Jump to content
Sign in to follow this  
riclima

Sideral também quer entrar na Ponte Aérea.

Recommended Posts

Companhia brasileira pede à ANAC para operar na ponte aérea com avião de luxo

Celso Martins

jun 14, 2019

 

A companhia pretende usar em Congonhas o Boeing 737-500 equipado com 52 assentos executivos com poltronas de couro.

A Sideral Linhas Aéreas, companhia sediada em Curitiba, entrou na disputa pelos slots (autorização de pousos e decolagens) no Aeroporto de Congonhas, localizado na cidade de São Paulo. A companhia pediu à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para operar voos de Congonhas para o Aeroporto Santos Dumont (Rio de Janeiro) e Brasília. (Veja abaixo a tabela de voos).

 

 

 

 

A Sideral pretende iniciar os voos no dia 16 de novembro deste ano. A companhia vai usar nos voos para Brasília e na ponte aérea Rio/São Paulo uma aeronave que promete revolucionar o mercado de luxo da aviação. A novidade é um Boeing 737-500 equipado com 52 assentos executivos com poltronas revestidas com couro italiano. É o maior espaço entre as poltronas em relação a todos os aviões de grande porte em operação no Brasil.

 

O pedido da Sideral tem tudo para ser aprovado pela ANAC. Se até outubro deste ano a Avianca Brasil não voltar a operar em Congonhas, a agência reguladora terá que fazer a distribuição dos 23 slots que eram usados pela Avianca no aeroporto localizado na capital paulista. Pela regra atual, as novas companhias (entrantes) em Congonhas têm direito a ficar com a metade dos slots. As demais autorizações de pousos e decolagens seriam dadas para a Gol, LATAM e Azul. Lembrando que a Azul tem 12 sltos e LATAM e Gol 130 cada.

 

Nesta sexta-feira (14/06) a Passaredo Linhas aéreas oficializou um requerimento junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) para que seja considerada como nova empresa apta a operar no Aeroporto de Congonhas. A Sideral e Passaredo têm mais chances de ficar com os slots já que possuem certificação da ANAC para operar no Brasil. Cada companhia poderá receber de 5 a seis autorizações de pousos e decolagens.

 

A Sideral opera atualmente no setor de cargas e realiza fretamentos, principalmente para clubes de futebol. Para que a Sideral comece a oferecer voos regulares ela vai precisar, por exemplo, montar bases de tripulantes, o que pode ser realizado em no máximo 60 dias. Além do Boieng 737-500, a companhia tem em sua fota os Boeings 737-300, mesmo modelo que era usado pela extinta Webejet.

 

A Passaredo e a Sideral têm vantagens em Congonhas em relação as companhias estrangeiras que demonstraram interesse pelos slots. A MAP Linhas Aéreas, com sede em Manaus, e que usa em seus voos o modelo ATR, o mesmo da Passaredo, também vai entrar com pedido para operar em Congonhas. MAP também tem tudo para ser autorizado na capital paulista.

 

A Air Europa, por exemplo, que entrou processo de certificação na ANAC, não conseguirá cumprir todas as etapas para começar a operar voos domésticos no Brasil. Todo processo dura 220 dias. A Air Europa está interessada nos slots de Congonhas.

 

www.tudodeviagem.com

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na minha opinião será um belo tiro no pé, pois a concorrência vai engolir a Sideral como se fosse um grão de arroz.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pronto, virou festa. Daqui a pouco a TwoFlex pede pra entrar na ponte com o Caravan...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Operar na ponte, com meia dúzia de frequências por dia, com um custo por assento altíssimo, não me parece uma ideia muito boa não.

 

O único público que TALVEZ pagasse uma tarifa diferenciada nesse serviço, é justamente o que precisa de mais flexibilidade de horários.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pronto, virou festa. Daqui a pouco a TwoFlex pede pra entrar na ponte com o Caravan...

 

Se tem o direito, por que não? A função da ANAC como reguladora é cumprir as regras estabelecidas, 50% dos slots para novos entrantes, caso haja. Festa era aquela resolução antiga que obrigava aeronaves com 90 assentos ou mais em Congonhas, ou seja, reserva de mercado para as big 4, agora big 3

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa notícia soa como: Emirates entra na disputa pela ponte aérea com seus A380.

 

Possível pra Sideral é, agora, será que é viável?

Edited by thgsr08

Share this post


Link to post
Share on other sites

A intenção da Sideral é boa, mas ela deve ser extremamente boa também a ponto de fidelizar os clientes que ela pretende fidelizar se ela quiser operar a ponte aérea (uma possível escassez de horários não ajuda)... Vale contar também que o marketing, extremamente relevante nessas cias. de carreira, é algo que ela pode não dominar o suficiente para arriscar nesse mercado.

 

...ou no final das contas isso vai virar um grande mercadão de slots, onde as nacionais pequenas vão garantir para as novas entrantes estrangeiras (ou Azul que diz estar pronta pra combate). Só acho que isso no final das contas também poderia servir para essas brasileiras darem um boost nas operações onde tem know-how (SID cargas e PTN no regional).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa turma toda só está atrapalhando os planos da chorona azul

Share this post


Link to post
Share on other sites

Até que não seria mal se a TwoFlex entrasse no páreo? Para os "spotters" seria uma beleza irem ao Congonhas ou ao Santos Dumont ver:

 

- TwoFlex de Caravan;

- Passaredo e/ou MAP de ATR;

- Azul de Embraer;

- Sideral de 737-500;

- Latam de Airbus; e

- Gol de Boeing.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Full J em voo de 50 minutos ?

 

Loucura!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pega os slots e depois se vende para quem pagar mais. Lucro fácil.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que "gastem" os slots de CGH com empresas que queiram "transporte de massa" e não de um nicho de mercado.

 

Off topic: A encheção do Fla-Flu na política contaminou esse site. É um tal de falar mal da Azul em assunto que não tem nada que diz respeito a ela tratam de falar contra ela.

 

Detalhe: Nunca voei pela empresa, não tenho parentes trabalhando lá, não estou querendo um emprego lá, nada.

 

Simplesmente é um saco toda hora ficarem esculachando a empresa.

 

Mudem o disco...

  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites

Passaredo entrar em CGH, tem um certo nexo, já que é uma empresa com vôos regulares e com a proposta de ter base em SP para regionais. Agora MAP, que tem presença principalmente na região amazônica e Sideral, que é cargueira e charteira se arriscarem nisso, é surreal. Pode isso Arnaldo? Poder pode, mas se vai dar pé, é o que vamos ver.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pega os slots e depois se vende para quem pagar mais. Lucro fácil.

Mas os slots não são vendíveis, só se a Siferal fosse vendida, mas não me parece interessante, talvez estão se preparando para serem adquiridos pela Azul, afinal eles já operam esse tipo antigo de B737 cargueiro

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tem muita gente aqui no fórum achando que a Azul vai comprar Passaredo, MAP, Sideral ou qualquer uma que tente entrar em CGH, mas será mesmo que ela faria algo assim? Penso principamente na primeira citada, que tem uma dívida bem grandinha, será que isso vale a pena por causa de alguns slots? Se fosse uma quantidade maior, cerca de metade do que tem uma Latam ou Gol, acho que a luta valeria a pena, mas por 50% do que tinha a AVB, tenho minhas dúvidas. A Azul, pelo menos até agora, tem se mostrado bem objetiva em seus investimentos. Não a toa, se comenta que é a mais lucrativa das três grandes que sobraram.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Deveriam focar nos madrugadões MAO-GRU / BEL-GIG / FOR/REC-SUL, ou então alguns voos para a Am. do Sul, não sei se o 735 teria autonomia para tal, mas seria bacana fazer um GRU-SCL por exemplo em um avião desse tipo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, que ela ganhe um par de slots, já é um ativo valioso e que não gastou nada. Depois faz a cisão da empresa e vende a que tem o COA com os slots.

 

Teoria da conspiração: repararam que isto só surgiu quando a Azul começou a fazer campanha pela ponte?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, que ela ganhe um par de slots, já é um ativo valioso e que não gastou nada. Depois faz a cisão da empresa e vende a que tem o COA com os slots.

 

Teoria da conspiração: repararam que isto só surgiu quando a Azul começou a fazer campanha pela ponte?

 

Tiro pela culatra meu caro.. mostrou que todos podem ter esse "direito".

Share this post


Link to post
Share on other sites

Faz todo sentido a Passaredo ter algo em CGH, é uma empresa de voos reginais e tem sua sede em RAO.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já pensaram que os 2 E190 que a Sideral vai receber possam fazer sentido agora?

Share this post


Link to post
Share on other sites

ponte aérea com 1 aviao? o cliente vai pagar mais caro pelo servico de luxo e qd der manutenção, o que vao fazer? paga mais caro e nao voa. melhor ficar quieta no fretamento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já pensaram que os 2 E190 que a Sideral vai receber possam fazer sentido agora?

Não sabia dessa. Se for isso...

Share this post


Link to post
Share on other sites

ponte aérea com 1 aviao? o cliente vai pagar mais caro pelo servico de luxo e qd der manutenção, o que vao fazer? paga mais caro e nao voa. melhor ficar quieta no fretamento.

Pode ser em outra rota, por que não CGH-BPS, CGH-IGU ou CGH-RAO?

 

Será temerário se entrar nos VDC.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...