Jump to content
Sign in to follow this  
chico

Brasil e Argentina aumentam número de frequencias do bilateral (+37 freq. semanais)

Recommended Posts

Conforme notícia abaixo, Brasil e Argentina chegam a acordo pra aumentar as frequências de voos entre os dois países de 133 para 170 frequências semanais - ou seja, aumento de 5 voos diários + 2 voos semanais...

Quantas frequências será que a Azul vai pedir?? Acredito que terão muito interesse, até pra fortalecer as parcerias com membros da Star Alliance, que hoje ainda dependem muito da LATAM ou da Gol pra ir à Argentina...

Acordo celebrado pela ANAC com a Argentina é ratificado na Cúpula do Mercosul

Brasil avança em conectividade internacional com negociações de acordos aéreos em 2019
 
publicado: 05/12/2019 12h07, última modificação: 05/12/2019 12h07
 

Brasília, 05 de dezembro de 2019 – Nesta quarta-feira (04/12) foi ratificado o Acordo Bilateral de Serviços Aéreos com a Argentina, aumentando de 133 para 170 o número de frequências semanais. Com a assinatura, também não há mais limite para voos cargueiros entre os países.

O Brasil vem ampliando significativamente suas opções de conectividade aérea internacional graças a negociações de acordos de serviços aéreos. No último ano, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) contabilizou 16 entendimentos negociados, 6 acordos assinados e outros 6 promulgados. Ao todo, já são 115 os entendimentos relacionados a serviços aéreos internacionais concluídos. Em 2019, os destaques foram as inclusões de entendimentos com Malta, El Salvador e Geórgia (aguardando formalização), e, principalmente, o fim das restrições do número de voos entre Brasil e Portugal.

Foram contabilizadas conquistas importantes como as negociações com Espanha, França, Grécia, Dinamarca, Noruega, Suécia, Arábia Saudita e Colômbia em dezembro de 2018. Em alguns desses entendimentos, houve a conclusão de acordos de serviços aéreos (ASA), contudo em todos ocorreu assinatura de memorandos de entendimento (MoU) ou de atas de reunião de negociação com efeitos imediatos, possibilitando a ampliação da conectividade entre os países.

Uma das negociações de destaque concluídas recentemente, e anunciada em 28 junho de 2019, foi o Memorando de Entendimentos (MoU) entre Brasil e Portugal. De acordo com as tratativas, que preveem a assinatura futura de um Acordo de Serviços Aéreos, as empresas aéreas dos dois países poderão explorar serviços regulares entre os respectivos territórios, combinando pontos intermediários ou além em outros países, utilizando o chamado tráfego acessório de 5ª liberdade do ar.

Céus abertos

O MoU com Portugal prevê ainda capacidade livre de voos (sem limitação de quantidade), abertura total do quadro de rotas (sem restrição de localidades atendidas), regime de liberdade tarifária e amplo compartilhamento de códigos entre empresas aéreas. O entendimento com Portugal seguiu o modelo “céus abertos” adotado para as negociações concluídas recentemente com Reino Unido, Holanda, Dinamarca, Suécia, Luxemburgo e Finlândia.

Na mesma ocasião das tratativas com Portugal, houve também negociação com Malta. As autoridades de aviação civil brasileira e maltesa concluíram a negociação de Acordo de Serviços Aéreos entre os dois países garantindo até 14 frequências semanais para serviços aéreos mistos (passageiros e cargas) e livre determinação de capacidade para serviços exclusivamente de cargas entre os dois destinos, com possibilidade de ligação com terceiros países.

El Salvador e Angola

Em 24 de setembro, durante a 40ª Assembleia da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) em Montreal, o Brasil assinou com El Salvador um memorando de entendimento que prevê livre determinação de capacidade, quadro de rotas aberto e direitos de tráfego até a 5ª liberdade do ar, além de amplo compartilhamento de códigos. Na ocasião, foi assinado ainda pelo governo brasileiro o Acordo de Serviços Aéreos com Angola, negociado em abril de 2017 pela ANAC.

Acordos técnicos para a certificação de aeronaves e intercâmbio entre autoridades de aviação civil também foram negociados pela ANAC em Montreal. Um memorando de entendimentos foi assinado entre a Agência brasileira e a autoridade de aviação civil russa, a Federal Air Transport Agency (FATA), para a promoção da segurança da aviação civil. Com o entendimento, foram estabelecidas as diretrizes para a construção de procedimentos técnicos de implementação entre as autoridades que facilitarão as atividades futuras na área de certificação inicial de produtos e suporte em ações de aeronavegabilidade continuada.

Assessoria de Comunicação Social
E-mail: jornalismo@anac.gov.br

Edited by chico

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que noticia boa!

Finalmente saiu, excelente medida adotada ja estava mais do que na hora de aumentar principalmente para o lado brasileiro vai abrir novas oportunidades... voos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Faltam vôos saindo do Brasil direto para Ushuaia. Será que vai ter alguma brasuca que vai arriscar algum vôo direto ? 

Share this post


Link to post
Share on other sites
52 minutes ago, deiv said:

Faltam vôos saindo do Brasil direto para Ushuaia. Será que vai ter alguma brasuca que vai arriscar algum vôo direto ? 

Desde SP umas 5 horas e pouco de voo imagino eu. Roda só na alta, né? 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu apostaria em GYN-EZE e VIX-EZE com as 2vps. Os 5 voos diários será uma disputa enorme.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Just now, naia said:

Eu apostaria em GYN-EZE e VIX-EZE com as 2vps. Os 5 voos diários será uma disputa enorme.

 

GYN e VIX entrariam no acordo de Fortaleza. Não consomem slots do bilateral.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É bem-vindo, mas em péssimo momento. Jetsmart e Flybondi entrando aqui farão as tarifas cair, Azul já conseguiu o que queria, Gol patina nos 75% de ocupação nas rotas, então não vejo tantas oportunidades assim.

Share this post


Link to post
Share on other sites
50 minutes ago, A345_Leadership said:

É bem-vindo, mas em péssimo momento. Jetsmart e Flybondi entrando aqui farão as tarifas cair, Azul já conseguiu o que queria, Gol patina nos 75% de ocupação nas rotas, então não vejo tantas oportunidades assim.

Se alguma pedir vai ser Azul em Gru, mas num momento nada oportuno, mercado já superofertado, Latam reduziu pra A320 a maioria dos voos, chegou a operar 4 diários de widebody(3 Gru e 1 Gig).

 Mesmo assim não duvido da Azul querer incomodar o filé das duas 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, A345_Leadership said:

É bem-vindo, mas em péssimo momento. Jetsmart e Flybondi entrando aqui farão as tarifas cair, Azul já conseguiu o que queria, Gol patina nos 75% de ocupação nas rotas, então não vejo tantas oportunidades assim.

Não acompanho a dinâmica do mercado Arg-BR at all, mas me surpreende essa ocupação da G3. Em todas as vezes que precisei visitar a Argentina entre 2018 e 2019, a Gol sempre tinha tarifas muito superiores às concorrentes. Agora em Janeiro precisarei de um one-way EZE-GRU e estou de olho nas tarifas: a G3 está querendo simplesmente 2.5x o valor da Qatar e Turkish em todos os dias pesquisados. Estamos falando de R$2.5k pra um voo de 3h em Y.  

  • Like 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vai virar tudo GRU-EZE.

:lala:

 

Bolsa de aposta: 23 Azul, 7 Latam, 7 Gol.

Share this post


Link to post
Share on other sites
44 minutes ago, Delmo said:

Vai virar tudo GRU-EZE.

:lala:

 

Bolsa de aposta: 23 Azul, 7 Latam, 7 Gol.

Com certeza, seu palpite é o melhor, Gol e Latam ,se pedirem ,será somente para impedir o avanço da Azul em Gru, sem sucesso,é claro, país quebrado dos dois lados , onde haverá demanda para tudo isso?

Share this post


Link to post
Share on other sites
52 minutes ago, Delmo said:

Vai virar tudo GRU-EZE.

:lala:

 

Bolsa de aposta: 23 Azul, 7 Latam, 7 Gol.

Mas aí a AD operaria intl em GRU no T2 e domestico no T1? Será?? 

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 minutes ago, boulosandre said:

Mas aí a AD operaria intl em GRU no T2 e domestico no T1? Será?? 

Estranho né, mas no caso dela não tem outra opção, quando ela faria ( e vendeu por um período) GRU-MCO tb teria sido nestes moldes 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Queria que a Latam e a Gol voltassem a fazer voos de POA para Buenos Aires e que a Azul entrasse na rota tb. Todavia não sei se teria tanta demanda para mais 3 players. Ninguém merece ficar refém da Aerolíneas Argentinas. Qd esgotou o lado brasileiro do bilateral os voos de POA que existiam viraram tds mais voos de GRU pra Buenos Aires.

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 hours ago, deiv said:

Faltam vôos saindo do Brasil direto para Ushuaia. Será que vai ter alguma brasuca que vai arriscar algum vôo direto ? 

Será que tem mercado pr isto? Seria interessante se este possível voo incluísse uma escala em El Calafate que tb recebe muitos turistas brazucas. Visitei esta cidade em 2017. Naquela época ainda havia voos do Brasil pr o Aeroparque, o que facilitava as conexões pr o restante da Argentina.

Share this post


Link to post
Share on other sites
46 minutes ago, gigiomg said:

Será que tem mercado pr isto? Seria interessante se este possível voo incluísse uma escala em El Calafate que tb recebe muitos turistas brazucas. Visitei esta cidade em 2017. Naquela época ainda havia voos do Brasil pr o Aeroparque, o que facilitava as conexões pr o restante da Argentina.

 

16 hours ago, naia said:

Desde SP umas 5 horas e pouco de voo imagino eu. Roda só na alta, né? 

Eu acredito que por GRU ser o hub da AL talvez tenha demanda sim 

8 hours ago, A345_Leadership said:

É bem-vindo, mas em péssimo momento. Jetsmart e Flybondi entrando aqui farão as tarifas cair, Azul já conseguiu o que queria, Gol patina nos 75% de ocupação nas rotas, então não vejo tantas oportunidades assim.

Gol patina nesse nível de ocupação pelo altíssimo preço, seja em dinheiro, seja em milhas smiles. Consegue ser mais caro que as concorrentes que voam de widebodie . 

46 minutes ago, gigiomg said:

Será que tem mercado pr isto? Seria interessante se este possível voo incluísse uma escala em El Calafate que tb recebe muitos turistas brazucas. Visitei esta cidade em 2017. Naquela época ainda havia voos do Brasil pr o Aeroparque, o que facilitava as conexões pr o restante da Argentina.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na conjuntura atual, acho difícil alguém querer mais voos.

G3  10M18  6.890 voos   10M19   6.499

AD                2.003                            2.022             

LTM             22.318                        18.522   LA/JJ/4M/PZ/LP todos os destinos

GRU-BUE    1.507mil                      1.471mil  -2,4% todas cias

GIG-BUE        742                               714        -3,8%

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também acredito que a Azul vai solicitar o REC-EZE.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Flybondi largou um inédito EPA/POA pra iniciar 03/03.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, Kal_Center said:

Flybondi largou um inédito EPA/POA pra iniciar 03/03.

Muito bom. Poa-Aep/Eze chegou a movimentar mais de 300 mil passageiros ano. Como estão as ocupações da AR para CWB e POA?

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 hours ago, Delmo said:

Vai virar tudo GRU-EZE.

:lala:

 

Bolsa de aposta: 23 Azul, 7 Latam, 7 Gol.

Na "Bolsa de aposta" a AD só para quando tiver 3 VCP- EZE-VCP (manhã / tarde / noite) e 1 CNF-EZE-CNF - todos diários.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, RCWSKY said:

Na "Bolsa de aposta" a AD só para quando tiver 3 VCP- EZE-VCP (manhã / tarde / noite) e 1 CNF-EZE-CNF - todos diários.

CNF está com 9 vps mas tem slots pra 14 vps jan a mar.

H AD8762 16NOV28DEC 0030060 17432A 2220EZEEZE J
H AD8762 30DEC03JAN 1004500 17432A 2220EZEEZE J
H AD8762 01JAN04JAN 0030060 17432A 2220EZEEZE J
H AD8762 05JAN12JAN 1204507 17432A 2220EZEEZE J
H AD8762 08JAN11JAN 0030060 17432A 2220EZEEZE J
H AD8762 15JAN01FEB 0030060 17432A 2220EZEEZE J
H AD8762 02FEB27MAR 1204507 17432A 2220EZEEZE J
H AD8762 05FEB25MAR 0030060 17432A 2220EZEEZE J
H AD8762 28MAR28MAR 0000060 17432A 2220EZEEZE J

HAD8763 27OCT26MAR 0004007 17432A EZEEZE0845 J
HAD8763 31DEC13JAN 1200560 17432A EZEEZE0845 J
HAD8763 08JAN08JAN 0030000 17432A EZEEZE0845 J
HAD8763 03FEB28MAR 1230560 17432A EZEEZE0845 J

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 hours ago, TheJoker said:

Na conjuntura atual, acho difícil alguém querer mais voos.

G3  10M18  6.890 voos   10M19   6.499

AD                2.003                            2.022             

LTM             22.318                        18.522   LA/JJ/4M/PZ/LP todos os destinos

GRU-BUE    1.507mil                      1.471mil  -2,4% todas cias

GIG-BUE        742                               714        -3,8%

E as empresas vão perder essa janela de oportunidade? Duvido!

A operação pode até ser deficitária em alguns dias, mas vai ter briga de cachorro grande por essas frequências. 

Aposto na Azul levando a maioria, mas não duvido Gol e Latam transferindo voos atualmente sob o Acordo de Fortaleza para as frequências do bilateral, apenas para barrar entrantes.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade