Jump to content

Homem agride comissários e assusta passageiros durante voo de Lisboa para Campinas


Recommended Posts

Passageiros de um voo que saiu de Lisboa, em Portugal, para o aeroporto de Campinas, no interior de São Paulo, viveram momentos de tensão entre a noite de quarta-feira (3) e a madrugada desta quinta (4). Um homem se trancou no banheiro por cerca de 10 minutos após a decolagem e chegou a agredir comissários de bordo tentaram tirá-lo de lá.

 

O voo 8753, da companhia aérea Azul, chegou em Campinas por volta das 5h30. Entre os passageiros estava a colunista da rádio BandNews FM em Belo Horizonte, Simone Crisóstomo. Ela conta que o passageiro deu tapas e cabeçadas nos funcionários, além de ameaçar matar todos que estavam a bordo.

 

Havia crianças no avião, que choraram muito com a gritaria e a confusão. No entanto, ele ainda gritava e ameaçava os presentes, segundo a colunista.

 

Apesar do episódio, Crisóstomo elogiou a postura dos funcionários da Azul e destacou que, apesar de terem sido bastante agredidos, os trabalhadores continuaram prestando um bom serviço. Depois do pouso, o avião foi para uma área reservada do Aeroporto de Viracopos para que o passageiro pudesse ser retirado.

 

Ainda não se sabe o motivo do comportamento do homem a bordo. Procurada pela BandNews FM, a companhia aérea Azul não se manifestou sobre o caso até o momento.

 

 

Alguém teria mais informação sobre o caso ?

Link to post
Share on other sites

"Um homem se trancou no banheiro por cerca de 10 minutos após a decolagem e chegou a agredir comissários de bordo tentaram tirá-lo de lá."

 

Não seria o caso de ter retornado para Lis por questões de segurança?

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

"Um homem se trancou no banheiro por cerca de 10 minutos após a decolagem e chegou a agredir comissários de bordo tentaram tirá-lo de lá."

 

Não seria o caso de ter retornado para Lis por questões de segurança?

Prezado maureli

A aeronave recém tinha começado um voo LIS-VCP. Já imaginaste o quanto teria de alijar de combustível para pousar, novamente, em LIS?

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

banheiro por cerca de 10 minutos

 

Isto me cheira a dorgas.

Pode ter sido uma mistura explosiva de remédios controlados com bebidas alcoólicas antes mesmo da partida.

Não foi em um avião que presenciei uma situação destas. Acreditem, o cidadão ficou muito diferente do que é com este coquetel do capeta.

Link to post
Share on other sites

Prezado maureli

A aeronave recém tinha começado um voo LIS-VCP. Já imaginaste o quanto teria de alijar de combustível para pousar, novamente, em LIS?

Exatamente por estar tão próximo de Lisboa que teria sido mais seguro desembarcar o maluco lá que correr riscos à segurança do voo cruzando o oceano até Vcp....se é caro alijiar,é,mas faz parte do jogo

Link to post
Share on other sites

banheiro por cerca de 10 minutos

 

Isto me cheira a dorgas.

Já vi um mal elemento ser desembarcado em NAT de um voo da Meridiana porque durante o embarque ele foi pego cheirando cocaína no banheiro. Não duvido nada que essa alma sebosa estava fazendo a mesma coisa

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Sobre o que pode ou não ser feito para controlar a situação, no caso do pax aí surtando, berrando em vôo, é permitido dentro dos procedimentos mandar uma silvertape na boca do cidadão para dar paz ao vôo??

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Kit GCI(Gerenciamento de contenção de passageiro indisciplinado)

-de forma resumida: formulário de advertência é lido na frente do pax, são coletados dados de testemunhas, se não surtir efeito é imobilizado nos punhos, braçadeira de plástico, isso é o último recurso à bordo para conter o risco potencial. Lançado no livro como ocorrência(CBA) o infelíz é desembarcado.

Brasil é outra avaliação, nêgo quer voltar pra casa, as vezes é um vôo de 5,6 dias, ía dar um rôlo daqueles, e um belo prejuízo por causa de um #####.

EUA e Europa são paranóicos, mais o bixo péga por lá, vira caso de FBI.

Sobre o que pode ou não ser feito para controlar a situação, no caso do pax aí surtando, berrando em vôo, é permitido dentro dos procedimentos mandar uma silvertape na boca do cidadão para dar paz ao vôo??

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Exatamente por estar tão próximo de Lisboa que teria sido mais seguro desembarcar o maluco lá que correr riscos à segurança do voo cruzando o oceano até Vcp....se é caro alijiar,é,mas faz parte do jogo

Parto de alguns princípios:

 

Não acredito que tripulações destes tipos de voo não sejam capacitadas para lidar com este tipo de evento e tomar estas decisões para que a segurança do voo seja mantida. Em virtude disto não fico querendo

dizer o que eles deveriam fazer ou não; ou pior que eles fizeram errado.

 

Mas o principal é que eu não estava lá.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Cada empresa aérea segue um "ritual" para lidar com passageiros que apresentam comportamento inadequado a bordo de uma aeronave.

 

Tais rotinas tomam como base vários aspectos, entre eles, os determinados pelas autoridades aeronáuticas e até aqueles que envolvem detalhes jurídicos. Como bem citado pelo flightFernando, uma sequência de procedimentos deve ser seguida para que, no final, não exista margem para dúvidas quanto a ação dos tripulantes e eventualmente o auxílio de passageiros. É óbvio que alguns passos podem ser abreviados ou deixados de lado, dependendo de como se desenvolve uma situação.

 

A decisão de retornar para o local de partida ou de pousar num aeroporto intermediário será tomada, no final, pelo comandante da aeronave, que também se respaldará em fatos e evidências, pois dependendo da localidade escolhida, ainda entrará o fator das leis locais.

 

Se os comissários conseguirem dominar a situação e não há indícios de que poderá haver desdobramentos que possam de alguma forma prejudicar o andamento do voo, não há, num primeiro instante, a obrigatoriedade de pousar antes do destino para desembarcar o indivíduo (ou indivíduos) que apresenta(m) alterações inconsistentes ao bom comportamento necessário para suportar uma viagem aérea. E uma das razões, por motivos óbvios, é o custo dessa operação e os "estragos" que poderão causar à empresa aérea, com passageiros (comportados) que poderão perder voos de conexão, a impossibilidade de utilizar a aeronave em questão para outras programações já previstas e assim por diante.

 

Apenas para ilustrar, seguem dois exemplos clássicos de passageiros inconvenientes:

 

- Durante um voo da Varig, entre o Brasil e JFK, um ator famoso (pelo menos naqueles tempos) "surtou" e os comissários precisaram usar de muita força física para dete-lo. O comandante decidiu pousar em Belém para desembarca-lo.

 

- O segundo caso ocorreu entre um voo da Itália ao Brasil, num B747, também da Varig, quando uma passageira (na verdade descobriu-se posteriormente que era um travesti) foi à cabine (as visitas ainda eram permitidas) e lá dentro, em determinado instante, usou um spray que incapacitou os pilotos que estavam operando naquele instante. Como era um voo de revezamento, outra equipe assumiu os comandos e pousaram nas Ilhas Canárias para desembarcar a(o) alucinada(o).

Edited by Longreach
  • Like 9
Link to post
Share on other sites

Apenas para ilustrar, seguem dois exemplos clássicos de passageiros inconvenientes:

 

- Durante um voo da Varig, entre o Brasil e JFK, um ator famoso (pelo menos naqueles tempos) "surtou" e os comissários precisaram usar de muita força física para dete-lo. O comandante decidiu pousar em Belém para desembarca-lo.

 

https://www.terra.com.br/istoegente/101/reportagem/andre_goncalves.htm

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

 

 

- O segundo caso ocorreu entre um voo da Itália ao Brasil, num B747, também da Varig, quando uma passageira (na verdade descobriu-se posteriormente que era um travesti) foi à cabine (as visitas ainda eram permitidas) e lá dentro, em determinado instante, usou um spray que incapacitou os pilotos que estavam operando naquele instante. Como era um voo de revezamento, outra equipe assumiu os comandos e pousaram nas Ilhas Canárias para desembarcar a(o) alucinada(o).

:blink: :blink: Em que ano foi isso ?

Link to post
Share on other sites

Parto de alguns princípios:

 

Não acredito que tripulações destes tipos de voo não sejam capacitadas para lidar com este tipo de evento e tomar estas decisões para que a segurança do voo seja mantida. Em virtude disto não fico querendo

dizer o que eles deveriam fazer ou não; ou pior que eles fizeram errado.

 

Mas o principal é que eu não estava lá.

Parabéns pela racionalidade e sobriedade. Eu sendo treinado e tendo vivido situações semelhantes não consigo julgar o que foi feito baseado nos fatos expostos e principalmente não tendo vivenciado a situação em tempo real.

 

Ai entro aqui e vejo pitaqueiro que não sabe nem escrever winglet dizendo o que acha que deveria ter sido feito.

  • Like 3
Link to post
Share on other sites

Kit GCI(Gerenciamento de contenção de passageiro indisciplinado)

-de forma resumida: formulário de advertência é lido na frente do pax, são coletados dados de testemunhas, se não surtir efeito é imobilizado nos punhos, braçadeira de plástico, isso é o último recurso à bordo para conter o risco potencial. Lançado no livro como ocorrência(CBA) o infelíz é desembarcado.

Brasil é outra avaliação, nêgo quer voltar pra casa, as vezes é um vôo de 5,6 dias, ía dar um rôlo daqueles, e um belo prejuízo por causa de um ######.

EUA e Europa são paranóicos, mais o bixo péga por lá, vira caso de FBI.

Voce que pensa...EUA nesse ponto é mais varzea que o Brasil

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Lembrei desse caso que ocorreu na Icelandair.

 

50e7083eeab8ea6a6800000e-640-960.jpg

 

 

Fonte: https://www.businessinsider.com/drunk-icelandair-passenger-taped-to-his-seat-2013-1

Muito amadorismo nesse caso, por pior que seja o cara, amarrar as pernas em 2 pontos o impede de sair numa emergência, amarrar com fita a boca, pode prejudicar a respiração ( ele pode não conseguir respirar plenamente pelo nariz) , no Brasil ele ganharia uma grana boa na justiça e os tripulantes estariam buscando novos desafios

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade