho até benéfico a LATAM se concentrar em GRU, ela permite que os outros dois players (G3 e AD) possam ter voos internacionais fora de GRU.

 

Um BSB-EZE não representa nada na malha inter da empresa (afinal domina no maior e mais rico mercado: GRU), mas para a Gol é crucial para ligar com os voos para Flórida e Nordeste.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Será que vão dar a frequência do bilateral para concorrência?

O voo de Rosário acho que não entra no bilateral,já Bsb não sei,duvido que o perderão

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que não, em uma empresa com mais de 100 A320, ela não conseguir remanejar a malha para atender o incentivo paulista soa estranho.

 

O que percebo na LATAM é abrir mão de slots preciosos na Argentina (cancelaram GRU-ROS e BSB-EZE), agora vão fazer o que com eles?

 

Para falar a verdade acho até benéfico a LATAM se concentrar em GRU, ela permite que os outros dois players (G3 e AD) possam ter voos internacionais fora de GRU.

 

Um BSB-EZE não representa nada na malha inter da empresa (afinal domina no maior e mais rico mercado: GRU), mas para a Gol é crucial para ligar com os voos para Flórida e Nordeste.

 

Acho que se tiver que operar para manter os slots, periga a Latam relançar POA-EZE

 

Se eu fosse alguém na Latam tentava avaliar um IGU-EZE

Share this post


Link to post
Share on other sites

Prezados

Ano passado voei no BSB-EZE, e o que notei é que na ida o voo era praticamente todo de argentinos voltando do nordeste, e na volta era de argentinos indo para o nordeste, lembro que na época até achei que tinha sido uma ótima sacada da Latam pois evitava o tumulto de GRU. Vai ver que com a crise na Argentina os hermanos já não vieram tanto

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se eu fosse alguém na Latam tentava avaliar um IGU-EZE

Eu acho que IGU-EZE rola uns 2-3 semanais, a LATAM poderia até vender um pacote interessante: Buenos Aires, Cataratas e Lima.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não há nada que IGU-EZE adicione à malha da LATAM que os inúmeros IGR-BUE diários não atenda.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não há nada que IGU-EZE adicione à malha da LATAM que os inúmeros IGR-BUE diários não atenda.

Quantos IGR-Bue a Latam possui ? Nem sabia que operava a rota

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quantos IGR-Bue a Latam possui ? Nem sabia que operava a rota

 

Segundo o FR24, na semana 24-30/03:

4M opera 14 vps AEP-IGR com 320, AR 34 vps com 737/8 + AU 8 vps E90, DN 13 vps com 738 e OY 7 vps com M83

AU 7 vps EZE-IGR

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pra ilustrar o que falei, seguem as ocupações de fevereiro no inter em REC:

 

AEA

 

REC/MAD - 72%

MAD/REC - 72%

 

AZU

 

REC/FLL - 74%

FLL/REC - 91%

 

REC/MCO - 77%

MCO/REC - 94%

 

REC/ROS - 98%

ROS/REC - 92%

 

REC/COR - 97%

COR/REC - 93%

 

CFG

 

REC/FRA - 91%

FRA/REC - 88%

 

CMP

 

REC/PTY - 68%

PTY/REC - 76%

 

GLO

 

REC/EZE - 90%

EZE/REC - 89%

 

REC/MVD - 85%

MVD/REC - 76%

 

LAT

 

REC/MIA - 87%

MIA/REC - 84%

 

REC/EZE - 93%

EZE/REC - 93%

 

TAP

 

REC/LIS - 72%

LIS/REC - 68%

 

TCV

 

REC/SID - 59%

SID/REC - 50%

 

 

Esse voo da AEA esta um desastre

AEA
REC/MAD - 72%
MAD/REC - 72%

 

Grande probabilidade desse voo n vingar.

 

 

TAP esta fraco tambem, nao esta indo bem, REC talvez seja Hora de pensar no A321 LR

 

Algo que surpreendeu foi o AF/KLM em FOR

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse voo da AEA esta um desastre

AEA

 

REC/MAD - 72%

MAD/REC - 72%

 

Grande probabilidade desse voo n vingar.

 

TAP esta fraco tambem, nao esta indo bem, REC talvez seja Hora de pensar no A321 LR

 

Algo que surpreendeu foi o AF/KLM em FOR

TAP já disse que voará com os 321 LR para o Nordeste Brasileiro. Só não disse para quais bases.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Esse voo da AEA esta um desastre

AEA
REC/MAD - 72%
MAD/REC - 72%

 

Grande probabilidade desse voo n vingar.

 

 

TAP esta fraco tambem, nao esta indo bem, REC talvez seja Hora de pensar no A321 LR

 

Algo que surpreendeu foi o AF/KLM em FOR

 

Não diria um desastre, a rota ainda está se consolidando, eles começaram há pouco mais de 1 ano. Também não sabemos como estão no quesito "carga" nesses voos.

 

Só acho que precisam fortalecer um pouco a parceria com a Azul . Sempre que vejo, fica muito mais caro incluir algum trecho de REC, para outras cidades do nordeste, com a AD.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Não diria um desastre, a rota ainda está se consolidando, eles começaram há pouco mais de 1 ano. Também não sabemos como estão no quesito "carga" nesses voos.

 

Só acho que precisam fortalecer um pouco a parceria com a Azul . Sempre que vejo, fica muito mais caro incluir algum trecho de REC, para outras cidades do nordeste, com a AD.

Concordo... Sem contar que a aeronave da AEA é muito densa em relação às de outras empresas. O que na AEA é 72% em outras companhias é acima de 80%.

 

A título de curiosidade, o número médio de passageiros pagantes desse voo em fevereiro foi 215 por voo. Se pegarmos a AFR/KLM, citada pelo colega, em FOR, onde tem sempre ocupações médias na casa dos 90%, veremos que a AFR movimentou uma meia de 243 pagantes e a KLM movimentou 237 pagantes em média. Ambas ficaram com cerca de 90% de LF.

 

Conclusão: o LF em porcentagem tem uma diferença enorme, mas em número de passageiros não. Logo, não é esse desastre todo propagado. E nem falamos em yield... Deve estar sendo bom para a empresa, já que vai voar a terceira frequência na temporada de verão europeu esse ano

Edited by Dortin

Share this post


Link to post
Share on other sites

Conclusão: o LF em porcentagem tem uma diferença enorme, mas em número de passageiros não. Logo, não é esse desastre todo propagado. E nem falamos em yield... Deve estar sendo bom para a empresa, já que vai voar a terceira frequência na temporada de verão europeu esse ano

Entretanto há uma diferença, são dois voos da AEA contra 6 ou 7 da AFR-KLM, ou seja, o custo fixo é divido por mais pessoas que a AEA. Talvez o que amenize é a AEA contratar GSA onde opera poucos voos.

 

Quero ver até quando está estratégia da AEA vai funcionar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

TAP já disse que voará com os 321 LR para o Nordeste Brasileiro. Só não disse para quais bases.

 

Praticamente todas. Há comentários inclusive que tem bases (REC) que receberiam um duplo diário com A321 LR.

 

Também abrirá JPA e MCZ com A321.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade