Jump to content

Amaszonas apresenta novo diretor Comercial e estratégia de expansão da malha


boulosandre

Recommended Posts

Amaszonas apresenta novo diretor Comercial e estratégia de expansão da malha

SÃO PAULO – A Amaszonas Bolivia, integrante do Grupo Amaszonas, anunciou Giancarlo Alcalai como novo Diretor Comercial no Brasil e Argentina. O executivo recebeu o MERCADO & EVENTOS nesta quarta-feira (30) para falar sobre os planos da companhia no País, sobre a expansão da malha aérea da companhia e a estratégia global de alianças.

A Amaszonas iniciará operações do Brasil para Bolívia a partir de 16 de dezembro de 2019, com voos partindo do Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu a Santa Cruz de la Sierra, com a possibilidade de conexão com outras cidades de sua malha aérea e parceiros. O voo para o Brasil será operado com aeronaves Embraer 190 para 112 passageiros. Segundo Giancarlo Alcalai, as vendas desses voos estão sendo um sucesso.

“A chegada ao Brasil veio em um bom momento tanto da companhia quando do País. O Brasil hoje tem um crescimento econômico mais estável e ao mesmo tempo é um grande desafio por ser um continente dentro do continente, em relação ao seu tamanho e seu potencial. As vendas estão sendo um sucesso na Bolívia e há dois meses trabalhamos o mercado brasileiro, que também está recebendo o voo muito bem”, comentou.

Para o executivo, a estratégia no Brasl terá três diferentes vertentes: o marketing da companhia do produto e dos destinos bolivianos que opera; a parceria com o trade do Brasil e da Bolívia; e o apoio das Secretarias de Turismo do Rio e de Foz na divulgação de seus destinos na Bolívia. “A idéia é termos nos voos um mix de passageiros, seja a lazer como corporativo, e dos dois destinos de forma equilibrada. Além disso, o objetivo é trabalhar muito forte a segmentação desses passageiros”, disse.

No Brasil, o trabalho de promoção e divulgação da companhia e seus produtos, assim como os destinos em que opera, já está sendo feito há alguns meses. A companhia possui equipe e escritórios no Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu e sede em São Paulo. Giancarlo Alcalai contou que estão sendo feitas capacitações e aproximação com o mercado. Para o próximo ano, famtour serão organizados. “Os agentes precisam desse apoio para vender um destino que não é muito conhecido. A ideia é termos diversas ações junto ao trade para alavancar as vendas”.

Os voos da Amaszonas já estão disponíveis no GDS e no Brasil possui acordo interliner com a Gol, que alimentará os voos da companhia boliviana e distribuirá os passageiros que chegam da Bolívia para os destinos brasileiros. “Esse acordo é muito importante para a capilaridade das duas empresas. Uma alimentando o voo da outra para podermos ter uma ocupação alta”, disse.

Expansão da malha

Segundo Giancarlo Alcalai, a Amaszonas tem passado por um momento de crescimento de sua malha. Depois de 20 anos atuando no mercado doméstico, a companhia tem alçado voos para a região da América do Sul, em mercados com crescimento de pelo menos 4% ao ano do PIB. A Bolívia também tem apresentado crescimento constante nos últimos 10 anos, o que fez a companhia ampliar sua estratégia na região. Atualmente são mais de 60 voos com conexões rápidas a partir de seu hub em Santa Cruz de la Sierra para países como Peru, Chile, Argentina, Paraguai, Uruguai e agora Brasil.

Por enquanto, a Amaszonas não tem intenção de ampliar os voos no País, o objetivo é primeiro a sua consolidação, mas não descarta a opção e já estuda novos mercados. Perguntado sobre um voo para São Paulo, principal mercado emissor do Brasil, Giancarlo Alcalai disse que por hora não há essa necessidade, já que o destino é atendido pela Gol, parceira da Amaszonas em acordos de interline.

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Que tenha sucesso a Amaszonas na sua expansão. O problema do momento é que a Bolívia está um barril de pólvora, por conta da "reeleição" do Evo Morales.

Voltando a empresa,  O segundo E190, tem registo CP-3133, e chegou na quinta-feira da semana passada em VVI (by flightaware), e uma empresa de Leasing chinesa (CDB Aviation) anunciou que entregou em 24/10 o primeiro de 4 aviões. Esse terceiro tem na foto matrícula M-ABMI (por enquanto). 

spacer.png

https://www.cdbaviation.aero/amaszonas/

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade