Jump to content
Sign in to follow this  
Luckert

Azul e Latam crescem mais de 20% em marketshare em 2019; Gol é líder

Recommended Posts

Azul e Latam crescem mais de 20% em marketshare em 2019; Gol é líder

Igor RegisPor Igor Regis em 31/01/2020 - 13:04

 

 
 
Após a Azul fazer uma proposta pelos ativos da Avianca, Gol e Latam se entraram na briga, gerando o fatiamento da Avianca em 7 UPIs. Na foto o presidente da Azul e da Gol, Jonh Rodgerson e Paulo Kakinoff, e o CEO da Latam Airlines Brasil, Jerome Cardier.

Gol fechou dezembro de 2019 na liderança do mercado de voos domésticos, com uma fatia de 38,6%, logo seguida pela Latam (37,7%) e Azul (23,3%)

O fim das operações da Avianca Brasil, que detinha 12% de participação no mercado doméstico, abriu caminho para o ganho de marketshare das três principais companhias do país, Azul, Gol e Latam. O movimento de fato aconteceu, com as três dominando exatos 99,6% do mercado. No entanto, a Azul se destacou no preenchimento do espaço deixado pela concorrente, aumentando em 24,2% a sua participação de mercado.

Outro destaque foi a Latam, que aumentou sua participação em 21,7%. A Gol, líder do mercado doméstico, cresceu 1,8%. Com estes incrementos, a Gol fechou dezembro de 2019 na liderança do mercado de voos domésticos, com uma fatia de 38,6%, logo seguida pela Latam (37,7%) e Azul (23,3%).

No mercado internacional, a Azul cresceu 47,9% em relação aos 15,2% que detinha no mesmo mês de 2018. Na mesma base de comparação, a Latam cresceu 2,5% em relação aos 63,9% que possuía e a Gol recuou 2,1% em relação aos 12,3% que possuía. A Latam lidera o marketshare internacional com 65,5% de participação, seguida por Azul (22,5%) e Gol (12%).

Os dados fazem parte do relatório Demanda e Oferta do Transporte Aéreo, da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), divulgado na última quarta-feira (29).
 

Fonte: Mercado e Eventos 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Latam acelerou e voltou a encostar na Gol, com apenas 0,9% de distância, será que vão manter o ritmo de expansão? 

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutes ago, Luckert said:

Latam acelerou e voltou a encostar na Gol, com apenas 0,9% de distância, será que vão manter o ritmo de expansão? 

Acho que a Latam ultrapassa este ano e a Azul. Crescerá mais que as concorrentes. 

E impressionante que a Gol não decola no Internacional, com os mais baixos loads (não sei sobre os yields) e com recuo de share frente às outras duas. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minute ago, boulosandre said:

E impressionante que a Gol não decola no Internacional, com os mais baixos loads (não sei sobre os yields) e com recuo de share frente às outras duas. 

E será que o codeshare com a AA vai fazer ela segurar um pouco o crescimento no internacional ou não tem muito a ver uma coisa com a outra?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Just now, MRN said:

E será que o codeshare com a AA vai fazer ela segurar um pouco o crescimento no internacional ou não tem muito a ver uma coisa com a outra?

Pode ser. Além disso, ela deve se pautar pelos próximos passos das parcerias DL/Latam e UA /Azul. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Gol é limitada internacionalmente a América do Sul e Caribe e a situação de mercados-chaves (Argentina e Chile) não são das melhores. Além disso qual o peso das operações internacionais, em termos de paxs, de países como Paraguai, Bolívia e Suriname representa para a G3? Diria que pouco, tem mais importância em trazer receita em moeda estrangeira.

Não vejo o code-share com a AA como forma de melhorar isso. A American tem uma rede na América do Sul robusta e são poucos destinos que a Gol opera que a AA não serve, como o interior argentino. Para a AA interessa mais as conexões domésticas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 minutes ago, boulosandre said:

Acho que a Latam ultrapassa este ano e a Azul. Crescerá mais que as concorrentes. 

E impressionante que a Gol não decola no Internacional, com os mais baixos loads (não sei sobre os yields) e com recuo de share frente às outras duas. 

Em números absolutos a Latam cresceu mais que a Azul mas em % ficaram empatadas,tecnicamente.

Acho que com a chegada do E2, A320neo e 21 a Azul vai crescer muito acima das demais e esses números mudarão muito em 2020

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

1 hour ago, A345_Leadership said:

A Gol é limitada internacionalmente a América do Sul e Caribe e a situação de mercados-chaves (Argentina e Chile) não são das melhores. Além disso qual o peso das operações internacionais, em termos de paxs, de países como Paraguai, Bolívia e Suriname representa para a G3? Diria que pouco, tem mais importância em trazer receita em moeda estrangeira.

Não vejo o code-share com a AA como forma de melhorar isso. A American tem uma rede na América do Sul robusta e são poucos destinos que a Gol opera que a AA não serve, como o interior argentino. Para a AA interessa mais as conexões domésticas.

E a Gol teve o problema dos MAX também. Cobertor ficou curto e eles cancelaram os GIG-SCL/MVD. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se a LATAM continuar agressiva nas tarifas domésticas (atualmente a única low fare em voos domésticos) creio que fecha o ano com o primeiro lugar. AD pela capilaridade tem tudo para o segundo lugar. Só faltava tarifas melhores. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

A G3 só tem prejuízos e precisa aumentar o PRASK, não pode expandir muito, por isso a disciplina. Se as outras estão dispostas a queimar caixa porque estão + capitalizadas, fazer o que...é só dar corda.

Edited by TheJoker
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, TheJoker said:

A G3 só tem prejuízos e precisa aumentar o PRASK, não pode expandir muito, por isso a disciplina. Se as outras estão dispostas a queimar caixa porque estão + capitalizadas, fazer o que...é só dar corda.

Deveria fazer o caminho inverso, ou seja encolher pra arrumar a casa.

  • Thanks 1
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
59 minutes ago, BLUE - SBKP - said:

Deveria fazer o caminho inverso, ou seja encolher pra arrumar a casa.

Com a expansão do PIB acho que a Gol pode até manter a atual oferta, mas diminuir não acredito que seja preciso.

O que me assusta é a expansão agressiva da Azul em muitos mercados e o ingresso em rotas já dominadas por Gol e Latam, observando a evolução dos lucros e/ou retração.

Já a Latam é uma surpresa ver os resultados que irá colher com a expansão efetuada em 2019 e que,pelo visto , não continuará em 2020( nem doméstica nem internacional,dólar só subindo).

Vejo somente a Azul crescendo em Share 

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 hours ago, deiv said:

Se a LATAM continuar agressiva nas tarifas domésticas (atualmente a única low fare em voos domésticos) creio que fecha o ano com o primeiro lugar. AD pela capilaridade tem tudo para o segundo lugar. Só faltava tarifas melhores. 

Realmente eles estão agressivos no preço mas será que com as melhorias previstas no produto e serviço não optem por aumentar tb a tarifa média?

Share this post


Link to post
Share on other sites
27 minutes ago, MRN said:
Azul, companha liderada por acionista da TAP, teve isenções fiscais de 11 milhões em Portugal

Mas no Brasil, que isenção tributária estão pleiteando para Tap?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há muitas reclamações de pax qto aos voos GOL para EUA.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, SOUSA CPV said:

Há muitas reclamações de pax qto aos voos GOL para EUA.

Por qual razão são as reclamações?

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, Luckert said:

Por qual razão são as reclamações?

Aeronaves que tem de fazer escala, bagagens que não vem na mesma aeronave. Sabemos que os 738 da GOL não é adequado para voos aos EUA, esse voos foram programados para o MAX que ao meu ver também não é lá essas coisa frente aos concorrentes.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 05/02/2020 at 16:27, SOUSA CPV said:

Aeronaves que tem de fazer escala, bagagens que não vem na mesma aeronave. Sabemos que os 738 da GOL não é adequado para voos aos EUA, esse voos foram programados para o MAX que ao meu ver também não é lá essas coisa frente aos concorrentes.

Se for comparar com as cias que operam as mesmas rotas ela é infinitamente inferior - e com a parada em PUJ a situação é ainda pior. 

Nem os trips querem fazer os voos...

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se estivermos falando da rota BSB-MIA, a única outra empresa que faz a percurso é a AA, com aqueles 757 bem surrados, de 20 anos ou mais..

Não sei se mudaram, mas quando fiz o trecho sequer tinha entretenimento a bordo.

Fora o padrão de atendimento AA: um grande lixo.

Portanto, a Gol tem um produto similar ao da concorrência.

Edited by 2setão
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 hours ago, thgsr08 said:

Nem os trips querem fazer os voos...

Qual a fonte? Arial 15? 

  • Like 2
  • Haha 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 hours ago, thgsr08 said:

Se for comparar com as cias que operam as mesmas rotas ela é infinitamente inferior - e com a parada em PUJ a situação é ainda pior. 

Nem os trips querem fazer os voos...

Ué, porque não querem fazer? Não tem descanso mas tb a jornada não é muito maior que no voo direto, essa escala deve acrescentar no máximo 1h, correto?

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 04/02/2020 at 10:06, boulosandre said:

Acho que a Latam ultrapassa este ano e a Azul. Crescerá mais que as concorrentes. 

E impressionante que a Gol não decola no Internacional, com os mais baixos loads (não sei sobre os yields) e com recuo de share frente às outras duas. 

A Gol NUNCA vai decolar no Internacional por motivos de faltar avião e produto. A rasteira da Delta foi feia.

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutes ago, lucasjacobus said:

A Gol NUNCA vai decolar no Internacional por motivos de faltar avião e produto. A rasteira da Delta foi feia.

Mas ela só quer „ onde o 737Max for“ ela não quer wide, é outro foco, realmente a Delta deu uma rasteira na AA e por conseguinte na Gol, mas ela já se arrumou com outra parceira, vai muito bem assim!

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 hours ago, Luckert said:

Ué, porque não querem fazer? Não tem descanso mas tb a jornada não é muito maior que no voo direto, essa escala deve acrescentar no máximo 1h, correto?

Uai, eu não sei. Mas não querem. E isso ouvi de trip G3 e não foi de 1 só.... Nem os voos diretos eles gostam de fazer...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information