Jump to content

Para sair da crise, Latam prevê redução da operação em 30% e demissão de cerca de 700 pilotos no Brasil


Recommended Posts

12 hours ago, A345_Leadership said:

Sempre elucidativo nas respostas.

O jurídico e o financeiro da LATAM devem estar trocando figurinhas para ver qual o custo desta proposta.

E muita conta para ser feita, mas eu ousaria a dizer que o custo não valeria a pena (afastando-se a hipótese de simulação) para ser feito de forma imediata e genérica.

Se realmente forem fazer, provavelmente será feito de forma específica e gradual, substituindo aos poucos os voos e os maiores salários, em tese ela tem bastante tempo para isso, de forma a diluir os custos no tempo.

4 hours ago, CabinCrew said:

A JT fecha os olhos pra esse tipo de coisa? De que servem esses pulhas então? 

Não diria que ela fecha os olhos, pois em tese, a Latam, ou qualquer empresa, tem o direito de demitir (desde que siga as regras da Convenção Coletiva) pagando as verbas rescisórias e posteriormente admitir em outra empresa do mesmo grupo econômico, em outro contrato de trabalho e de fato não faria sentido admitir a equiparação salarial com empregado de outra empresa do mesmo grupo econômico.

O que provavelmente seria decidido neste caso, pela JT, seria a existência de simulação.

Se por exemplo a LATAM, "convidar" os tripulantes a se demitirem, garantindo o emprego na ABSA (evitando verbas rescisórias)

Ou no caso da ABSA não fizer um processo seletivo aberto a pessoas de fora também.

Se a "ABSA" só existir no papel, utilizando-se de todo estrutura LATAM, sendo que a única mudança fática será no holerite dos tripulantes e assim por diante.

Neste caso existiria uma tendência da JT em dar a continuidade do vínculo, apesar da rescisão, apenas considerando quitadas as verbas recebidas no momento do pedido de demissão 

13 minutes ago, Braconi said:


Demissão seguida por readmissão em empresa do mesmo grupo econômico é um jogo delicado e juridicamente perigoso, sobretudo se envolver contratos em massa. 
Os tempos modernos assustam por si só, e se houve alguma proposta nesse sentido, é pq uma banca de advogados deve ter emitido parecer favorável repleto de recomendações.

É preciso conhecer as minúcias da tese proposta apresentada. 

Com certeza e delicado e perigoso juridicamente, certamente envolveria o MPT e o sindicato em ações coletivas e acho que não temos nenhum caso após a reforma trabalhista para servir de paradigma.

Não acredito também que haveria uma "proposta" minuciosa por parte da LATAM revelando sua estratégia, que se for adotada provavelmente será discutida individualmente e não de forma coletiva (salários acima do teto e de nível superior).

Mas como disse, em tese seria possível e sinceramente acho que o passivo trabalhista seria a último empecilho, seria bem mais complicado para a LATAM manter slots e direitos em aeroportos concorridos, o que seria seu grande calcanhar de Aquiles, voando por outra empresa por muito tempo, ainda

 

 

  • Like 4
Link to post
Share on other sites

  • Replies 1.1k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Acho engraçado ver que realmente tem gente que valida essa tese de que gente antiga de fórum não pode ser criticada por meros mortais.  O fórum tá aí, ainda ativo depois de muito tempo pra quem q

Na sua idade, na sua condição e vindo de uma pessoa com altíssimo nível técnico e intelectual que és, fazer esse tipinho de torcida suja e antiética é digno de se ter vergonha para se expor - ainda qu

Recebi essa mensagem: "Senhores, acabei de voltar de São Carlos e conversando com o pessoal de lá, me disseram que não será mais devolvido nenhum avião da nacional, e da inter, até agora estão suspensas as devoluções, e que todo pessoal de lá, da manutenção, já estão trabalhando normalmente sem folgas, e outra, a partir de março, a ordem é procurar aviões pra trazer para a empresa" (trazer aviões para a empresa?)

"O cmte do meu último voo me mostrou uma foto com uns 4 aviões do narrow em São Carlos, que voltaram para a cia e um deles chegou essa semana com pintura de outra empresa e será pintado..."

Foram canceladas as LNRC e as férias 

Link to post
Share on other sites
3 hours ago, MRN said:

Recebi essa mensagem: "Senhores, acabei de voltar de São Carlos e conversando com o pessoal de lá, me disseram que não será mais devolvido nenhum avião da nacional, e da inter, até agora estão suspensas as devoluções, e que todo pessoal de lá, da manutenção, já estão trabalhando normalmente sem folgas, e outra, a partir de março, a ordem é procurar aviões pra trazer para a empresa" (trazer aviões para a empresa?)

"O cmte do meu último voo me mostrou uma foto com uns 4 aviões do narrow em São Carlos, que voltaram para a cia e um deles chegou essa semana com pintura de outra empresa e será pintado..."

Foram canceladas as LNRC e as férias 

Daqui 6 meses começam a recontratar os demitidos, treinando tudo de novo. :yeah:

Link to post
Share on other sites
7 hours ago, MRN said:

Recebi essa mensagem: "Senhores, acabei de voltar de São Carlos e conversando com o pessoal de lá, me disseram que não será mais devolvido nenhum avião da nacional, e da inter, até agora estão suspensas as devoluções, e que todo pessoal de lá, da manutenção, já estão trabalhando normalmente sem folgas, e outra, a partir de março, a ordem é procurar aviões pra trazer para a empresa" (trazer aviões para a empresa?)

"O cmte do meu último voo me mostrou uma foto com uns 4 aviões do narrow em São Carlos, que voltaram para a cia e um deles chegou essa semana com pintura de outra empresa e será pintado..."

Foram canceladas as LNRC e as férias 

Procurar aviões? Mas se ainda há muitos em solo que sequer foram devolvidos ainda!

Essa informação veio de onde, digo, de quem tu recebestes essa informação, uma vez que o texto está direcionado a tua pessoa, é de algum funcionário de São Carlos, Gru, etc?

 

Link to post
Share on other sites
1 hour ago, MRN said:

Recebi de um grupo

Entendi, o texto parecida direcionado a ti, então é o texto de outra pessoa sem origem ou fonte, não estou dizendo que não é verdade, mas perde credibilidade pois é a AFA da AFA repassada.

Enfim, aguardar notícias melhores em breve 

Link to post
Share on other sites
11 hours ago, MRN said:

Recebi essa mensagem: "Senhores, acabei de voltar de São Carlos e conversando com o pessoal de lá, me disseram que não será mais devolvido nenhum avião da nacional, e da inter, até agora estão suspensas as devoluções, e que todo pessoal de lá, da manutenção, já estão trabalhando normalmente sem folgas, e outra, a partir de março, a ordem é procurar aviões pra trazer para a empresa" (trazer aviões para a empresa?)

"O cmte do meu último voo me mostrou uma foto com uns 4 aviões do narrow em São Carlos, que voltaram para a cia e um deles chegou essa semana com pintura de outra empresa e será pintado..."

Foram canceladas as LNRC e as férias 

Uma parte até faz sentido outra parte não faz. O doméstico está retomando a demanda com consistência, porém duvido que o suficiente para trazer narrows a mais do que a frota já tem hoje. Quem redigiu tal mensagem me parece imbuído de estar noticiando que a empresa vai precisar de gente num curto período de tempo em prol da negativa da redução permanente de salários. Eu respeito isso, porém vale ressaltar que boa parte da frota widebody está parada e que a afa é que todos os A350 serão devolvidos e que o futuro do widebody na Latam Brasil será 767/787/777. Com a frota wide parada e já com muitos tripulantes voltando para a frota narrow, a necessidade de tripulação no futuro próximo continuará sendo pequena no meu ponto de vista. 

 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
21 hours ago, CabinCrew said:

Uma parte até faz sentido outra parte não faz. O doméstico está retomando a demanda com consistência, porém duvido que o suficiente para trazer narrows a mais do que a frota já tem hoje. Quem redigiu tal mensagem me parece imbuído de estar noticiando que a empresa vai precisar de gente num curto período de tempo em prol da negativa da redução permanente de salários. Eu respeito isso, porém vale ressaltar que boa parte da frota widebody está parada e que a afa é que todos os A350 serão devolvidos e que o futuro do widebody na Latam Brasil será 767/787/777. Com a frota wide parada e já com muitos tripulantes voltando para a frota narrow, a necessidade de tripulação no futuro próximo continuará sendo pequena no meu ponto de vista. 

 

Prezados,

uma dúvida e curiosidade: se a LA devolver todos os 350, a tripulação, notadamente os pilotos, possuem formação (com reciclagem, claro) para atuarem na frota wide da Boeing, ou o treinamento é específico para Airbus e o mais provável é o aproveitamento na frota narrow ou desligamento?

Link to post
Share on other sites
1 hour ago, J.Res said:

Prezados,

uma dúvida e curiosidade: se a LA devolver todos os 350, a tripulação, notadamente os pilotos, possuem formação (com reciclagem, claro) para atuarem na frota wide da Boeing, ou o treinamento é específico para Airbus e o mais provável é o aproveitamento na frota narrow ou desligamento?

A transição só é mais rápida entre aeronaves da família Airbus. Do 320 pro 330, 350...Do 350 para qualquer Boeing tem que fazer 100% do treinamento para a nova aeronave. Pilotos por gentileza me corrijam se eu estiver errado, mas acredito que seja por aí. 

Link to post
Share on other sites
1 hour ago, J.Res said:

Prezados,

uma dúvida e curiosidade: se a LA devolver todos os 350, a tripulação, notadamente os pilotos, possuem formação (com reciclagem, claro) para atuarem na frota wide da Boeing, ou o treinamento é específico para Airbus e o mais provável é o aproveitamento na frota narrow ou desligamento?

A Anac não permite voar frotas distintas, nem mesmo A350 e A320 simultaneamente, quem dirá alguma aeronave da Boeing.

 Não sei como readequarão a tripulação quando decidirem devolver todos A350, certamente será complexo

Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Luckert said:

A Anac não permite voar frotas distintas, nem mesmo A350 e A320 simultaneamente, quem dirá alguma aeronave da Boeing.

 Não sei como readequarão a tripulação quando decidirem devolver todos A350, certamente será complexo

Não creio que será complexo porque creio  99,9% dos técnicos do wide voavam A320. Não acho que tenha ninguém que tenha feito Fokker100 - A330 - 777 - A350.

Mesmo um eventual downgrade do 77W pro 20 fazendo todo o treinamento em aeronave de outra filosofia não é nada que todos os pilotos da JJ já não tenham passado e sobrevivido.

 

Link to post
Share on other sites

Não é nada complicado o downgrade dependendo do tempo que se deixou de operar o equipamento anterior. Descer do A350 ou 777 para o A320, se não tem mais de 36 meses que saiu do 320, exige-se apenas duas sessões de simulador e 25 horas de instrução em rota. Para uma empresa do porte da Latam, isso não é nada... se ficou mais de 36 meses, é mais complexo e exige mais sessões. A maioria dos pilotos da empresa estão dentro dos 36 meses. Do 320 para o 350 é bem reduzido tb, com apenas 4 sessões de simulador, além do ground do equipamento. Do Airbus para o Boeing é mais complicado e exige-se um curso inicial. 

Link to post
Share on other sites
9 hours ago, J.Res said:

Prezados,

uma dúvida e curiosidade: se a LA devolver todos os 350, a tripulação, notadamente os pilotos, possuem formação (com reciclagem, claro) para atuarem na frota wide da Boeing, ou o treinamento é específico para Airbus e o mais provável é o aproveitamento na frota narrow ou desligamento?

Pela convenção coletiva da categoria, os tripulantes não podem ser desligados assim. Devem seguir a lista de pilotos, desligado os mais novos (A320), realocando os do 350,767 ou 777 (que são mais antigos) em outros equipamentos.... Apesar da empresa dizer que pode fazer desligamentos  por equipamento, o Sindicato diz ser ilegal. De qq forma, a empresa tem mostrado sinais de realocação dos tripulantes. 

Link to post
Share on other sites

Impressão como simples passageiro: os A320/19 da Latam que estão voando são todos/maioria com mais de 15 anos?

Vejo com muita frequência no FR24 vários e vários com 17, 19 anos.

Menos que 10 anos só uns A321.

 

Devolveram os mais novos?!

 

 

 

Edited by Delmo
Link to post
Share on other sites
On 26/10/2020 at 08:29, Delmo said:

Impressão como simples passageiro: os A320/19 da Latam que estão voando são todos/maioria com mais de 15 anos?

Vejo com muita frequência no FR24 vários e vários com 17, 19 anos.

Menos que 10 anos só uns A321.

 

Devolveram os mais novos?!

 

 

 

Os ultimos recebidos com Sharklets tem voado com frequencia também, os PR-TYx por exemplo. Os ex-O6 estão todos parados.

Link to post
Share on other sites
2 hours ago, thgsr08 said:

Os ultimos recebidos com Sharklets tem voado com frequencia também, os PR-TYx por exemplo. Os ex-O6 estão todos parados.

Os A320neo também estão todos parados. Dos TY, os que não chegaram a parar foi TYA e TYD, TYF voltou a voar esses dias.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
18 hours ago, Eric Breno said:

Os A320neo também estão todos parados. Dos TY, os que não chegaram a parar foi TYA e TYD, TYF voltou a voar esses dias.

 

Eles estão parados em razão do custo do leasing, coisas do tipo?

Pois, teoricamente, no meu ponto de visto de leigo, os NEOs são mais eficientes e consomem menos combustível, o que seria ideal para companhia neste momento.

Obg por trazer a informação.

 

 

Link to post
Share on other sites
32 minutes ago, José Geraldo said:

Eles estão parados em razão do custo do leasing, coisas do tipo?

Pois, teoricamente, no meu ponto de visto de leigo, os NEOs são mais eficientes e consomem menos combustível, o que seria ideal para companhia neste momento.

Obg por trazer a informação.

Eu também pensei a mesma coisa, no meu ver era pra eles serem os que mais voados de Abril pra cá, junto dos CEO Sharklets, mas tem algo nessa história que não sabemos.

Link to post
Share on other sites
37 minutes ago, José Geraldo said:

 

Eles estão parados em razão do custo do leasing, coisas do tipo?

Pois, teoricamente, no meu ponto de visto de leigo, os NEOs são mais eficientes e consomem menos combustível, o que seria ideal para companhia neste momento.

Obg por trazer a informação.

 

 

Sim, por causa do custo de leasing. A economia de combustível pode não compensar se houver uma grande diferença nos custos de leasing em relação aos CEOs.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
  • 5 weeks later...

Essa empresa tem no seu DNA a contravenção. Trás lá do táxi aéreo, e a combinação com os chilenos foi explosiva. Propostas inconstitucional e imoral por parte de todos os envolvidos. 

  • Like 3
  • Thanks 3
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade