Jump to content
Sign in to follow this  
SOUSA CPV

Azul cresce 25% no 3T19: "uma das mais rentáveis do mundo"

Recommended Posts

Azul cresce 25% no 3T19: "uma das mais rentáveis do mundo"

07/11/2019  15:56 | Rodrigo Vieira
  
 
Divulgação
default.jpg

A Azul arrecadou R$ 3 bilhões no terceiro trimestre deste ano, um recorde de receita líquida na companhia e crescimento de 25,5% na comparação com o terceiro trimestre de 2018. O resultado operacional da companhia aumentou 31,4%, totalizando R$ 559,3 milhões, com margem de 18,5%.

LEIA TAMBÉM: Azul apresenta proposta de joint venture à Tap

O lucro desconsiderando juros, impostos e amortizações, ou EBITDA, foi de R$ 935,8 milhões, 24,4% maior, representando margem de quase 31%. Já o lucro líquido, excluindo o impacto não-caixa da variação cambial, totalizou R$ 444,4 milhões, alta de 56,7% em comparação ao período de julho a setembro de 2018.

Além disso, 27,1% mais passageiros viajaram com a Azul no período, frente a um crescimento de 26,1% na oferta, resultando em uma taxa de ocupação de 84,3%, 0,6 ponto percentual maior do que no 3T18.

"No final do 3T19, nossa liquidez total foi de R$4,4 bilhões, um aumento de R$ 249,6 milhões, representando 41% da receita dos últimos 12 meses", aponta comunicado da aérea. "A Azul também gerou R$187 milhões de caixa livre durante o trimestre."

Crescimento também no programa de fidelidade TudoAzul, que, com 12 milh~ioes de membros, faturou 40% a mais do que no terceiro trimestre de 2018.

A frota da Azul fechou o mês de setembro com 133 aeronaves. Um terço disso é considerado equipamento de nova geração, que representa 45% da capacidade da aérea no trimestre.

O CEO da Azul, John Rodgerson, comemora os resultados. "Graças à dedicação de nossos tripulantes, entregamos mais um trimestre de resultados sólidos no 3T19. Nossa receita total aumentou 25% na comparação anual, alcançando um valor recorde de R$ 3 bilhões, e ao mesmo tempo nossa margem operacional expandiu para 18,5%, mantendo nossa posição como uma das aéreas mais rentáveis do mundo. Nosso forte desempenho foi impulsionado pelo nosso alto padrão de serviço e operação, além da excelente execução de nossa estratégia de transformação de frota", afirma.

 

Fonte: Panrotas

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem interessante também que falam que assinaram um MoU (Memorando de Entendimento) para "subleasing" de até 32 jatos Embraer E1, visando permitir o recebimento mais acelerado dos jatos E2...

Também fala que o 195-E2 tem um custo por "viagem" cerca de 14% menor, mas levando 18 assentos a mais - ou seja, gasta bem menos e leva bem mais gente! Baita negócio!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quase 20% de margem... Não estão para brincadeira.

A Azul se especializou em tentar ser rentável voando ATR, E1 e A330ceo mesmo em tempos de crise.

Agora nada de braçada na saída da crise e à medida que os E2, A320neo e A330neo vão ocupando seus espaços na frota.

Edited by diasfly

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 hours ago, SOUSA CPV said:

"O CEO da Azul, John Rodgerson, comemora os resultados. "Graças à dedicação de nossos tripulantes..."

Não sabia que só os tripulantes se dedicavam... RH, financeiro, manutenção, qualidade, call center, ninguém de dedica, que coisa...

Share this post


Link to post
Share on other sites
24 minutes ago, MRN said:

Não sabia que só os tripulantes se dedicavam... RH, financeiro, manutenção, qualidade, call center, ninguém de dedica, que coisa...

A Azul chama todos os funcionários de tripulantes

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, Loloalkmim said:

A Azul chama todos os funcionários de tripulantes

Ah tá 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, MRN said:

Não sabia que só os tripulantes se dedicavam... RH, financeiro, manutenção, qualidade, call center, ninguém de dedica, que coisa...

Foi infeliz na colocação 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Até aqui o modelo de cia aérea Brasileira faz justiça ao balanço da Azul

Enquanto cresce, a empresa mais recente consegue resultados impressionantes! Claro que a Azul tem diferenciais e parece que está bem focada em evitar os erros do passado - alias a melhor decisão que foi tomada em sua historia foi não ter tentado fazer nenhuma aquisição de cias problemáticas só por ter caixa sobrando

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutes ago, LipeGIG said:

Até aqui o modelo de cia aérea Brasileira faz justiça ao balanço da Azul

Enquanto cresce, a empresa mais recente consegue resultados impressionantes! Claro que a Azul tem diferenciais e parece que está bem focada em evitar os erros do passado - alias a melhor decisão que foi tomada em sua historia foi não ter tentado fazer nenhuma aquisição de cias problemáticas só por ter caixa sobrando

E a TAP? A azul colocou algum dinheiro lá? A TAP tá amargando um prejuízo de 120 milhões de euros esse ano, por enquanto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Azul cresce 25% no 3T19: "uma das mais rentáveis do mundo"

 

Quem não sabe analisar os números, compra qualquer idiotice....

Não sei se vcs perceberam que com a mudança de contabilização, a despesa de arrendamentos de aeronaves sumiu da despesa operacional.

                                                            AD                                               G3                                        DL em USD

Então,   no 3T19  Total receita      3.030,7                                        3.709,9                                12,560

                               Total despesa  2.471,5                                         3.096,9                                10,489

                               EBIT                     559,2      margem 18,5%             613,0    16,5%                   2,071       16,5%

                               arrendamentos  484,4                                             463,3

                               EBIT real               74,8      margem  2,5%              149,7      4,0%               

 

na pag. 7 tem quanto a AD pagou de arrendamentos operacionais e financeiros. A despesa dos financeiros sai na depreciação, a dos operacionais na conta de despesa financeira.

 

9M19   AD        EBIT   1.234,7  

arrend.operacional     1.241,0

1T                                   312,5

2T                                  444,1

3T                                  484,4

 

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

É tipo uma "maquiagem" financeira pra fazer "graça" na mídia?

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 hours ago, MRN said:

É tipo uma "maquiagem" financeira pra fazer "graça" na mídia?

Isso nao e uma "maquiagem financeira" e uma nova NORMA contabil que esta  vigor para todas as cias S.A.s.no Brasil, o IFRS 16, Pronunciamento que segue novo padrao mundial para registro de leasing operacional / financeiro.

E isto esta refletido nos numeros da AD

Nos USA tambem os numeros AD x DL refletem a mesma pratica contabil... so que no Brasil existe cambio.

Edited by BLUE - SBKP -
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os numeros do Ebit estao corretos segue o novo padrao, com margem de 18.5%, portanto maior do que a da DL.

AD                                               G3                                        DL em USD

Então,   no 3T19  Total receita      3.030,7                                        3.709,9                                12,560

                               Total despesa  2.471,5                                         3.096,9                                10,489

                               EBIT                     559,2      margem 18,5%             613,0    16,5%                   2,071       16,5%

                               arrendamentos  484,4                                             463,3

                               EBIT real               74,8      margem  2,5%              149,7      4,0%               

 

 

EBITDA, foi de R$ 935,8 milhões, margem de quase 31%

Edited by BLUE - SBKP -

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutes ago, BLUE - SBKP - said:

Os numeros do Ebit estao corretos segue o novo padrao, com margem de 18.5%, portanto maior do que a da DL.

AD                                               G3                                        DL em USD

Então,   no 3T19  Total receita      3.030,7                                        3.709,9                                12,560

                               Total despesa  2.471,5                                         3.096,9                                10,489

                               EBIT                     559,2      margem 18,5%             613,0    16,5%                   2,071       16,5%

                               arrendamentos  484,4                                             463,3

                               EBIT real               74,8      margem  2,5%              149,7      4,0%               

 

 

EBITDA, foi de R$ 935,8 milhões, margem de quase 31%

Não disse que os números eram incorretos, só que com a mudança das regras de contabilização, a comparação  com as empresas estrangeiras ficou equivocada.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 hours ago, MRN said:

E a TAP? A azul colocou algum dinheiro lá? A TAP tá amargando um prejuízo de 120 milhões de euros esse ano, por enquanto.

Que eu lembre a aquisição foi feita pelo acionista da Azul, não pela empresa. 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

https://oglobo.globo.com/economia/governo-de-portugal-busca-comprador-para-fatia-de-dono-da-azul-na-tap-diz-jornal-23966241

Por enquanto acho que ninguém compra...

Mesmo assim está marcada uma reunião de acionistas para o dia 9/12, para submeter uma aprovação de joint-venture com a TAP

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 11/8/2019 at 1:10 PM, TheJoker said:

 

Quem não sabe analisar os números, compra qualquer idiotice....

 

Particularmente me preocupa o RASK caindo ano contra ano. Significa que estão adicionando oferta e não estão conseguindo acompanhar o mesmo crescimento em receita. Isso também conta que estão parando de adicionar oferta em rotas exclusivas para entrar/aumentar em mercados complexos, como GRU-POA/IGU/NVT/BEL/FOR/SSA/CGB.


Além do que os investidores também não enxergaram esse resultado todo:

https://valor.globo.com/empresas/noticia/2019/11/07/prejuizo-da-azul-cresce-mais-de-oito-vezes-no-3-trimestre-para-r-438-mi.ghtml

https://valor.globo.com/empresas/noticia/2019/11/07/resultado-liquido-da-azul-veio-abaixo-das-expectativas-de-analistas.ghtml

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resumindo tudo em uma linha, a Azul de fato obteve lucro operacional, mas o dólar subiu e daí ficou no prejuízo. Certo?

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, diasfly said:

Resumindo tudo em uma linha, a Azul de fato obteve lucro operacional, mas o dólar subiu e daí ficou no prejuízo. Certo?

Exato, mesma situação que ocorre com a Gol praticamente todo trimestre. Esse resultado líquido não tem efeito nenhum de curto prazo, não afeta caixa e etc.

 

Resultado operacional de ambas foi bom, com margens próximas.

 

O problema são outros indicadores conforme o "A340-600" postou acima.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É interessante o jogo de palavras, "uma das mais rentáveis do mundo", mas como os colegas disseram, é preciso ter cautela e analisar os números.

Lucro operacional é muito bom mesmo, mas há outros parâmetros que devem ser analisados: patrimônio, geração de caixa, RASK e resultado final.

Ainda assim o resultado da Azul é bem melhor que as suas duas concorrentes.

On 11/8/2019 at 9:38 PM, LipeGIG said:

Que eu lembre a aquisição foi feita pelo acionista da Azul, não pela empresa. 

Azul tem 9% da TAP via Atlantic Gateway:

https://econews.pt/2019/03/15/chinese-company-hna-sells-its-9-stake-at-tap-to-brazilian-company-azul/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na minha opinião, a Azul com atualmente mais de 2 Bi de posição de caixa tem muita gordura para manter as operações até o ponto em que o cambio deixe de ser uma pedra no sapato das cias brasileiras.

Apesar o pessimismo de alguns com o aumento progressivo da capacidade, eu já vi essa mesma Azul cancelar encomendas, mandar aviões para fora e iniciar programa de licença não remunerada muito antes de qualquer outra empresa tomar atitudes tão drásticas. E é um dos motivos pelo qual a Azul saiu da crise com tanta força.

Hoje, por mais que existam obstáculos sobre os trilhos da empresa, ela tem potência de sobra pra limpar os trilhos e continuar em ritmo forte. Para exemplificar a metáfora, um vídeo de trem limpando trilhos:

 

Como bom mineiro, de qualquer forma um dia eu iria acabar postando um vídeo de trem nesse fórum kkkkkkkk

  • Haha 1
  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

On 11/11/2019 at 6:51 AM, diasfly said:

Na minha opinião, a Azul com atualmente mais de 2 Bi de posição de caixa tem muita gordura para manter as operações até o ponto em que o cambio deixe de ser uma pedra no sapato das cias brasileiras.

Apesar o pessimismo de alguns com o aumento progressivo da capacidade, eu já vi essa mesma Azul cancelar encomendas, mandar aviões para fora e iniciar programa de licença não remunerada muito antes de qualquer outra empresa tomar atitudes tão drásticas. E é um dos motivos pelo qual a Azul saiu da crise com tanta força.

Hoje, por mais que existam obstáculos sobre os trilhos da empresa, ela tem potência de sobra pra limpar os trilhos e continuar em ritmo forte. Para exemplificar a metáfora, um vídeo de trem limpando trilhos:

 

spacer.png

  • Like 1
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não entendo certas discussões aqui no fórum. Se olhar pro passado, é mais do mesmo!


O ciclo funciona assim:

- Uma grande empresa vai ficando obsoleta, não consegue se atualizar e acumula prejuízos há alguns anos, possui grandes passivos e decisões erradas que se perpetuam na capacidade de gerar receita e otimizar processos.

- Uma pequena empresa , pagando pequenos salários e cheia de inovações e idéias revolucionárias entra comendo pelas beiradas e revirando o mercado que a empresa grande abandonou com o tempo.

- A grande começa a falhar e a pequena se aproveita das lacunas que as grandes vão se forçando a abrir.

- A grande quebra e a pequena torna-se a nova grande, que um dia ficará obsoleta e por aí vai...



A história da aviação é assim! Não há absolutamente nada de surpreendente nesses relatórios.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Exato.

Tam era a queridinha nos anos 90, em termos de crescimento, lucratividade e outras métricas contábeis.

Gol era a queridinha nos anos 2000.

E hoje é a Azul.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...