Jump to content
Mastercaptain

Para sair da crise, Latam prevê redução da operação em 30% e demissão de cerca de 700 pilotos no Brasil

Recommended Posts

Viu viajar na maionese...

 

Hoje não sairia mais barato pros chilenos deixar a Latam Brasil sangrar e eventualmente vender para a Azul. Depois manter a presença no Brasil com o codeshare?

 Amarrando um cenário win-win para ambos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Melhorando a situação, o grupo Latam-Delta depois poderia lançar uma low-cost por aqui. 

Pode ser que esteja falando M, mas com o clima da empresa e todos os problemas financeiros, talvez não seria melhor perder menos agora para ganhar no futuro?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas será que algum investidor teria R$ 10 bi pra entrar nessa? A azul tem? Esse é o problema

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutes ago, Antonio (CENI) said:

Melhorando a situação, o grupo Latam-Delta depois poderia lançar uma low-cost por aqui. 

Pode ser que esteja falando M, mas com o clima da empresa e todos os problemas financeiros, talvez não seria melhor perder menos agora para ganhar no futuro?

 

Nenhuma empresa Americana encara abrir qualquer coisa (low cost, low fare) aqui no Brasil. Já foi falado por aqui, combustível mais caro do mundo, setor mais judicializado do mundo, leis trabalhistas... É coisa pra maluco.

Na live que o Panda fez com o advogado Ricardo Fenelon, ele citou algumas coisas sobre isso. Falou até o caso de um passageiro que comprava passagem da Azul e embarcava no portão errado propositadamente, pra depois entrar na justiça. Virou meio de vida do cara...

  • Like 2
  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 minutes ago, MRN said:

Nenhuma empresa Americana encara abrir qualquer coisa (low cost, low fare) aqui no Brasil. Já foi falado por aqui, combustível mais caro do mundo, setor mais judicializado do mundo, leis trabalhistas... É coisa pra maluco.

Na live que o Panda fez com o advogado Ricardo Fenelon, ele citou algumas coisas sobre isso. Falou até o caso de um passageiro que comprava passagem da Azul e embarcava no portão errado propositadamente, pra depois entrar na justiça. Virou meio de vida do cara...

Mais barato é deixar quebrar e assumir as rotas. Como foi feito antes. Funciona por uns 20 anos e quebra.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Precisa nem funcionar por 20 anos não... olha só como foi feita a compra da Varig pela GOL... 

Separa a coisa boa da ruim, dá o nome de Flex pra ruim, vende a parte boa...

Funcionário que se vire pra cobrar da parte ruim seus direitos legais.

E a parte boa, comprada, contrata quem tem que contratar pelo mesmo salário que ela já paga... 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em primeiro lugar, minha solidariedade a todos que estejam passando por toda essa dificuldade nesse momento!

Com esse acordo de codeshare, não seria de se imaginar a TAM passando a parte boa para a Azul, que assumiria com seus custos menores, após algum tipo de acordo societário entre as duas? Tipo, por exemplo, repassa o slot de LHR, sai da rota que é assumida pela Azul. E vai deixando a parte da JJ minguando até ser abandonada?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito se fala em deixar morrer, deixar sangrar, deixar minguar, mas a minha questão é: Por que faria isso com uma empresa que era lucrativa até essa pandemia começar?



 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sai mais barato fazer fusão operacional (code-share, pool de peças, compras conjuntas) do que unir. Afinal a Azul estaria disposta a aumentar os salários e equalizar com a da LATAM ou então vai aceitar duas remunerações?

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, A350XWB said:

Muito se fala em deixar morrer, deixar sangrar, deixar minguar, mas a minha questão é: Por que faria isso com uma empresa que era lucrativa até essa pandemia começar?



 

 Li aqui no FCR que divida era de 13bi

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutes ago, EXPAT ASIA said:

 Li aqui no FCR que divida era de 13bi

 

 

Tá. Mais estranho ainda.

Já era lucrativa com esse endividamento alto, entrou num C11 podendo exatamente diminuir esse endividamento e aumentar margens/eficiência e vai largar a filial pra morrer depois?

Repito, não faz sentido. Você leva seu filho doente com bom prognóstico pra fazer um tratamento médico pra assassinar ele assim que o tratamento acabar?!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, PR-FHI said:

spacer.png

A diferença entre alguns analistas e vários membros do fórum, é que a gente é trouxa e damos opinião e criamos teorias e cenários de graça.

  • Like 3
  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos respeitar a opinião dos "trouxas", @Eric Breno

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
2 minutes ago, MRN said:

Vamos respeitar a opinião dos "trouxas", @Eric Breno

Eu respeito... o que eu quis dizer é que a diferença entre alguns analistas e nós, membros deste fórum, é que a gente dá as nossas opiniões de graça, e muitas vezes embasadas em dados reais, como sempre o TheJoker e outros fazem. Os analistas fazem a mesma coisa, embasados em menos dados, muitas vezes viajando na maionese e ainda ganham pra isso. Mas enfim...

Edited by Eric Breno
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

OK, mas eu entendi que você falou "vários membros do fórum", e não todos. Entendi que se referiu a quem comentou como sendo trouxa. Se entendi errado, peço desculpas... :bandeirabranca:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
1 minute ago, MRN said:

OK, mas eu entendi que você falou "vários membros do fórum", e não todos. Entendi que se referiu a quem comentou como sendo trouxa. Se entendi errado, peço desculpas... :bandeirabranca:

Não, de forma alguma! O pessoal daqui é fera, tanto que eu leio muito mais que falo justamente pra aprender mais. Mas tá tranquilo, não precisa se desculpar por isso. 

Edited by Eric Breno

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, A350XWB said:

Tá. Mais estranho ainda.

Já era lucrativa com esse endividamento alto, entrou num C11 podendo exatamente diminuir esse endividamento e aumentar margens/eficiência e vai largar a filial pra morrer depois?

Repito, não faz sentido. Você leva seu filho doente com bom prognóstico pra fazer um tratamento médico pra assassinar ele assim que o tratamento acabar?!

Pois é... Empresa sem divida não vai a falência.Mas enquanto à  empresa eficiente? 

Share this post


Link to post
Share on other sites

A LATAM Brasil não tem tantas dividas, pois a holding é que assumiu isto, a grosso modo.

Pode dar uma percepção de empresa saudável, mas tem que analisar de forma ampla.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O cask da Azul não é maior?

Share this post


Link to post
Share on other sites
35 minutes ago, Airbus-FA said:

O cask da Azul não é maior?

Sim

Share this post


Link to post
Share on other sites
36 minutes ago, Airbus-FA said:

O cask da Azul não é maior?

Sim, mas ela consegue receitas maiores e ela se gaba de ter 70% de rotas sem concorrentes.

Voltando ao relatório do Bradesco, fiquei surpreso que a Avianca Holdings vale apenas U$$ 40 milhões, junk!

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 19/07/2020 at 16:55, A350XWB said:

Os ventos indicam que a categoria vai rejeitar a proposta logo de cara, sem essa de aceitar o temporário vinculado a uma aprovação do permanente.

E nada tira da minha cabeça que se toda a tática de achaque da empresa fracassar, eles demitem todo esse ‘excedente’,  recontratem lá na frente com a nova remuneração e ainda digam cinicamente  que foram  “surpreendidos com a reação da demanda”. Enfim, conspirações. Não sei se é legalmente possível mas é a cara da Latam, até pelo retrospecto da gestão de RH. 

Sob o mesmo CNPJ, impossível. A lei brasileira não aceita redução salarial. Para isso tem de ser como estão tentando fazer agora, através de uma ACT. De nada adianta eles demitirem e recontratar depois. Teria de ser sob o mesmo salário.

Share this post


Link to post
Share on other sites

  Tripulantes da TAM negaram-se hoje em negociar mudança permanente no modelo de pagamento. A TAM exige de maneira atabalhoada que a categoria esteja disposta a negociar uma alteração permanente, reduzindo o salário, demonstrando inépcia na condução deste processo. Atolada em dívidas sufocantes enquanto seu time esta a beira de um ataque de nervos,vemos a mesma em in” limine mortis”.

  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Público: todos os tripulantes técnicos e tripulantes de cabine da LATAM Brasil 

NEGOCIAÇÃO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO

Prezados (as) Tripulantes, 


Após a confirmação do resultado da assembleia conduzida pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), no qual o nosso grupo de voo não aceitou negociar a proposta futura de alteração do modelo de remuneração, *informamos que, infelizmente, daremos início ao processo de redução do nosso quadro de tripulantes.*


Desde maio deste ano – período em que vimos que a pandemia impactaria a longo prazo o nosso negócio - iniciamos um processo de diálogo com o nosso time, realizando 51 encontros com 1.296 tripulantes que participaram dessas conversas. Em paralelo, tivemos seis (6) reuniões com o SNA, apresentando os cenários atuais e futuros com os impactos sobre a LATAM, com propostas de acordos que refletissem uma redução temporária de jornada e salários, além de um novo modelo de remuneração que permitiria um alinhamento de práticas salariais comparado aos competidores locais.


Apesar de todos os esforços para manter informados os nossos tripulantes sobre os efeitos operacionais, comerciais e financeiros, além do processo de entrada no Capítulo 11 da lei americana, a decisão do grupo nas assembleias, *conduzidas pelo SNA, não foi sequer de abrir o diálogo para discussão da proposta de um novo modelo de remuneração, a fim de que empresa e colaboradores pudessem convergir em um entendimento mínimo,* o qual, ainda, deveria ser deliberado em assembleia para decisão final.


Vale lembrar que, desde o início, buscamos soluções que atendam a LATAM. Exemplo disso, é que o nosso modelo atual de remuneração, pago em quilômetros e com verbas que carregamos historicamente, faz com que tenhamos menos flexibilidade e competitividade, tanto é verdade que nos anos de 2013 e 2016 tivemos saídas massivas, diferentemente de nossos competidores.


Além disso, nos anos de 2014, 2017 e 2019, buscamos, em negociação com SNA, alternativas para alterar o modelo de remuneração para horas e/ou diminuir o custo de folha, com modelos de reposição do poder de compra por verbas que refletissem menor custo à empresa e baixo ou nenhum impacto financeiro ao nosso tripulante. Entretanto, não tivemos êxito, não sendo apresentada qualquer alternativa, proposta ou mesmo encaminhamento de diálogo pelo nosso grupo e SNA, a fim de que convergíssemos e encontrássemos outras alternativas.
Permaneceremos buscando outros meios de tornar nossa operação Brasil sustentável e competitiva frente aos demais competidores, gerando empregos e carreira aos nossos tripulantes.

*Aos que nos deixam nesse momento, desejamos que possam retomar suas carreiras o mais breve possível.* Aos que ficam, nos comprometemos em seguirmos firmes na gestão, buscando manter nossa empresa sustentável, e, continuamente, nossos tripulantes voando e com suas carreiras em seguimento.

Atenciosamente.


Cmte. Harley Meneses
Diretor de Operações da LATAM Brasil

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade