Jump to content

Air Europa apresenta pedido para operar voos domésticos no Brasil


Recommended Posts

 

 

 

 

Acredito que o imposto cobrado em Portugal e Espanha para as cias aéreas devem ser menores que as cobradas aqui.

Link to post
Share on other sites

  • Replies 244
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

O Rio não esta facil, isso é verdade. A economia do estado vem patinando faz tempo além de toda a questão de segurança mas o Rio ainda é a principal cidade turistica do Brasil e a segunda em negocios.

Dos 3, o que eu achei mais sensato nas colocações, foi o Kakinof (não sei se é assim que se escreve)

Você está olhando para o seu lado de piloto.   Não podemos só por que isso afeta ou beneficia deixar de olhar de forma ampla para a questão.   Piloto Brasileiro não pode trabalhar em outros país

As cias que operam no Brasil, ja esta fazendo quase tudo isso...

E cobrando trf normal, isso que quebra as pernas.

Link to post
Share on other sites

E cobrando trf normal, isso que quebra as pernas.

E sofrendo pra ter um lucro sofrível, quanto tem né?

 

Digam ai como uma empresa nova muda toda essa equação.

Link to post
Share on other sites

E não paga alimentação.

Vc tem a opção de pagar, mas se não quiser alguma coisa pra beber ou petiscar terá.

Na JJ é só água

Link to post
Share on other sites

Tinha que fazer essa comparação com várias datas, tanto essa semana, como daqui a um mês e daqui a três meses.

Precisa saber quantos lugares ainda há disponível em cada voo desses, o perfil dos passageiros, ihhhhh tem tanta coisa. É muito superficial fazer uma comparação bruta assim.

Link to post
Share on other sites

Mas aqui ainda te dão milhas e parcelam tua passagem

 

 

 

Acredito que o imposto cobrado em Portugal e Espanha para as cias aéreas devem ser menores que as cobradas aqui.

 

Temos que levar em conta muita coisa além do custo da passagem:

 

* Leasing ou Custo de aquisição de aeronave

Uma empresa Espanhola tende a pagar 0,5% a menos que a Portuguesa e ao menos 1 a 2% a menos que a Brasileira.

 

* Regras de Cancelamento de voo por mal tempo

A cia Brasileira tem que assumir o custo - as espanholas e portuguesas não vão precisar pagar

 

* Funcionário por avião (???)

 

* Impostos sobre lucro e vendas (ICMS mais alto que a maior parte das aliquotas de IVA)

 

* Prazo de recebimento médio

As cias Brasileiras recebem em 30 dias de empresas e até 120 dias de pessoas fisicas - antecipam pagando 1 a 3% ao mes. As européias vão conseguir vender tudo com prazo de 30 dias, e vão antecipar com aliquotas de 0,2% a 0,5% ao mes.

 

* Compra de aeronave na mesma moeda

Portuguesas e Espanholas podem comprar aeronave na moeda de seu maior recebimento - não tem risco cambial e nem custo com hedge. Se alguém compra aeronave no Brasil produzida no Brasil, tem que pagar IPI e ICMS.

 

E eles ainda tem que concorrer com Trem e com muitas low cost.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Tinha que fazer essa comparação com várias datas, tanto essa semana, como daqui a um mês e daqui a três meses.

Precisa saber quantos lugares ainda há disponível em cada voo desses, o perfil dos passageiros, ihhhhh tem tanta coisa. É muito superficial fazer uma comparação bruta assim.

 

Foi só pra mostrar que é quase a mesma coisa, LCC também aumentam o preço às vésperas do voo. O que mais sai na imprensa são comparações de preços de última hora com avião quase cheio vs promoção ou passagens com antecedência de 45 a 90 dias.

Link to post
Share on other sites

Se a Air Europa constituir empresa, e a MP caducar logo em seguida, ela continua autorizada a operar aqui? Ou tem que cancelar tudo?

Link to post
Share on other sites

Se a Air Europa constituir empresa, e a MP caducar logo em seguida, ela continua autorizada a operar aqui? Ou tem que cancelar tudo?

Continua autorizada.
Link to post
Share on other sites

Se a Air Europa constituir empresa, e a MP caducar logo em seguida, ela continua autorizada a operar aqui? Ou tem que cancelar tudo?

É só arrumar um laranja, digo sócio brasileiro.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

A medida provisória quando caduca, tudo que foi feito durante sua vigência eh considerado valido. A não ser que o congresso edite um decreto (ou resolução, não lembro) modulando os efeitos durante o período de vigência.

Link to post
Share on other sites

E sofrendo pra ter um lucro sofrível, quanto tem né?

 

Digam ai como uma empresa nova muda toda essa equação.

 

Realmente! Ainda mais na atual condição econômica e política do nosso País.

 

Quem sabe se a Air Europa vier com a aplicação de 100% de capital de estrangeiro, pode ser que se crie um novo rumo nos tarifários sem ter tanto prejuízo.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

O Rio de janeiro tem muito dever de casa interno ainda para se fazer e voltar a se tornar competitivo

A questão ali no estado não são apenas as reformas nacionais para resolver

 

O Rio não esta facil, isso é verdade. A economia do estado vem patinando faz tempo além de toda a questão de segurança mas o Rio ainda é a principal cidade turistica do Brasil e a segunda em negocios. E alem de tudo isso não conta com um hub forte de empresa aérea brasileira. Então faria bastante sentido sim o GIG ser hub dessa sucursal da UX no Brasil, apesar de propria empresa não servir o Rio no momento.

 

Não vejo vantagem alguma para a empresa sair no tapa em GRU com Gol e LATAM além da Azul cada vez mais forte por la.

  • Like 7
Link to post
Share on other sites

A ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil acaba de pautar para amanhã (22) uma reunião extraordinária que vai deliberar sobre a concessão da outorga da nova empresa de aviação nacional "Globalia Linhas Aéreas Ltda." Parabéns à agência pela eficiência. Muito bom.



Link to post
Share on other sites

Utopicamente seria bom a UX abrir uma base em SSA, a única das três grandes cidades do NE sem hub de uma empresa aérea.

 

Trabalhar SSA e GIG ou GRU pode dar uma mexida no mercado.

 

Acredito que nesta etapa não seja possível, mas já pensou a Globalia Brasil entrando na disputa de slots em CGH. Que leve 5 slots, já está ótimo para uma novata!

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
Câmara aprova texto-base da MP que libera 100% de capital estrangeiro nas aéreas brasileiras
Medida provisória, que perde validade nesta quarta-feira (22), ainda precisa ser aprovada pelo plenário do Senado. Antes, porém, deputados terão de analisar sugestões de mudanças ao texto.

 

Por Sara Resende, TV Globo — Brasília

21/05/2019

 

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira (21) o texto-base da medida provisória que autoriza a participação de até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas brasileiras.

A medida provisória foi editada em dezembro do ano passado, pelo então presidente Michel Temer. Por se tratar de uma MP, o texto tem força de lei desde que foi publicado, mas precisa ser aprovado pelo Congresso no prazo de 120 dias.

A MP perde a validade nesta quarta-feira (22) e ainda precisa ser votada pelo Senado antes de virar lei. Caso o texto não seja aprovado a tempo, a medida deixa de valer.

Até a última atualização desta reportagem, os deputados analisavam sugestões de mudanças ao texto, os chamados destaques.

A MP altera o Código Brasileiro de Aeronáutica e estabelece que a concessão ou a autorização somente será dada a empresas que respondam às leis brasileiras e que tenham sede e administração no país. Isso não impede, porém, que as companhias contem com 100% de capital estrangeiro.

Antes da medida provisória, o Código Brasileiro de Aeronáutica determinava que pelo menos 80% do capital com direito a voto em aéreas deveriam pertencer a brasileiros – ou seja, limitava até 20% de participação de capital estrangeiro com direito a voto nas empresas. A MP revogou essa limitação e abriu totalmente as empresas ao capital externo.

 

https://g1.globo.com/politica/noticia/2019/05/21/camara-aprova-texto-base-da-mp-que-libera-100percent-de-capital-estrangeiro-nas-aereas.ghtml

Link to post
Share on other sites

UX opera 21 738 e tem 20 7M8 encomendados, o primeiro já está montado. A medida que for recebendo os MAX, ela manda os NG pra cá.

Link to post
Share on other sites

UX opera 21 738 e tem 20 7M8 encomendados, o primeiro já está montado. A medida que for recebendo os MAX, ela manda os NG pra cá.

Isso é achismo seu?

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

UX opera 21 738 e tem 20 7M8 encomendados, o primeiro já está montado. A medida que for recebendo os MAX, ela manda os NG pra cá.

 

A priori é o E195 :secret: Como havia comentado anteriormente, os 737 Next Generation já estão indo para a Air Europa Express (Aeronova); primeiro deles foi repassado em abril. A previsão da Globalia é 'modernizar' a frota da regional nos próximos três anos, retirando todos os ATR 72 e E195, começando a partir do 3T19. Como o grupo investirá também pesadamente no setor hoteleiro no Nordeste, é possível que haja uma sinergia de negócios (pacotes de viagem com aéreo + hospedagem) e pensem em algo mais 'regional' para distribuir os passageiros da Air Europa que chegarem por REC, FOR e SSA.

Edited by ErickCF
  • Like 2
Link to post
Share on other sites

 

A priori é o E195 :secret:Como havia comentado anteriormente, os 737 Next Generation já estão indo para a Air Europa Express (Aeronova); primeiro deles foi repassado em abril. A previsão da Globalia é 'modernizar' a frota da regional nos próximos três anos, retirando todos os ATR 72 e E195, começando a partir do 3T19. Como o grupo investirá também pesadamente no setor hoteleiro no Nordeste, é possível que haja uma sinergia de negócios e pensem em algo mais 'regional' para distribuir os passageiros da Air Europa que chegarem por REC, FOR e SSA.

 

Essa historia de conectar os voos da UX não faz o minimo sentido.

Um unico A330 se for pra distribuir voos, o faria em ERJ145

 

Então não creio que seja SSA ou GRU para distribuir pax - o foco deles vai ser operar nas rotas tronco onde o $$$ vai aparecer rápido e fácil. E se forem inteligentes vão ficar com 10 a 20 aeronaves, irão ganhar dinheiro e não irão entrar na loucura de ser grandes demais.

Link to post
Share on other sites

Então não creio que seja SSA ou GRU para distribuir pax.

Disse SSA ou GRU porque são bases da UX, REC é base mas já tem a Azul.

 

Também acho que uma estrutura da 20 aeronaves com o troncal GRU-SSA e via GIG, CNF, BPS, VIX, VDC e até mesmo RAO, e da capital baiana para o Nordeste.

 

No fundo é o arroz-com-feijão da aviação brasileira e que paga a conta: as ligações SE-NE.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Monta a base principal no GIG e pau na máquina! Acho que há muitas oportunidades a explorar a partir de lá. Salvo engano a Webjet era forte no GIG- Nordeste e no GIG- Sul, não?

 

E chute meu: acho que se chamará Air Brasil com o mesmo logo da Air Europa.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade