Jump to content

Internacional para cargas: aeroporto de Cuiabá tem sido estratégico para combater pandemia


jambock

Recommended Posts

Meus prezados

Internacional para cargas: aeroporto de Cuiabá tem sido estratégico para combater pandemia

Além de produtos para uso hospitalar, terminal aeroportuário que fica na Região Metropolitana recebe medicamentos e insumos agrícolas e para as indústrias.

spacer.png

Em maio, Aeroporto Internacional Marechal Rondon recebeu 26 toneladas de produtos vindos da China para combater coronavírus (Foto: Mayke Toscano/Secom-MT)

 Muita gente se questiona porquê o Aeroporto Marechal Rondon é internacional, se não possui voos para fora do país. Mas a questão é que desde 2006, o terminal aeroportuário de Cuiabá, que fica em Várzea Grande (região metropolitana), já operacionaliza transporte de cargas internacionais.

Em média, por ano, Mato Grosso recebe 40 toneladas de produtos e equipamentos que chegam pelo aeroporto Marechal Rondon, trazidos por aeronaves que vem de outros países.

Neste momento de pandemia, os principais produtos recebidos, conforme informa a Centro-Oeste Airports (COA), são os utilizados para combater o coronavírus, vindos principalmente da China e dos Estados Unidos.

Ao final de maio, o Estado recebeu 120 respiradores e 215 monitores comprados pelo Governo na China. Foram 26 toneladas de equipamentos, entre 40 mil macacões, 5 mil protetores faciais, 500 mil máscaras cirúrgicas, entre outros EPIs.

O Marechal Rondon também é destino de outros tipos de produtos, como medicamentos, insumos agrícolas e insumos para as indústrias.

Internacionalização de passageiros

Por enquanto, os voos internacionais que passam pelo terminal aeroportuário são apenas para cargas. Mas a COA esclarece que o processo de internacionalização do aeroporto para voos comerciais continua em andamento.

Em razão da crise provocada pela pandemia de coronavírus, o assunto está em segundo plano, mas a empresa que administra o aeroporto garante que assim que a situação estiver sob controle, as negociações com as empresas aéreas devem ser reiniciadas e, em um futuro breve, será possível sair de Cuiabá para destinos internacionais.

Fonte: Vinicius Bruno para coluna Livre do site Metrópoles  

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade