Jump to content
Sign in to follow this  
RafaelBoaventura

PT-LTJ - 14/11/2019 - Aeródromo de Maraú - BA

Recommended Posts

3 hours ago, Millan said:

Faleceu a quarta vítima. O copiloto. Tinha 26 anos. Deus console a família!

Então tinha copiloto

Pq tem várias postagens nesse tópico falando que o piloto tava operando single

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

7 minutes ago, FCRO said:

Então tinha copiloto

Pq tem várias postagens nesse tópico falando que o piloto tava operando single

Naquele vídeo do instagram que postaram aqui, tinha um copila, que inclusive tava fazendo vídeo no celular na curtíssima final...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Basta uma analise rápida do perfil dos ocupantes, para que a probabilidade de TACA seja mínima. Além do mais,  de acordo com o RAB, o avião estava registrado direto no CPF do proprietário. Possuindo um banco, cuja atividade é cuidar dos próprios investimentos,  e não se preocupar nem em otimizar o uso do avião, tributariamente falando. Muito dificil ele se preocupar em ganhar alguns centavos explorando o uso da aeronave ilegalmente, ainda exposto desta maneira.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estava estranho ñ ter copiloto num avião dual pilot, precisa ser muito louco para decolar sem o copila, agora precisa explicar o peso q o avião tinha p pousar naquela pista e se era taca ou não.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 21/11/2019 at 19:12, Bonotto said:

Parece que o cara gostava de pousar na marca dos 1000....milimetros,

Pois é! Tudo se explica na aviação geral.

2 hours ago, Bonz0 said:

Basta uma analise rápida do perfil dos ocupantes, para que a probabilidade de TACA seja mínima. Além do mais,  de acordo com o RAB, o avião estava registrado direto no CPF do proprietário. Possuindo um banco, cuja atividade é cuidar dos próprios investimentos,  e não se preocupar nem em otimizar o uso do avião, tributariamente falando. Muito dificil ele se preocupar em ganhar alguns centavos explorando o uso da aeronave ilegalmente, ainda exposto desta maneira.

Você tem dúvidas que era TACA? Você acha que o dono do avião vai querer assumir alguma responsabilidade?

41 minutes ago, JEduardo said:

Estava estranho ñ ter copiloto num avião dual pilot, precisa ser muito louco para decolar sem o copila, agora precisa explicar o peso q o avião tinha p pousar naquela pista e se era taca ou não.

O problema não era o peso e sim a rampa de aproximação. Mas logo o CENIPA vai encaminhar o RF.

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, PR-OAI said:

Só uma informação, o Co-Piloto tinha carteira da aeronave.

Sim tinha, pegou a recisão do trabalho e fez o simulador por conta para fazer freelance. O CMA e a carteira estavam válidas, mas infelizmente era um mero coadjuvante na operação. Coisas que acontecem com frequência na aviação geral.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Jow das Galaxias said:

 

Você tem dúvidas que era TACA? Você acha que o dono do avião vai querer assumir alguma responsabilidade?

 

Pra mim não faz sentido um dos maiores acionistas da Eletrobras cobrar em espécie e clandestinamente transporte de parentes de um dos deputados que integram a frente parlamentar de desenvolvimento da indústria da energia elétrica e eletrônica.

De onde vem a certeza que era TACA?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Jow das Galaxias said:

Sim tinha, pegou a recisão do trabalho e fez o simulador por conta para fazer freelance. O CMA e a carteira estavam válidas, mas infelizmente era um mero coadjuvante na operação. Coisas que acontecem com frequência na aviação geral.

Voando com os deuses da geral, tem gente que em 2 anos acumula 500 operações de trem de pouso e 1000 horas de fonia, com experiência em chamar centro, app, torre e livre... 

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 minutes ago, Bonz0 said:

Pra mim não faz sentido um dos maiores acionistas da Eletrobras cobrar em espécie e clandestinamente transporte de parentes de um dos deputados que integram a frente parlamentar de desenvolvimento da indústria da energia elétrica e eletrônica.

De onde vem a certeza que era TACA?

 

Faz o seguinte, dá um google  no nome dele e vc vai achar alguns perfis pessoais dele e da familia, aí vc tire as suas conclusões.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
57 minutes ago, Bonz0 said:

Pra mim não faz sentido um dos maiores acionistas da Eletrobras cobrar em espécie e clandestinamente transporte de parentes de um dos deputados que integram a frente parlamentar de desenvolvimento da indústria da energia elétrica e eletrônica.

De onde vem a certeza que era TACA?

 

“Me empresta seu avião? Pago o combustível e hotel do piloto.”
 

Acontece em 99% das execs. 

 

  • Like 1
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, raphael_ph said:

“Me empresta seu avião? Pago o combustível e hotel do piloto.”
 

Acontece em 99% das execs. 

 

Está ai uma boa questão: isto seria configurado como TACA ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
41 minutes ago, Bonotto said:

Está ai uma boa questão: isto seria configurado como TACA ?

Não. 

No empréstimo de bem infungível (tecnicamente comodato) não há remuneração, portanto, se não há percepção de contraprestação financeira por quem empresta, não há um dos requisitos essenciais para que a operação se constitua em táxi-aéreo.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, Bonotto said:

Está ai uma boa questão: isto seria configurado como TACA ?

Configura sim. a lei é bem direta:

Quote

 

(4) vôos conduzidos pelo operador de um avião para seu transporte pessoal ou transporte de seus convidados, desde que nada seja cobrado aos ocupantes do avião;

(5) o transporte aéreo de executivos, convidados, empregados e bens de uma empresa em um avião operado pela mesma empresa, ou por empresa líder ou subsidiária da mesma, desde que o vôo tenha por objetivo atender aos interesses da empresa e que nada seja cobrado pelo transporte além dos custos da posse, operação e manutenção do avião; entretanto nada pode ser cobrado pelo transporte de um convidado da empresa, se o transporte não estiver ligado aos negócios dessa empresa;

(...)

(9) o transporte de pessoas numa aeronave operada por uma pessoa na promoção de um ramo de negocio outro que o de transporte aéreo com o propósito de vender a eles lotes (terrenos), bens ou propriedades, incluindo representações ou distribuição, quando o transporte estiver dentro do campo de interesse e for inerente ao negocio e nenhuma remuneração, tributação ou taxa é cobrada por este transporte

Para não configurar TACA aos olhos da lei não existe cobrança/contrapartida, e você não pode se convidar.

A forma como burlam é uma só desde sempre: paga-se diretamente ao operador/piloto, sem emissão de NF. Isso desde sempre.
Não emitem documento fiscal, fica acordado entre as partes e todos saem feliz. E o intermediador (dono do hangar) ainda leva a parte dele.

6 hours ago, Bonz0 said:

Pra mim não faz sentido um dos maiores acionistas da Eletrobras cobrar em espécie e clandestinamente transporte de parentes de um dos deputados que integram a frente parlamentar de desenvolvimento da indústria da energia elétrica e eletrônica.

Bonz0, desde 2006 quando comecei a voar o que mais existe é milionário e alguns bilionários que não vão perder a oportunidade de ter dinheiro fácil na mão.
Ainda mais podendo colocar um deputado no bolso, que adoram as vantagens da vida publica para viver voando em jatinho de empresário.

Ninguém empresta um patrimônio que custa mais de 2 milhões de dólares e custo anual fixo na casa dos 500 mil reais por generosidade e gratidão aos amigos e por camaradagem. É grana, e grana que a RF nem vai imaginar que ta rodando.

E o Senhor Bilionário, porque ele tinha um avião de 1981? Eu não me assustaria em descobrir que ele nunca deva ter entrado nesse avião.

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 hours ago, Pliskin said:

Configura sim. a lei é bem direta:

Para não configurar TACA aos olhos da lei não existe cobrança/contrapartida, e você não pode se convidar.

A forma como burlam é uma só desde sempre: paga-se diretamente ao operador/piloto, sem emissão de NF. Isso desde sempre.
Não emitem documento fiscal, fica acordado entre as partes e todos saem feliz. E o intermediador (dono do hangar) ainda leva a parte dele.

Bonz0, desde 2006 quando comecei a voar o que mais existe é milionário e alguns bilionários que não vão perder a oportunidade de ter dinheiro fácil na mão.
Ainda mais podendo colocar um deputado no bolso, que adoram as vantagens da vida publica para viver voando em jatinho de empresário.

Ninguém empresta um patrimônio que custa mais de 2 milhões de dólares e custo anual fixo na casa dos 500 mil reais por generosidade e gratidão aos amigos e por camaradagem. É grana, e grana que a RF nem vai imaginar que ta rodando.

E o Senhor Bilionário, porque ele tinha um avião de 1981? Eu não me assustaria em descobrir que ele nunca deva ter entrado nesse avião.

Duas questões que ficaram em aberto. A pista era adequada para um pouso seguro daquela aeronave naquelas condições?

 

Já que o piloto sobreviveu e teve alta, se comprovado (ao que tudo indica) que o acidente foi devido a um erro de pilotagem que poderia ser evitado, o piloto poderá ser processado pelas famílias das vítimas? É gente bem rica, acho que não teriam problema em contratar advogado para buscar alguma indenização pelas perdas de pessoas queridas e ativas nos seus respectivos mercados.

Share this post


Link to post
Share on other sites
40 minutes ago, Ariomester said:

Duas questões que ficaram em aberto. A pista era adequada para um pouso seguro daquela aeronave naquelas condições?

 

Já que o piloto sobreviveu e teve alta, se comprovado (ao que tudo indica) que o acidente foi devido a um erro de pilotagem que poderia ser evitado, o piloto poderá ser processado pelas famílias das vítimas? É gente bem rica, acho que não teriam problema em contratar advogado para buscar alguma indenização pelas perdas de pessoas queridas e ativas nos seus respectivos mercados.

Com certeza não vão conseguir indenização volumosa processando o mero piloto da aeronave

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 19/11/2019 at 18:22, Dr. Zoidberg said:

Tem os peões 7 faixa que acham que a aim point é a zona de toque....

o fato eh que ele nao confundiu aiming point com TDZ. Ate porque uma aeronave quando eh despachada para um voo, seja ela aviacao geral, executiva 135 ou 121 eh responsabilidade nossa realizar a analise de pouso para a localidade que vc vai pousar. Se a analise de pouso estive ok para a localidade, ele poderia pousar na TDZ que fica a 150mts do umbral da THR ou até mesmo no aiming point que fica a 300mts do umbral. Existe um fator de erro aceitavel para pouso dentro dessas 2 zonas por diversos fatores. Vou tentar achar um material da embraer bem especifico sobre tecnicas de pouso que contemplam os requirements minimos e os erros aceitaveis dentro de um pouso, e fatores externos como efeito de solo ou vento. Vir abaixo da rampa para ter a sensacao de um pouso mais curto eh a maior falsa sensacao que se existe. Pessoal aplica essa tecnica quando voa avioes monomotores pequenos. Isso jamais deve ser aplicado a um aviao a jato. Infelizmente alguns ainda confundem um simples fato. Achar que uma rampa menor em um aviao a jato vai criar uma LDA menor. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Conheço um caso de perto,  em que uma aeronave pequena , fazendo taca se acidentou e todos faleceram,  o piloto era dono da aeronave.  A família das vítimas provou que contratou o voo e ganharam a causa. A família do piloto perdeu tudo , só conseguiram manter a casa em que moram.

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, ssj said:

Conheço um caso de perto,  em que uma aeronave pequena , fazendo taca se acidentou e todos faleceram,  o piloto era dono da aeronave.  A família das vítimas provou que contratou o voo e ganharam a causa. A família do piloto perdeu tudo , só conseguiram manter a casa em que moram.

Interessante. Os herdeiros respondem nos limites da herança.

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 hours ago, Pliskin said:

Bonz0, desde 2006 quando comecei a voar o que mais existe é milionário e alguns bilionários que não vão perder a oportunidade de ter dinheiro fácil na mão.

Ainda mais podendo colocar um deputado no bolso, que adoram as vantagens da vida publica para viver voando em jatinho de empresário.

Ninguém empresta um patrimônio que custa mais de 2 milhões de dólares e custo anual fixo na casa dos 500 mil reais por generosidade e gratidão aos amigos e por camaradagem. É grana, e grana que a RF nem vai imaginar que ta rodando.

E o Senhor Bilionário, porque ele tinha um avião de 1981? Eu não me assustaria em descobrir que ele nunca deva ter entrado nesse avião.

Estamos falando a mesma coisa, porém divergindo na contrapartida dos ocupantes do voo. Nós não podemos pensar com a nossa cabeça de relés mortais onde 100 mil reais é muito dinheiro. 

Para o dono do avião a informação que o deputado poderia antecipar/influenciar pode valer algumas dezenas de milhões. Através do remanejamento de uma posição bilionária no mercado.

É lobby, talvez corrupção ativa ou passiva, mas duvido muito da hipótese de TACA.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Milionários são pão duros pra #######.

O que mais vemos aí no mercado é avião de gente rica que contrata piloto freelance, isso pra economizar mixaria.

Esse avião aí parece que nem copiloto fixo tinha.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 hours ago, Airborn1982 said:

o fato eh que ele nao confundiu aiming point com TDZ. Ate porque uma aeronave quando eh despachada para um voo, seja ela aviacao geral, executiva 135 ou 121 eh responsabilidade nossa realizar a analise de pouso para a localidade que vc vai pousar. Se a analise de pouso estive ok para a localidade, ele poderia pousar na TDZ que fica a 150mts do umbral da THR ou até mesmo no aiming point que fica a 300mts do umbral. Existe um fator de erro aceitavel para pouso dentro dessas 2 zonas por diversos fatores. Vou tentar achar um material da embraer bem especifico sobre tecnicas de pouso que contemplam os requirements minimos e os erros aceitaveis dentro de um pouso, e fatores externos como efeito de solo ou vento. Vir abaixo da rampa para ter a sensacao de um pouso mais curto eh a maior falsa sensacao que se existe. Pessoal aplica essa tecnica quando voa avioes monomotores pequenos. Isso jamais deve ser aplicado a um aviao a jato. Infelizmente alguns ainda confundem um simples fato. Achar que uma rampa menor em um aviao a jato vai criar uma LDA menor. 

Uau.... Obrigado pela aula ein

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, RafaelBoaventura said:

Milionários são pão duros pra #######.

O que mais vemos aí no mercado é avião de gente rica que contrata piloto freelance, isso pra economizar mixaria.

Esse avião aí parece que nem copiloto fixo tinha.

 

Nem o cmte é fixo! Esse avião é bem conhecido no campo de Marte e Jundiaí por fazer suas tacas. O cmte é famoso pelas aproximações baixas, não poderia dar outra coisa! Agora vão responder na justiça! 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
36 minutes ago, Dr. Zoidberg said:

Uau.... Obrigado pela aula ein

de nada, estamos aqui para ajudar os mais fraquinhos mesmo.

 

abraco

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information