Jump to content
Sign in to follow this  
jambock

Vazamento em motor provocou adiamento de missão lunar da Índia

Recommended Posts

Meus prezados
Vazamento em motor provocou adiamento de missão lunar da Índia

Um vazamento no motor criogênico do foguete de lançamento provocou o adiamento na segunda-feira da missão lunar indiana Chandrayaan-2, informou a imprensa indiana.
Exatamente 56 minutos e 24 segundos antes do lançamento, que estava previsto para 2H51 de segunda-feira (horário local), a Agência Espacial Indiama (ISRO, na sigla em inglês) anunciou o adiamento da missão.
A ISRO não anunciou uma nova data de lançamento.
A missão deveria pousar em 6 de setembro um 'rover' de exploração no polo sul da Lua, a 384.000 km da Terra, o que faria da Índia o quarto país a conseguir pousar um aparelho na superfície lunar, depois de Rússia, Estados Unidos e China.
Fonte: AFP via jornal Zero Hora 16 jul 2019

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados
Índia lança missão inédita não-tripulada Chandrayaan-2 até a Lua
2019-07-22t143305z-851202878-rc1ea876edc
Índia envia missão até a Lua nesta segunda-feira, 22 de julho — Foto: Indian Space Research Organisation/Reuters

A Índia enviou nessa segunda-feira (22) a missão não-tripulada Chandrayaan-2, destinada a pousar na Lua em 6 de setembro deste ano. O foguete GSLV-MkIII, da agência espacial indiana ISRO, decolou à 1h43 hora local (06h13 de Brasília) da plataforma de lançamento de Sriharikota.
A missão começa uma semana depois de a primeira tentativa ter sido cancelada 56 minutos antes da decolagem. Segundo os cientistas, “um obstáculo técnico” impediu o lançamento. Mais tarde, eles anunciaram que um dos tanques do foguete estava perdendo a pressão.
“A questão de baixa pressão foi resolvida”, disse Vivek Singh, porta-voz da Organização de Pesquisa Espacial Indiana nesta segunda-feira. “O clima está perfeito”. O presidente da agência espacial indiana, Kailasavadivoo Sivan, disse ao jornal “The Guardian” que a equipe de pesquisadores trabalhou incansavelmente para consertar a falha.
“É o início de uma jornada histórica da Índia em direção à Lua. Aterrissar em um local perto do polo sul deve ajudar a realizar experimentos científicos para explorar o inexplorado”, disse Sivan.
O primeiro-ministro indiano, Navendra Modi, escreveu em sua conta no Twitter que o lançamento da Chandrayaan-2 mostra a destreza dos cientistas do país. Segundo o post, o país investiu 1,3 bilhão de rupias indianas (cerca de R$ 70,6 milhões).
Fonte: site DefesaTV 23 jul 2019
Brasil com IDH de 0,759 ocupa o 79º lugar em 2018
Índia com IDH 0.690 ocupa o 130º lugar em 2018, mas prefere (ou dá prioridade) a lançamento de foguete à Lua! Mas, pensando melhor, o foguete que atingirá a Lua poderá atingir seu principal inimigo, o Paquistão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...