Jump to content
Sign in to follow this  
A345_Leadership

Avianca Brasil entra com pedido de recuperação judicial [PARTE 2]

Recommended Posts

 

Opa... Isso ai vc nao pode falar. Sr Jose estava na sede ontem o dia todo. O carro estava estacionado na porta.

o Canhedo manteve certa frequência entre nov 2004 até jan 2005 indo para Congonhas despachar do escritório dele.

 

estar presente não é atuar.

 

 

Acredito que a estratégia da Azul será de não fazer o bid, deixar que LATAM e GOL que se comprometeram a comprar uma UPI cada por 70 milhões de dólares fiquem com elas (provavelmete A e B) assim ela recebe todo dinheiro que emprestou e deixa a briga por slots ir pro CADE, afinal LATAM e GOL vão ficar com 95% de CGH. Sobre as outras UPIs não sei dizer.

 

As duas vão gastar uma nota por slots que não precisam, só pra barrar a concorrente.

considerando que ninguém faça o lance de 70mm, como ficaria?

talvez a analise seja exatamente essa: forçar um valor menor que 70mm, que compense e coloque mais pressão na AD.

Share this post


Link to post
Share on other sites

leo_cnf

 

Não compensa ligar pra LX e tentar mudar o vôo?

Uma vez tentei fazer isso na Lufthansa e alteraram um vôo JJ para mim sem custo algum.

 

Na hora que esse ticket for para airport control, a responsável por esse trecho passa a ser a O6, não é?

A LX nos mudou para a azul sem custos. Uma vez que o voo da O6 já estava como cancelado.

A LX deve ter assumido o prejuízo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A LX nos mudou para a azul sem custos. Uma vez que o voo da O6 já estava como cancelado.

A LX deve ter assumido o prejuízo.

Tem muito prejuízo já anunciado mas ainda não exercido: milhares de bilhetes star com voos O6 cuja empresa emissora do tíquete quer esperar pra ver como é que fica. TAP é uma que não se coçará enquanto o voo O6 constar como confirmado... No dia do voo, alguém vai arcar com preju - seja passageiro dando no show no trecho internacional ao qual não compareceu por não ter havido voo O6 anterior que trouxesse o passageiro - seja pela empresa star se virando pra trocar a perna doméstica a preço da hora... enfim, tem muitos problemas individuais a estourar na mão de pessoal em terra e muitos choros de passageiro a rolar..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ontem o PR-OCW também realizou translado para QSC, cumprindo SJK-QSC.

 

Foto recebida no WhatsApp dos aviões da O6 em QSC. Autoria desconhecida.

 

n93uOHV.jpg

Edited by gabrielmagacho
  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parece que pelos dados do FR24, dois NEO's e um CEO devem parar hoje.

 

PR-OBK último voo 6350 GRU-NAT.

PR-OBH último voo 6310 GRU-REC.

PR-ONX (CEO) último voo para PNZ, mas esse creio que possa ser um erro do FR24.

 

Informações extra-oficiais que podem vir a não ser a realidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ontem o PR-OCW também realizou translado para QSC, cumprindo SJK-QSC.

 

Foto recebida no WhatsApp dos aviões da O6 em QSC. Autoria desconhecida.

 

n93uOHV.jpg

É uma imagem triste, 9 aeronaves paradas.

 

Como disse o Uptrim, quem imaginaria isso seis meses atrás?

Share this post


Link to post
Share on other sites

A LX nos mudou para a azul sem custos. Uma vez que o voo da O6 já estava como cancelado.

A LX deve ter assumido o prejuízo.

 

Preju nenhum, esses interlines não são "pagos".

 

A regra é clara, deu UN/TK (cancelamento/remarcação) no bilhete, a dona é obrigada a remarcar sem custo algum, seja a perna operada com quem quer q seja. Normalmente o GDS já protege automaticamente.

 

Aqui emitimos mtos tkts com o add-on doméstico O6 e todos já foram devidamente protegidos. A gente confere e já reemitimos em congênere conforme classe de tarifa regrada pela cia aérea-mãe do tkt.

 

Resumo, quem tem tkt inter com add-on O6 não deve se preocupar.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Atualizando a frota hoje:

 

17/04
A318 - 4 operacionais
PR-AVJ
PR-AVL
PR-ONC
PR-ONI
A319 - 4 (3 operacionais)
PR-AVB
PR-AVC (parado em SJK desde 03/03)
PR-AVD
PR-ONJ - Aguardando processo judicial
A320 - 11 (9 operacionais)
PR-AVP (parado em SJK desde 01/04) Aguardando processo judicial
PR-AVQ (Arrestado 09/04)
PR-AVR - Aguardando processo judicial
PR-AVU (Arrestado 09/04)
PR-OBB
PR-OCA (Parado desde 19/12 em CGH, sem motores) - Devolvido em 16/4
PR-OCB - São Carlos 13/04
PR-OCD - São Carlos 14/04
PR-OCH - São Carlos 13/04
PR-OCI - São Carlos 15/04
PR-OCM - São Carlos 14/04
PR-OCN - São Carlos 15/04
PR-OCO - São Carlos 14/04
PR-OCQ
PR-OCR
PR-OCT - São Carlos 13/04
PR-OCV - São Carlos 15/04
PR-OCW (Acft do incidente no GIG, foi transladada para o SJK dia 05/04) - ANAC cancelou matrícula
PR-OCY
PR-ONK (Arrestado em 09/04)
PR-ONL - Aguardando processo judicial
PR-ONS (parado em CGH desde 03/04, sem um motor)- Aguardando processo judicial
PR-ONT - Aguardando processo judicial
PR-ONW - Devolução agendada para 23/4
PR-ONX - Devolução agendada para 25/4
PR-ONZ- (Parado em SJK desde 2018)- Devolvido em 16/4
A320NEO - 7 (6 operacionais)
PR-OBD - Devolução agendada para 22/4
PR-OBF (Parado em GRU desde 03/03) - será devolvido até 25/04
PR-OBH - será devolvido até 25/04
PR-OBI - Devolução agendada para 24/4
PR-OBJ - Devolução agendada para 22/4
PR-OBK - será devolvido até 25/04
PR-OBP - Devolução agendada para 23/4
Total: 26 aeronaves, sendo 22 operacionais no dia de hoje 17/04
Frota operacional provável após devoluções:
A318 - 4 operacionais
PR-AVJ
PR-AVL
PR-ONC
PR-ONI

 

A319 - 2 operacionais
PR-AVB
PR-AVD
A320 - 4 operacionais
PR-OBB
PR-OCQ
PR-OCR
PR-OCY

 

A320NEO - Nenhum operacional.
Total de 10 aeronaves.
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quando um paciente está em estado muito grave, com pouca probabilidade de sobreviver ou se restabelecer (não sei se é o caso da Avianca), os médicos e parentes começam a falar em alguns procedimentos quanto a roupa, familiares, doação de órgãos, funeral, etc...

Sei que o caso é, pelo menos me parece, diferente, mas o filme abaixo (que não encontrei online ou para download) lembra o cenário atual (já o assisti anos atrás):

 

Grounding: The Last Days Of Swissair (2006) - trailer

 

https://youtu.be/fQVwL90ghBc?t=97

Edited by alferreira
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Latam preocupada com o obvio.

 

"Latam teme fim da Avianca, que deve acabar mês com 5 aviões

Concorrentes que já injetaram US$ 13 mi cada para ficar com um pedaço da companhia poderão fazer aporte extra, caso ela sobreviva até leilão"

 

https://www.terra.com.br/economia/latam-teme-fim-da-avianca-que-deve-terminar-o-mes-com-apenas-5-avioes,6b12ef73ae75aa330f9306e6218a6646u3miv2fs.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quando um paciente está em estado muito grave, com pouca probabilidade de sobreviver ou se restabelecer (não sei se é o caso da Avianca), os médicos e parentes começam a falar em alguns procedimentos quanto a roupa, familiares, doação de órgãos, funeral, etc...

Sei que o caso é, pelo menos me parece, diferente, mas o filme abaixo (que não encontrei online ou para download) lembra o cenário atual (já o assisti anos atrás):

 

Grounding: The Last Days Of Swissair (2006) - trailer

 

https://youtu.be/fQVwL90ghBc?t=97

Filme muito bom, mostra como a linha de frente - seja em terra ou no ar - sofre com as conseqüências enquanto o alto escalão é mera dor de cabeça.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meu voo que no momento da compra (10/2018) era GIG-POA, foi alterado para GIG-GRU-POA.

Mas hoje, dia do embarque foi novamente alterado, para SDU-CGH e GRU-POA.

 

A funcionária informou que o translado entre CGH e GRU seria por conta e responsabilidade minha.

Muitos passageiros perdidos, irritados e que perderam conexões e compromissos.

E fica uma duvida: adianta abrir uma ação, ganhar e não conseguir executar?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meu voo que no momento da compra (10/2018) era GIG-POA, foi alterado para GIG-GRU-POA.

 

Mas hoje, dia do embarque foi novamente alterado, para SDU-CGH e GRU-POA.

 

A funcionária informou que o translado entre CGH e GRU seria por conta e responsabilidade minha.

 

Muitos passageiros perdidos, irritados e que perderam conexões e compromissos.

 

E fica uma duvida: adianta abrir uma ação, ganhar e não conseguir executar?

 

Conseguiu voar, pelo menos? Se sim, levante as mãos para o céu - por questão de dias não ficou em terra.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

PANROTAS

EMPRESAS

Avianca vai devolver mais oito aviões a partir de 22/4

17/04/2019 17:41:00 | Danilo Teixeira Alves

 

 

 

A Anac informou há pouco que a Avianca Brasil fará a devolução amigável de mais oito aeronaves. A agência está atuando junto à Avianca e às empresas de leasing GCAS (7 aeronaves) e PK (1 aeronave) para que a devolução ocorra de forma escalonada e após o feriado de Páscoa, de forma a mitigar os efeitos para os passageiros.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vai sobrar quantos para rodar (quer dizer, voar) depois do dia 22?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vai sobrar quantos para rodar (quer dizer, voar) depois do dia 22?

 

Já postei na pagina anterior... Mas tudo pode mudar, um dia de cada vez.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

n93uOHV.jpg

Guardadas devidas proporções, essa foto me lembra uma certa foto do Panda em 2005 no GIG.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Atualizando a frota hoje:

 

17/04
A318 - 4 operacionais
PR-AVJ
PR-AVL
PR-ONC
PR-ONI
A319 - 4 (3 operacionais)
PR-AVB
PR-AVC (parado em SJK desde 03/03)
PR-AVD
PR-ONJ - Aguardando processo judicial
A320 - 11 (9 operacionais)
PR-AVP (parado em SJK desde 01/04) Aguardando processo judicial
PR-AVQ (Arrestado 09/04)
PR-AVR - Aguardando processo judicial
PR-AVU (Arrestado 09/04)
PR-OBB
PR-OCA (Parado desde 19/12 em CGH, sem motores) - Devolvido em 16/4
PR-OCB - São Carlos 13/04
PR-OCD - São Carlos 14/04
PR-OCH - São Carlos 13/04
PR-OCI - São Carlos 15/04
PR-OCM - São Carlos 14/04
PR-OCN - São Carlos 15/04
PR-OCO - São Carlos 14/04
PR-OCQ
PR-OCR
PR-OCT - São Carlos 13/04
PR-OCV - São Carlos 15/04
PR-OCW (Acft do incidente no GIG, foi transladada para o SJK dia 05/04) - ANAC cancelou matrícula
PR-OCY
PR-ONK (Arrestado em 09/04)
PR-ONL - Aguardando processo judicial
PR-ONS (parado em CGH desde 03/04, sem um motor)- Aguardando processo judicial
PR-ONT - Aguardando processo judicial
PR-ONW - Devolução agendada para 23/4
PR-ONX - Devolução agendada para 25/4
PR-ONZ- (Parado em SJK desde 2018)- Devolvido em 16/4
A320NEO - 7 (6 operacionais)
PR-OBD - Devolução agendada para 22/4
PR-OBF (Parado em GRU desde 03/03) - será devolvido até 25/04
PR-OBH - será devolvido até 25/04
PR-OBI - Devolução agendada para 24/4
PR-OBJ - Devolução agendada para 22/4
PR-OBK - será devolvido até 25/04
PR-OBP - Devolução agendada para 23/4
Total: 26 aeronaves, sendo 22 operacionais no dia de hoje 17/04
Frota operacional provável após devoluções:
A318 - 4 operacionais
PR-AVJ
PR-AVL
PR-ONC
PR-ONI

 

A319 - 2 operacionais
PR-AVB
PR-AVD
A320 - 4 operacionais
PR-OBB
PR-OCQ
PR-OCR
PR-OCY

 

A320NEO - Nenhum operacional.
Total de 10 aeronaves.

 

Algumas aeronaves estão no hangar da Gol em CNF. Não consegui ver exatamente quantas, talvez 3.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parece que pelos dados do FR24, dois NEO's e um CEO devem parar hoje.

 

PR-OBK último voo 6350 GRU-NAT.

PR-OBH último voo 6310 GRU-REC.

PR-ONX (CEO) último voo para PNZ, mas esse creio que possa ser um erro do FR24.

 

Informações extra-oficiais que podem vir a não ser a realidade.

 

Voei no ONX hoje no 6377. Apenas 4 opções no IFE. Band News, Band Sports, Café com Jornal e Ar. Wifi inop. Nem água no trecho voado. Funcionária do checkin se desculpando pela demora e instabilidade do sistema, tentando agradar e muito atenciosa. Comissários idem (trip em geral). Por esses eu lamento e fica a minha torcida para que novas (e melhores) oportunidades surjam o quanto antes.
Ps: Apenas relatando a situação hoje, no trecho voado. Dada a situação da coisa, era tudo esperado.
Edited by Diniz Júnior
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Voei no ONX hoje no 6377. Apenas 4 opções no IFE. Band News, Band Sports, Café com Jornal e Ar. Wifi inop. Nem água no trecho voado. Funcionária do checkin se desculpando pela demora e instabilidade do sistema, tentando agradar e muito atenciosa. Comissários idem (trip em geral). Por esses eu lamento e fica a minha torcida para que novas (e melhores) oportunidades surjam o quanto antes.
Ps: Apenas relatando a situação hoje, no trecho voado. Dada a situação da coisa, era tudo esperado.

 

 

Obrigado pelo relato! Me surpreendi sabendo que tem alguma coisa no IFE, pelo o que ouvi estava tudo inoperante. Você voou no FOR-JDO ou no JDO-GRU? Por que 40 minutos sem água até vai, mas um trecho de três horas acharia muito complicado...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na verdade somos orientados a desligar o IFE após o vídeo de demonstração.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Obrigado pelo relato! Me surpreendi sabendo que tem alguma coisa no IFE, pelo o que ouvi estava tudo inoperante. Você voou no FOR-JDO ou no JDO-GRU? Por que 40 minutos sem água até vai, mas um trecho de três horas acharia muito complicado...

Sabendo da situação da empresa, levaria meu squeeze com água e teria ficado feliz da vida só de o voo ter saído.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Eu ia ficar caladinho, mas... e aí, estão QUEIMANDO a empresa também? Ou o nosso AviancaLover já acordou para a realidade dos fatos, de que a empresa está Activia + Jonnie Walker para TODO MUNDO de lessor a trabalhador, todo mundo cano levou!

 

As dificuldades financeirasenfrentadas pela Avianca Brasil não estão afetando apenas os passageiros. Ex-funcionários da empresa reclamam de demissões e atraso em pagamentos. No Distrito Federal, ao menos 10 pessoas teriam sido dispensadas apenas em abril. Elas alegam que a companhia não teria pago valores referentes à rescisão contratual, como 13º salário, multa de 40% sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e férias. O caso foi levado ao Ministério Público do Trabalho local (MPT-DF).

Ao menos oito funcionários demitidos procuraram uma advogada para representá-los. Eles levaram a denúncia ao MPT-DF na terça-feira (16/04/19) e aguardam o fim do recesso de Páscoa para protocolar o caso na Justiça. A reportagem tentou contato com o MPT, mas, devido ao ponto facultativo, não obteve retorno.

Desde dezembro de 2018, a Avianca enfrenta um processo de recuperação judicial. A empresa tem dívidas altas com grupos de arrendamento, que cedem as aeronaves para os serviços da companhia. Em março, o prejuízo chegava a R$ 2,7 bilhões. Em 12 de abril, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determinou o cancelamento da matrícula de 10 aviões alugados pela Avianca. Cerca de 300 voos foram cancelados entre 15 e 20 de abril: 12 deles no DF.

Para os empregados da companhia aérea, os problemas começaram no início de 2019. Maura*, ex-funcionária, moradora do Distrito Federal, conta que, naquele mês, o clima na empresa estava “horrível”.

“No final de janeiro, ficamos sabendo que todas as férias estavam canceladas. Só poderíamos tirá-las quando o limite de dois anos vencesse. Antes disso, ninguém poderia sair de férias devido à situação financeira”, afirma a mulher, que pediu para não ser identificada.

Maura e outras nove pessoas teriam sido mandadas embora em 3 de abril. “Foram 10 funcionários aqui de Brasília. Nove trabalhavam como agente de aeroporto e a 10ª, como líder de pista. Também soube de demissões em outros estados.”

A ex-empregada alega que a Avianca prometeu pagar valores referentes à rescisão de contrato. Porém, o dinheiro nunca chegou ao bolso dos demitidos. “Falaram que seria pago e ficamos despreocupados. Dez dias depois, nada”, reclama.

O grupo teria entrado em contato com os setores administrativo e financeiro da companhia para pedir esclarecimentos, e foi passado um telefone de São Paulo. “A gente tenta ligar. Fiquei quase 30 minutos no telefone e ninguém atende. Eles alegaram que não têm funcionários suficientes para ficar atendendo às ligações”, conta a moça.

Surpresa

Outra empregada demitida afirma que os trabalhadores da companhia foram pegos de surpresa com as demissões. “Só ficamos sabendo da situação financeira quando a mídia divulgou. Não tínhamos conhecimento que esse problema estava acontecendo”, contou Maria*.

As suspeitas começaram quando ela teve as férias canceladas. “Estava com um pacote de viagem pago quando me ligaram e disseram que minhas férias estavam suspensas, por que não teriam dinheiro. Consegui tirar depois, mas, no mesmo dia em que voltei, fui demitida”, afirmou.

A profissional, que também pediu para ter o nome preservado, ressalta que o processo de demissão foi complicado. “Só fizemos o exame demissional. Ainda nem deram baixa na nossa carteira de trabalho.”

Segundo Maria, as pessoas que não foram dispensadas estariam com salários e benefícios atrasados. “Quem ficou, está sem saber o que fazer”. A ex-funcionária da Avianca também participou da denúncia contra a empresa feita ao MPT.

Preocupada, ela espera o andamento do processo na Justiça. “A gente só está atrás dos nossos direitos. “É um verdadeiro descaso, não estão fazendo nenhum esforço para ajudar. Todo mundo tem suas obrigações de família, aluguel, escola de criança…”, desabafa.

João*, outro funcionário demitido, conta que recebeu o salário de março, mas não a rescisão contratual. Segundo ele, o departamento de Recursos Humanos da empresa disse que não há previsão.

Agora, procura um advogado para acionar a Justiça. “É angustiante. A gente tem conta para pagar. Eu mesmo pago aluguel e estava achando que o dinheiro seria entregue certinho. Ficamos frustrados, preocupados, sem saber o que fazer”, relata João.

Outro lado

Procurada pela reportagem, a Avianca informou que não se posicionará sobre o assunto. A empresa também não divulgou o número de funcionários que trabalham no Distrito Federal atualmente.

O único comunicado divulgado pela organização foi sobre o cancelamento de voos. A companhia ressalta que informações sobre trajetos nacionais cancelados podem ser acessadas por meio deste link.

O Metrópoles entrou em contato com representantes dos sindicatos dos Aeroportuários e dos Aeronautas, mas nenhum deles quis se manifestar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...