Jump to content

TAP prevê voar para Los Angeles, Houston e Atlanta a partir de 2020


Recommended Posts

08-05-2019

 

Os novos destinos da TAP nos Estados Unidos “serão, previsivelmente em 2020, Los Angeles, Houston e Atlanta”, disse o presidente da Administração companhia de aviação portuguesa, Miguel Frasquilho, em entrevista à agência Lusa.

É “intenção no próximo ano, nos dois próximos anos, acrescentar mais três destinos” nos Estados Unidos, indicou o chairman da TAP que explicitou que “é isso que neste momento está sobre a mesa, sem prejuízo depois de haver ainda novas actualizações, mas serão, previsivelmente, em 2020, Los Angeles, Houston e Atlanta”, afirmou Miguel Frasquilho.

Os Estados Unidos estão a alcançar “uma posição de inegável importância para a evolução da actividade da TAP”, sublinhou Frasquilho, que em outra ocasião enfatizou que no ano passado a companhia sofreu “uma quebra muito grande” no Brasil, seu “principal mercado [externo] em termos de receita”, por razões que relacionadas “com a economia brasileira, até com as eleições que foram realizadas”, a qual teve a compensá-la o “dinamismo” e “força” do mercado dos Estados Unido, o qual, afirmou, “já é o terceiro em termos de receita” e para o qual a companhia tem “grandes expectativas” com a abertura de três novas rotas em Junho.

Adicionalmente, também está nos objectivos da transportadora “voar para Montreal num dos próximos anos”, ficando assim “a América do Norte bastante composta em termos de cobertura pela TAP”.

A companhia de aviação portuguesa vai inaugurar em Junho três novas rotas entre Lisboa e os Estados Unidos, designadamente Chicago, no dia 1, São Francisco, no dia 10, e Washington, no dia 16 de Junho.

As vendas para os Estados Unidos “estão a correr bastante bem”, assim como a nova ligação para Telavive, em Israel, acrescentou Miguel Frasquilho.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

http://www.presstur.com/empresas---negocios/aviacao/tap-preve-voar-para-los-angeles-houston-e-atlanta-a-partir-de-2020/

 

Link to post
Share on other sites

Atlanta deverão ter algum acordo com a Delta, se bem que a DL não conseguiu rodar ALT-LIS. A investida da TAP está bastante agressiva na América do Norte.

Link to post
Share on other sites

Já sugeri à TAP várias vezes que liberem o sistema para que nós brasileiros pudéssemos usar a empresa par chegarmos nos EUA: Brasil-Lisboa-EUA!

 

Ah, mas é mais longe, leva mais tempo... Isso é escolha do passageiro e a empresa, se for inteligente e quiser ganhar dinheiro, pelo menos disponibiliza a opção sistêmica por um período, faz uma campanha/promoção e depois reavalia!

 

Gostaram da ideia e dizem que a estão avaliando, aguardemos...

Link to post
Share on other sites

Já sugeri à TAP várias vezes que liberem o sistema para que nós brasileiros pudéssemos usar a empresa par chegarmos nos EUA: Brasil-Lisboa-EUA!

 

Ah, mas é mais longe, leva mais tempo... Isso é escolha do passageiro e a empresa, se for inteligente e quiser ganhar dinheiro, pelo menos disponibiliza a opção sistêmica por um período, faz uma campanha/promoção e depois reavalia!

 

Gostaram da ideia e dizem que a estão avaliando, aguardemos...

(daria pra parcelar em 10x :secret: )

Link to post
Share on other sites

E TAP vai se tornando uma espécie de Icelandair

O número de Americanos aqui em Portugal vem crescendo de uma forma consistente nestes últimos tempos. Se não me engano, os EUA passaram o Brasil (ou estão em vias de...) em termos de importância na malha da TP. Além disso, a localização de LIS permite ligar grande parte da Europa aos EUA sem backtrack. Prevejo sucesso nestas novas rotas.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

(daria pra parcelar em 10x :secret: )

A TAP desde o ano passado está parcelando em 12x e ainda com a vantagem de fazer o parcelamento inclusive de impostos e taxas.. A Ibéria por exemplo, parcela em 10x, mas as taxas vão todas na 1ª parcela.

Edited by RIC2209
Link to post
Share on other sites

O número de Americanos aqui em Portugal vem crescendo de uma forma consistente nestes últimos tempos. Se não me engano, os EUA passaram o Brasil (ou estão em vias de...) em termos de importância na malha da TP. Além disso, a localização de LIS permite ligar grande parte da Europa aos EUA sem backtrack. Prevejo sucesso nestas novas rotas.

 

Bom saber que o país está crescendo dessa forma que está dizendo, André. Em termos de frequências/número de assentos ainda está atrás do Brasil, São 78 frequências semanais entre Portugal e Am. do Norte contra 93 voos entre o Brasil e Portugal.

 

O problema que a TAP terá que resolver em pouco tempo será o aeroporto de Lisboa, claramente os slots já estão super restritos e não temos visto muito movimento da TP reforçando OPO afim de desafogar um pouco LIS.

Link to post
Share on other sites

Atlanta deverão ter algum acordo com a Delta, se bem que a DL não conseguiu rodar ALT-LIS. A investida da TAP está bastante agressiva na América do Norte.

 

naia, eles estão de olho em ATL-LIS-Espanha e ATL-LIS-Europa também.

 

Mas o foco da TAP é levar mais gente a Portugal - não duvido que crie um PDEW (Passageiros diarios em cada direcao) de uns 150 passageiros por dia.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Bom saber que o país está crescendo dessa forma que está dizendo, André. Em termos de frequências/número de assentos ainda está atrás do Brasil, São 78 frequências semanais entre Portugal e Am. do Norte contra 93 voos entre o Brasil e Portugal.

 

O problema que a TAP terá que resolver em pouco tempo será o aeroporto de Lisboa, claramente os slots já estão super restritos e não temos visto muito movimento da TP reforçando OPO afim de desafogar um pouco LIS.

Obrigado pela informação sobre o número de freq para EUA e Brasil, Carlos.

 

Sobre as operações da TAP, ela vem sim reforçando o OPO com mais destinos e frequências na Europa, mas realmente no long-haul, não....o crescimento tem se dado quase todo aqui em LIS, ainda que teremos um aumento de 50% no OPO-GRU (de 2 para 3 frequências) e a criação do OPO-VCP da parceira AD (a princípio 3 freq tb). Acredito que a TP esteja esperando os 321LR para aumentar a presença no OPO. Vamos aguardar!

Edited by boulosandre
Link to post
Share on other sites

A TAP já aumentou a frequência do OPO-EWR com o A321LR (6vps), porém retirará o A330 dessa rota que operava 3vps. Achei bem interessante esta mudança. E o A321LR tem uma C verdadeira, igual ao dos A330 retrofitados da mesma.

Link to post
Share on other sites

A TAP já aumentou a frequência do OPO-EWR com o A321LR (6vps), porém retirará o A330 dessa rota que operava 3vps. Achei bem interessante esta mudança. E o A321LR tem uma C verdadeira, igual ao dos A330 retrofitados da mesma.

 

Por enquanto OPO-EWR continua 2vps com 332, só passa para o 321LR em 01 de junho. O primeiro 321LR ainda não entrou em operação comercial.

 

https://www.routesonline.com/news/38/airlineroute/282456/tap-air-portugal-adds-a321neo-lr-porto-newark-route-from-june-2019/?highlight=tap%20air%20portugal

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Já sugeri à TAP várias vezes que liberem o sistema para que nós brasileiros pudéssemos usar a empresa par chegarmos nos EUA: Brasil-Lisboa-EUA!

 

Ah, mas é mais longe, leva mais tempo... Isso é escolha do passageiro e a empresa, se for inteligente e quiser ganhar dinheiro, pelo menos disponibiliza a opção sistêmica por um período, faz uma campanha/promoção e depois reavalia!

 

Gostaram da ideia e dizem que a estão avaliando, aguardemos...

Uma vez fiz uma busca e era mais barato fazer MIA-LIS-FOR-LIS-MIA do que MIA-FOR-MIA na Latam....

Link to post
Share on other sites

Mas é liberado sim

 

Pelo menos pra bilhetes one-way

 

Já sugeri à TAP várias vezes que liberem o sistema para que nós brasileiros pudéssemos usar a empresa par chegarmos nos EUA: Brasil-Lisboa-EUA!

 

Ah, mas é mais longe, leva mais tempo... Isso é escolha do passageiro e a empresa, se for inteligente e quiser ganhar dinheiro, pelo menos disponibiliza a opção sistêmica por um período, faz uma campanha/promoção e depois reavalia!

 

Gostaram da ideia e dizem que a estão avaliando, aguardemos...

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Voei na quinta-passa no A321neo da TAP e achei apertado. Para voos de até 3h é ok, espero que os LR não tenham o mesmo pitch, porque ficar 5-6-7h naquele pitch é sofrível.

 

Passei 10 dias em Portugal agora em Maio.

 

Além do notório número de brasileiros (principalmente em LIS, onde se escuta português brasileiro em cada esquina), o número de americanos, britânicos e franceses em Portugal é impressionante. Em segundo plano vêm os italianos e espanhóis.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Além do notório número de brasileiros (principalmente em LIS, onde se escuta português brasileiro em cada esquina)

Os Brasileiros estão usando muito, nos últimos anos, o benefício do visto D7

Link to post
Share on other sites

Vendo o resultado da TAP, só me pergunto se a estratégia estaria dando certo.

 

Creio que é hora da empresa dar uma consolidada na operação expandida nos EUA antes de passos maiores. Talvez seja a hora de abrir uma rota para a Asia.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Voei na quinta-passa no A321neo da TAP e achei apertado. Para voos de até 3h é ok, espero que os LR não tenham o mesmo pitch, porque ficar 5-6-7h naquele pitch é sofrível.

 

Passei 10 dias em Portugal agora em Maio.

 

Além do notório número de brasileiros (principalmente em LIS, onde se escuta português brasileiro em cada esquina), o número de americanos, britânicos e franceses em Portugal é impressionante. Em segundo plano vêm os italianos e espanhóis.

 

 

Depende em qual setor da aeronave vc voou. A cabina econômica tem duas áreas, uma mais espacosa e com reclino e outra com pitch mais apertado e sem reclino da poltrona. Mas acho que estas aeronaves não farão os voos mais longos.

 

Link to post
Share on other sites

Vendo o resultado da TAP, só me pergunto se a estratégia estaria dando certo.

 

Creio que é hora da empresa dar uma consolidada na operação expandida nos EUA antes de passos maiores. Talvez seja a hora de abrir uma rota para a Asia.

O que tem de Asiático aqui....impressionante...e chegam via os grandes hubs Europeus (FRA, LHR, AMS, MUC, ZRH, FCO, MXP, MAD, BCN, IST, CDG...) e as duas freq diárias da EK em LIS (em breve em OPO, além da QR em LIS ate o final do ano).

Link to post
Share on other sites

A maior rota não servida entre Lisboa e Ásia é Hong Kong se não me engano. Seria ali que a Tap vai se aventurar? Ou Beijing, Shanghai? Eu também iria rever essa expansão aos EUA. Consolidaria YYZ. Sem falar em ORD, SFO, YUL e IAD.

Link to post
Share on other sites

A maior rota não servida entre Lisboa e Ásia é Hong Kong se não me engano. Seria ali que a Tap vai se aventurar? Ou Beijing, Shanghai? Eu também iria rever essa expansão aos EUA. Consolidaria YYZ. Sem falar em ORD, SFO, YUL e IAD.

HKG principalmente por causa de Macau, ainda com fortes laços com a antiga metrópole.

 

E saiu na Bloomberg que os Brasileiros se tornaram os maiores compradores de imóveis em Portugal, mais inclusive que os Franceses, tão assíduos nesta parte do continente.

https://www.bloomberg.com/news/articles/2019-05-21/for-many-wealthy-brazilians-portugal-is-becoming-the-new-miami

Link to post
Share on other sites

Eu tenho dúvidas do quão forte são os laços entre Portugal e Macau hoje. Mas é claro, que Macau pode ser uma base para expandir os laços entre China e Portugal.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade