Jump to content
Sign in to follow this  
Salgado

Azul suspende operação no Aeroporto de Sorriso (MT) por falhas na pista de pouso

Recommended Posts

A Azul lamentou o transtorno e afirmou que as remarcações e alterações serão feitas sem custos adicionais. Segundo a empresa, a pista não atende aos padrões operacionais e de segurança.

 

A Azul Linhas Aéreas anunciou nesta quinta-feira (23) que suspendeu as operações em Sorriso, a 420 km de Cuiabá, em função das condições da pista do terminal. Em nota à imprensa, a empresa afirmou que a pista utilizada para pousos e decolagens sofreu degradações nos últimos anos e não atende aos padrões operacionais e de segurança da Azul.

Os clientes que tinham voos com destino a Sorrio e decolando do município serão reacomodados via terrestre por Sinop, município mais próximo e com voos diretos para Cuiabá.

A Azul lamentou o transtorno e afirmou que as remarcações e alterações serão feitas sem custos adicionais.

"A empresa reforça que não tem o interesse em cancelar definitivamente seus voos na cidade, pelo contrário, espera que as adequações necessárias sejam feitas para que possa o quanto antes voltar a realizar seus voos na cidade", diz trecho da nota.

Segundo o coordenador geral de operações do aeroporto, Manuel Alberto Martins, apesar do impacto que a suspensão irá causar, a segurança dos passageiros deve estar em primeiro lugar.

"A situação é complicada, vai gerar um impacto para o comércio, para a prefeitura, mas a viação não é brincadeira. Vamos passar um momento sem o voo, mas é melhor noticiar um cancelamento do que um acidente aeronáutico", disse.

A Prefeitura de Sorriso afirmou que deve buscar alternativas para reformar a pista do terminal.

 

Fonte: G1 MT

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só descobriram isso agora? Ta parecendo mais queda de braço entre empresa X política local.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só descobriram isso agora? Ta parecendo mais queda de braço entre empresa X política local.

E tá errado?

Uma queda de braço com certeza é, mas pela manutenção das condições mínimas operacionais da pista.

 

Normalmente a empresa detecta a inconformidade após uma auditoria e dá um prazo para que a situação seja corrigida (exceto em casos extremos, obviamente). Caso nada aconteça as operações são suspensas até haver a adequação necessária.

 

Isso aconteceu com Ipatinga muito recentemente, num caso onde o problema nasceu pelo que entendi de uma ou mais obras mal feitas de "tapa-buracos", que deixou desníveis excessivos e que criavam risco de danos estruturais na acft ou até mesmo excursão de pista em condição climática adversa. Deram um prazo para que uma obra de recapeamento fosse realizada, nada aconteceu, operações foram interrompidas. Pouco mais de um mês depois, o aeroporto de Ipatinga já opera os voos normalmente e com a pista em ótimas condições.

 

Eu participei de uma palestra à respeito da cultura de safety na aviação brasileira recentemente, e posso dizer com segurança que todas as 3 (antes 4) maiores aéreas do país seguem os mesmos princípios com relação à isso. Apenas acontece mais com a Azul por esta operar em muito mais aeroportos regionais.

Edited by diasfly
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

E tá errado?

Uma queda de braço com certeza é, mas pela manutenção das condições mínimas operacionais da pista.

 

Normalmente a empresa detecta a inconformidade após uma auditoria e dá um prazo para que a situação seja corrigida (exceto em casos extremos, obviamente). Caso nada aconteça as operações são suspensas até haver a adequação necessária.

 

Isso aconteceu com Ipatinga muito recentemente, num caso onde o problema nasceu pelo que entendi de uma ou mais obras mal feitas de "tapa-buracos", que deixou desníveis excessivos e que criavam risco de danos estruturais na acft ou até mesmo excursão de pista em condição climática adversa. Deram um prazo para que uma obra de recapeamento fosse realizada, nada aconteceu, operações foram interrompidas. Pouco mais de um mês depois, o aeroporto de Ipatinga já opera os voos normalmente e com a pista em ótimas condições.

 

Eu participei de uma palestra à respeito da cultura de safety na aviação brasileira recentemente, e posso dizer com segurança que todas as 3 (antes 4) maiores aéreas do país seguem os mesmos princípios com relação à isso. Apenas acontece mais com a Azul por esta operar em muito mais aeroportos regionais.

Esse vôo é recente. Quando fizerem todas as auditorias para iniciar os vôos não detectaram essas falhas? Ou a empresa é gananciosa o bastante para deixar pra mais tarde resolver certas pendências ou a política local mentiu em se comprometer a sanar problemas. Ou os dois juntos. Edited by Juan Garcia

Share this post


Link to post
Share on other sites

Recente? No mínimo 3 anos já tem.

Pistas de asfalto se deterioram em questão de meses, e não anos. Por isso precisam sim de manutenção constante, o que estava aceitável 3 meses atrás pode se tornar impraticável se a lei do descaso imperar.

 

A ganância é tanta que a própria Azul é quem arca com os prejuízos causados pelas reacomodações e deslocamentos dos passageiros afetados por um problema do aeroporto. Bacana seria continuar operando num local que fique cada vez pior e colocando a segurança em risco. É difícil de entender essa lógica.

 

Impressionante como que até em notícia à respeito de falta de infraestrutura em aeroportos regionais conseguem enfiar torcida de CNPJ.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos lembrar um detalhe importante aqui? o voo antes era realizado de ATR, por volta de 22 toneladas, mais recentemente de Embraer com mais que o dobro do peso. Ai começaram a surgir os problemas.

 

Ganância seria continuar operando assim ganhando dinheiro, é cada uma...

 

Povo mete o pau na Azul por monopolizar o regional, mas vamos lá, cadê as outras querendo se aventurar nesse mercado?

Edited by Uptrim
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Impressionante como tem gente que adora meter o pau sem ter conhecimento técnico.

A primeira suspensão das operações em Sorriso ocorreu por falta de certificação do aeroporto que cagou pra não conformidades (nada relacionado ao Safety) e a ANAC cancelou o registro, forçando a empresa a parar.

Agora a empresa recebeu um alerta da ANAC, despachou em menos de 24 horas um especialista pra lá e na volta já teve a definição urgente de parar as operações. Isso não me parece ganância de forma alguma.

São mais de 110 aeroportos e não dá pra manter um analista de safety em cada um deles mas na primeira evidência toda mobilização é feira em prol da segurança.

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

1600 x 30.

 

Pista bem meia boca.

So pode pousar na 05, sendo a 23 proibida pra pouso.

 

Não tem pushback

Por conta de querosene ruim, não se abastece lá (pousa com fuel pra retorno)

 

Aí fica difícil !

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

1600 x 30.

 

Pista bem meia boca.

So pode pousar na 05, sendo a 23 proibida pra pouso.

 

Não tem pushback

Por conta de querosene ruim, não se abastece lá (pousa com fuel pra retorno)

 

Aí fica difícil !

E uma pista dessa aguenta Embraer? Não seria melhor só usar ATR mesmo? Não deve ser fácil operar com pistas ruins Brasil afora. Essas prefeituras deveriam tomar vergonha na cara. Brasil no pior sentido. Quer ter aeroporto? Que cuide bem dele então. Ou então privatiza tudo logo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E uma pista dessa aguenta Embraer? Não seria melhor só usar ATR mesmo? Não deve ser fácil operar com pistas ruins Brasil afora. Essas prefeituras deveriam tomar vergonha na cara. Brasil no pior sentido. Quer ter aeroporto? Que cuide bem dele então. Ou então privatiza tudo logo.

E quantos metros voce acha que tem em CXJ, NVT, UNA?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pela proximidade não seria melhor ampliar o circo aéreo de Sinop?

Share this post


Link to post
Share on other sites

737, o problema não é distância, e sim qualidade do pavimento. Sorriso tem uma pista ótima para o atr, é fato, e Léo visto não aguentou o embraer.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pela proximidade não seria melhor ampliar o circo aéreo de Sinop?

Ai entra o velho bairrismo Brasileiro...

 

E Sinop ja nao merece mais esse titulo de Circo Aereo. A prefeitura da cidade fez o dever de casa, e vai entregar um aeroporto organizado para a Socicam

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas demanda pra operar E-Jet nos dois aeroportos ao mesmo tempo apesar da proximidade tem. O que não tem é vergonha na cara de quem é responsável pela manutenção do aeroporto de Sorriso.

 

Nos EUA, a aviação é grande pq cidades assim operam 737 e A320, aeroportos regionais costumam ter até mais de uma pista. Realmente é mais fácil lá, já que cada metro quadrado de pistas construidas e mantidas lá não custam infinitos milhões de superfaturamentos. E tem gente que defende que os governos anteriores foram bons.

Edited by diasfly
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho pouco,

Quer saber Azul está certa,

Uma vergonha municípios como: Nova Mutum, Lucas Do Rio Verde, Sorriso terem pistas tão ruins, são municípios de grande expressão no agronegócios, mas a cabeça das pessoas é: AEROPORTO PRA QUE?

Share this post


Link to post
Share on other sites

E quantos metros voce acha que tem em CXJ, NVT, UNA?

Não me referi ao comprimento da pista, e sim à qualidade da mesma. De qualquer forma, já foi dito aqui sobre as "ótimas" condições dessa pista. A Azul está certíssima, melhor proteger as aeronaves e manter a segurança.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pela proximidade não seria melhor ampliar o circo aéreo de Sinop?

 

O aeroporto de Sorriso nasceu por bairrismo, já que são 80 km até Sinop. Mas como gira muita $$$ do agronegócio nas duas cidades, cada uma consegue manter os seus voos.

Eu já elogiei no passado a estrutura do aeroporto de Sorriso, por em poucos meses após a homologação da ANAC, já conseguiram implementar comunicação por rádio, aproximação IFR (RNAV), e no seu terminal já existia raio-X e esteira de bagagens, que são itens que faltam em muitos aeroportos regionais. Sinop, faz poucos meses que aprovou comunicação por rádio, e só opera VFR.

 

Mas não imaginava que no futuro ficaria o caos que está.

Share this post


Link to post
Share on other sites

140 buracos na pista

Não se trata de ser boa ou ruim. Se trata de estar ruim

 

Ir a Sinop e ampliar não é opção. Lá não tem procedimento. Só vfr

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...