Jump to content

Cade abre investigação sobre denúncia de Azul contra Gol


Recommended Posts

3 minutes ago, Packo1 said:

Acredito que alguns colegas esperam do melhor empresa do seu vida o seguinte:

  • Operar ATR na Auxiliar,
  • Expulsar todos os táxi aéreos e hangares que operam como FBO em CGH mandando-os para o novo Aeroporto Executivo Catarina (queridinho do João "Acelera" Dória),
  • Construir o T2 no lado Leste do aeroporto com uma ligação subterrânea com o terminal atual, recebendo apenas voos de ATR da AD e VoePass na pista auxilar com 20 movimentos/hora e elevando a capacidade do aeródromo para quase 60mov/hora,
  • Liberar os Slots de ATR da pista principal para redistribuição onde apenas a AD poderia se beneficiar, voltando com os voos para POA e CWB
  • Com o crescimento da AD em CGH as concorrentes assumem que foram desleais, pedem desculpa e entregam 20% de seus Slots de bom grado para a empresa de Alphaville
  • Gol finalmente fecha as portas, pois uma empresa que não opera Widebody não merece ficar aberta
  • Delta resolve fechar a filial do Brasil da LATAM pois o mercado deve pertencer a unica empresa ilibada da face da terra, que nunca fez mal ao mercado e que não pratica tarifas exorbitantes nos mercados em que atua sozinha

[ALERTA - Post contem doses cavalares de ironia]

Gostei das ironias.....

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

9 hours ago, Guilherme.penna.carvalho said:

Sério, alguém acha que tem santo no mercado?

Precisa decidir quem é o herói e quem é o vilão?

Muito bem observado. Não há santo nessa história.

Todavia, essa lorota vitimista da Azul irrita.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
16 hours ago, Luckert said:

Não queria nem pagar dívidas nem nada, mas o fato é que o Dono tentou vender para três porque viu que ganharia muito mais,simples assim.....depois como terminou a novela já sabemos....aliás,não terminou,falta AD comprar a VoePass 

Acho difícil a AD comprar a VoePass. Dívida quem tem é ela viu (Passaredo).

Link to post
Share on other sites
3 minutes ago, Lancevak said:

De quanto é a dívida? 

Tb queria saber , herdar preciosos Slots e ainda por cima ,ganhar musculatura no único aeroporto que a concorrência é muito mais forte,para mim é o caminho óbvio, questão de tempo para Azul comprar, vão poder usar parte do generoso caixa 

Link to post
Share on other sites

Comentam no meio que oscila entre 150-200 mi de passivo, só de passivo, em grande parte trabalhista (o que pode subir ou descer, depende de juiz), poremmmm em uma compra vem passivo + patrimônio, ou seja os donos da PTB vão querer uma grana em cima disso para vender. Sei de 3 grupos que chegaram na Passaredo e cairam fora devido a tudo que viram.

Para a Azul, esse caixa aí, é muito mais fácil sufocar a Passaredo e matar ela (como a Webjet quase conseguiu), sobrepondo rotas, atuando com tarifas agressivas em cima, tirando pessoal de lá oferecendo salário. Mas a proposito, Azul querer comprar a Passaredo, tornando-se fato, merecia uma denuncia no CADE não?

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Muita exaltação pessoal.

Sabemos onde isso vai dar...

Ao final do dia voces arrumaram inimizades no forum e os executivos das empresas estarão tomando cerveja juntos.

  • Like 1
  • Haha 1
  • Confused 1
Link to post
Share on other sites
1 hour ago, PT-KTR said:

Comentam no meio que oscila entre 150-200 mi de passivo, só de passivo, em grande parte trabalhista (o que pode subir ou descer, depende de juiz), poremmmm em uma compra vem passivo + patrimônio, ou seja os donos da PTB vão querer uma grana em cima disso para vender. Sei de 3 grupos que chegaram na Passaredo e cairam fora devido a tudo que viram.

Para a Azul, esse caixa aí, é muito mais fácil sufocar a Passaredo e matar ela (como a Webjet quase conseguiu), sobrepondo rotas, atuando com tarifas agressivas em cima, tirando pessoal de lá oferecendo salário. Mas a proposito, Azul querer comprar a Passaredo, tornando-se fato, merecia uma denuncia no CADE não?

Muito esclarecedor, não sabia que já houveram 3 grupos interessados na VoePass, das brasileiras só a AD está com caixa robusto para queimar, a Latam investiu muito para recomprar a Multiplus e agora mais de 2bi só com o retrofit , não pode ousar,vide Gol

Link to post
Share on other sites
5 hours ago, PT-KTR said:

Comentam no meio que oscila entre 150-200 mi de passivo, só de passivo, em grande parte trabalhista (o que pode subir ou descer, depende de juiz), poremmmm em uma compra vem passivo + patrimônio, ou seja os donos da PTB vão querer uma grana em cima disso para vender. Sei de 3 grupos que chegaram na Passaredo e cairam fora devido a tudo que viram.

Para a Azul, esse caixa aí, é muito mais fácil sufocar a Passaredo e matar ela (como a Webjet quase conseguiu), sobrepondo rotas, atuando com tarifas agressivas em cima, tirando pessoal de lá oferecendo salário. Mas a proposito, Azul querer comprar a Passaredo, tornando-se fato, merecia uma denuncia no CADE não?

Isso mesmo, brother. Mais fácil a Azul apertar a concorrência.

Link to post
Share on other sites

Vivi para ver um viuvo da Avianca e hater da G3 :anta:

o cara polui qualquer post que tenha algo sobre G3 com respostas sem nexo algum, embebido de uma raiva comparável de um marido que tomou um belo chifre da esposa.

  • Like 2
  • Haha 9
Link to post
Share on other sites

Aposto que esse hate tem a ver com coisas que não podem serem ditas aqui sem que eu corra riscos de tomar sanções da moderação... Acho que nem com processo contra a cia tem a ver, tem cheiro de outra coisa mesmo.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade