Jump to content

AENA Brasil - Concessionária Aeroportos Nordeste do Brasil S/A


Recommended Posts

  • Replies 101
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Nao tem ampliação de pista no contrato. O que nao significa que nao sera feito.    ou voce agora faz parte do conselho de administração da Aena Brasil?

6. MELHORIAS DE INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA Aeroporto de Recife 6.1. Para a Fase I-B do Contrato, com prazo máximo de duração de 36 (trinta e seis) meses a partir da Data de Eficácia do Con

https://www.maispb.com.br/511684/pmcg-reivindica-melhorias-do-aeroporto-joao-suassuna.html AENA já apresentou anteprojetos à ANAC. Os projetos executivos (Consórcio Cemosa-Intertechne) só ficam p

https://www.aenabrasil.com.br/pt/corporativo/Demostrativo+Financeiro.html

 

ANAC concedeu +8 meses de prazo pra conclusão de obras da fase I-B, ou seja 44 meses desde o início do contrato. Então as obras de REC só vão ser concluídas no final de out/23. Como é pouca coisa, menos de um ano, devem começar final de 2022/início de 2023.

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites

spacer.png

spacer.png

O secretário de Turismo de João Pessoa, Daniel Rodrigues, voltou a se reunir com a diretora do Aeroporto Castro Pinto, Karla Ceravolo, oportunidade em que conferiu a otimização de algumas demandas do trade turístico e turistas que levou na primeira reunião, em janeiro deste ano. De acordo com o secretário, na próxima semana a diretoria da Aena Brasil – empresa que administra o aeroporto – deve se reunir com representantes do trade para anunciar uma série de projetos de melhorias no local.

Na visita desta quarta-feira (9), o secretário viu as novas baterias de banheiros e os equipamentos de climatização de todos os ambientes do equipamento, duas das principais queixas dos turistas. “Verificamos que realmente existe empenho da Aena para resolver todos os problemas no menor curto tempo possível”, afirmou Daniel Rodrigues.

Também foram mostradas as novas sinalizações internas e externas do aeroporto.

spacer.png

https://turismoemfoco.com.br/v1/2021/06/10/secretario-de-turismo-conhece-as-primeiras-melhorias-realizadas-pela-aena-no-aeroporto-castro-pinto/

Link to post
Share on other sites

Governador e Aena planejam investimentos para aeroportos da Grande JP e CG

14 de junho de 2021

O governador João Azevêdo se reuniu, nesta segunda-feira (14), em João Pessoa, com o presidente da Aena Brasil, Fernando Santiago Yus, ocasião em que foi apresentado o plano de investimento da empresa nos aeroportos Castro Pinto, na Grande João Pessoa, e Presidente João Suassuna, em Campina Grande.

Para o aeroporto Castro Pinto estão previstas melhorias no terminal de passageiros, pontes de embarque, sistema de inspeção de bagagens, pátio, nivelamento de faixa preparada, áreas de segurança e recuperação de pavimentação.  No aeroporto Presidente João Suassuna, a empresa prevê investimentos no terminal de passageiros, estacionamento, táxi, pátio, área de segurança e recuperação de faixa preparada. As obras devem ser iniciadas no final do ano e concluídas até 2023.

Na reunião, o governador João Azevêdo destacou os níveis de investimentos e a atração de negócios viabilizados pela gestão estadual que irão potencializar a geração de emprego e renda. “Nós anunciamos a instalação da maior fábrica de painéis solares da América Latina na Paraíba, temos atraído grandes Centros de Distribuição em virtude da nossa logística de transporte e da nossa localização estratégica, e o Polo Turístico Cabo Branco irá impactar diretamente no movimento dos aeroportos”, frisou.

Ele também ressaltou os investimentos que serão realizados para a construção do novo aeroporto de Patos, no Sertão da Paraíba, onde serão injetados mais de R$ 35 milhões. “Será uma excelente estrutura e já anunciamos um voo da Azul, que iniciará sua operação em agosto”, acrescentou.

O gestor ainda evidenciou os esforços do governo para manter o equilíbrio da gestão fiscal do estado. “Na última semana, a gestão fiscal do estado foi reconhecida pela STN com o rating A e pela agência Standard & Poor’s Financial Services com o rating AA+. Também tivemos o pedido de empréstimo aprovado pelo Senado Federal e mantemos investimentos em infraestrutura rodoviária, garantindo o desenvolvimento da Paraíba, apesar dos momentos difíceis provocados pela pandemia”, concluiu.

O secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, e o secretário executivo do Turismo e do Desenvolvimento Econômico, Gilson Lira, acompanharam a reunião.

https://paraibaja.com.br/governador-aena-planejam-investimentos-para-aeroportos-da-grande-jp-e-cg/

 

Interessante, resolveram investir em pontes em JPA, não são obrigados pelo contrato.

Link to post
Share on other sites

https://www.se.gov.br/noticias/desenvolvimento/forum_de_turismo_discute_ampliacao_do_aeroporto_de_aracaju_e_temas_relevantes_para_o_setor_turistico

Pauta central desta edição do Fortur, a apresentação do esboço do projeto de reforma estrutural do Aeroporto Internacional de Aracaju, mostrou aos membros do Fórum que as melhorias trarão mais conforto aos passageiros.  Durante a apresentação, o presidente da Aena citou que o novo terminal contará com a instalação de duas pontes de embarque, além de reforma e ampliação do terminal adequando às normas de acessibilidade, com salas específicas para embarques  e desembarques de voos domésticos e internacionais. O aeroporto contará ainda com moderno sistema de inspeção de bagagens, adequando-o aos padrões internacionais de segurança. 

"Quero inicialmente pedir desculpas pelo atraso das obras. Isso aconteceu devido a pandemia, mas temos um cronograma previsto para o início em 2022 e conclusão em até 2023. Vamos fazer um aeroporto moderno e aconchegante nos padrões de qualidade Aena, para que seja a casa dos sergipanos e de todas aquelas pessoas que venham nos visitantar”, finalizou o executivo. 

 

Pra variar, nenhuma imagem do projeto...

Link to post
Share on other sites

Eu achando que AJU ganharia um novo terminal construído do zero, mas não.

Vão dar um tapinha no atual e, pasmem, instalar só duas pontes de embarque?!

Que vergonha! Deveria ter umas seis.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
24 minutes ago, Leandrinho said:

Eu achando que AJU ganharia um novo terminal construído do zero, mas não.

Vão dar um tapinha no atual e, pasmem, instalar só duas pontes de embarque?!

Que vergonha! Deveria ter umas seis.

Antes da pandemia, tinha 15 decolagens/dia nos meses de alta. Atualmente 9 a 11, sendo 5 de ATR.

No projeto da Infraero de 2017 e nos estudos de concessão eram previstas 4 pontes na primeira fase.

spacer.png

https://g1.globo.com/se/sergipe/noticia/aeroporto-santa-maria-vai-passar-por-reforma-e-modernizacao.ghtml

Edited by TheJoker
Link to post
Share on other sites

https://tribunahoje.com/noticias/cidades/2021/06/22/sedetur-e-empresarios-discutem-sobre-reforma-do-aeroporto-zumbi-dos-palmares/

No encontro, o presidente da Aena no Brasil, Fernando Yus, explicou que um dos postos-chaves da reformulação do aeroporto, que envolve a requalificação dos pátios de estacionamento de aeronaves, possibilitando o pouso de aviões de maior porte; é a adequação do terminal a critérios internacionais.

 “A ideia é fazer uma remodelação de todo o sistema aeroportuário desde o acesso, áreas de check-in, núcleos verticais de comunicação, canais de inspeção, lojas, praças de alimentação, superfícies de embarque, áreas internacional e doméstica, até áreas de segurança operacional – de pátio, pista de pouso e decolagem para torna o aeroporto mais moderno”, explica Yus.

Link to post
Share on other sites
On 14/06/2021 at 18:05, TheJoker said:

Governador e Aena planejam investimentos para aeroportos da Grande JP e CG

14 de junho de 2021

O governador João Azevêdo se reuniu, nesta segunda-feira (14), em João Pessoa, com o presidente da Aena Brasil, Fernando Santiago Yus, ocasião em que foi apresentado o plano de investimento da empresa nos aeroportos Castro Pinto, na Grande João Pessoa, e Presidente João Suassuna, em Campina Grande.

Para o aeroporto Castro Pinto estão previstas melhorias no terminal de passageiros, pontes de embarque, sistema de inspeção de bagagens, pátio, nivelamento de faixa preparada, áreas de segurança e recuperação de pavimentação.  No aeroporto Presidente João Suassuna, a empresa prevê investimentos no terminal de passageiros, estacionamento, táxi, pátio, área de segurança e recuperação de faixa preparada. As obras devem ser iniciadas no final do ano e concluídas até 2023.

Na reunião, o governador João Azevêdo destacou os níveis de investimentos e a atração de negócios viabilizados pela gestão estadual que irão potencializar a geração de emprego e renda. “Nós anunciamos a instalação da maior fábrica de painéis solares da América Latina na Paraíba, temos atraído grandes Centros de Distribuição em virtude da nossa logística de transporte e da nossa localização estratégica, e o Polo Turístico Cabo Branco irá impactar diretamente no movimento dos aeroportos”, frisou.

Ele também ressaltou os investimentos que serão realizados para a construção do novo aeroporto de Patos, no Sertão da Paraíba, onde serão injetados mais de R$ 35 milhões. “Será uma excelente estrutura e já anunciamos um voo da Azul, que iniciará sua operação em agosto”, acrescentou.

O gestor ainda evidenciou os esforços do governo para manter o equilíbrio da gestão fiscal do estado. “Na última semana, a gestão fiscal do estado foi reconhecida pela STN com o rating A e pela agência Standard & Poor’s Financial Services com o rating AA+. Também tivemos o pedido de empréstimo aprovado pelo Senado Federal e mantemos investimentos em infraestrutura rodoviária, garantindo o desenvolvimento da Paraíba, apesar dos momentos difíceis provocados pela pandemia”, concluiu.

O secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, e o secretário executivo do Turismo e do Desenvolvimento Econômico, Gilson Lira, acompanharam a reunião.

https://paraibaja.com.br/governador-aena-planejam-investimentos-para-aeroportos-da-grande-jp-e-cg/

 

Interessante, resolveram investir em pontes em JPA, não são obrigados pelo contrato.

Tudo que o Governador falou para a AENA e nada eh a mesma coisa.

Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...

Fotos que tirei em REC uns dias atrás.

Logo da Aena na fachada do TPS

20210708_193730-jpg.1748353

Mais nada da marca Infraero no terminal :cnana::yeah::drinks::gira:

20210708_193935-jpg.1748355

Banheiros no lado sul da praça de alimentação que tinham sido abertos estão novamente fechados para complemento da intervenção.

20210708_194041-jpg.1748366

 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
  • 3 months later...

https://jc.ne10.uol.com.br/economia/2021/11/13625520-aeroporto-do-recife-aena-confirma-empresa-e-inicio-da-ampliacao-do-terminal.html

 

Início de 2022/entrega 2023

REC (Lote 1) Método-Passarelli que fez FOR

JPA/CPV (Lote 2) Teixeira Duarte-Alves Ribeiro que fez SSA

MCZ/AJU/JDO (Lote 3) ainda não está concluído o processo de concorrência.

 

 

Link to post
Share on other sites

https://campinagrande.pb.gov.br/seplan-conhece-projeto-de-melhoria-do-aeroporto-joao-suassuna-e-coloca-equipe-tecnica-a-disposicao/

 

spacer.png

spacer.png

“Serão realizadas uma série de melhorias, desde o lado A, parte em que ficam as aeronaves, e melhoria no terminal de passageiros, com ampliação e climatização, acesso viário do aeroporto, que vai mudar devido à construção do novo pátio, adequações para o novo estacionamento, entre outras. É uma obra que vai ser de grande importância para a sociedade campinense e não temos dúvida que será um grande diferencial e um marco para Campina Grande, tendo como ponto de entrada para a cidade, um espaço com mais conforto e qualidade para todos”, disse Luciano Rodrigues.

 

Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...

https://turismoemfoco.com.br/v1/2021/12/06/aeroporto-de-joao-pessoa-sera-ampliado-tera-mais-tres-posicoes-para-aeronaves-e-dois-fingers/

6 De Dezembro De 2021, 

Administrado pela Aena Brasil, o Aeroporto Internacional de João Pessoa – Presidente Castro Pinto, vai passar por reformas estruturais, ganhando um terminal totalmente renovado. Todos os 8,8 mil metros quadrados do equipamento serão renovados. Além disso, uma nova área, de 3,7 mil metros quadrados, será construída, ampliando o espaço edificado para 12,5 mil metros quadrados. As obras fazem parte da fase 1B do contrato de concessão firmado entre a concessionária e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Outra novidade, no lado ar, é a ampliação do Pátio, que ganha mais 11 mil metros quadrados, e da Pista de Táxi, que será ampliada em mais de 5,5 mil metros quadrados. O aeroporto vai passar de cinco para oito posições de aeronaves, sendo que duas delas serão para embarques e desembarques por pontes móveis de contato (finger).

Além disso, as salas de embarque, doméstico e internacional, vão mais que dobrar de tamanho, sendo ampliadas de 495 metros quadrados para 1,3 mil metros quadrados. Destaca-se também o acréscimo na área reservada para inspeção de segurança de bagagens, indo de 18 para 135 metros quadrados. Os saguões de embarque e desembarque passam de 1,1 mil metros quadrados para mais de 1,9 metros quadrados. O equipamento também vai ganhar dois novos balcões de imigração – indo de três para cinco unidades -, e espaço nas salas de desembarque, de 680 para 980 metros quadrados. Três novos totens de auto check-in serão instalados, totalizando oito aparelhos.

 

+42% de área total, +60% posições.

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

https://www.badalo.com.br/cariri/aeroporto-de-juazeiro-deve-mais-que-duplicar-o-terminal-de-passageiros-ate-2023/#

spacer.png

  17 de dezembro de 2021

Por George Wilson

Prevista dentro do contrato de concessão aeroportuária do terminal de Juazeiro do Norte, a Aena Brasil, atual administradora, deve iniciar em 2022 a principal reforma e ampliação do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, que deverá até 2023 ganhar uma nova estrutura com mais que o dobro do tamanho atual. Os demais cinco terminais administrados pela empresa espanhola, tais como os aeroporto de Recife e Maceió, também terão reformas estruturais, onde um total de três blocos totalizam um investimento de R$ 1,2 bilhão nos seis terminais.

As obras contemplam ampliação de pistas de pouso, táxi, pátios para aeronaves e terminais de passageiros. Instalação de novas pontes de embarque móveis. Mais espaço operacional para áreas de check-in, inspeção de bagagens, aduana e migração. Além disso terá investimento em áreas comerciais, com a capacidade de receber mais lojas e restaurantes. O Aeroporto de Juazeiro do Norte está entre as ampliações mais abrangentes, contemplando a renovação completa do terminal. Atualmente com 2,5 mil metros quadrados, o prédio vai mais que dobrar de tamanho, ganhando um um acréscimo de 3,8 mil metros quadrados. A edificação vai passar a ter 6,4 mil metros quadrados de área total. Além disso, o prédio existente passará por reformas. Todos os ambientes operacionais serão melhorados e ampliados.

Também serão instalados novos equipamentos de inspeção de segurança para bagagens, agilizando as filas e melhorando o conforto antes do embarque. Um dos focos das reformas estruturais está o investimento em tecnologia e eficiência operacional, em todas as etapas do processamento de passageiros, bagagens e cargas. No lado ar (operação das aeronaves), o pátio vai ganhar mais 5,8 mil metros quadrados e uma nova posição para embarque e desembarque, indo de quatro para cinco pontos. Estes trabalhos fazem parte do bloco 1B de reformas, e o prazo para a sua realização está regulamentado pelo contrato firmado entre a concessionária e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

 

 

Link to post
Share on other sites

https://www.panrotas.com.br/aviacao/aeroportos/2021/12/aena-brasil-investe-r12-bi-nos-seis-aeroportos-que-administra_186417.html

A partir do início de 2022, a Aena Brasil dá início às reformas...

Destaques de cada aeroporto:

Recife 

A principal novidade será a construção de uma ala totalmente nova no terminal de passageiros do Aeroporto do Recife. A área da expansão vai contar com quatro pontes de contato móveis (fingers) para embarque e desembarque, todas capazes de atender a aeronaves de grande porte, tornando possível o crescimento da malha aérea internacional na capital pernambucana. 

O aeroporto vai ganhar 40% a mais de área, em relação ao que já ocupa hoje, passando de 52 mil metros quadrados para 76 mil metros quadrados (acréscimo de 23,4 mil metros quadrados em área construída). Além disso, quase 10 mil metros quadrados do prédio atual vão passar por reformas.

No lado ar também tem novidades. Para comportar um número maior de aeronaves, o pátio vai ser aumentado em mais de 61 mil metros quadrados, e as pistas de táxi e de pouso e decolagem terão também melhorias em segurança operacional.

Devemos registrar ainda o crescimento das áreas operacionais para o processamento de passageiros. Haverá expansão do espaço das salas de embarque, de desembarque, esteiras de restituição de bagagens, check-in e canal inspeção de segurança. O Recife também ganha mais totens de autocheck-in e novos balcões de controle de imigração. 

Maceió 

Vai passar da categoria C para a 4E, podendo obter voos internacionais de grande porte com maior frequência do que já recebe hoje.Atualmente com 18,9 mil metros quadrados, o terminal vai chegar a 19,5 mil metros quadrados, incluindo a reforma total de quase seis mil metros quadrados. As obras vão garantir mais conforto e segurança em todas as etapas do processamento de passageiros. 

Um destaque das reformas estruturais em Maceió é o aumento do espaço para filas e capacidade do canal de inspeção – doméstico e internacional. As áreas de check-in, o número de totens de autocheck-in e os balcões de imigração, por exemplo, todos serão ampliados. A área de aduana vai quase triplicar de tamanho, e as salas de embarque passam de 1,3 mil metros quadrados para 2 mil metros quadrados.

No lado ar, o Pátio de aeronaves vai ser remodelado para comportar um maior número de aviões simultaneamente. 

João Pessoa

No Aeroporto Internacional de João Pessoa – Presidente Castro Pinto, as novidades começam pela ampliação do terminal de passageiros, cuja área será ampliada em 40% – passando de 8,8 mil metros quadrados para 12,5 mil metros quadrados. Com a expansão dos ambientes operacionais, os passageiros terão mais espaço nos locais de embarque e desembarque, que ficarão com o dobro do tamanho atual; haverá incremento no número de totens de autocheck-in e balcões de imigração; com destaque para o canal de inspeção de segurança. 

No lado ar, a principal melhoria será o aumento do número de pontos de embarque, que vão de cinco para oito, sendo dois deles com  pontes de contato móveis (fingers), que não existiam no terminal. O pátio de aeronaves será ampliado em mais de 11 mil metros quadrados, e as pistas de táxi e de pouso e decolagem terão melhoras significativas de segurança operacional. 

Aracaju

As reformas estruturais do Aeroporto Internacional de Aracaju – Santa Maria vão garantir uma renovação total do terminal de passageiros. Entre as mudanças mais aguardadas, está a climatização completa do prédio, que hoje é aberto no saguão e não comporta o funcionamento de equipamentos de ar-condicionado.

Outra novidade é que os processamentos operacionais passam a ocorrer em dois pavimentos, no térreo e no primeiro andar, um voltado para embarque e outro para desembarque – atualmente, toda a operação está concentrada no térreo. Hoje com 10,2 mil metros quadrados, o terminal vai ganhar mais 722 metros quadrados. Serão reformados 5,4 mil metros quadrados da edificação.  

Com a duplicação dos pavimentos operacionais, todas as etapas do processamento de passageiros ganham mais espaço, segurança e conforto, de acordo com a necessidade do terminal. Áreas de filas de check-in, de controle de imigração, de aduana, salas de embarque e desembarque, por exemplo, estão entre as beneficiadas. Os passageiros também vão ganhar totens de autocheck-in e balcões de controle de imigração. 

Do lado ar, a principal mudança é a instalação de duas pontes de contato móveis (fingers), as primeiras do terminal. O pátio vai ganhar novas posições para aeronaves, passando de quatro para seis; uma nova iluminação e será ampliado em 3,4 mil metros quadrados. As pistas de táxi e de pouso e decolagem irão ganhar também em relação à segurança operacional.  

Juazeiro do Norte

As reformas estruturais do Aeroporto de Juazeiro do Norte – Orlando Bezerra de Menezes estão entre as mais abrangentes, com uma renovação completa do terminal. Atualmente com 2,5 mil metros quadrados, o prédio vai mais que dobrar de tamanho, com um acréscimo de 3,8 mil metros quadrados, passando de 6,4 mil metros quadrados de área total, depois das obras. Além dos acréscimos, toda a edificação existente passará por obras. Todos os ambientes operacionais serão melhorados e ampliados. 

No lado ar, o pátio vai ganhar mais 5,8 mil metros quadrados e uma nova posição para embarque e desembarque, indo de quatro para cinco pontos. 

Campina Grande

Com quase 2,7 mil metros quadrados, o aeroporto de Campina Grande – Presidente João Suassuna vai ter 1,3 mil metros quadrados reformados, além da construção de mais 605 metros quadrados. Depois das obras, o terminal de passageiros fica com uma área total de 3,3 mil metros quadrados. Essas mudanças vão permitir a ampliação dos ambientes operacionais. 

No lado ar, o pátio de Campina Grande terá a ampliação de 10,7 mil metros quadrados, enquanto a pista de táxi ganhará 17,7 mil metros quadrados a mais.  

Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...

https://api.mziq.com/mzfilemanager/v2/d/981538e8-2c26-485e-9524-89866a8a87a5/dba96277-40de-364e-e666-c50a63afec44?origin=1

10 de janeiro de 2022 – A AZEVEDO & TRAVASSOS S.A. (“Companhia” ou “A&T”) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que a Companhia, por meio de consórcio firmado em conjunto com a Encalso Construções Ltda. (“Encalso”), sagrou-se vencedora do processo competitivo organizado pela AENA Brasil para execução das obras dos aeroportos de Maceió, Aracaju e Juazeiro do Norte (Bloco 3 do processo competitivo). O contrato para realização das obras possui valor de R$350.000.000,00 (trezentos e cinquenta milhões de reais), e o consórcio vencedor é formado na proporção de 50% da Companhia e 50% da Encalso. A Companhia manterá os seus acionistas e o mercado em geral informados sobre o contrato em questão, nos termos da legislação e regulamentação aplicável. Mais informações poderão ser obtidas no Departamento de Relações com Investidores da Companhia.

 

Mobilização deve começar em março, quem sabe abril.

 

Link to post
Share on other sites

https://jornaldaparaiba.com.br/politica/pleno-poder/2022/01/19/empresa-espanhola-detalha-reforma-no-aeroporto-de-campina-grande-veja-o-que-vai-mudar

 

De acordo com o projeto, o prédio atual (terminal de passageiros) será ampliado de 2,7 mil metros quadrados para 3,3 mil metros quadrados.  (600 m2)

O João Suassuna passará a ter dois pátios, com praticamente as mesmas dimensões. O espaço existente atualmente, com 11,2 mil metros quadrados, será utilizado para a aviação geral (jatinhos, aeronaves privadas, táxi aéreo, por exemplo). O novo pátio, com 11,1 mil metros quadrados, atenderá à aviação comercial (voos regulares das companhias aéreas).

Já com relação à área de taxiamento, o aeroporto passará a ter duas pistas de taxiway.

A pista de taxiamento atual, com 2,3 mil metros quadrados (aproximadamente 75 metros de comprimento), servirá para o pátio da aviação geral (jatinhos, aeronaves privadas, táxi aéreo, por exemplo). Enquanto a nova área de taxiway, com 3,3 mil metros quadrados (aproximadamente 110 metros), será utilizada pela aviação comercial.

Pista de pousos não será ampliada, mas terá equipamento de segurança

Não haverá acréscimo no comprimento da pista de pousos e decolagens, mas serão realizadas obras para reforçar a segurança operacional – conforme a Aena.

Estão previstas melhorias no pavimento, nivelamento da faixa preparada, e a instalação de RESAs (Runway End Safety Area) – com 90 metros de extensão por 90 metros de largura – nas duas cabeceiras da pista. O equipamento garante mais segurança para a operação durante pousos e decolagens.

A previsão é de que os serviços sejam iniciados em março deste ano.

Link to post
Share on other sites
4 hours ago, TheJoker said:

A Método é uma das médias mais tradicionais do setor, uma das poucas conhecidas que conseguiu construir edifícios e desde a década de 1970. Qualquer coisa a AENA pode romper o contrato, não?

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade