Jump to content

Latam amplia oferta no Ceará


TheJoker

Recommended Posts

Por Anderson Masetto

27/05/2019

 

Em contrapartida ao acordo de redução do ICMS sobre o combustível de aviação, firmado com o Governo do Estado de Ceará inicialmente em maio de 2018, a Latam anuncia mais cinco voos diários para Fortaleza. Eles serão operados a partir de agosto de 2019, com foco no mercado doméstico brasileiro e na ampliação do volume de chegadas e partidas no Aeroporto Pinto Martins. O incremento ampliará de 20 para 25 frequências diárias a operação regular da companhia no estado.

“Os cinco novos voos diários celebram o segundo ano deste acordo que tem permitido o crescimento sustentável das nossas operações no Ceará. Sempre é bom lembrar que o combustível de aviação no Brasil é um dos mais caros do mundo. Medidas competitivas como a redução do ICMS são exemplos a serem seguidos por todos os interessados no desenvolvimento do transporte aéreo nacional”, afirmou Jerome Cadier, CEO da Latam Brasil.

A companhia não está incluindo novas rotas, mas ampliando a oferta em Brasília, Teresina, Belém, Salvador e São Luís

  • Aumento de 18 para 26 voos (ida e volta) semanais na rota Fortaleza-Brasília, em aeronaves Airbus A320;
  • Aumento de 7 para 14 voos (ida e volta) semanais na rota Fortaleza-Teresina, em aeronaves Airbus A320;
  • Aumento de 7 para 14 voos (ida e volta) semanais na rota Fortaleza-Belém, em aeronaves Airbus A321;
  • Aumento de 7 para 14 voos (ida e volta) semanais na rota Fortaleza-Salvador, em aeronaves Airbus A320;
  • Aumento de 11 para 15 voos (ida e volta) semanais na rota Fortaleza-São Luís, em aeronaves Airbus A320.

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/com-cinco-novos-voos-latam-amplia-oferta-no-ceara/

Link to post
Share on other sites

Por Anderson Masetto

27/05/2019

 

Em contrapartida ao acordo de redução do ICMS sobre o combustível de aviação, firmado com o Governo do Estado de Ceará inicialmente em maio de 2018, a Latam anuncia mais cinco voos diários para Fortaleza. Eles serão operados a partir de agosto de 2019, com foco no mercado doméstico brasileiro e na ampliação do volume de chegadas e partidas no Aeroporto Pinto Martins. O incremento ampliará de 20 para 25 frequências diárias a operação regular da companhia no estado.

“Os cinco novos voos diários celebram o segundo ano deste acordo que tem permitido o crescimento sustentável das nossas operações no Ceará. Sempre é bom lembrar que o combustível de aviação no Brasil é um dos mais caros do mundo. Medidas competitivas como a redução do ICMS são exemplos a serem seguidos por todos os interessados no desenvolvimento do transporte aéreo nacional”, afirmou Jerome Cadier, CEO da Latam Brasil.

A companhia não está incluindo novas rotas, mas ampliando a oferta em Brasília, Teresina, Belém, Salvador e São Luís

  • Aumento de 18 para 26 voos (ida e volta) semanais na rota Fortaleza-Brasília, em aeronaves Airbus A320;
  • Aumento de 7 para 14 voos (ida e volta) semanais na rota Fortaleza-Teresina, em aeronaves Airbus A320;
  • Aumento de 7 para 14 voos (ida e volta) semanais na rota Fortaleza-Belém, em aeronaves Airbus A321;
  • Aumento de 7 para 14 voos (ida e volta) semanais na rota Fortaleza-Salvador, em aeronaves Airbus A320;
  • Aumento de 11 para 15 voos (ida e volta) semanais na rota Fortaleza-São Luís, em aeronaves Airbus A320.

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/com-cinco-novos-voos-latam-amplia-oferta-no-ceara/

 

 

Boa a LA quer reafirmar quem manda em FOR. jogar a GOL pra escanteio.

 

Os 10 novos A320 deve vir mais voos pela frente. Ja deu o balao na GOL

Link to post
Share on other sites

Será uma expansão que permitirá bancos de conexão muito claros para a LATAM:

 

Madrugada: Chegadas a FOR (segunda à sexta)

THE FOR 23:50
GRU FOR 00:15
SLZ FOR 00:25
NAT FOR 00:55
REC FOR 01:00
SSA FOR 01:00
GRU FOR 01:20
BEL FOR 01:20
VIX FOR 01:30
BSB FOR 01:40
GIG FOR 01:40
MIA FOR 01:55

 

Tarde: Chegadas a FOR:

BSB FOR 11:00
GRU FOR 11:25
THE FOR 12:50
SLZ FOR 12:55
BEL FOR 13:10
REC FOR 13:10
SSA FOR 14:05

 

São trechos do tipo BSB-N/NE-FOR-N/NE-FOR (Parabéns FOR)

A GOL nem tão cedo deve aumentar ofertas para o NE.

Link to post
Share on other sites

A tam já havia diminuído a oferta em NAT pra colocar os voos em FOR alguns meses atrás...

Link to post
Share on other sites

O ideal pra Fortaleza seria a Latam desistir dos FOR-> EUA, deixando-os com a GOL, pra focar em FOR-MAD, a fim de cumprir a cláusula de criação de um BR-Europa.

Link to post
Share on other sites

FOR-Europa( sobretudo MAD ) seria interessante mesmo, mas eu não abriria mão de Miami. É um destino procurado demais, deve ter carga e, apesar da concorrência alta, os LF não andam mal assim. Estão na casa dos 75%, não?

Link to post
Share on other sites

O ideal pra Fortaleza seria a Latam desistir dos FOR-> EUA, deixando-os com a GOL, pra focar em FOR-MAD, a fim de cumprir a cláusula de criação de um BR-Europa.

 

A GOL parou o FOR MIA. A LA vai aproveitar toda alta no NH

Link to post
Share on other sites

 

A GOL parou o FOR MIA. A LA vai aproveitar toda alta no NH

Parou o FOR-MIA?

 

Os voos voltam quando o MAX for liberado. E isso não deve demorar muito...

Link to post
Share on other sites

Parou o FOR-MIA?

 

Os voos voltam quando o MAX for liberado. E isso não deve demorar muito...

Eu não contaria com os MAX tão cedo.

Link to post
Share on other sites

O ideal pra Fortaleza seria a Latam desistir dos FOR-> EUA, deixando-os com a GOL, pra focar em FOR-MAD, a fim de cumprir a cláusula de criação de um BR-Europa.

JV foi recusada pelo Chile. Entendo que não há mais necessidade de criar rota BR-EUR fora do eixo RIO-SP.

Link to post
Share on other sites

Parou o FOR-MIA?

 

Os voos voltam quando o MAX for liberado. E isso não deve demorar muito...

E o mercado vai ficar parado guardando a vaga para a Gol?

 

A verdade é que a situação do MAX ferrou tudo, e a solução (falta de) da Gol para o mercado de FOR foi péssima também.

Link to post
Share on other sites

JV foi recusada pelo Chile. Entendo que não há mais necessidade de criar rota BR-EUR fora do eixo RIO-SP.

Link to post
Share on other sites

Tentei comentar a resposta do amigo, mas fiz algo errado. Enfim, queria dize-lo que CNF-FLL caberia, viu. BH tá muito mal ofertada após a saída da American e a redução da Azul. Parece que a cia brasileira vai aumentar as frequências entre Confins e Florida.

Link to post
Share on other sites

Parece que a LATAM não quer abrir mão do marketshare em FOR não... FOR é a maior base LATAM no N-NE. Vai ficar no pé da Gol. A vantagem da Gol no momento é ter uma base de tripulantes em FOR, umas 10 aeronaves por lá, enquanto a LATAM vai usando a base BSB para fomentar FOR como focus city, por enqaunto.

 

Dados da ANAC para FOR, acumulado Jan-Mar/2019
Oferta de Assentos:
GLO: 806,446 (35.4%)
TAM: 795,708 (35.0%)
AZU: 291,340
ONE: 279,786
TAP: 42,048
AFR: 21,406
KLM: 20,053
TCV: 9,433
CFG: 8,806
HFY: 650
Pax Pagos:
TAM: 646,556 (35.2%)
GLO: 641,513 (34.9%)
ONE: 244,187
AZU: 227,203
TAP: 31,859
AFR: 18,239
KLM: 17,329
CFG: 6,782
TCV: 3,999
HFY: 581
Ocupação: Média
HFY: 89.4%
ONE: 87.3%
KLM: 86.4%
AFR: 85.2%
TAM: 81.3%
GLO: 79.5%
AZU: 78.0%
CFG: 77.0%
TAP: 75.8%
TCV: 42.4%
Qual companhia aérea predomina em cada aeroporto?
ANAC, acumulado Jan-Mar/2019
jan-mar-2019_3.jpg?w=444
*******
Quais aeroportos pesam mais para cada companhia aérea?
ANAC, acumulado Jan-Mar/2019
jan-mar-2019_7.jpg?w=444
jan-mar-2019_8.jpg?w=444
Link to post
Share on other sites

JV foi recusada pelo Chile. Entendo que não há mais necessidade de criar rota BR-EUR fora do eixo RIO-SP.

Na verdade há uma confusão tua aqui, o CADE CHILENO não aceitou a JB entre Latam e AA e IAG, já no Brasil,o CADE BRASILEIRO aceitou sem restrições em relação à Latam e AA porém com o GRUPO IAG impôs restrições e uma das muitas é a criação de uma rota Brasil-Europa fora do eixo Rio-SP, isso a Latam Brasil ainda não implantou.

 

A rota Forto-EUA foi criada por outro motivo, o desconto no ICMS no Ceará, mas o colega sugeriu a troca desta rota para uma para Europa e assim já atenderia aos requisitos dos 2 processos

Link to post
Share on other sites

Realmente, com a UX entrando em FOR e ja tendo voos para REC e SSA, fica mesmo sem espaco.

 

Latam vai cancelar o GRU/FCO... Um FOR/FCO seria uma boa. Uma rota direta para Italia faz muita falta no NE.

Link to post
Share on other sites

Realmente, com a UX entrando em FOR e ja tendo voos para REC e SSA, fica mesmo sem espaco.

 

Latam vai cancelar o GRU/FCO... Um FOR/FCO seria uma boa. Uma rota direta para Italia faz muita falta no NE.

Se nem um Gru-FCO deu certo ( com zilhões de conexões e comunidade italiana e religiosa forte em Sampa) ,imagina em FORTALEZA

Link to post
Share on other sites

Se nem um Gru-FCO deu certo ( com zilhões de conexões e comunidade italiana e religiosa forte em Sampa) ,imagina em FORTALEZA

 

Que argumento mais fraco.

 

Engracado que em BSB a AF nem deu certo com esses "zilhoes de conexoes", e em FOR nao so deu certo como veio a KLM tambem.

 

Engracado tambem que GRU tem outros milhares de voos para a EU, sem falar nos 2 diarios para FCO pela Alitalia.

 

:anta:

Link to post
Share on other sites

né isso...

 

 

Que argumento mais fraco.

 

Engracado que em BSB a AF nem deu certo com esses "zilhoes de conexoes", e em FOR nao so deu certo como veio a KLM tambem.

 

Engracado tambem que GRU tem outros milhares de voos para a EU, sem falar nos 2 diarios para FCO pela Alitalia.

 

:anta:

Link to post
Share on other sites

O problema é que um simples comentário sobre EVENTUAL ocupação de HIPOTÉTICA rota é interpretado por muitos como ódio aos nordestinos/cearenses etc.

Chega de vitimismo.

Link to post
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade