Jump to content
Sign in to follow this  
Carlos Augusto

Prefeito de João Pessoa pede que Anac cancele autorização de funcionamento do Aeroclube

Recommended Posts

Anac notificou o Aeroclube da Paraíba a apresentar defesa em processo administrativo já aberto.

 

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), durante uma audiência na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), pediu a extinção da autorização de funcionamento do Aeroclube da Paraíba, localizado no bairro do Bessa. A reunião aconteceu em Brasília, nesta quinta-feira (11), com o presidente da Anac, Ricardo Sérgio. Cartaxo estava acompanhado do procurador-geral de João Pessoa, Aldemar Régis.

 

O G1 entrou em contato com a assessoria do Aeroclube e aguarda um posicionamento.

 

 

Durante a audiência, o prefeito foi informado pelo presidente da Anac de que o órgão notificou o Aeroclube da Paraíba a apresentar defesa em processo administrativo já aberto, existindo a possibilidade de aplicação de penalidade de extinção da autorização de funcionamento pela cassação ou caducidade.

 

De acordo com a prefeitura, entre as razões apresentadas, estão as constantes violações pelo Aeroclube da Paraíba às determinações do comando aéreo, causando prejuízos à segurança e a regularidades das operações aéreas na área e a manifestação oficial de interesse do Município de desapropriação do sítio aeroportuário, a fim de construir um moderno parque no local, acessível a toda população.

Na Secretaria Nacional de Aviação Civil, o prefeito de João Pessoa foi informado pelos técnicos de que o órgão já havia solicitado à Agência Nacional de Aviação Civil a adoção de medidas cabíveis, no sentido de iniciar a abertura do processo para exclusão do Aeroclube da Paraíba do Cadastro de Aeródromos Públicos.

 

“Uma área do tamanho da ocupada pelo aeroclube tem que cumprir função social, entendendo que o cancelamento da autorização de funcionamento permitirá a desapropriação, possibilitando ainda mais avanços na preservação do meio ambiente, no bem-estar da população e na valorização dos espaços públicos”, ressaltou Luciano Cartaxo.

 

Na semana passada, a Prefeitura já havia contactado o II Comando Aéreo Regional da Aeronáutica, solicitando audiência para tratar da temática, o que foi agendado para o dia 22 de abril, quando os gestores municipais também pedirão providências para o cancelamento definitivo da autorização. Na ocasião, a diretoria do Aeroclube só se posicionará após uma notificação oficial.

 

Interdições

 

O Aeroclube está interditado desde o ano passado. A primeira interdição aconteceu entre os dias 5 de janeiro a 4 de abril do ano passado. Ainterdição foi renovada setembro do ano passado, com validade a partir do dia 24 até as 23h59 do dia 19 dezembro deste ano. Uma nova interdição está em vigor desde 11 de março com validade até 07 de junho deste ano. O motivo das reiteradas interdições está no fato do aeroclube apresentar obstáculos que violam a zona de proteção do aeródromo.

Edited by Carlos Augusto

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na verdade a atual localização do aeroclube (para quem conhece) é bem complicada.

Cheio de prédios em volta e principalmente na frente da decolagem, qlq incidente se tornará em acidente grave.

O correto é mudar a localização do aeroclube.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

“Uma área do tamanho da ocupada pelo aeroclube tem que cumprir função social, entendendo que o cancelamento da autorização de funcionamento permitirá a desapropriação, possibilitando ainda mais avanços na preservação do meio ambiente, no bem-estar da população e na valorização dos espaços públicos”, ressaltou Luciano Cartaxo.

 

PV...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na verdade a atual localização do aeroclube (para quem conhece) é bem complicada.

Cheio de prédios em volta e principalmente na frente da decolagem, qlq incidente se tornará em acidente grave.

O correto é mudar a localização do aeroclube.

 

Tem que mudar também o Campo de marte, aeroporto de Congonhas, aeroporto de Recife...

Esses políticos só enxergam os seus próprios interesses. O Partido do prefeito já diz o que ele realmente quer... Partido Verde...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Tem que mudar também o Campo de marte, aeroporto de Congonhas, aeroporto de Recife...

Esses políticos só enxergam os seus próprios interesses. O Partido do prefeito já diz o que ele realmente quer... Partido Verde...

 

Vc conhece a área onde está o de JPA?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Vc conhece a área onde está o de JPA?

 

Sim, já fiz muita manobra aí. O fato de ter edificações próximas, como em outros aeródromos, pode até ser um fator complicador, mas sabemos que esse pessoal do verde não pode ver uma poça de lama que quer classificar como área de preservação ambiental

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus sais! No mundo de hoje, com as notícias de enchentes por impermeabilização do solo nas grandes cidades, crescimento desordenado típico de cidades do terceiro mundo, a falta de áreas verdes nas grandes metrópoles e tem gente que só olha para o umbigo de seus interesses e rotula uma administração progressista e compromissada com a população da cidade. Área verde não é para o PV e que bom que quando veem uma poça de lama querem preservar. O que vc chama de poça de lama pode ser uma manguezal mas explicar isso aqui é complicado. É o interesse de poucos em detrimento ao bem comum de muitos. O Campo de Marte, assim como Congonhas hoje, são duas aberrações urbanas. Mas sinceramente acho ultra conveniente que se abra Congonhas 24h e ainda voltem a internacionaliza-lo para voos no Mercosul. Não consigo entender o porquê dessa restrição estúpida durante a madrugada. Seria ótimo pegar um 767 da Latam para Manaus saindo às 2 a.m. de CGH chegado ainda pela manhã no Dudu Gomes!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus sais! No mundo de hoje, com as notícias de enchentes por impermeabilização do solo nas grandes cidades, crescimento desordenado típico de cidades do terceiro mundo, a falta de áreas verdes nas grandes metrópoles e tem gente que só olha para o umbigo de seus interesses e rotula uma administração progressista e compromissada com a população da cidade. Área verde não é para o PV e que bom que quando veem uma poça de lama querem preservar. O que vc chama de poça de lama pode ser uma manguezal mas explicar isso aqui é complicado. É o interesse de poucos em detrimento ao bem comum de muitos.

 

Deixa fechar, não moro lá mesmo... Pra mim não vai fazer diferença

Share this post


Link to post
Share on other sites

O de Brasília também foi ou está sendo desalojado para a implantação do Parque Burle Marx, atrasada em 11 anos....

Share this post


Link to post
Share on other sites

O de Brasília também foi ou está sendo desalojado para a implantação do Parque Burle Marx, atrasada em 11 anos....

Não tem nenhum aeroclube nessa área do Parque Burle Marx, o Aeroclube de Brasília funciona em Luziânia, a 100 km de Brasília.

O que funciona nessa região que você falou é a APUB (Associação dos Pilotos de Ultraleve de Brasília), e tem uma pista de pouso lá que se não me engano nem homologada pela ANAC é.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aham, o interesse é outro...

Desejam construir uma grande área verde aos moldes do Parque da Jaqueira, em Recife. Os que moram ao redor, torcem por isso há um bom tempo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desejam construir uma grande área verde aos moldes do Parque da Jaqueira, em Recife. Os que moram ao redor, torcem por isso há um bom tempo.

Prezado Hirondelle

Se no decreto de desapropriação ficar explicito que a área desapropriada será destinada a um Parque ( à semelhança do Parque da Jaqueira), até dá para acreditar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Seria mais interessante eles trocarem o lugar, a prefeitura cede uma outra área e o aeroclube se muda e essa área eles fazem o parque. Mas o que se vê não é isso, ja desde 2010 brigando e isso deve ir mais longe ainda.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Segundo amigos que moram lá dizem que é pra construir prédios mesmo, nada de parque. Essa briga dura ha anos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse papo de parque é conversa pra boi dormir.
Ingênuo de quem acredita na lorota desse alcaide.

Ainda mais do PV, que é um PT com aroma de clorofila.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Todo mundo sabe que só parte do terreno é pra parque, outra parte é para prédio mesmo, por interesse do prefeito que não deve sair de bolsos vazios, o terreno é numa das áreas nobres da cidade. Até onde sei, a prefeitura promete fazer uma outra pista, mas não o fez até hoje, assim como nem reconstruiu o asfalto da posta que eles mesmos resolveram quebrar há alguns anos...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na verdade a atual localização do aeroclube (para quem conhece) é bem complicada.

Cheio de prédios em volta e principalmente na frente da decolagem, qlq incidente se tornará em acidente grave.

O correto é mudar a localização do aeroclube.

Não conhecendo Jampa, mas olhando o 3D do Google não parece ser tão complicada. A verticalização ali não é tão acentuada quanto CGH, diria que está mais próxima de Carlos Prates ou do Júlio César.

 

Mas, como alguns colegas aqui já adiantaram, o interesse de fazer um parque ali é cortina de fumaça.

 

Aeroporto não cumpre função social? Esta função social está sendo usada de forma deturbada pelo prefeito. É uma coisa muito mais complexa do que o fundiário e o que ele reverte para a cidade.

 

A questão ter um parque para permeabilizar o local? o aeroporto já é permeabilizado. E o anterior deste prefeito fez questão de aumentar mais ao colocar, de madrugada, tratores destruindo a pista de pouso do Aeroclube, em uma medida truculenta e sem avisar os proprietários das aeronaves do local. Tinha até ambulância aérea presa.

 

Pelo que reparei na imagem aérea, ao sul parece ser uma área de classe média tradicional para classe média-alta, percebe-se pelo tamanho dos lotes, da arquitetura das residências e edifícios, alguns novos. E parece que há uma verticalização na região, a ver por alguns 3D de edifícios em construção. Os proprietários querem parque porque com um equipamento urbano desse a região vai aumentar mais e com um terreno tão estratégico, parte vai ser destinada a empreendimentos imobiliários. Não há santos nesta história.

 

É possível ter parque sem desativar o aeroclube, ou alguém acha que o proposto Parque Campo de Marte vai afetar as operações do aeroporto?

 

Cidade vai ganhar um parque, e quem vai usar. Ou alguém acha que o morador da Brasilândia frequenta o Jardim das Perdizes?

 

Seria mais interessante eles trocarem o lugar, a prefeitura cede uma outra área e o aeroclube se muda e essa área eles fazem o parque. Mas o que se vê não é isso, ja desde 2010 brigando e isso deve ir mais longe ainda.

É uma solução interessante.

 

Segundo amigos que moram lá dizem que é pra construir prédios mesmo, nada de parque. Essa briga dura ha anos!

Havia um estudo da Prefeitura de São Paulo em que cacula os ganhos de Outorga Onerosa e de Certificados de Potencial Adicional de Construção (CEPACs) no aeroporto Campo de Marte era na casa de bilhões de reais, isto em 2007. Imagina hoje.

 

Função Social? Aham,..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...