Jump to content
Sign in to follow this  
Luckert

Idosa que caiu em desembarque da Gol morre, e família pede indenização

Recommended Posts

'].join("")),c.creativeParameters.ad_container_id=b,c.creativeParameters.generate_ad_slot="true",null==c.displayConfigParameters&&(c.displayConfigParameters={}),c.displayConfigParameters.ad_container_id=b);c=a.a;b=c.renderingLibraryData;e=b.version;if(x(a,"HTML5")&&!("latest"==e||0<=C(e,"200_108"))&&(c=c.html5Features,!("Modernizr"in g)&&"array"==k(c)&&0

Share this post


Link to post
Share on other sites

Morre idosa que caiu durante desembarque da Gol em SP

Família processa a companhia e pede indenização

Pleno.News
13/02/2020 10h18
  
gol-aviao.jpg
Idosa faleceu após cair durante desembarque de avião Foto: Divulgação

A aposentada Lucy Abreu Campos, 87, que caiu da escada no momento do desembarque de um voo da Gol no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, morreu no último dia 27 em decorrência de complicações do acidente, que ocorreu em junho de 2019.

A família da aposentada e a Gol travam uma batalha judicial para que a companhia arque com os custos do tratamento de Lucy. A aérea foi forçada por decisão liminar da Justiça a pagar as despesas médicas, mas recorre da sentença. Nos autos, os advogados da Gol chegaram a afirmar que a família “tenta a todo custo enriquecer-se às custas” da empresa.

+ Filha de Milton Gonçalves pede preces e agradece apoio

+ Surfista Alex Botelho cai em onda gigante durante torneio

+ Companheiro de dupla, Netto pede orações por Henrique

Segundo o processo, ao comprar os bilhetes, a filha da idosa, Andrea Campos, contratou o serviço de acompanhamento da companhia para a passageira, na ida e na volta.

No último trecho da viagem, o serviço não teria sido prestado. No processo, a Gol afirma que a idosa não aguardou um funcionário para auxiliar no desembarque, o que teria sido a causa do acidente.

Ao sair da aeronave sem acompanhante e descer a escada móvel, Lucy perdeu o equilíbrio e caiu na pista, sofrendo traumatismo cranioencefálico e lesões no rosto e no corpo. A família alega negligência da empresa e pedem uma indenização por danos morais de R$ 200 mil.

A passageira foi socorrida pelo atendimento médico da Infraero e encaminhada para o Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro de Saboya, no Jabaquara, Zona Sul de São Paulo. Elaficou dois meses internada na UTI e depois transferida para dois hospitais particulares especializados.

– Ela oscilava muito, e o primeiro hospital não tinha a estrutura de laboratório de que ela precisava para fazer exames como ressonância. Por recomendação médica, ela foi transferida a um local com maior estrutura. Ficou um mês na UTI e morreu depois que decidimos fazer apenas cuidados paliativos – disse a filha da vítima.

*Folhapress

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

É complicado, muitas pessoas compram passagem para seus pais ou avós e solicitam acompanhamento. Mas os velinhos são teimosos e não aceitam esperar pelo acompanhante no desembarque.

Acreditem, diariamente passamos por isso, eles simplesmente levantam e vão embora, e vamos fazer o que? Não podemos segurá-los nem prendê-los porque são pessoas capazes de tomar suas decisões responder por si,  e se não fossem, não poderiam viajar desacompanhados de algum responsável.

 

Edited by Airbus-FA
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Airbus-FA said:

É complicado, muitas pessoas compram passagem para seus pais ou avós e solicitam acompanhamento. Mas os velinhos são teimosos e não aceitam esperar pelo acompanhante no desembarque.

Acreditem, diariamente passamos por isso, eles simplesmente levantam e vão embora, e vamos fazer o que? Não podemos segurá-los nem prendê-los porque são pessoas capazes de tomar suas decisões responder por si,  e se não fossem, não poderiam viajar desacompanhados de algum responsável.

 

Sim, isso é verdade, cair da escada com essa idade é complicado, mas será que não estava já com a saúde debilitada,afinal estava com idade acima da idade média do Brasil, não querendo ser advogado do diabo, mas impreterivelmente ela viria a óbito, difícil mensurar a origem quando se é tão idoso e frágil 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Luckert said:

Sim, isso é verdade, cair da escada com essa idade é complicado, mas será que não estava já com a saúde debilitada,afinal estava com idade acima da idade média do Brasil, não querendo ser advogado do diabo, mas impreterivelmente ela viria a óbito, difícil mensurar a origem quando se é tão idoso e frágil 

Só porque é "véa" é que está com a saúde ruim e com o pé no caixão? Isso é uma visão preconceituosa da terceira idade. Tem muitos idosos com a saúde de ferro na terceira idade, mas pela própria fisiologia corporal qualquer queda nessa idade na maior parte das vezes acaba matando. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Luckert said:

Sim, isso é verdade, cair da escada com essa idade é complicado, mas será que não estava já com a saúde debilitada,afinal estava com idade acima da idade média do Brasil, não querendo ser advogado do diabo, mas impreterivelmente ela viria a óbito, difícil mensurar a origem quando se é tão idoso e frágil 

Cara, pelo amor de Deus. Então a partir dos 80 é melhor enterrar logo, afinal, em breve morrerá.

É isso mesmo?

 

  • Like 2
  • Thanks 1
  • Haha 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 hours ago, Airbus-FA said:

É complicado, muitas pessoas compram passagem para seus pais ou avós e solicitam acompanhamento. Mas os velinhos são teimosos e não aceitam esperar pelo acompanhante no desembarque.

Acreditem, diariamente passamos por isso, eles simplesmente levantam e vão embora, e vamos fazer o que? Não podemos segurá-los nem prendê-los porque são pessoas capazes de tomar suas decisões responder por si,  e se não fossem, não poderiam viajar desacompanhados de algum responsável.

 

Tá com toda cara que foi isso que aconteceu nesse caso da Gol. Só a gente que tá na operação todo dia sabe como isso é comum. A gente simplesmente não tem como impedir. Deus sabe o quanto a gente tenta dissuadir eles da ideia de irem sozinhos, nem sempre surte efeito. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 minutes ago, CabinCrew said:

Tá com toda cara que foi isso que aconteceu nesse caso da Gol. Só a gente que tá na operação todo dia sabe como isso é comum. A gente simplesmente não tem como impedir. Deus sabe o quanto a gente tenta dissuadir eles da ideia de irem sozinhos, nem sempre surte efeito. 

Sim , pura verdade 

Share this post


Link to post
Share on other sites
23 minutes ago, 2setão said:

Cara, pelo amor de Deus. Então a partir dos 80 é melhor enterrar logo, afinal, em breve morrerá.

É isso mesmo?

 

Todos meus familiares no Brasil faleceram entre 75/80 anos, mas não faço das tuas as minhas palavras porque não disse isso.

 Apenas estou defendendo um meio termo, pessoas com 85/90 anos são mais frágeis e sim, são mais resistentes e pode ter caído porque não obedeceu a tripulação 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 hours ago, Airbus-FA said:

É complicado, muitas pessoas compram passagem para seus pais ou avós e solicitam acompanhamento. Mas os velinhos são teimosos e não aceitam esperar pelo acompanhante no desembarque.

Acreditem, diariamente passamos por isso, eles simplesmente levantam e vão embora, e vamos fazer o que? Não podemos segurá-los nem prendê-los porque são pessoas capazes de tomar suas decisões responder por si,  e se não fossem, não poderiam viajar desacompanhados de algum responsável.

 

E realmente uma questão muito difícil...

Sem entrar no mérito do caso concreto, pq não sabemos o que de fato aconteceu.

Mas, de um lado a empresa ao vender o serviço se responsabiliza pelo acompanhamento e de outro, uma situação  nada incomum ver um idoso impaciente em esperar o apoio do pessoal de terra e sair do avião por conta própria...criando aquela questao bem difícil de gerenciar.

Abraços

 

 

 

  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, PT-WRT said:

E realmente uma questão muito difícil...

Sem entrar no mérito do caso concreto, pq não sabemos o que de fato aconteceu.

Mas, de um lado a empresa ao vender o serviço se responsabiliza pelo acompanhamento e de outro, uma situação  nada incomum ver um idoso impaciente em esperar o apoio do pessoal de terra e sair do avião por conta própria...criando aquela questao bem difícil de gerenciar.

Abraços

 

 

 

Na verdade até onde eu sei o serviço de acompanhamento de idosos não é cobrado. Portanto a empresa não tem lucro, é uma cortesia. O acompanhamento de menores de idade esse sim é cobrado. E no caso dos menores a gente tem todo o poder e ainda mais, o dever de fazer a retenção deles a bordo até a chegada do funcionário que faz o acompanhamento. Mas no caso dos idosos é simplesmente impossível. Se ele quiser sair, não temos como impedir. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Garanto que se alguém da tripulação tivesse "segurado" ia ter levado xingamentos e talvez alguma nota da imprensa dos revoltadinhos de sempre pra denunciar o "absurdo" e o "preconceito" da companhia.

Tem horas que realmente "damned if you do damned if you don't"

 

Edited by raverbashing
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 hours ago, CabinCrew said:

Na verdade até onde eu sei o serviço de acompanhamento de idosos não é cobrado. Portanto a empresa não tem lucro, é uma cortesia. O acompanhamento de menores de idade esse sim é cobrado. E no caso dos menores a gente tem todo o poder e ainda mais, o dever de fazer a retenção deles a bordo até a chegada do funcionário que faz o acompanhamento. Mas no caso dos idosos é simplesmente impossível. Se ele quiser sair, não temos como impedir. 

Não importa se não é cobrado a parte, como a empresa oferece o serviço dentro do contrato de transporte, se responsabiliza pelo passageiro, de forma que só não tem que pagar a indenização se provar a culpa exclusiva da vítima.

De resto, concordo com você, não tem como impedir o idoso de sair, o que gera uma situação difícil e potencialmente perigosa 

Abraços

Edited by PT-WRT
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 hours ago, PT-WRT said:

Não importa se não é cobrado a parte, como a empresa oferece o serviço dentro do contrato de transporte, se responsabiliza pelo passageiro, de forma que só não tem que pagar a indenização se provar a culpa exclusiva da vítima.

De resto, concordo com você, não tem como impedir o idoso de sair, o que gera uma situação difícil e potencialmente perigosa 

Abraços

A empresa tem responsabilidade caso o idoso esteja acompanhado por alguém da companhia e sofra um acidente. Responsabilizar a companhia quando o idoso opta por ir embora sozinho está errado. 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutes ago, CabinCrew said:

A empresa tem responsabilidade caso o idoso esteja acompanhado por alguém da companhia e sofra um acidente. Responsabilizar a companhia quando o idoso opta por ir embora sozinho está errado. 

O idoso é considerado incapaz, fica na responsabilidade da empresa, ora, a empresa responde por ela 

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, Luckert said:

O idoso é considerado incapaz, fica na responsabilidade da empresa, ora, a empresa responde por ela 

Não é tão simples.

Se não me engano, alguém da área jurídica pode esclarecer, s a pessoa é considerada INCAPAZ ela tem que viajar acompanhada obrigatoriamente ou por cuidador ou por familiar.
Considerado INCAPAZ não é exclusivo de idosos, podem ser pessoas com qualquer tipo de disfunção que ela não tenha capacidade de locomover-se sozinha independente da idade.

Share this post


Link to post
Share on other sites
27 minutes ago, Bonotto said:

Não é tão simples.

Se não me engano, alguém da área jurídica pode esclarecer, s a pessoa é considerada INCAPAZ ela tem que viajar acompanhada obrigatoriamente ou por cuidador ou por familiar.
Considerado INCAPAZ não é exclusivo de idosos, podem ser pessoas com qualquer tipo de disfunção que ela não tenha capacidade de locomover-se sozinha independente da idade.

Ontem meu amigo, procurador e professor de direito comentou isso, um idoso com essa idade tem que ter o mesmo cuidado de uma criança, nesse sentido „incapaz „ .

Eu não mandaria minha vó viajar sozinha, ela até fala bastante português, mas contrataria acompanhamento, o que não foi o caso acima.

Ele disse que a empresa aérea assume toda responsabilidade se ela aceita a responsabilidade de transportar um idoso ou menor, mesmo não cobrando pelo serviço.

Ele não se referiu incapaz no sentido de não poder caminhar ou fazer necessidades, só no sentido de não discernir como outro adulto que sabe o perigo de descer uma escada sozinho.

O funcionário deveria ter brecado ela, ela não tinha condições de presumir o risco( não estou falando de demência nem nada disso, minha vó outro dia foi fazer poda numa árvore e não viu o perigo, por exemplo)

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, CabinCrew said:

A empresa tem responsabilidade caso o idoso esteja acompanhado por alguém da companhia e sofra um acidente. Responsabilizar a companhia quando o idoso opta por ir embora sozinho está errado. 

Quando o idoso opta por ir sozinho, mesmo apertado por um funcionário da empresa, configura a responsabilidade exclusiva da vítima que citei acima. O difícil é provar isso e a prova é da empresa.

4 hours ago, Bonotto said:

Não é tão simples.

Se não me engano, alguém da área jurídica pode esclarecer, s a pessoa é considerada INCAPAZ ela tem que viajar acompanhada obrigatoriamente ou por cuidador ou por familiar.
Considerado INCAPAZ não é exclusivo de idosos, podem ser pessoas com qualquer tipo de disfunção que ela não tenha capacidade de locomover-se sozinha independente da idade.

Exato, a única incapacidade legal e dos menores de idade. As outras incapacidades, depende de deficiências físicas ou mentais então precisam ser declaradas em juízo.

A empresa aérea não tem como saber se um maior de idade e incapaz ou não, de forma que depende da informação por parte do seu curador 

O que a empresa pode fazer e negar o embarque de passageiro cuja dificuldade de compreensão ou de locomoção, comprometam a sua segurança e a do voo.

Por isso que passageiros nestas condições devem estar acompanhados e encaminhar o MEDIF no prazo adequado.

3 hours ago, Luckert said:

Ontem meu amigo, procurador e professor de direito comentou isso, um idoso com essa idade tem que ter o mesmo cuidado de uma criança, nesse sentido „incapaz „ .

Eu não mandaria minha vó viajar sozinha, ela até fala bastante português, mas contrataria acompanhamento, o que não foi o caso acima.

Ele disse que a empresa aérea assume toda responsabilidade se ela aceita a responsabilidade de transportar um idoso ou menor, mesmo não cobrando pelo serviço.

Ele não se referiu incapaz no sentido de não poder caminhar ou fazer necessidades, só no sentido de não discernir como outro adulto que sabe o perigo de descer uma escada sozinho.

O funcionário deveria ter brecado ela, ela não tinha condições de presumir o risco( não estou falando de demência nem nada disso, minha vó outro dia foi fazer poda numa árvore e não viu o perigo, por exemplo)

Discordo, a tripulação não tem o poder legal de deter uma pessoa capaz e que não esteja cometendo um ato ilegal.

O que ela pode fazer e o contrário, desembarcar alguém que não tem condições físicas ou mentais de prosseguir no vôo.

A responsabilidade da empresa se encerra quando o idoso(ou qualquer um)descumpre a solicitação do funcionário mesmo alertado dos riscos.

 

Abracos

Share this post


Link to post
Share on other sites
50 minutes ago, PT-WRT said:

Quando o idoso opta por ir sozinho, mesmo apertado por um funcionário da empresa, configura a responsabilidade exclusiva da vítima que citei acima. O difícil é provar isso e a prova é da empresa.

Exato, a única incapacidade legal e dos menores de idade. As outras incapacidades, depende de deficiências físicas ou mentais então precisam ser declaradas em juízo.

A empresa aérea não tem como saber se um maior de idade e incapaz ou não, de forma que depende da informação por parte do seu curador 

O que a empresa pode fazer e negar o embarque de passageiro cuja dificuldade de compreensão ou de locomoção, comprometam a sua segurança e a do voo.

Por isso que passageiros nestas condições devem estar acompanhados e encaminhar o MEDIF no prazo adequado.

Discordo, a tripulação não tem o poder legal de deter uma pessoa capaz e que não esteja cometendo um ato ilegal.

O que ela pode fazer e o contrário, desembarcar alguém que não tem condições físicas ou mentais de prosseguir no vôo.

A responsabilidade da empresa se encerra quando o idoso(ou qualquer um)descumpre a solicitação do funcionário mesmo alertado dos riscos.

 

Abracos

Sim, é o que eu sempre soube , mas compartilhei aqui o que um professor de direito, vários livros publicados e procurador da fazenda vê do ponto de vista jurídico de uma situação no meio aeronáutico

Share this post


Link to post
Share on other sites
40 minutes ago, Luckert said:

Sim, é o que eu sempre soube , mas compartilhei aqui o que um professor de direito, vários livros publicados e procurador da fazenda vê do ponto de vista jurídico de uma situação no meio aeronáutico

Obrigado por compartilhar, quanto mais opiniões melhor!

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, PT-WRT said:

Obrigado por compartilhar, quanto mais opiniões melhor!

Eu achei interessante porque eles ,do meio jurídico, tem outra visão da nossa, que está ligada com temas da aviação 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Infelizmente não é o primeiro caso. Houve outro, com proporções semelhantes (ainda que não tenha acarretado em óbito) envolvendo a Avianca Brasil no Aeroporto de Congonhas, em 2017. 

Conforme relatório final: http://sistema.cenipa.aer.mil.br/cenipa/paginas/relatorios/rf/pt/PR-ONI_21_03_2017-INC..pdf
 

 

  • Like 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information