Jump to content

Azul amarra acordo com credores e pode se unir à Latam para sair da crise


Recommended Posts

On 24/07/2020 at 12:56, F-GSPN said:

Já está acontecendo. Muitos trechos a preços impensáveis (em dinheiro ou pontos) em se tratando da Azul. Tenho pesquisado para novembro e mesmo dezembro, e tem sido assim. 

Comprei hoje GRU-REC por R$ 257,00 e REC-GRU por R$ 239,00, para agosto. Quem diria...

Link to post
Share on other sites

42 minutes ago, Junior Negreiros said:

Tem FOR-GRU-SDU por R$232 ida/volta, nada mal!! Acho que a hora pra quem quer viajar é agora, devem tá cobrando só o custo.

Nem o custo eu acho.

  • Like 3
Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...

Meus prezados

Azul renegocia dívida e poupa R$ 3 bilhões em capital de giro

spacer.png

DivulHangar da Azul em Belo Horizonte

A Azul Linhas Aéreas entrou em um novo acordo com seus arrendadores de aeronaves e ajustou um novo perfil de pagamento que, segundo comunicado da companhia, resulta em uma economia de capital de giro de R$ 3,2 bilhões do início da crise até o final de 2021. Os acordos representam mais de 98% do passivo de arrendamento da Azul, e segundo a aérea as negociações com os demais arrendadores continuam evoluindo.
Conforme esses acordos, o cronograma de pagamento será baseado em uma estimativa de retomada da demanda. Estimativa conservadora, segundo a Azul. Como resultado, a companhia estima pagar R$ 566 milhões em aluguel de aeronaves entre abril e dezembro de 2020, uma redução de 77% comparado com os contratos originais. Os aluguéis mensais menores serão compensadas por valores ligeiramente superiores a partir de 2023, ou pela extensão de certos contratos a taxas de mercado.
"Adicionalmente, como resultado das negociações bem-sucedidas com nossos parceiros, o passivo de arrendamento da empresa deverá diminuir R$ 3,4 bilhões entre o final de março e dezembro, totalizando R$ 12,5 bilhões no final do ano, um reflexo do valor presente dos contratos renegociados de acordo com o IFRS 16", afirma o CFO da Azul, Alex Malfitani, reforçando a importância e a representatividade das despesas com leasing de aviões.
"Arrendadores de aeronaves representam em torno de 80% de nossa dívida total, e portanto estes acordos são um passo importante para garantir que sairemos desta crise mais fortes e comprometidos com essas parcerias de longo prazo. Estamos orgulhos do apoio que temos recebido de nossos parceiros que, além de arrendadores, incluem tambem nossos tripulantes, bancos e fornecedores”, concluiu o diretor financeiro.

Fonte: Rodrigo Vieira para PANROTAS 12 ago 2020

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade