Jump to content
Sign in to follow this  
Cassio.Fernandes

Tarifas altas da Azul afastam passageiros de Viracopos

Recommended Posts

VCP teve recorde de passageiros.

 

Reportagem mentirosa, o resto é papo furado.

Não tem nada de mentiroso na matéria, essa infelizmente é a realidade aqui da região.

 

Vejo muito comentário de quem não é aqui da RMC ou São Paulo falar que é mais fácil pegar o voo via VCP do que em GRU devido aos custos com pedágio, estacionamento e etc.

 

Como falei na pagina atras, o custo pra pegar um voo via São Paulo com conforto e segurança da Lirabus sai por R$ 80,00 ida e volta, o único empecilho é que você tem que sair mais cedo de casa pois a viagem ate la demora em torno de 1:30 ou mais de ônibus, ate se alguém levar o passageiro de carro e deixar la sai mais em conta do que pegar por aqui, só embarca via VCP quem comprou passagem super antecipada, conexão ou que vai voar em rotas que a Azul concorre com Gol e TAM, o resto é caro e não compensa.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ué ? Achei que era só eu que reclamava dos preços da AZUL. Cia Aérea MAIS CARA do país.

 

Mas, o importante é o polvilho e as balinhas coloridas.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Azul é a mais cara em qualquer lugar, não só em VCP.

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Princípio basico de yield management: se o LF está alto no valor que está sendo cobrado, baixar o preço pra que?

 

Um corte no valor da passagem pode até mesmo causar problemas para a empresa visto que ela não daria conta da demanda o que a faria perder mercado para a concorrência, pois não se conseguiria vagas em voos da Azul obrigando a companhia a uma corrida desenfreada por aviões. O que implicaria em trazer aviões com leasings caros, o que faria o balanço da empresa sangrar. Sem falar em outros custos.

 

Aumento de custos com yield menor não é uma combinação interessante.

 

A beleza da concorrencia é essa: A Azul está cara? De VCP se sai também de LA e G3. Quem sabe essa demanda não incentive essas companhias a atender VCP melhor? Ou mesmo atrair novos players como a Passaredo? O pior que se pode fazer é dirigir 1h para GRU pois assim o mercado de Campinas fica distorcido. E o da capital também.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

O pior que se pode fazer é dirigir 1h para GRU pois assim o mercado de Campinas fica distorcido. E o da capital também.

 

Mas se o colega tá dizendo que de ônibus custa R$ 80,00 ida e volta, seria pior mesmo ir até GRU ou CGH?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tudo depende, quanto vale teu tempo e conforto? Quanto tempo antes tu tem que sair para gru? Quem remataste que a marginal não vai estar lotada? Eu já demorei 4 horas para ir de Vcp a gru. Tem que colocar

Um bom tempo de lastro o que amplia muito tua viagem. São varias variáveis que ao só são 80 reais.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não.. a Azul só cobra mais caro porque é malvadona...

 

Yield managemente e o conceito de Hub mandaram um abraço.

 

O nível de hate com certa empresa está realmente absurdo, sinal que estão incomodando.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tudo depende, quanto vale teu tempo e conforto? Quanto tempo antes tu tem que sair para gru? Quem remataste que a marginal não vai estar lotada? Eu já demorei 4 horas para ir de Vcp a gru. Tem que colocar

Um bom tempo de lastro o que amplia muito tua viagem. São varias variáveis que ao só são 80 reais.

Na realidade do povo brasileiro, pagar R$ 80,00 e um desconto de R$ 200,00 ou mais na passagem conta muito, então ir pra GRU acaba saindo vantajoso.

 

E que mania chata do povo falar que é rage com a companhia, todo mundo reclama do preço dela Brasil afora, isso não é exclusividade daqui, agora temos que ficar quietos e aceitar qualquer coisa do tipo porque não pode reclamar da Azul?

Edited by Cassio.Fernandes
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tudo depende, quanto vale teu tempo e conforto? Quanto tempo antes tu tem que sair para gru? Quem remataste que a marginal não vai estar lotada? Eu já demorei 4 horas para ir de Vcp a gru. Tem que colocar

Um bom tempo de lastro o que amplia muito tua viagem. São varias variáveis que ao só são 80 reais.

 

Verdade. Como eu moro em GRU, não me preocupo com essas variáveis, mas tudo depende do tempo que o passageiro tem pra "perder" mesmo...

Share this post


Link to post
Share on other sites

E que mania chata do povo falar que é rage com a companhia, todo mundo reclama do preço dela Brasil afora, isso não é exclusividade daqui...

 

Pois é. Repito (porque apagarem o que eu escrevi), ninguém é obrigado a comprar passagem da Azul, só onde não tem outro jeito, que não é o caso de VCP. Mesmo onde não há concorrência para voos diretos, como é o caso de REC-NAT, eu vou de carro, não compro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Mas se o colega tá dizendo que de ônibus custa R$ 80,00 ida e volta, seria pior mesmo ir até GRU ou CGH?

 

Meu ponto nessa parte foi: se o pax da RMC está disposto a se despencar até GRU e CGH, para fugir dos preços elevados da Azul, a pressão de demanda nos voos LA e G3 em VCP é menor do que deveria. E isso não dá a essas companhias a dimensão correta do mercado da região o que implica na oferta tímida que existe hoje por essas duas empresas. Além de inflar o mercado de SP o que incentiva mais ainda o pax da RMC e se despencar a SP devido a grande oferta de assentos que precisa ser ocupada.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

E salários abaixo do mercado.

Não ia mencionar porque esse assunto causa muito discussão sem nexo, os defensores não aceitam que um tripulante comercial do wide da JJ ganhe mais que um copiloto de Atr, então me abstive disso!

Verdade é onde ela tem o monopólio,como Vcp, onde tb não o tem ela cobra mais caro e nem por isso os voos estão vazios , os passageiros gostam e pagam

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Meu ponto nessa parte foi: se o pax da RMC está disposto a se despencar até GRU e CGH, para fugir dos preços elevados da Azul, a pressão de demanda nos voos LA e G3 em VCP é menor do que deveria. E isso não dá a essas companhias a dimensão correta do mercado da região o que implica na oferta tímida que existe hoje por essas duas empresas. Além de inflar o mercado de SP o que incentiva mais ainda o pax da RMC e se despencar a SP devido a grande oferta de assentos que precisa ser ocupada.

Hoje o que temos de concorrência aqui é 2 BSB-VCP-BSB pela Latam, 3 BSB-VCP-BSB e 2 GIG-VCP-GIG pela Gol, inclusive essas são as rotas com os melhores preços na cidade e são rotas que saem cheias todos os dias mesmo com 3 empresas operando nelas.

 

A rumores que a Gol chamou a ABV pra conversar e pediu uma quantidade considerável de slots aqui no aeroporto, mas ate agora não saiu nada de novo, nos últimos meses ela testou algumas rotas que teve boa ocupação como VCP-FOR e VCP-SSA como regulares, mas operaram somente nesse período de ferias

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se é uma família de 4 pessoas viajando, em que cada um economize R$ 200,00 na passagem, economizar esses R$ 200,00 em cada passagem, compensa bastante. Mas.. Não são apenas 1h30 de ônibus, tem que sempre colocar uma margem de segurança para imprevistos nas estradas.

Quando morava em JOI e ia pegar voo em CWB, já perdi um voo, mesmo pegando ônibus para chegar com 2h30 min de antecedência do horário de partida. E isso que são apenas 120 km de distância.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Meu ponto nessa parte foi: se o pax da RMC está disposto a se despencar até GRU e CGH, para fugir dos preços elevados da Azul, a pressão de demanda nos voos LA e G3 em VCP é menor do que deveria...

 

Ah entendi. Se vão para GRU, tendo a opção de LA ou G3 em VCP, para alguns destinos, é porque as tarifas dessas duas também estão altas por lá? Ou só se deslocam de VCP para destinos só atendidos pela Azul?

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Ah entendi. Se vão para GRU, tendo a opção de LA ou G3 em VCP, para alguns destinos, é porque as tarifas dessas duas também estão altas por lá? Ou só se deslocam de VCP para destinos só atendidos pela Azul?

Desculpa intrometer meu caro.

 

Os voos da própria Azul saindo de GRU são mais baratos do que partindo de VCP.

 

Entre no site dela e faça algumas simulações pra você ver, tem voos que chega a R$ 300,00 ou mais a diferença e a culpa não são as taxas aeroportuárias de VCP que são mais baratas que as de GRU.

 

 

Edited by Cassio.Fernandes

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desculpa intrometer meu caro.

 

Os voos da própria Azul saindo de GRU são mais baratos do que partindo de VCP.

 

Entre no site dela e faça algumas simulações pra você ver, tem voos que chega a R$ 300,00 ou mais a diferença e a culpa não são as taxas aeroportuárias de VCP que são mais baratas que as de GRU.

 

 

 

Não é intromissão nenhuma, relaxa, estamos expondo ideias. Fiz uma simulação dia 1/9, para REC, e tava uma diferença de R$ 130,00 mais caro sair de VCP, num voo saindo a noite. De manhã, em contra partida, a diferença sobe para mais de R$ 900,00... Vai depender muito do compromisso do guy

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Gol esta aumentando uma freqüência no Gig_Vcp em novembro/19 no seu banco da noite às 21:20 há,passando a contar com 3 vôos diários do GIG para VCP .

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os voos da própria Azul saindo de GRU são mais baratos do que partindo de VCP.

 

Entre no site dela e faça algumas simulações pra você ver, tem voos que chega a R$ 300,00 ou mais a diferença e a culpa não são as taxas aeroportuárias de VCP que são mais baratas que as de GRU.

 

 

Mas é absolutamente natural que voos da AD em GRU sejam em média mais baratos que os mesmos voos da AD em VCP meu caro. Estranho seria se fosse o inverso.

 

Estamos desde a primeira página desse tópico tentando explicar que, em HUB's, comprar passagem O&D sai em média mais caro do que em um aeroporto secundário da mesma companhia. No caso da Azul, VCP é HUB, GRU é secundário. Acontece a mesma coisa com CNF e REC.

 

Como visivelmente ainda não ficou claro aqui o que causa esse fenômeno, vou tentar explicar usando uma metáfora:

 

~~~~~~~~~~~~

 

Imaginem que, ao invés de passagens aéreas, estivéssemos falando de ingressos para eventos musicais, vendidos pela mesma produtora, a Azul, em duas cidades diferentes, Campinas e Guarulhos.

 

Dado o nosso cenário, vamos lá!

 

Todos sabem que ingresso de show é vendido por lote, logo, quem compra os primeiros ingressos paga mais barato do que quem compra os últimos.

 

Então, nos shows da Azul em Campinas, ela disponibiliza 150 ingressos divididos em 15 lotes que aumentam 50 reais entre um e outro, sendo 100 reais o ingresso do primeiro lote e 850 reais o do último lote.

Nos shows da Azul em Guarulhos, ela faz exatamente o mesmo método, com os mesmo preços.

 

Entretanto, em Campinas, o show é muito mais concorrido, pois além do público originário de Campinas, também compram ingresso para o mesmo show pessoas que moram em outras dezenas de cidades em todo o país, então, devido a alta demanda, alguém de Campinas que pesquise um ingresso com 2 meses de antecedência pode já encontrar apenas ingressos dos últimos lotes, com valores acima de 500 reais.

Em Guarulhos, o show tem como público alvo apenas quem mora na própria região e mais algumas poucas cidades, que juntas não somam 5% do público alvo do Show campineiro. Com isso, nosso camarada de Campinas que pesquisou o show lá na cidade dele e só achou ingressos do último lote acima de 500 reais, se no mesmo dia, 2 meses antes do evento, pesquisar o ingresso de Guarulhos, pode e vai encontrar ingressos dos primeiros lotes, com valores abaixo de 300 reais. Isso devido à baixa procura por tais ingressos.

 

Se por acaso a "Azul Produções Brasileiras" decidisse artificialmente determinar que os ingressos de Guarulhos seriam todos vendidos à 500 reais e os de Campinas seriam todos vendidos à 200 reais, ignorando a diferença de demanda entre tais eventos, o que iria acontecer é que, mesmo pesquisando o ingresso para o show de Campinas com 6 meses de antecedência, ele já estaria esgotado, e na hora que nosso camarada fosse pesquisar em Guarulhos para tentar achar uma alternativa, só conseguiria encontrar ingressos de 500 reais mesmo 6 meses antes, ao mesmo tempo que o show de Guarulhos ficaria vazio pois ninguém quer pagar 500 reais por comprar com antecedência.

 

No fim das contas o comprador permaneceria insatisfeito e a produtora tomaria prejuízo.

 

Espero ter conseguido esclarecer agora o que está por trás dos "preços absurdos cobrados em um HUB" :)

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bela explicação! Parabéns!

Mas o passageiro que não precisar comprar em cima da hora por um problema que aconteça, um imprevisto, ele tem a opção de pegar o lira e ir pra GRU, se compensar, mesmo sendo a mesma Azul. Acho que quem perde é o aeroporto e não a companhia.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Mas é absolutamente natural que voos da AD em GRU sejam em média mais baratos que os mesmos voos da AD em VCP meu caro. Estranho seria se fosse o inverso.

 

Estamos desde a primeira página desse tópico tentando explicar que, em HUB's, comprar passagem O&D sai em média mais caro do que em um aeroporto secundário da mesma companhia. No caso da Azul, VCP é HUB, GRU é secundário. Acontece a mesma coisa com CNF e REC.

 

Como visivelmente ainda não ficou claro aqui o que causa esse fenômeno, vou tentar explicar usando uma metáfora:

 

~~~~~~~~~~~~

 

Imaginem que, ao invés de passagens aéreas, estivéssemos falando de ingressos para eventos musicais, vendidos pela mesma produtora, a Azul, em duas cidades diferentes, Campinas e Guarulhos.

 

Dado o nosso cenário, vamos lá!

 

Todos sabem que ingresso de show é vendido por lote, logo, quem compra os primeiros ingressos paga mais barato do que quem compra os últimos.

 

Então, nos shows da Azul em Campinas, ela disponibiliza 150 ingressos divididos em 15 lotes que aumentam 50 reais entre um e outro, sendo 100 reais o ingresso do primeiro lote e 850 reais o do último lote.

Nos shows da Azul em Guarulhos, ela faz exatamente o mesmo método, com os mesmo preços.

 

Entretanto, em Campinas, o show é muito mais concorrido, pois além do público originário de Campinas, também compram ingresso para o mesmo show pessoas que moram em outras dezenas de cidades em todo o país, então, devido a alta demanda, alguém de Campinas que pesquise um ingresso com 2 meses de antecedência pode já encontrar apenas ingressos dos últimos lotes, com valores acima de 500 reais.

Em Guarulhos, o show tem como público alvo apenas quem mora na própria região e mais algumas poucas cidades, que juntas não somam 5% do público alvo do Show campineiro. Com isso, nosso camarada de Campinas que pesquisou o show lá na cidade dele e só achou ingressos do último lote acima de 500 reais, se no mesmo dia, 2 meses antes do evento, pesquisar o ingresso de Guarulhos, pode e vai encontrar ingressos dos primeiros lotes, com valores abaixo de 300 reais. Isso devido à baixa procura por tais ingressos.

 

Se por acaso a "Azul Produções Brasileiras" decidisse artificialmente determinar que os ingressos de Guarulhos seriam todos vendidos à 500 reais e os de Campinas seriam todos vendidos à 200 reais, ignorando a diferença de demanda entre tais eventos, o que iria acontecer é que, mesmo pesquisando o ingresso para o show de Campinas com 6 meses de antecedência, ele já estaria esgotado, e na hora que nosso camarada fosse pesquisar em Guarulhos para tentar achar uma alternativa, só conseguiria encontrar ingressos de 500 reais mesmo 6 meses antes, ao mesmo tempo que o show de Guarulhos ficaria vazio pois ninguém quer pagar 500 reais por comprar com antecedência.

 

No fim das contas o comprador permaneceria insatisfeito e a produtora tomaria prejuízo.

 

Espero ter conseguido esclarecer agora o que está por trás dos "preços absurdos cobrados em um HUB" :)

Sim, eu entendo isso perfeitamente e agradeço pela explicação detalhada.

 

Infelizmente muita gente aqui da região não entende e pra mim como passageiro, continuo optando por pegar via SP mesmo, sai bem mais vantajoso, mas torço para que um dia a concorrência chegue mais forte por aqui e os preços melhorem no geral.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, eu entendo isso perfeitamente e agradeço pela explicação detalhada.

 

Infelizmente muita gente aqui da região não entende e pra mim como passageiro, continuo optando por pegar via SP mesmo, sai bem mais vantajoso, mas torço para que um dia a concorrência chegue mais forte por aqui e os preços melhorem no geral.

 

Só torcida não vai bastar. Enquanto não houver pressão de demanda em VCP em outras empresas, o cenário vai se mexer muito pouco no curto prazo. É preciso que o pax da RMC use Viracopos independente se vai de Azul ou não.

 

Muitas vezes é mais rapido fazer conexão no GIG ou BSB com Gol ou LATAM do que descer a Bandeirantes/Anhanguera até SP, depois pegar o trânsito da marginal e depois Dutra para ir a GRU. Será que não vale a pena?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Qual a solução esperada por quem acha isso tudo tão errado?

Preços determinados pelo governo?

 

Never !

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resumo: concorrência e o modelo de negócio.

 

Viracopos é aeroporto de uma compania só, isso é um problema?
Para o preço final ao consumidor da região de Campinas, sim!
Mas não para o negocio e a indústria em uma visão ampla, é o principal centro de conexões da companhia, que desejava em 2008 centrar operações no Santos Dumont, veja só, deu certo.

 

Potencial de Campinas e região, claro, pode ser potencializado ainda mais com uma tarifa mais baixa, mas ninguém incomoda, e isso não deve ocorrer nem com GOL ou LATAM, faz parte do jogo.

 

 

Lembrar que pouco mais de 10 anos atras VCP não era nada em passageiros, 2019 deve fechar com pouco mais de 10 milhões.

 

Mudando só um pouquinho o assunto do tópico, mas que trata de modelo, o Galeão tá lá pedindo a mesma coisa que VCP tem hoje.
A GOL tem uma boa malha, já foi o principal aeroporto em produtividade da empresa, se alguém avançar com um plano bem estruturado no GIG, certeza que será uma versão parecida com VCP.

 

E sem essa de monopolizado, GOL e LATAM não querem VCP com malhas consolidadas no CGH e GRU, que é bem ali do lado.

 

E o Lira Campinas-GRU é gostoso de pegar. rsrsrs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...