Jump to content
Sign in to follow this  
PT-KTR

Azul cancela 50% de seus voos domésticos e internacionais e corta salários de executivos

Recommended Posts

Me surpreendi por RAO estar fora da lista, visto o número de voos diários...

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

9 minutes ago, thor.rao said:

Me surpreendi por RAO estar fora da lista, visto o número de voos diários...

GRU está fora, imagine RAO.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

^^

Caramba, GRU tá fora! Surpreso com essa!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tefé deve ter sido de úlitma hora. Azul saindo de muitas cidades grande, deve deixar uma aeronave baseada em Manaus.

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 minutes ago, Kripuna said:

Tefé deve ter sido de úlitma hora. Azul saindo de muitas cidades grande, deve deixar uma aeronave baseada em Manaus.

Surpreendi a permanência de TFF e TBT.

 

Alguém aqui disse que os voos para TBT estavam lotados. Pessoal indo embora mesmo daqui da capital.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tefé e Tabatinga estão saindo abarrotados porque são cidades que estão sem atendimento fluvial.Situação dramática hoje é de Urucu e Parintins que estão isolados com a paralisação da MAP.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Kripuna said:

Tefé e Tabatinga estão saindo abarrotados porque são cidades que estão sem atendimento fluvial.Situação dramática hoje é de Urucu e Parintins que estão isolados com a paralisação da MAP.

Urucu continua por causa da Petrobras é a unica atividade da MAP.

Quanto a TFF e TBT em detrimento a outras é só olhar no mapa e entender rs... o transporte aéreo é essencial na amazonia!

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, Kripuna said:

Tefé e Tabatinga estão saindo abarrotados porque são cidades que estão sem atendimento fluvial.Situação dramática hoje é de Urucu e Parintins que estão isolados com a paralisação da MAP.

São Gabriel da Cachoeira também, que era atendida pela MAP.

 

Além disso, só balsas com carga estão subindo o Rio Negro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, teiacontabil said:

Floripa está duas vezes. Alguém ficou de fora.

 

Curitiba

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 18/03/2020 at 12:01, MRN said:

David na CNN Brasil. Disse que a Azul tem caixa suficiente pra aguentar muito tempo... 

Disse que as pessoas que estão morrendo são "velhos e doentes" e iriam morrer esse ano mesmo...falou em fatos e  dados, mais ou menos na linha de pensamento do PT-KTR...

Ele fez isso apenas para acalmar o mercado. O que eles querem mesmo é a preservação do caixa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acredito que a Azul deva manter o mínimo possível de vôos. Está mudando toda hora tudo. As informações mudam demais. Em duas horas muda tudo. Uma pena porque a empresa estava bombando é isso vai atrasar tudo em mais de 1 ano. No mínimo.  Os EUA o governo disponibilizou U$50 bilhões para as empresas aéreas. Aqui foi só o não pagamento de FGTS, devolução de valor de passagem por 12 meses e poucas isenções de taxas aeroportuárias. Dependendo do tempo que durará esse corona vírus, as empresas não aguentam. Não é só a aviação, são todos os setores. 
Sem contar que a nossa recência de vôo é de 90 dias. Após isso, tem de fazer simulador, o que encarece os custos. 
Caso o confinamento continue, é previsto até mesmo a parada quase que total da empresa. Lockdown.
A situação é bem complexa.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Spruce Goose said:

Acredito que a Azul deva manter o mínimo possível de vôos. Está mudando toda hora tudo. As informações mudam demais. Em duas horas muda tudo. Uma pena porque a empresa estava bombando é isso vai atrasar tudo em mais de 1 ano. No mínimo.  Os EUA o governo disponibilizou U$50 bilhões para as empresas aéreas. Aqui foi só o não pagamento de FGTS, devolução de valor de passagem por 12 meses e poucas isenções de taxas aeroportuárias. Dependendo do tempo que durará esse corona vírus, as empresas não aguentam. Não é só a aviação, são todos os setores. 
Sem contar que a nossa recência de vôo é de 90 dias. Após isso, tem de fazer simulador, o que encarece os custos. 
Caso o confinamento continue, é previsto até mesmo a parada quase que total da empresa. Lockdown.
A situação é bem complexa.

Paulo Guedes em relação à aviação tá que nem leitão indo para abate, olha pros lados, pra frente, fica soando frio, mais sabe que vai ser degolado.

É impressionante o amadorismo deles sobre várias questões na Economia, na hora de congregar, desagregar, isso sem contar na falta de Comando do patrão dele. Liberem logo o FGTS, um plano de socorro ao setor, abatimento de impostos e incentivo ao QAV/JetA1, só lembrando que somos capazes de produção 100% nacional e estamos importando parte do Tio Sam. Cadê ABEAR, SNEA, Sindicatos?

Precisamos de lideranças fortes, será que vamos acordar quando uma das 3 for à bancarrota?

 

  • Like 2
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 hours ago, flightFernando said:

Paulo Guedes em relação à aviação tá que nem leitão indo para abate, olha pros lados, pra frente, fica soando frio, mais sabe que vai ser degolado.

É impressionante o amadorismo deles sobre várias questões na Economia, na hora de congregar, desagregar, isso sem contar na falta de Comando do patrão dele. Liberem logo o FGTS, um plano de socorro ao setor, abatimento de impostos e incentivo ao QAV/JetA1, só lembrando que somos capazes de produção 100% nacional e estamos importando parte do Tio Sam. Cadê ABEAR, SNEA, Sindicatos?

Precisamos de lideranças fortes, será que vamos acordar quando uma das 3 for à bancarrota?

 

A questão é que não é só o setor afetado.

Existe um numeroso grupo de pessoas na informalidade ou com atividades extremamente voláteis nesse momento, além de milhares de pequenos negócios com um caixa para uma ou duas semanas. Do outro, companhias aéreas que apesar da situação delicada possuem caixas bilionários (que sabemos que não vão durar muito tempo, mas dão margem de negociação). É notável que nem pra um nem pra outro o governo quer abrir o bolso, porém ambos convivem em um mesmo mercado que será duramente abatido após a crise.

Historicamente o governo brasileiro nunca foi de abrir a mão para empresas aéreas, no máximo deu alguns empréstimos via BB e BNDES para a Varig em momentos críticos, mas fora isso não dá pra esperar nada dele. Prudente são as ações que as companhias estão adotando, colocando aviões no chão para eliminar custos variáveis, negociando LNRs com funcionários e segundo o Richard Lark, da Gol, estão negociando a postergação do pagamento do leasing das aeronaves por três meses.

Concordo sim que falte liderança e atitude forte nesse momento, mas sabemos das limitações do país e acho que entre salvar a aviação, que necessita de vultuosos bilhões, ou as pequenas e médias empresas, possivelmente SE o governo fizer algo, vai ser para salvar a segunda opção.

  • Like 2
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Precisamos por comida na mesa de milhões de autônomos e empregados que aderiram a LNR várias, sabendo que estamos ainda na borda do poço. Projeções de PIB 2020 a - 10%, o setor de turismo e serviços em shutdown, a coisa vai piorar e muito se o Gov. Federal não intervir.

Mas conhecendo Bolso e Paulo Guedes, não injetarão dinheiro diretamente nas cias aéreas, vão ser fiadores de outras coisas (QAV, Leasing, etc). Setor deve retornar a patamares de 1985 até o fim de Maio e não retornará de uma vez, visto que 99% das empresas suspenderam viagens a trabalho. Setor ficará dependente da logística governamental.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 hours ago, flightFernando said:

Paulo Guedes em relação à aviação tá que nem leitão indo para abate, olha pros lados, pra frente, fica soando frio, mais sabe que vai ser degolado.

É impressionante o amadorismo deles sobre várias questões na Economia, na hora de congregar, desagregar, isso sem contar na falta de Comando do patrão dele. Liberem logo o FGTS, um plano de socorro ao setor, abatimento de impostos e incentivo ao QAV/JetA1, só lembrando que somos capazes de produção 100% nacional e estamos importando parte do Tio Sam. Cadê ABEAR, SNEA, Sindicatos?

Precisamos de lideranças fortes, será que vamos acordar quando uma das 3 for à bancarrota?

 

Fernandinho, nem culpo muito o Paulo Guedes, porque com a economia do jeito que tá, ele nem pode fazer muita coisa, e todo mundo ficando em casa, vai ser muito pior... Concordo que o FGTS ele podia liberar, pra dá um respiro a quem tá ou vai ficar sem salário.

Acho que ele não vai fazer mais do que tá anunciado para as companhias aéreas, parece que mexer no QAV é coisa do outro mundo... 

Falando em Tio Sam, um país rico pode "administrar" melhor uma crise desse tamanho, como já foi anunciado ontem, U$ 2 tri (isso é mais do que o PIB do Brasil ano passado)

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Kripuna said:

Precisamos por comida na mesa de milhões de autônomos e empregados que aderiram a LNR várias, sabendo que estamos ainda na borda do poço. Projeções de PIB 2020 a - 10%, o setor de turismo e serviços em shutdown, a coisa vai piorar e muito se o Gov. Federal não intervir.

Mas conhecendo Bolso e Paulo Guedes, não injetarão dinheiro diretamente nas cias aéreas, vão ser fiadores de outras coisas (QAV, Leasing, etc). Setor deve retornar a patamares de 1985 até o fim de Maio e não retornará de uma vez, visto que 99% das empresas suspenderam viagens a trabalho. Setor ficará dependente da logística governamental.

Concordo em quase tudo, só acho que não vão intervir nem em QAV nem em leasing, infelizmente

Aproveitando, o site tá instável ou é impressão minha?

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 26/03/2020 at 10:46, MRN said:

Concordo em quase tudo, só acho que não vão intervir nem em QAV nem em leasing, infelizmenteAproveitando, o site tá instável ou é impressão minha?

On 26/03/2020 at 09:40, x-varigvinny said:

A questão é que não é só o setor afetado.

Existe um numeroso grupo de pessoas na informalidade ou com atividades extremamente voláteis nesse momento, além de milhares de pequenos negócios com um caixa para uma ou duas semanas. Do outro, companhias aéreas que apesar da situação delicada possuem caixas bilionários (que sabemos que não vão durar muito tempo, mas dão margem de negociação). É notável que nem pra um nem pra outro o governo quer abrir o bolso, porém ambos convivem em um mesmo mercado que será duramente abatido após a crise.

Historicamente o governo brasileiro nunca foi de abrir a mão para empresas aéreas, no máximo deu alguns empréstimos via BB e BNDES para a Varig em momentos críticos, mas fora isso não dá pra esperar nada dele. Prudente são as ações que as companhias estão adotando, colocando aviões no chão para eliminar custos variáveis, negociando LNRs com funcionários e segundo o Richard Lark, da Gol, estão negociando a postergação do pagamento do leasing das aeronaves por três meses.

Concordo sim que falte liderança e atitude forte nesse momento, mas sabemos das limitações do país e acho que entre salvar a aviação, que necessita de vultuosos bilhões, ou as pequenas e médias empresas, possivelmente SE o governo fizer algo, vai ser para salvar a segunda opção.

Sem dúvida! Em primeiro lugar a saúde(imprescindível), depois os pequenos negócios/MEIs (maiores empregadores)...As empresas aéreas fazem o que podem dentro das suas esferas, más o Institucional (relações com governo) é que está deixando a desejar, e bem dito, caixa escorrendo não é pra sempre, hora ou outra quando alguém importante entrar na UTI, o Planalto vai acordar.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 26/03/2020 at 03:32, flightFernando said:

Paulo Guedes em relação à aviação tá que nem leitão indo para abate, olha pros lados, pra frente, fica soando frio, mais sabe que vai ser degolado.

É impressionante o amadorismo deles sobre várias questões na Economia, na hora de congregar, desagregar, isso sem contar na falta de Comando do patrão dele. Liberem logo o FGTS, um plano de socorro ao setor, abatimento de impostos e incentivo ao QAV/JetA1, só lembrando que somos capazes de produção 100% nacional e estamos importando parte do Tio Sam. Cadê ABEAR, SNEA, Sindicatos?

Precisamos de lideranças fortes, será que vamos acordar quando uma das 3 for à bancarrota?

 

Não houve nenhum pio do PG ou do PR ano passado na bancarrota da oxané. Tenho a leve impressão de que não existe interesse algum do governo em relação à ajuda as 3 remanescentes.

  • Haha 1
  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, deiv said:

Não houve nenhum pio do PG ou do PR ano passado na bancarrota da oxané. Tenho a leve impressão de que não existe interesse algum do governo em relação à ajuda as 3 remanescentes.

Por qual motivo o governo faria qualquer coisa em relação à Oceanair? O mercado estava em pleno crescimento, dolar em patamares normais, não havia um vírus que repentinamente destruiu a demanda por voos...

A Oceanair faliu por incompetência própria. Era uma empresa privada. Não fazia qualquer sentido o governo intervir de nenhuma forma. O mercado absorveu rapidamente a ausência dela. Por mais que menos concorrência seja pior para os consumidores, pior ainda seria usar dinheiro dos nossos impostos pra salvar uma empresa privada.

Acho muito improvável que o Governo Brasileiro faça qualquer injeção de capital em qualquer cia aérea que seja na atual crise. O que devemos ver é um pacote de isenções/benefícios que permita às empresas se reerguerem.

E antes que falem que o PG não está fazendo nada, foram anunciadas diversas medidas pelo Governo Federal para auxiliar a economia nacional, resultando em quase 700 bilhões de reais.

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, deiv said:

Não houve nenhum pio do PG ou do PR ano passado na bancarrota da oxané. Tenho a leve impressão de que não existe interesse algum do governo em relação à ajuda as 3 remanescentes.

Situação completamente distinta da de agora.

Se houver (e creio que vai) alguma intervenção pública no setor aéreo por agora, mais que justifica se.

No caso citado, não havia a menor razão. A empresa fechou por incompetência da gestão,simples assim.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
5 hours ago, deiv said:

Não houve nenhum pio do PG ou do PR ano passado na bancarrota da oxané. Tenho a leve impressão de que não existe interesse algum do governo em relação à ajuda as 3 remanescentes.

:rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol::rotflol:

O nome disso é gestão correta dos recursos públicos! A referida maldita empresa faliu por INCOMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA! Ou em bom português burrice e picaretagem de seus proprietários.

Edited by PT-KTR
  • Like 6
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 hours ago, deiv said:

Não houve nenhum pio do PG ou do PR ano passado na bancarrota da oxané. Tenho a leve impressão de que não existe interesse algum do governo em relação à ajuda as 3 remanescentes.

deiv, não sei se você trabalhou na Ocean Air ou é só um admirador, mas eu trabalhei na manutenção da empresa de jul/11 até ago/14, em duas bases diferentes, e te digo, nenhuma empresa quebra da noite pro dia, a não ser que seja MUITO MAL gerida, ou esteja sendo roubada, ou esteja passando por uma crise como esta que estamos passando. Deixou muitos colaboradores sem os pagamentos que eles deveriam ter recebido, e se você tá nessa situação, não deveria defender tanto ela como você faz. Se não está, não deveria defender também, em consideração aos colegas que ficaram na #####. Pensa um pouco...

  • Like 1
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, MRN said:

deiv, não sei se você trabalhou na Ocean Air ou é só um admirador, mas eu trabalhei na manutenção da empresa de jul/11 até ago/14, em duas bases diferentes, e te digo, nenhuma empresa quebra da noite pro dia, a não ser que seja MUITO MAL gerida, ou esteja sendo roubada, ou esteja passando por uma crise como esta que estamos passando. Deixou muitos colaboradores sem os pagamentos que eles deveriam ter recebido, e se você tá nessa situação, não deveria defender tanto ela como você faz. Se não está, não deveria defender também, em consideração aos colegas que ficaram na #####. Pensa um pouco...

Não adianta.... 20 anos de vida é experiência demais pra contrariar 

  • Like 2
  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
34 minutes ago, MRN said:

deiv, não sei se você trabalhou na Ocean Air ou é só um admirador, mas eu trabalhei na manutenção da empresa de jul/11 até ago/14, em duas bases diferentes, e te digo, nenhuma empresa quebra da noite pro dia, a não ser que seja MUITO MAL gerida, ou esteja sendo roubada, ou esteja passando por uma crise como esta que estamos passando. Deixou muitos colaboradores sem os pagamentos que eles deveriam ter recebido, e se você tá nessa situação, não deveria defender tanto ela como você faz. Se não está, não deveria defender também, em consideração aos colegas que ficaram na #####. Pensa um pouco...

É um mero admirador, que deve ter voado uma vez, ganho um copo extra de suco do comissário e achou o lanche quente a oitava maravilha do planeta e aí esquece que uma empresa é muito além do serviço visto pelo cliente. Aí no voo de volta, parece que a GOL não o mimou e pronto, nasceu o fanatismo pela maldito nome importado de outro país e o ódio desenfreado pela laranja.

A OceanAir Linhas Aéreas sempre foi uma empresa desorganizada, com muitos chefes imprestáveis, na manutenção então, nossa rs, voce pegou a fase boa, não foi do time do rato branco e do chapeador que comprou INSS lá ao redor de 2004-2008. Uma empresa com desperdício de recursos financeiros imensos, vários ralos, com um dono impulsivo - a ponto do irmão tomar a frente para tentar salvar a parada - pautada em milagres de gestores oriundos de outras empresas com a receita de bolo mágica, vide o cara da BRA, W.Jr que desviou toda malha para BSB (ainda que tenha tido efeito lógico posterior) apenas para se beneficiar de um contrato, ou o variguiano da época do 767 que assumiu a presidência. No fim das contas a empresa teve algum norte com o Gargioni, que pasmem veio da empresa mais odiada do nosso bobalhão Deivzão... 

O que fica explícito nessa aventura desastrosa chamada OceanAir ou como queiram Avianca, é que quando se viu a possibilidade de organizar casa, faltou ao German o talento do David de vender um sonho, meter um IPO e fazer a festa de quem acreditou (investidores) e aí alguem fechou a torneira e a casa que não era arrumada e tampouco produzia dividendos, caiu verticalmente. Mas errado foram os lessores e a Airbus que não tiveram "pena" da empresa. Os negócios dos Efromovichs sempre foram estruturados unicamente em oportunidades de ocasião, sem nenhum planejamento.

  • Like 1
  • Thanks 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade