Jump to content
Sign in to follow this  
Luckert

Latam registra dívida de US$ 8,91 bilhões, alta de 2,2% em 2019

Recommended Posts

Latam registra dívida de US$ 8,91 bilhões, alta de 2,2% em 2019

Arthur Oliveira Arthur Oliveira
18 horas atrás
Latam registra dívida líquida de US$ 8,91 bilhões, alta de 2,2% em 2019

Latam registra dívida líquida de US$ 8,91 bilhões, alta de 2,2% em 2019

 
 
 
 

O Grupo Latam Airlines registrou uma dívida liquida US$ 8,91 bilhões. O montante representa um aumento de 2,2% em relação ao resultado no final do ano passado.

O nível de endividamento da Latam chega a 4 vezes mais o valor do lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês). No ano de 2019, o índice foi 3,9 vezes o valor.

No resultado do quarto trimestre da empresa de linhas aéreas a dívida líquida atingiu R$ 7,2 bilhões, o que representa uma baixa de 3,9% em relação ao semestre anterior. No mesma comparação, o nível de alavancagem da Latam caiu caiu de 4,2 vezes para 4 vezes o Ebitda.

A companhia resgatou US$ 262 milhões restantes do valor da principal das notas em circulação não garantidas Latam 2020, no último trimestre de 2019. A medida representa a redução de dos vencimentos da dívida de 2020 para cerca de US$ 1 bilhão. O saldo de caixa e equivalentes de caixa ficou em US$ 1,46 bilhão, valor 3,9% maior.

Latam faz acordos para reduzir endividamento

A companhia aérea vem tentando diminuir o nível de endividamento desde a fusão dos portfólios das empresas chilena LAN e da brasileira TAM. Para isso, ela apresentou alguns projetos para reduzir o valor da dívida.

Nesse processo, a Latam fechou um acordo com a Delta Air Lines. A companhia americana adquiriu 20% da companhia por US$ 1,9 bilhão. Em troca, a empresa se comprometeu a assumir o pagamento de 14 aeronaves da Airbus 350 da Latam, com custo de US$ 2 bilhões. A Delta também assumiu a responsabilidade de arcar com os custos da implementação da parceria.

1d128480-banner_valuationminicurso.png

No mesmo caminho, os núcleos da Latam na Colômbia, no Peru e no Equador fecharam acordos compartilhamentos de viagens aéreas. Ainda aguardando regulações, a subsidiária brasileira comunicou que começará a operar ainda neste semestre. É esperado que a sede chilena anuncie a medida ainda neste semestre.

Em outro projeto, a Latam decidiu deixar a Oneworld no início de maio deste ano. A empresa começará a fazer acordos bilaterais com os membros do grupo. A Oneworld reuni entre as principais companhias:

  • British Airways;
  • Cathay Pacific;
  • Finnair;
  • Iberia;
  • Japan Airlines;
  • Malaysia Airlines;
  • Qantas;
  • Qatar Airways;
  • Royal Jordanian;
  • S7 Airlines;
  • SriLankan Airlines.

Fonte:https://www.sunoresearch.com.br/noticias/latam-divida-liquida-alta/amp/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade