Jump to content

[ATUALIZADO] Avianca Brasil pede falência


Recommended Posts

 

Por isso que a ANAC suspendeu a operação por segurança. Imagina se um comandante ou copila também esteja com o estado mental incapaz...

 

Justo e ainda questionaram isso aqui, a razão de ter sido por incapacidade de segurança operacional.

  • Like 4
Link to post
Share on other sites

  • Replies 222
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Meu caro, me desculpe, mas essa de voar por amor já está por fora a anos...     Não existe valorizar a profissão se ficar sendo capacho de patrões pelo simples fato de amar a profissão. Isso não ex

Sim, segue abaixo:                                                    

Pelo visto sua reacomodação será com a Cometa.

 

Justo e ainda questionaram isso aqui, a razão de ter sido por incapacidade de segurança operacional.

Exatamente... Já tinha passado da hora.

Link to post
Share on other sites

Desabafo de um Comissário da AVB, conhecido meu, no Facebook:

 

"Tem horas que parece que a vida quer te passar a perna de qualquer jeito, quando não é sua própria empresa que te prejudica as pessoas em volta o fazem! Como todos sabem estou passando por sérios problemas financeiros devido ao fato de até hoje ainda não ter recebido salário da empresa, desde 07/04. Estou sobrevivendo com ajuda de amigos e para tentar amenizar um pouco a situação tentei vender meu iPhone pelo mercado livre e fui roubado... Logo eu que sempre trabalhei com informática cai num golpe tão inocente, talvez pelo fato do meu estado mental estar totalmente incapaz, mas perdi a única possibilidade de me manter por mais algumas semanas. Não tenho duvidas de que isso é uma fase, vai passar, mas isso não diminui nem um pouco minha revolta e tristeza. Agradeço todo a poio e preocupação dos meus amigos porém especialmente hoje eu não quero conversar... estou destruído... Aliás, tem dias que parece q quanto mais você se mexe mais erros comete. Então vou ficar aqui quieto, na minha. A vida é feita de fases eu sei, não dá pra ser feliz o tempo todo, mas quando a tragédia é causada por maldade dos outros isso te faz pensar o quanto vale ser bom e correto".

 

Na boa? Doeu em mim ler tudo isso que o amigo está passando.

Dói na minha alma. Literalmente!

Lamento pelo colega, realmente é uma situação complicada...

 

Mas, que isso sirva pra todos os tripulantes. Aviação não é uma fonte de dinheiro eterna e sem limites.

Pessoal tem uma mania de comprar Iphone16Xplus, carro do ano, baladas caras todo o dia, uma vida de luxo e requinte. Nada contra fazer isso, mas é preciso enxergar que um dia tudo acaba.

As vezes, o que se gasta em 1 noite no pirata em FOR já pagaria algumas aulas privadas de inglês, ou já seria metade de uma parcela da casa própria.

 

Quando a Varig parou, pessoas foram morar na rua por não terem pensado mais a frente. As pessoas insistem em não aprender com a história da aviação.

 

Espero do fundo do coração que esse colega se recoloque o mais rápido possível, mas que comece a pensar em um backup pra nao ficar dependendo dessas coisas no futuro...

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Situação delicada da ANAC mas não chamaria de fracasso. Por um lado ela poderia ter agido antes, por outro poderia ser acusada de interferir no livre mercado. Fracasso é a administração da Avianca que deixou a situação da empresa chegar a esse ponto.

 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Situação delicada da ANAC mas não chamaria de fracasso. Por um lado ela poderia ter agido antes, por outro poderia ser acusada de interferir no livre mercado. Fracasso é a administração da Avianca que deixou a situação da empresa chegar a esse ponto.

 

Também não enxerguei onde a ANAC poderia ter entrado antes, não existe regulamentação protetiva igual ao caso da Monarch e etc. Ao mandar parar de vender passagens a O6 iria alegar que a ANAC estava impedindo ela de auferir receitas e piorar a situação. Complicada a situação e sem solução simples.

Link to post
Share on other sites

O jornalista não sabe ou omite que ANAC é agência reguladora de assuntos relacionados à aviação e não a concorrência, que é o CADE.

 

Matéria fraca.

Link to post
Share on other sites

Esse jornal GGN é ligado a partidos políticos. Não esperem análise séria.

 

Sério? Bando de #### :puto:

Link to post
Share on other sites

 

 

Infelizmente, é pouco provável, a oferta da Azul foi rejeitada por não estar de acordo com o Plano de Recuperação aprovado pelos credores, alem disso beira a zero a chance de alguém sério querer assumir ativos da AVB e "honrar" os créditos trabalhistas, ainda que fosse possível juridicamente fazer isso.

Se suspenderam as demissões, a decisão de estar mais ligada a uma tentativa desesperada da ANAC liberar os voos e obter os COA´s ou temporárias para as eventuais UPI´s com a transferência de funcionários.

 

Abraços

 

Estou quase apostando todas as minhas fichas que ela vai perder todos os slots

Link to post
Share on other sites
Avianca não reage e corre risco de perder todos slots

Coluna do Broadcast

31 de maio de 2019 | 04h00

A Avianca Brasil parece ter jogado a toalha. Após uma semana da suspensão cautelar das atividades imposta pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), autoridades dizem não perceber qualquer reação da aérea em tentar reverter a situação. A Avianca teria de entregar documentos que comprovem capacidade para voltar a operar. Agora, o calendário passa a ser um problema crescente. As regras preveem que a empresa perde o direito dos horários de pouso e decolagem, os slots, caso não opere com regularidade. Em Congonhas, é preciso cumprir 90% dos voos. Grosso modo, isso quer dizer que as autorizações serão perdidas se não voar por quatro semanas. Hoje, a empresa completa os sete primeiros dias inoperante no terminal. E, sem slots, não restará nada relevante para vender.

Praticamente perdeu. Situação mais delicada ocorre em Guarulhos, onde a Avianca deixou de voar em 28 de abril. Se não retomar voos em cerca de dez dias, perderá as autorizações no maior aeroporto da América Latina. Nesse caso, os horários voltam para o chamado “banco de slots” e poderão ser redistribuídos.

Quero a recuperação. Procurada, a Avianca diz que a empresa segue “totalmente focada em dar continuidade ao plano de recuperação judicial”. Em nota, a aérea não menciona planos para voltar a voar. Já a Anac informou que ainda não recebeu informações da Avianca que “mostrem ou comprovem como pretende retomar suas operações

 

Link to post
Share on other sites

"Boas" notícias: tem negociação acontecendo com uma empresa, a mesma não é da aviação mais tem interesse nos ativos da ONE, foi a mesma que pediu para dar uma "estancada" e eles são o motivo de não ter fechado com a Azul.

Eles tem interesse em honrrar os créditos trabalhistas.

Não é "fundo abutre", estilo Lap Chan.

Vamos torcer, temos que receber o $$$.

Até+

Mais uma AFA fantasiosa na empresa que vive de AFAs.

Link to post
Share on other sites

Quem quiser ver, provavelmente, as ultimas decolagens da Avianca Brasil, está programado pra amanhã, saindo de CGH pra SJK os A319 AVD e AVB, previsto pela manhã.

Depois disso, creio q nenhum voo mais da AVB decole...

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Pagaram para fechar a Avianca Brasil, diz presidente da Azul

 

03/06/2019 16:42 | Danilo Teixeira Alves

 

CAMPINAS (SP) – A poucos minutos de iniciar a operação do voo que ligará Campinas (SP) a Porto, em Portugal, o presidente da Azul, John Rodgerson, voltou a criticar a postura de suas concorrentes – Gol e Latam – em relação ao imbróglio que envolve a Avianca Brasil. Segundo ele, a Azul está sendo impedida em crescer em aeroportos como Congonhas e Santos Dumont.

 

“O fim da Avianca Brasil é triste para mais de cinco mil trabalhadores que ficarão sem emprego, para o consumidor e para o setor aéreo. A gente nunca desejou esse desfecho, nossa intenção era preservar a companhia e os empregos. Mas, infelizmente, não vencemos. As nossas concorrentes pagaram para fechar a Avianca Brasil”, afirmou Rodgerson.

 

Na semana passada, o juiz Tiago Henrique Papaterra Limongi, da 1ª Vara de Falência do Estado de São Paulo, rejeitou a segunda oferta da Azul Linhas Aéreas pelos ativos da Avianca Brasil. Segundo o magistrado, a Azul não tem legitimidade para invalidar o plano de recuperação aprovado anteriormente, que prevê o leilão de sete Unidades Produtivas Isoladas (UPIs) contendo os ativos da Avianca – autorizações de pouso e decolagem em aeroportos.

 

Para Rodgerson, que não vê chances de a Avianca Brasil retomar suas operações, suspensas pela Anac desde o dia 24 de maio, essa foi a solução encontrada pelas suas concorrentes de barrar o crescimento da Azul e deixá-la de fora da disputada ponte aérea. “Não é justo o que estão fazendo conosco. Voamos para 106 cidades no Brasil, utilizamos aviões brasileiros e somos bastante reconhecidos pelo nosso produto e serviço. Por que não podemos voar entre Congonhas e Santos Dumont?”

 

#AZULNAPONTEAÉREA

Com o objetivo de chamar a atenção do poder público e da população como um todo, a companhia lançou, na última quinta-feira (30), uma campanha bastante agressiva nas redes sociais. A ação #AzulnaPonteAerea convoca os seguidores da empresa a apoiar sua entrada na ponte aérea São Paulo (Congonhas) – Rio de Janeiro (Santos Dumont).

 

“Concorrência é algo bom para os clientes, mas a Gol e a Latam não quiseram a nossa porque sabem que temos o melhor produto. Eles têm medo disso. Eu espero que o Cade e a Anac vejam que tudo o que foi feito por elas e façam a coisa certa”, finalizou o executivo.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Empresa nenhuma quer concorrência, nem a Azul, nem Latam, nem Gol, empresa quer ganhar dinheiro. Se a Azul tivesse comprado a Avianca, as outras reclamariam da mesma forma.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Quem quiser ver, provavelmente, as ultimas decolagens da Avianca Brasil, está programado pra amanhã, saindo de CGH pra SJK os A319 AVD e AVB, previsto pela manhã.

 

Depois disso, creio q nenhum voo mais da AVB decole...

Acabou, agora acabou.

Link to post
Share on other sites

Pagaram para fechar a Avianca Brasil, diz presidente da Azul

 

03/06/2019 16:42 | Danilo Teixeira Alves

 

CAMPINAS (SP) A poucos minutos de iniciar a operação do voo que ligará Campinas (SP) a Porto, em Portugal, o presidente da Azul, John Rodgerson, voltou a criticar a postura de suas concorrentes Gol e Latam em relação ao imbróglio que envolve a Avianca Brasil. Segundo ele, a Azul está sendo impedida em crescer em aeroportos como Congonhas e Santos Dumont.

 

O fim da Avianca Brasil é triste para mais de cinco mil trabalhadores que ficarão sem emprego, para o consumidor e para o setor aéreo. A gente nunca desejou esse desfecho, nossa intenção era preservar a companhia e os empregos. Mas, infelizmente, não vencemos. As nossas concorrentes pagaram para fechar a Avianca Brasil, afirmou Rodgerson.

 

Na semana passada, o juiz Tiago Henrique Papaterra Limongi, da 1ª Vara de Falência do Estado de São Paulo, rejeitou a segunda oferta da Azul Linhas Aéreas pelos ativos da Avianca Brasil. Segundo o magistrado, a Azul não tem legitimidade para invalidar o plano de recuperação aprovado anteriormente, que prevê o leilão de sete Unidades Produtivas Isoladas (UPIs) contendo os ativos da Avianca autorizações de pouso e decolagem em aeroportos.

 

Para Rodgerson, que não vê chances de a Avianca Brasil retomar suas operações, suspensas pela Anac desde o dia 24 de maio, essa foi a solução encontrada pelas suas concorrentes de barrar o crescimento da Azul e deixá-la de fora da disputada ponte aérea. Não é justo o que estão fazendo conosco. Voamos para 106 cidades no Brasil, utilizamos aviões brasileiros e somos bastante reconhecidos pelo nosso produto e serviço. Por que não podemos voar entre Congonhas e Santos Dumont?

 

#AZULNAPONTEAÉREA

Com o objetivo de chamar a atenção do poder público e da população como um todo, a companhia lançou, na última quinta-feira (30), uma campanha bastante agressiva nas redes sociais. A ação #AzulnaPonteAerea convoca os seguidores da empresa a apoiar sua entrada na ponte aérea São Paulo (Congonhas) Rio de Janeiro (Santos Dumont).

 

Concorrência é algo bom para os clientes, mas a Gol e a Latam não quiseram a nossa porque sabem que temos o melhor produto. Eles têm medo disso. Eu espero que o Cade e a Anac vejam que tudo o que foi feito por elas e façam a coisa certa, finalizou o executivo.

 

Não entendi essa de :utilizamos aviões brasileiros ao que eu saiba os Atr são franco-italianos e os Airbus muito menos,ah os Boeing são os mesmos donos dos 60 e poucos aviões fabricados no Brasil 🇧🇷

 

Quanto mimimi

Link to post
Share on other sites

Ele até tem razão quando diz que pagaram para fechar a Avianca...pois de fato a manobra da GOL e da LATAM era arriscada demais para dizer que este não era o final previsto.

De resto, ele fala como se as outras empresas não tivessem conquistado o direito legitimo de operar em CGH e recorre a ufanismo barato e vitimismo hipócrita, como manda o protocolo de uma campanha que busca (ganhar)apoio popular.

 

O que acho interessante e está sanha da Azul despertada pelo desejo de comprar a Avianca....até 4 meses atrás ela estava nem aí para CGH, agora virou uma obsessão...

 

O que será que não sabemos ein?

 

Abracos

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Ele até tem razão quando diz que pagaram para fechar a Avianca...pois de fato a manobra da GOL e da LATAM era arriscada demais para dizer que este não era o final previsto.

De resto, ele fala como se as outras empresas não tivessem conquistado o direito legitimo de operar em CGH e recorre a ufanismo barato e vitimismo hipócrita, como manda o protocolo de uma campanha que busca (ganhar)apoio popular.

 

O que acho interessante e está sanha da Azul despertada pelo desejo de comprar a Avianca....até 4 meses atrás ela estava nem aí para CGH, agora virou uma obsessão...

 

O que será que não sabemos ein?

 

Abracos

 

Ela não estava "nem aí pra CGH", apenas viu na crise da Avianca uma oportunidade de aumentar sua participação no aeroporto.

Uma chance maior e mais arriscada de conseguir mais slots do que esperar uma redistribuição da ANAC.

Link to post
Share on other sites

Funcionários administrativos foram todos escalados para comparecer no prédio da Pantsaleão Teles entre hoje e sexta para entregar computadores e celulares corporativos.

Link to post
Share on other sites
  • A345_Leadership changed the title to [ATUALIZADO] Avianca Brasil pede falência

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade