Jump to content

[Atualizações] Nella Linhas Aéreas


Recommended Posts

9 hours ago, Bonotto said:

Infelizmente com ou sem o "Camedo" a Vasp já estava condenada.

Bonotto, eu acho que não. Apesar de deficitária, a VP tinha uma frota própria, mesmo considerando que parte dos B737-200 tinha 20 anos, mas com ótima estrutura para geração de receitas adicionais, como manutenção. Faltava alguém que lapidasse ela. As torneiras fecharam para a VP depois do megacalote de 1992.

Link to post
Share on other sites

  • Replies 389
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Meus caros;  2021 "se tiver" uma novidade concreta, será ITA, e olhe lá....pior momento pra lançar uma empresa até 2023, mercado hight retraído, economia em "V" na cabeça perturbada do Guedes e do Mic

Imagens da coletiva de imprensa de lançamento da companhia: 

Uma pena o Teaching for Free apelando para o estilo João Kleber de programação... 

14 minutes ago, A345_Leadership said:

Bonotto, eu acho que não. Apesar de deficitária, a VP tinha uma frota própria, mesmo considerando que parte dos B737-200 tinha 20 anos, mas com ótima estrutura para geração de receitas adicionais, como manutenção. Faltava alguém que lapidasse ela. As torneiras fecharam para a VP depois do megacalote de 1992.

O problema maior era o ranço estatal, tive alguns conhecidos que trabalharam lá e me falavam do alto custo e da lentidão para decisões adm. simples.
Quebrar isto era muito difícil, e para piorar foi parar na mão de um empresário que não tinha escrúpulos.

Link to post
Share on other sites

Apesar do baita OFF TOPIC, tem quem jure, já ouvi algumas pessoas de que a VASP não era Canhedo mas sim Quercia e PC, se formos pensar, o megacalote acontece justo no ano da queda do governo que o PC tinha força.

A empresa era inchada, lenta e quando quis se ajeitar (2001) já era tarde demais.

Link to post
Share on other sites
19 minutes ago, Bonotto said:

O problema maior era o ranço estatal, tive alguns conhecidos que trabalharam lá e me falavam do alto custo e da lentidão para decisões adm. simples.
Quebrar isto era muito difícil, e para piorar foi parar na mão de um empresário que não tinha escrúpulos.

Ah sim, mas digo que ela só precisava ser privada, mas com gestor sério.

13 minutes ago, PT-KTR said:

Apesar do baita OFF TOPIC, tem quem jure, já ouvi algumas pessoas de que a VASP não era Canhedo mas sim Quercia e PC, se formos pensar, o megacalote acontece justo no ano da queda do governo que o PC tinha força.

A empresa era inchada, lenta e quando quis se ajeitar (2001) já era tarde demais.

A ascenção do Canhedo na VP foi com ajuda do governo na época, basta ver que a dívida com o BB foi renegociada e era um dos entraves para outros que tinham interesse na companhia, como o Rolim.

Link to post
Share on other sites

Havia um "mega plano"para a VASP depois da privatização, um esquemão junto com o governo mas tudo deu errado. No livro : " Petrobrás, uma história de orgulho e vergonha" , tem um capítulo que conta alguns detalhes de parte desse esquema com a VASP. 

Link to post
Share on other sites

Só um adendo sobre a Albatros by Nella

O Airbus A320 EC-NOZ que iria para eles, em parceria com a Aura Airlines, agora está operando wet-lease para a Surinam Airways. Detalhe é que o avião pertence a Aura Airlines (espanhola), que subarrenda a SKY Atlantic (porto-riquenha/estadunidense) que arrenda com tripulação para a Surinam através da SKY Atlantic Vacations (estadunidense). E no final, é tudo do mesmo dono, o JMB Aviation Group (venezuelano-estadunidense), dono também da Transcarga e da VOR Airlines (dona dos Maddog da Albatros). 

Em contrapartida, outro A320, o matrícula EC-NMY, está operando semanalmente CCS-PUJ-CCS para a Aura utilizando o AOC da Albatros. Que enrolação! 

ecnoz.jpg

Edited by ErickCF
Link to post
Share on other sites
3 hours ago, FBW_Captain said:

Alguém tem mais infos dessa tal de JMB? Seria esse tal de barba o laranja para operar a lavadora do grupo JMB?

https://jmbaviationgroup.com/

 

tem as empresas listadas.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...
22 hours ago, PT-KTR said:

Demitiu todos e devolveu o prédio?

Um Dov próximo foi oficialmente demitido tem alguns dias.

A pandemia foi dura com ele. Demitido da Azul, foi para a Itapemirim, na estruturação da empresa. Lá sentiu que a coisa não iria muito para frente (como de fato não foi), e recebeu um convite para a Nella. Conforme esperado, trocou seis por meia dúzia. Agora está oficialmente fora, embora já de um tempinho estava com vencimentos irregulares.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
23 hours ago, PT-KTR said:

Demitiu todos e devolveu o prédio?

Isso é fake! A assessoria da Nella Regional Linhas Aéreas repudia este tipo de notícia e informa que o CEO Maurício Souza não deu quaisquer entrevista ou depoimento com esta informação.
O processo continua da mesma forma que o CEO havia dito anteriormente. Informamos também que, de fato e de direito, a Nella já está voando, com suas operações totalmente ativas. A empresa aérea Amaszonas, que pertence ao grupo, está em fase de alteração dentro do DGAC (órgão responsável pela aeronáutica civil boliviano), já aprovada a segunda fase de troca de nome onde a Amaszonas deixará de existir e passará a se chamar Nella Bolívia e a empresa Albatroz da mesma forma. O mesmo processo está em andamento para a troca de nome de outra empresa aérea peruana do grupo, que por hora não será divulgada e será Nella Perú.
 

 

by LinkedIn 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade