Jump to content
Sign in to follow this  
A345_Leadership

Avianca Brasil entra com pedido de recuperação judicial [PARTE 2]

Recommended Posts

 

Tem comandante que tá desde a época dos EMB-120...Oz** e companhia ltda...

Tem gente caro sim...

Cruz credo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não entendo muito de JT, mas parece ser patético dizer ao funcionário que a empresa só irá aceitar o pedido de rescisão se o custo for razoável.

Esse negócio de punir quem não se identificar com a situação X ou Y também parece totalmente impertinente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não entendo muito de JT, mas parece ser patético dizer ao funcionário que a empresa só irá aceitar o pedido de rescisão se o custo for razoável.

Esse negócio de punir quem não se identificar com a situação X ou Y também parece totalmente impertinente.

O empregador não tem opção entre aceitar ou não aceitar o pedido de demissão. Se a pessoa não quer mais trabalhar, ela pede demissão e pronto, não pode ser obrigada a continuar trabalhando. Talvez estejam nessa de não aceitar pedido porque sabem que a rescisão deve ser paga em dez dias, senão vem multa.

Mas isso não existe.

Se alguém me perguntasse o que fazer, eu responderia: não peça demissão, entre com uma ação pedindo rescisão indireta. Além do FGTS que acredito não ser recolhido corretamente, andei lendo por aqui que tem havido atraso no pagamento de salários. Qual a vantagem? Leva o aviso prévio indenizado, a multa do FGTS e saca o que tiver depositado lá, coisas que o empregado não tem direito no pedido de demissão. Já que vai demorar para receber, que seja um pouco mais.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não entendo muito de JT, mas parece ser patético dizer ao funcionário que a empresa só irá aceitar o pedido de rescisão se o custo for razoável.

Esse negócio de punir quem não se identificar com a situação X ou Y também parece totalmente impertinente.

Na verdade a empresa somente reproduziu o artigo 41 da convenção coletiva que fala que no caso de redução da força de trabalho quem deve ser demitido primeiro são os trabalhadores que aceitarem está condição, sem perda de direitos desde que o custo seja aceitável para a empresa.

 

Não se trata, portanto de um pedido de demissão do empregado e sim de uma demissão sem justa causa por parte da empresa.

 

Como se trata de redução da força de trabalho por força da convenção coletiva a empresa tem que seguir uma ordem, neste momento o empregado.pode manifestar este desejo de se "demitido primeiro" mas a empresa pode recusar se o custo for alto e demitir conforme os outros critérios, lembrando.que antiguidade e o último critério, ou seja, as maiores rescisoes ficam por último.

 

A empresa pode sim imputar falta grave ao funcionário que não manifestar sua condição de aposentado ou aposentavel, pois não se trata de uma exigência da empresa e sim da convenção coletiva que afeta a ordem de demissão e os demais funcionários.

 

A questão e que no caso da AVB, que diferença faria levar uma falta grave nesta altura do campeonato?

 

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na verdade a empresa somente reproduziu o artigo 41 da convenção coletiva que fala que no caso de redução da força de trabalho quem deve ser demitido primeiro são os trabalhadores que aceitarem está condição, sem perda de direitos desde que o custo seja aceitável para a empresa.

 

Não se trata, portanto de um pedido de demissão do empregado e sim de uma demissão sem justa causa por parte da empresa.

 

Como se trata de redução da força de trabalho por força da convenção coletiva a empresa tem que seguir uma ordem, neste momento o empregado.pode manifestar este desejo de se "demitido primeiro" mas a empresa pode recusar se o custo for alto e demitir conforme os outros critérios, lembrando.que antiguidade e o último critério, ou seja, as maiores rescisoes ficam por último.

 

A empresa pode sim imputar falta grave ao funcionário que não manifestar sua condição de aposentado ou aposentavel, pois não se trata de uma exigência da empresa e sim da convenção coletiva que afeta a ordem de demissão e os demais funcionários.

 

A questão e que no caso da AVB, que diferença faria levar uma falta grave nesta altura do campeonato?

 

Abraços

Uma falta grave poderia basear uma demissão por Justa Causa, não?

 

Embora eu acredite que seria facilmente revertida na 1 instancia

Share this post


Link to post
Share on other sites

AVP, ONT e ONJ transladados para KHOU.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma falta grave poderia basear uma demissão por Justa Causa, não?

 

Embora eu acredite que seria facilmente revertida na 1 instancia

Poderia e de fato neste caso seria facilmente revertida na JT, diante da situação aflitiva...mas a questao e que a empresa não pagou nem o PDV...a chance de.pagar as rescisões e mínima, quanto mais as multas de 40% do FGTS(a grande diferença de ser mandado embora sem justa causa).

A ameaça de punição fica meio sem sentido....

 

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estou curioso para saber como ficarão as operações da Avianca holdings aqui no Brasil, dos vôos para Lima e Bogotá, vão terceirizar o atendimento de terra ou manterão parte dos funcionários da ONE nas bases de GRU, GIG e POA?

Edited by farrapos1913

Share this post


Link to post
Share on other sites

O CEO da Avianca Holdings, Sr. Hernán Rincón Lema, com quem já troquei e-mails no ano passado para resolver alguns problemas com a Avianca Perú, renunciou ao cargo e fica apenas mais 6 dias à frente das empresas.

 

Por mais que a holding insista que não tem nada a ver com o que aflige a O6 agora, há alguma correlação??

 

Será que devemos esperar surpresas com as outras duas Aviancas, a mãe colombiada e a irmã adotada argentina?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Imagina uma reunião de diretoria / acionistas na Avianca Colômbia discutindo o que a atual situação da Avianca Brasil pode afetar a matriz colombiana. Devem querer o couro do efromovich pois queiram ou não a #@*#@ pode respingar lá afinal ele responde pelas duas e por seus atos. Será que ele não saiu por discordar do socio?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parece que vai ter novidade na ONE no dia de hoje. Alguém mais ouviu sobre isso?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estou curioso para saber como ficarão as operações da Avianca holdings aqui no Brasil, dos vôos para Lima e Bogotá, vão terceirizar o atendimento de terra ou manterão parte dos funcionários da ONE nas bases de GRU, GIG e POA?

Prezado farrapos1913

A O6, a partir desta segunda-feira (22/4) só atuará em quatro aeroportos: Congonhas (SP), Santos Dumont(RJ), Brasília (DF) e Salvador (BA). Então, creio que as bases por você mencionadas estarão desativadas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O CEO da Avianca Holdings, Sr. Hernán Rincón Lema, com quem já troquei e-mails no ano passado para resolver alguns problemas com a Avianca Perú, renunciou ao cargo e fica apenas mais 6 dias à frente das empresas.

 

Por mais que a holding insista que não tem nada a ver com o que aflige a O6 agora, há alguma correlação??

 

Será que devemos esperar surpresas com as outras duas Aviancas, a mãe colombiada e a irmã adotada argentina?

Sabemos que sua real preocupação são os pontos de milhagem, mas a Avianca Argentina já está afundando e a matriz dá sinais de cansaço e crise, cancelando encomendas inclusive.

 

Muita água (levando pontos rsssss) ainda vai passar embaixo dessa ponte e não me surpreenderia uma derrocada da Avianca ou ela ser encampada por alguma empresa séria tipo United da vida.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parece que vai ter novidade na ONE no dia de hoje. Alguém mais ouviu sobre isso?

 

 

José vai aparecer de terno novo....Será isso?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parece que vai ter novidade na ONE no dia de hoje. Alguém mais ouviu sobre isso?

Sim! Vem novidade aí! Os árabes vão entrar na jogada! Só aguardar o contrato ser impresso na Deskjet!
  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim! Vem novidade aí! Os árabes vão entrar na jogada! Só aguardar o contrato ser impresso na Deskjet!

Mas o MRN (Mineradora Rio Norte) disse q tudo da base REC foi enviado para GRU

Share this post


Link to post
Share on other sites

O CEO da Avianca Holdings, Sr. Hernán Rincón Lema, com quem já troquei e-mails no ano passado para resolver alguns problemas com a Avianca Perú, renunciou ao cargo e fica apenas mais 6 dias à frente das empresas.

 

Por mais que a holding insista que não tem nada a ver com o que aflige a O6 agora, há alguma correlação??

 

Será que devemos esperar surpresas com as outras duas Aviancas, a mãe colombiada e a irmã adotada argentina?

O novo CEO é um Brasileiro

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas o MRN (Mineradora Rio Norte) disse q tudo da base REC foi enviado para GRU

Isso. Cuiabá e Campo Grande também começaram a enviar

Edited by MRN

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim! Vem novidade aí! Os árabes vão entrar na jogada! Só aguardar o contrato ser impresso na Deskjet!

Já imaginou se perderam os cartuchos de tinta no caminho...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Afa que suspenderam as demissoes e os fechamentos das bases. 👀

Share this post


Link to post
Share on other sites

Afa que suspenderam as demissoes e os fechamentos das bases.

 

100% de capital estrangeiro?

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

100% de capital estrangeiro?

 

Nem foi votado ainda. Apenas aprovado na comissão mista, falta muita coisa para ser efetivamente liberado.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se estes tipos de mensagem estão surgindo nos grupos internos da AVB, é o sinal que a fase da negação está a todo vapor.

Sei bem o quanto é duro esta situação que o pessoal da Avianca esta passando. Infelizmente hoje em dia, com estas redes sociais de comunicação, este tipo de mensagem prolifera a rodo. Seja por pensamento desejoso, seja por maldade, isso vai perdurar até o momento derradeiro.

Só resta desejar boa sorte e coragem a todos que estão neste barco, e lembrar que solução milagrosa de última hora não vai rolar.

Edited by Bruno Holtz
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Informação tirada da materia do Valor no dia 22

Fontes a par dos movimentos da Avianca Brasil para encontrar compradores para seus ativos informaram que há pelo menos duas companhias aéreas estrangeiras interessadas em participar do leilão de unidades produtivas isoladas (UPIs): a Qatar Airways, do Catar, e a JetSmart, companhia aérea chilena de baixo custo controlada pela Indigo Partners.

https://www.valor.com.br/empresas/6221387/aereas-estrangeiras-tem-interesse-no-leilao-da-avianca

Share this post


Link to post
Share on other sites

Qatar via Latam BR. Oxané viraria Latam Nordeste. Não sei se daria certo. Jetsmart seria muito incerto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade