Jump to content

Recommended Posts


August 12, 2019


Qantas announced (10-Aug-2019) plans to introduce up to three A321P2F aircraft to operate for Australia Post. The first aircraft is due to enter the fleet in Oct-2020 and Qantas stated it will be the first airline to operate an A321 freighter. The A321P2Fs will provide nine tonnes of additional capacity, an increase of nearly 50%, compared to Qantas’ existing Boeing 737 freighters. Qantas and Australia Post signed an expanded seven year domestic and international airfreight agreement valued at more than AUD1 billion (USD677 million) to provide Australia Post customers with access to Qantas Freight freighter aircraft, priority access to cargo capacity on Qantas and Jetstar Airways passenger services and capacity on Qantas’ partner airlines worldwide.

Link to post
Share on other sites
  • 1 year later...

Meus prezados

Primeiro Airbus A321P2F entra em serviço com Qantas

Luiz Padilha 

 a321p2f-750x520.jpg

Airbus A321P2F Foto ST Engineering.

Por Alfred Chua

O primeiro cargueiro Airbus A321P2F convertido entrou em serviço com o cliente lançador Qantas, que o operará em parceria com a Australia Post.

A Qantas vai operar até três A321P2Fs, que, segundo ela, oferecem uma carga útil adicional de 9t sobre os Boeing 737-300Fs que usa em serviços domésticos de frete.

A aeronave, VH-ULD (MSN835), foi entregue pela primeira vez à transportadora britânica BMI em 1998, de acordo com dados de frotas da Cirium.

O jato com motor International Aero Engines V2500 operou posteriormente com a transportadora turca Onur Air, antes de ser trazido para conversão em 2018 pela especialista em ativos Vallair.

spacer.png

Liderando o programa de conversão do A321P2F está a gigante aeroespacial ST Engineering, com sede em Cingapura, que está trabalhando na modificação junto com a Airbus e sua joint venture EFW na Alemanha.

A entrada em serviço encerra uma série de esforços de certificação ao longo do ano, com a Agência de Segurança da Aviação da União Europeia (EASA) emitindo o certificado de tipo suplementar original em fevereiro, e a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos seguindo o exemplo em julho.

Em seguida, a ST Engineering incorporou melhorias específicas do operador à aeronave, antes de ser certificada novamente e entregue novamente à Qantas.

Jeffrey Lam, presidente da unidade aeroespacial da ST Engineering, diz: “A conclusão de nosso primeiro A321P2F é oportuna, pois o programa pode ajudar as companhias aéreas a dar uma nova vida a aeronaves subutilizadas, que de outra forma sofreriam um pouso mais difícil em seu valor residual.”

spacer.png

A ST Engineering anunciou recentemente planos para aumentar as conversões de A321P2F, mais do que dobrando o número de cargueiros convertidos, de nove para 25 anualmente.

Isso será feito com a instalação das capacidades do A321P2F em suas instalações de MRO de fuselagem existentes nos EUA e na China. As conversões do A321P2F são feitas atualmente em Cingapura e nas instalações da EFW na Alemanha.

O A321P2F oferece carregamento em contêineres nos conveses principal e inferior, com até 24 posições de contêineres cheios disponíveis a bordo. Ele pode transportar mais de 28 toneladas de carga em 2.300 nm, afirma a ST Engineering.

Fonte: Flight Global via blog Defesa Aérea & Naval 29 out 2020

Tradução e adaptação: DAN

 

 

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade