Jump to content

Recommended Posts

  • Replies 420
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Então vou esperar 2 anos 

Desculpem a piada, mas o MAX está virando o Marea Turbo da aviação 

Se tivessem feito uma nova asa e wingbox, como a embraer fez, para aumentar a altura do trem de pouso e instalar direito os novos motores, tenho certeza que o MAX seria uma aeronave indubitavelmente m

On 26/08/2020 at 16:34, Luckert said:

Mas não é essa questão, no site de vendas não fica o prefixo da aeronave, o cliente só descobre na h.

Se a aeronave for recertificada é porque está segura, porque então a empresa vai omitir que o 737 é um MAX moderno e não o 737 da versão anterior, parece que quer esconder, não ser transparente com o cliente.

 

Ela não deveria ser segura quando foi certificada? É como o selo da Agricultura, impediu de ter papelão na carne? Dá pra confiar?

Link to post
Share on other sites

Meus prezados

Como não vou voar internacional e, sim, doméstico, irei de AZUL com os seus belíssimos Embraer's ou LATAM com seus Airbus. Após uns dois anos, talvez volte a voar GOL.  

  • Like 3
Link to post
Share on other sites
2 hours ago, GLK said:

Ela não deveria ser segura quando foi certificada? É como o selo da Agricultura, impediu de ter papelão na carne? Dá pra confiar?

Deveria, mas o que questiono é a atitude da empresa esconder o MAX dos clientes, como se todos os 737s fossem iguais.

 A certificação provou falhas sérias no sistema de certificação do FAA, mas eu penso que agora devem ter sido muito mais rigorosos para evitar não só outros acidentes como recuperar o prestígio do órgão regulador americano 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
3 hours ago, GLK said:

Ela não deveria ser segura quando foi certificada? É como o selo da Agricultura, impediu de ter papelão na carne? Dá pra confiar?

Pior que dá, trabalhei alguns anos como eng. Agronomo e posso afirmar que a empresa que tem o selo é confiável.
Aliás....papelão é coisa sem noção, existia muita extrusão com celulose e que foi regulamentada; existe ainda ? sim ! em todos os cantos do mundo. É prejudicial a saúde ? não.
Pode ter certeza que quem come produto industrializado engole muita coisa que nem sabe, mas papelão não; engole coisa muito pior.

Back to the topic !

  • Like 3
Link to post
Share on other sites

American Airlines removes 737 MAX 8 Oct 2020 schedule

By Jim Liu

Posted31 August 2020 05:00

 

American Airlines during the week of 30AUG20’s schedule update removed Boeing 737 MAX 8 operational schedule for the month of October 2020. Preliminary schedule listing now shows the airline would resume 737 MAX service as early as 04NOV20, however this remain subject to regulatory approval.

The following is preliminary operation for November and December 2020, further changes will be filed in the next few weeks.

Miami – Boston eff 04NOV20 1 daily
Miami – New York LaGuardia eff 04NOV20 5 daily
Miami – Orlando eff 04NOV20 3 daily

Link to post
Share on other sites
On 25/06/2020 at 01:56, TheJoker said:

https://www.seattletimes.com/business/boeing-aerospace/foreign-regulators-demand-substantial-new-changes-to-boeing-737-max-flight-controls/?utm_source=twitter&utm_medium=social&utm_campaign=article_inset_1.1

 

Texto bem longo, o mais importante:

In both crashes, MCAS was triggered by a single faulty Angle of Attack signal. Boeing’s redesign of MCAS uses both Angle of Attack sensors on the MAX during any given flight instead of only one. MCAS won’t operate unless both sensors agree.

However, while this fixes MCAS, the Angle of Attack sensors feed into multiple other systems. EASA’s concern is that if the two sensors disagree, the flight control computers have no way of telling which is the correct reading.

The Europeans doubt having two sensors is good enough to make the system sufficiently robust.

Northcote said EASA considers the system used by Airbus, which has three Angle of Attack sensors on the rival A320 jet, a good design. The agency wants Boeing to develop a new system “that in some way matches that, but doesn’t necessarily have to be a third sensor.”

The alternative to a third physical sensor is what’s called a “synthetic” sensor, a system that provides an additional, indirect AOA calculation using a variety of different sensors and inputs.

Boeing’s latest all-new jet, the 787 Dreamliner, for example, has a system called Synthetic Airspeed that takes input from the Angle of Attack sensors and various data points that indicate the plane’s attitude in the air. This system serves to cross-check the signals from the other sensors and enables the flight control computer to identify a false data signal.

Esse artigo me chamou a atenção. 

Onde eu encontro as mudanças que foram feitas no sistema? Colocaram esse terceiro sensor "sintético"?

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Meus prezados   

Três agências concluíram voos de teste com Boeing 737 Max

Os testes foram realizados com o Boeing 737 Max 7

Hoje (11), a agência Europeia para a Segurança da Aviação, EASA, revelou que concluiu seus voos de teste do Boeing 737 Max no Canadá. Os dados serão analisados antes de uma reunião do Conselho de Avaliação de Operações Conjuntas na próxima semana. Esta reunião contará com representantes de um grupo de autoridades da aviação avaliando a aeronave antes de seu retorno ao serviço. As informações são do portal Simple Flying.

O Boeing 737 Max já está parado há um ano e meio. O certificado de navegabilidade do modelo foi retirado após dois acidentes fatais que apresentavam fortes semelhanças. Desde o aterramento, a Boeing tem trabalhado com várias agências de certificação para colocar a aeronave de volta em serviço. A Transport Canada e FAA também já concluíram seus voos de teste com o 737 Max.
A EASA revelou que concluiu seus voos de teste do Boeing 737 Max. Devido às restrições de viagem relacionadas ao covid-19, os voos começaram e terminaram em Vancouver. No total, de acordo com dados do Flight Radar 24, seis voos de teste foram concluídos com um total de nove horas e meia. A aeronave utilizada para os testes é o N7021S, um Boeing 737 Max 7, o menor membro da família Max.

Agora, as três agências (EASA, Transport Canada e FAA), ao lado de representantes de outros países, como o Brasil, vão se reunir em Londres na próxima semana para discutir seus dados e um caminho potencial para a certificação.
A EASA disse que está procurando "devolver a aeronave Boeing 737 Max ao serviço o mais rápido possível, mas apenas quando estivermos convencidos de que é seguro”.

Fonte: Victor Fernandes para site PANROTAS  11 set 2020

Link to post
Share on other sites

Com licença: só testes no "7", umas poucas 9 horas! Sem divulgar nada das manobras, técnicas empregadas de stall recovery, descida rápida, stabilizer motion, Manual reversion...tudo com o menor e com "melhor" handling dos 4, e porque não houve teste presencial no 8, 9 e 10, os mais pesados, com comportamento de wide?

Aprenderam o geitinho Brasileiro de homologar aeronaves?

Brincadeira...

Link to post
Share on other sites
4 hours ago, flightFernando said:

Aprenderam o geitinho Brasileiro de homologar aeronaves?

Que eu saiba o jeitinho brasileiro de homologar aeronaves é muito respeitado.

  • Haha 1
Link to post
Share on other sites

As outras agências voaram o MAX 7, já com o novo sistema.

A agência brasileira vai utilizar um MAX da Gol.

Então a ANAC é a única que vai voar uma aeronave com o software antigo?

Curioso isso.

  • Confused 1
Link to post
Share on other sites
4 minutes ago, Leandrinho said:

As outras agências voaram o MAX 7, já com o novo sistema.

A agência brasileira vai utilizar um MAX da Gol.

Então a ANAC é a única que vai voar uma aeronave com o software antigo?

Curioso isso.

Como assim com o software antigo?? O software de antes dos acidentes?? Tem coragem?

Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, Leandrinho said:

As outras agências voaram o MAX 7, já com o novo sistema.

A agência brasileira vai utilizar um MAX da Gol.

Então a ANAC é a única que vai voar uma aeronave com o software antigo?

Curioso isso.

Se é um software, não é planamente possível supor que tenha sido instalada a mesma versão do novo software utilizada por outras agências no MAX 7? 

Vou mais além na pergunta: se o MAX está passando por um processo de recertificação, e nas próprias palavras da ANAC isso serve para “demonstrar que o projeto com as modificações propostas é seguro e atende aos requisitos de aeronavegabilidade necessários”, qual o sentido de considerar a hipótese de usarem no Brasil um avião SEM as modificações? 

Imaginar e/ou supor o uso de uma aeronave sem atualizações pra certificar essas atualizações não tem o menor cabimento... 

  • Like 8
  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
23 minutes ago, Leandrinho said:

As outras agências voaram o MAX 7, já com o novo sistema.

A agência brasileira vai utilizar um MAX da Gol.

Então a ANAC é a única que vai voar uma aeronave com o software antigo?

Curioso isso.

Claro que não né, tá meio óbvio que se é um voo de certificação do NOVO software, vão colocar o novo software no Max 8.

Pra quem tava reclamando que as outras agências tavam fazendo jeitinho a la Brasileira ao usar o Max 7, tá aí o jeitinho a la brasileira, Brasil sendo o único das 4 a usar o Max 8 pra recertificação...

Edited by Eric Breno
  • Like 3
Link to post
Share on other sites
2 hours ago, Eric Breno said:

Claro que não né, tá meio óbvio que se é um voo de certificação do NOVO software, vão colocar o novo software no Max 8.

Pra quem tava reclamando que as outras agências tavam fazendo jeitinho a la Brasileira ao usar o Max 7, tá aí o jeitinho a la brasileira, Brasil sendo o único das 4 a usar o Max 8 pra recertificação...

Não tem jeitinho nenhum...

Link to post
Share on other sites

Sim Pedro Bó, a ANAC vai pegar o avião sem nenhuma modificação e vai voar pra ver se continua caindo

Cada uma que me aparece viu...

 

Já como o type rating do 7, do 8 até o 10 é o mesmo, teoricamente independeria qual modelo exato está sendo voado, mas como o 7 tem o braço mais curto de alavanca do profundor, talvez por isso esteja sendo preferido.

 

 

  • Like 1
  • Haha 4
Link to post
Share on other sites
4 minutes ago, B737-8HX said:

Não tem jeitinho nenhum...

Sim, eu sei que não tem jeitinho, é por que andaram mencionando aí pra trás que os reguladores de fora tavam usando de jeitinho brasileiro pra aprovar o Max, usando o Max 7 ao invés do 8 ou do 9, agora vem que o Brasil vai usar o 8 pra certificar. Por isso esse "tá aí o 'jeitinho brasileiro'"...

Edited by Eric Breno
Link to post
Share on other sites
3 hours ago, Eric Breno said:

Claro que não né, tá meio óbvio que se é um voo de certificação do NOVO software, vão colocar o novo software no Max 8.

Pra quem tava reclamando que as outras agências tavam fazendo jeitinho a la Brasileira ao usar o Max 7, tá aí o jeitinho a la brasileira, Brasil sendo o único das 4 a usar o Max 8 pra recertificação...

Canadá usou o MAX 8 da Air Canada...

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
9 hours ago, Leandrinho said:

As outras agências voaram o MAX 7, já com o novo sistema.

A agência brasileira vai utilizar um MAX da Gol.

Então a ANAC é a única que vai voar uma aeronave com o software antigo?

Curioso isso.

Então, te contar um negócio, existe um "cabo USB" que voce conecta a aeronave e uma maquininha que usa cartão FLASH (não é SD), daí é só fazer o upload do software e pasmem está atualizado ao final e te garanto que é mais eficiente que o Windows 10. Lembre-se SOFTWARE voce muda quando quiser, em minutos, HARDWARE é outro papo mais feroz.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, PT-KTR said:

Então, te contar um negócio, existe um "cabo USB" que voce conecta a aeronave e uma maquininha que usa cartão FLASH (não é SD), daí é só fazer o upload do software e pasmem está atualizado ao final e te garanto que é mais eficiente que o Windows 10. Lembre-se SOFTWARE voce muda quando quiser, em minutos, HARDWARE é outro papo mais feroz.

Não sabia que as alterações eram só de software, achava que iriam ter alguns componentes como sensores, etc modificados e/ou adicionados.
Turma do TI da Boeing deve ter entrado em um stress enorme pela responsa !

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade