Jump to content

LATAM Brasil adere ao Chapter 11


Recommended Posts

Não precisa de aula/simulador, NEsses, a portaria vai permitir recontratar de imediato! Não vai dá nem tempo de vencer nada! "Na prática, com a suspensão da portaria, as empresas poderão demitir os trabalhadores e imediatamente recontratá-los com um salário menor e estabelecendo novas condições contratuais"

Sendo assim, nem precisa parar operação... Vai ser só papelada... Governo desgraçado

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

  • Replies 152
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

O e-mail foi uma p*ica do tamanho de um cometa (sem trocadilhos com o nome do comandante que assina).  Em suma, diz no e-mail que tentaram aprovar os ACTs (que não seriam aprovados nem se o grupo

Seja “enrabado” todos os dias e depois de um tempo existem dois cenários possíveis: Opção 1: vc gama e de brinde vem uma Síndrome de Estocolmo. Opção 2: vc cai na realidade e cria desprezo e

Hoje os donos pensam que funcionário é custo, não investimento. Joguem limpo, sejam transparentes, abram a real e peçam ideias e colaboração, podem surgir coisas muito boas e outras eles podem compree

Eu só não entendo uma coisa... por que junto com o corte dos salários não oferecem uma participação acionária aos funcionários ?

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
1 hour ago, LipeGIG said:

Eu só não entendo uma coisa... por que junto com o corte dos salários não oferecem uma participação acionária aos funcionários ?

Hahahahaha, é Latam Lipe, não é Southwest não. 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
3 hours ago, MRN said:

Até a TAP participou em 5% os funcionários...

A TP vendeu 5% pra funcionários, não deu.

Link to post
Share on other sites

Ah tá, realmente, na época eu paguei pouco mais de 1000 euros por 100 ações. O Lipe se referiu a "dar" uma parte da empresa em troca da redução dos salários... Acho que de graça não vai ter nada

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

É uma ideia simples. A empresa poderia oferecer o mesmo valor em ações referente ao corte proposto, mas com a possibilidade de vender depois de 2 ano elas com lucro.

Bem gerenciado pode anular as perdas diante de uma redução salarial.

Link to post
Share on other sites

Vocês estão pedindo demais de gestores que veem os tripulantes (e outros funcionários) como mal necessário. 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
16 hours ago, LipeGIG said:

Eu só não entendo uma coisa... por que junto com o corte dos salários não oferecem uma participação acionária aos funcionários ?

Igualmente  não entendo porque está prática não e disseminada no Brasil.

Mas especificamente com relação a Latam Brasil, suas ações não tem liquidez nenhuma já que não são listadas em bolsa, então não faria.muito sentido 

 

Link to post
Share on other sites
On 11/07/2020 at 17:58, PT-WRT said:

Igualmente  não entendo porque está prática não e disseminada no Brasil.

Mas especificamente com relação a Latam Brasil, suas ações não tem liquidez nenhuma já que não são listadas em bolsa, então não faria.muito sentido 

Pois é, e olha que já tivemos casos no passado (FRB, Fundação Transbrasil e Cruzeiro também).

Link to post
Share on other sites

A LATAM parece que informou aos colaboradores a volta do serviço de bordo,

Sei que para a empresa é importante mas enquanto diz que não vai mais pagar diária para segurar Caixa, me volta o serviço de bordo? é complicado.

Link to post
Share on other sites
27 minutes ago, Ashabty said:

A LATAM parece que informou aos colaboradores a volta do serviço de bordo,

Sei que para a empresa é importante mas enquanto diz que não vai mais pagar diária para segurar Caixa, me volta o serviço de bordo? é complicado.

As diárias aos tripulantes não foram pagas semana passada devido a entrada do Chapter 11, o que congelou as contas da empresa por alguns dias. Tal fato foi explicado pela chefia através de vídeo na semana passa  e não tem nada a ver com “segurar caixa” e já está programado para pagamento amanhã... 

Edited by NEsses
Complemento de informação
Link to post
Share on other sites
On 7/11/2020 at 11:26 AM, MRN said:

Ah tá, realmente, na época eu paguei pouco mais de 1000 euros por 100 ações. O Lipe se referiu a "dar" uma parte da empresa em troca da redução dos salários... Acho que de graça não vai ter nada

Exatamente. É o que eu citei na discussão da falência da Avianca.

Vai reduzir um valor % no salário e isso vai produzir uma economia de R$ 400 milhões anuais, por exemplo. Traz a valor presente o que seria ao longo de 5 anos, e oferece como aumento de capital um percentual a uma sociedade chamada Caixa dos Funcionários - cada um recebe um valor em ações - e no fim essa caixa vai ter digamos 10% da Nova Latam 
Faz o mesmo com fornecedores que desejarem converter valores a receber em capital. 
O mesmo com Bancos... e no final proponham ao governo entrar em RJ mas com a remodelagem de capital pronta (inclusive com o percentual que o BNDESPar passaria a deter - e o BNDESPar pagaria ao INSS a vista)

 

No fim:

Cueto    15% 
Caixa dos Funcionários   10% 
Fornecedores  5% 
Bancos    7%
BNDESPar  15%

Você tira talvez R$ 2, 3, 4 bi de divida da frente, transorma tudo isso em capital. Só com isso reduz o juro a pagar em uns R$ 300 milhões anuais. Daí com redução de mais uns muitos milhões em salários, em despesas renegociadas... a Latam pode virar uma máquina de fazer lucros. 

Em 2 anos, volta ao mercado via Bolsa pra vender quem quiser sair... BNDESPar, funcionários....    quem sabe em um múltiplo que pague a todos um lucro , e a empresa segue com uma estrutura melhor. 

  • Like 2
  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites

Infelizmente, quem está em Brasilia não sabe escrever leis. A maior parte do congresso é de gente que nasceu e cresceu na política. Pouca gente tem experiência de fato no mundo, pouca gente teve experiência internacional pra trazer coisa boa, e a maioria só vai pra lá pensando em se dar bem.

E quem está na frente da máquina de votos, em geral, não sabe o que digitar nela - daí manda pra Brasilia gente que não sabe propor leis..... e ficamos nesse ciclo. 

 

  • Like 3
Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, LipeGIG said:

O mesmo com Bancos... e no final proponham ao governo entrar em RJ mas com a remodelagem de capital pronta (inclusive com o percentual que o BNDESPar passaria a deter - e o BNDESPar pagaria ao INSS a vista)

No fim:

Cueto    15% 
Caixa dos Funcionários   10% 
Fornecedores  5% 
Bancos    7%
BNDESPar  15%

Eu lembro de ter visto um estudo do BNDES em 1999 (!) dizendo que as companhias aéreas brasileiras tinham o capital mais concentrado do mundo, estenderia para as latinas também.

Falamos de TAM dos Amaros, LAN dos Cuetos, Avianca dos Efromovich e por aí vai. Agora não podemos cravar isto em uma Lufthansa, American, Southwest, United, Air Canada, ANA, JAL, entre outras. O maior investidor da AA não tinha nem 8% das ações, da ANA era algo como 5%. Claro que há exceções como Swire Group, Virgin Group, Hanjin e as estatais. 

Mas a diluição de acionistas faz com que eles cobrem mais dos resultados dos executivos, evitam conflitos de interesse (Efromovich) ou usar a empresa para interesse particulares. E isso no Chile, que tem um mercado de capitais avançado em relação aos pares da região.

 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...
2 hours ago, MRN said:

Sei que a situação é crítica, mas nesse ponto do texto eu entendi o que motiva o autor: "Eu me desfiz das minhas milhas há 2 anos atrás quando decidi nunca mais voar num avião da Latam…".

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
5 minutes ago, Airbus-FA said:

Sei que a situação é crítica, mas nesse ponto do texto eu entendi o que motiva o autor: "Eu me desfiz das minhas milhas há 2 anos atrás quando decidi nunca mais voar num avião da Latam…".

Pensei exatamente a mesma coisa. Texto escrito por alguém ressentido, perde a credibilidade. 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Exatamente. Ele passou por uma situação bem particular. Faltou parcialidade...

Link to post
Share on other sites

Após a definição com relação às demissões (ou acordo),  seria possível a Latam Chile abrir uma seleção para estrangeiros com carteira válida ? Principalmente para Wide,  resolvendo assim as reclamações com relação a regulamentação brasileira. 

Link to post
Share on other sites

Proposta rejeitada nas 3 categorias, todas com cerca de 89% de votos contra. 

Link to post
Share on other sites

Tripulantes da Latam reprovam propostas da empresa para novos ACTs

Em votação realizada on-line entre os dias 23 e 27 de julho, os tripulantes associados da Latam Airlines Brasil rejeitaram as propostas de novos Acordos Coletivos de Trabalho apresentadas pela empresa.

- Comissários: 88,6% de votos a contra e 11,4% de votos a favor;
- Copilotos: 88,9% de votos contra e 11,1% de votos a favor;
- Comandantes: 89,3% de votos contra e 10,7% de votos a favor.

O SNA comunicou imediatamente o resultado da votação à Latam, e uma reunião com a empresa foi agendada para essa terça-feira (28) para dar prosseguimento às negociações para possíveis novas propostas de acordo.

Também nesta terça, às 20h, o SNA fará uma live em seu canal no Youtube para esclarecimentos sobre a continuidade das negociações.

Inscreva-se em nosso canal do Youtube para acompanhar as lives de esclarecimentos a qualquer momento: https://www.youtube.com/sindicatonacionaldosaeronautas.

Lembramos que as propostas rejeitadas tinham previsão de redução de jornadas e salários e garantia de empregos por 18 meses, porém havia dispositivos no texto que condicionavam a validade futura dos ACTs à aprovação de acordos específicos sobre a mudança permanente na forma de remuneração.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
5 hours ago, ssj said:

Após a definição com relação às demissões (ou acordo),  seria possível a Latam Chile abrir uma seleção para estrangeiros com carteira válida ? Principalmente para Wide,  resolvendo assim as reclamações com relação a regulamentação brasileira. 

Não entendi. Pq a Latam Chile contrataria brasileiros se lá tb estão sobrando pilotos? Não há nada de errado com a regulamentação brasileira, a empresa pode fazer qualquer voo desde que faça um acordo com os aeronautas estabelecendo regras específicas para esses voos.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
5 hours ago, ssj said:

Após a definição com relação às demissões (ou acordo),  seria possível a Latam Chile abrir uma seleção para estrangeiros com carteira válida ? Principalmente para Wide,  resolvendo assim as reclamações com relação a regulamentação brasileira. 

Para a filial brasileira, não.

Link to post
Share on other sites
  • A345_Leadership changed the title to LATAM Brasil adere ao Chapter 11

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade