Jump to content

LATAM Brasil adere ao Chapter 11


Recommended Posts

  • Replies 152
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

O e-mail foi uma p*ica do tamanho de um cometa (sem trocadilhos com o nome do comandante que assina).  Em suma, diz no e-mail que tentaram aprovar os ACTs (que não seriam aprovados nem se o grupo

Seja “enrabado” todos os dias e depois de um tempo existem dois cenários possíveis: Opção 1: vc gama e de brinde vem uma Síndrome de Estocolmo. Opção 2: vc cai na realidade e cria desprezo e

Hoje os donos pensam que funcionário é custo, não investimento. Joguem limpo, sejam transparentes, abram a real e peçam ideias e colaboração, podem surgir coisas muito boas e outras eles podem compree

https://www.aeroflap.com.br/latam-modifica-proposta-de-financiamento-integrando-principais-interessados-no-dip/

Os termos da proposta mantém, em essência, a estrutura original de financiamento DIP. As principais mudanças são:

A tranche A, no valor de até US$ 1.3 bilhão, continuará a ser liderada pela Oaktree Capital Management, L.P. que contribuirá com US$ 1.125 bilhão, enquanto a Knighthead Capital participará com US$ 175 milhões.

A tranche C, no valor de até US$ 1.150 bilhão, será composta por US$ 750 milhões fornecidos pela Qatar Airways e pelos Grupos Cueto e Eblen, US$ 250 milhões pela Knighthead Capital e, além disso, há a inclusão da participação de acionistas minoritários da LATAM por até US$ 150 milhões. Caso esse valor não seja atingido, o diferencial será fornecido pelos credores da Tranche C.

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
16 hours ago, A350XWB said:

Vamos precisar montar um compilado dessas  devoluções a conta gotas.

Boeing 767: CC-CML;

Airbus A319: PR-MYC, PR-MBV, CC-CPJ, CC-CPL, CC-CPO e CC-CQL;

Airbus A320ceo: PR-MHA, PR-MAP, PR-MYB, PR-MBX, PR-MBY, PR-TYH, PR-TYG, LV-CQS, LV-BRA, CC-BJF, CC-BJE, CC-BFQ, CC-BFP, CC-BFO, CC-BJD;

Airbus A320neo: CC-BHF

São ao todo mais de 54 aeronaves já foram devolvidas ou que serão em breve, incluindo as 31 que já foram embora do Brasil anteriormente.

https://www.aeroin.net/latam-devolver-mais-23-avioes-inclusive-brasileiros/

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
17 minutes ago, MRN said:

https://www.aeroflap.com.br/latam-modifica-proposta-de-financiamento-integrando-principais-interessados-no-dip/

Os termos da proposta mantém, em essência, a estrutura original de financiamento DIP. As principais mudanças são:

A tranche A, no valor de até US$ 1.3 bilhão, continuará a ser liderada pela Oaktree Capital Management, L.P. que contribuirá com US$ 1.125 bilhão, enquanto a Knighthead Capital participará com US$ 175 milhões.

A tranche C, no valor de até US$ 1.150 bilhão, será composta por US$ 750 milhões fornecidos pela Qatar Airways e pelos Grupos Cueto e Eblen, US$ 250 milhões pela Knighthead Capital e, além disso, há a inclusão da participação de acionistas minoritários da LATAM por até US$ 150 milhões. Caso esse valor não seja atingido, o diferencial será fornecido pelos credores da Tranche C.

Pra quem quiser exercitar o espanhol.
https://www.df.cl/noticias/empresas/industria/latam-airlines-revela-nueva-formula-para-conseguir-financiamiento-por/2020-09-16/122328.html

Tomara que o juiz aprecie logo.

Link to post
Share on other sites

Cade aprova aquisição pela Delta de participação na Latam Airlines

Superintendência considerou que competitividade para outras companhias será mantida

Por Juliano Basile, Valor — Brasília

18/09/2020 11h17  Atualizado há 13 minutos

 

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a aquisição pela Delta de participação acionária na Latam Airlines, o que abrange mercados de transporte aéreo de passageiros e de cargas com destaque para procedimentos envolvendo o Brasil, o México e os Estados Unidos. 

Em maio, a Delta Air Lines e o grupo Latam Airlines informaram a assinatura de um acordo de joint venture para combinar as malhas aéreas das companhias entre as Américas do Norte e do Sul. Era mais um passo no acordo fechado entre as duas companhias em 2019. Além de combinar voos, a Delta adquiriu uma participação de 20% na Latam, por US$ 1,9 bilhão.

O negócio envolve formalmente o conselho de administração da Aeromexico e trata de transportes envolvendo os EUA e o Canadá de um lado e Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai de outro. Segundo as empresas requerentes, outros países da América do Sul serão incluídos na Aliança Estratégica somente depois de implementação de acordos entre os EUA e essas nações. Diante disso, a aquisição pela Delta de participação na Latam era o primeiro passo da parceria pretendida pelas partes envolvendo aliança estratégica delas nessa área.

Ao analisar o caso, a Superintendência verificou qual será o seu impacto sobre a rivalidade com outras empresas que atuam neste setor aéreo. O órgão antitruste constatou que, ainda que a entrada de novas empresas em determinado mercado relevante não seja capaz de afastar eventuais preocupações concorrenciais, a efetividade da competição entre a empresa resultante da operação e as demais companhias instaladas nesta área, que são suas rivais, pode tornar pouco provável o exercício de poder de mercado adquirido. Logo, a competitividade para outras companhias deverá ser mantida mesmo com aval a essa operação. 

“Há muita incerteza em relação ao futuro do setor aéreo com o impacto da pandemia do covid-19, fator que dificulta a previsão de entrada de futuras empresas nesse mercado”, alertou a Superintendência. 

Por fim, foi identificado que no mercado aéreo de cargas, assim como no de transporte de passageiros, também há fatores que podem mitigar o exercício de poder de mercado por parte das requerentes. Assim, a Superintendência aprovou a operação mesmo diante de participação efetiva no setor envolvendo o México em transportes aéreos para o Brasil.

“Quanto à existência de rivalidade, ainda que Latam e Aeromexico detenham participação expressiva nesta rota entre Brasil e o México, as características da rota e do mercado, associadas à incerteza provocada pelos efeitos da pandemia, levam à conclusão de que não é possível afirmar que a presente operação eleva a probabilidade de exercício de poder de mercado por parte das requerentes”, argumentou a Superintendência. “Conclui-se pela improbabilidade de exercício de poder de mercado também para as rotas entre Brasil e México”, ressaltou o órgão

 

Fonte: VALOR

PRA MIM CADE APROVOU JNB, não a aquisição da parte da Latam Airlines Group ,ano passado.

Notas de outros jornais falam só da JNB

Link to post
Share on other sites
22 minutes ago, Roadster said:

Correção DIP aprovado 

Inclusive, se não me engano, apesar da objeção anterior, todo o restante da reestruturação fora DIP, tinha sido aprovada, né?

Meu juridiquês é péssimo.

Link to post
Share on other sites
19 minutes ago, CabinCrew said:

Qual a fonte? Não vi nada oficial ainda. 

Recebi no zap uma reportagem do valor econômico, mas não abriu porque não sou assinante

Link to post
Share on other sites
22 minutes ago, CabinCrew said:

Qual a fonte? Não vi nada oficial ainda. 

No portal de RI da firma: 


http://www.latamairlinesgroup.net/news-releases/news-release-details/latams-modified-dip-financing-proposal-receives-approval-court

E na grande mídia:

https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/09/18/tribunal-dos-eua-aprova-plano-financeiro-da-latam-para-enfrentar-crise-pela-pandemia.ghtml
 

O chefe que #voawide também postou no Linkedin.

Edited by A350XWB
Link to post
Share on other sites
Just now, A350XWB said:

Foi muito rápido, a AVC deu entrada antes e sequer tem um empréstimo aprovado , a LA surpreendeu com a agilidade, quando sairão do chapter 11 agora,tem prazo?

Link to post
Share on other sites
2 minutes ago, Luckert said:

Foi muito rápido, a AVC deu entrada antes e sequer tem um empréstimo aprovado , a LA surpreendeu com a agilidade, quando sairão do chapter 11 agora,tem prazo?

Eu sou bem perdido em recuperações judiciais gringas, mas pelo que li na matéria, agora seguem as próximas etapas, mas pelo que eu entendi era bem fundamental que o juiz aprovasse a forma da empresa se financiar enquanto o resto do plano de recuperação é encaminhado. 

“Roberto Alvo, diretor executivo da Latam, afirmou que a aprovação do financiamento é um passo muito significativo para a sustentabilidade do grupo e anunciou que a partir de agora começa uma nova etapa, que consiste em apresentar o plano de reorganização dentro do processo do capítulo 11. 

Assim que a Latam tiver o plano de recuperação pronto, este precisará ser aprovado pelo tribunal de falências, informou uma fonte da companhia aérea à AFP.”

 

Link to post
Share on other sites
3 minutes ago, A350XWB said:

Eu sou bem perdido em recuperações judiciais gringas, mas pelo que li na matéria, agora seguem as próximas etapas, mas pelo que eu entendi era bem fundamental que o juiz aprovasse a forma da empresa se financiar enquanto o resto do plano de recuperação é encaminhado. 

“Roberto Alvo, diretor executivo da Latam, afirmou que a aprovação do financiamento é um passo muito significativo para a sustentabilidade do grupo e anunciou que a partir de agora começa uma nova etapa, que consiste em apresentar o plano de reorganização dentro do processo do capítulo 11. 

Assim que a Latam tiver o plano de recuperação pronto, este precisará ser aprovado pelo tribunal de falências, informou uma fonte da companhia aérea à AFP.”

 

Será que tudo estará pronto até o final de ano? Será que em janeiro darão prosseguimento ao processo de fusão com a Azul Group?

Link to post
Share on other sites
18 minutes ago, Luckert said:

Será que tudo estará pronto até o final de ano? Será que em janeiro darão prosseguimento ao processo de fusão com a Azul Group?

Mas onde, fora da AFA, decretaram que vai ter fusão? 

Link to post
Share on other sites
39 minutes ago, Luckert said:

Será que tudo estará pronto até o final de ano? Será que em janeiro darão prosseguimento ao processo de fusão com a Azul Group?

Oi?

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
36 minutes ago, CabinCrew said:

Bem, agora que tem dinheiro não precisa ficar se financiando em cima de salário de tripulante certo? :awesome:

Agora que vão botar mais pressão pq tem que mostrar o plano ao juiz.... agora, vai ser engraçado o juiz saber que a empresa quer pagar para seus pilotos brasileiros  o que a atendente do Starbucks, ao lado da Corte, ganha pra servir um copo de café pra ele. 

Edited by Roadster
Link to post
Share on other sites
2 hours ago, Luckert said:

Será que tudo estará pronto até o final de ano? Será que em janeiro darão prosseguimento ao processo de fusão com a Azul Group?

Sonho meu, sonho meu.... 

  • Confused 1
Link to post
Share on other sites
25 minutes ago, Roadster said:

Agora que vão botar mais pressão pq tem que mostrar o plano ao juiz.... agora, vai ser engraçado o juiz saber que a empresa quer pagar para seus pilotos brasileiros  o que a atendente do Starbucks, ao lado da Corte, ganha pra servir um copo de café pra ele. 

E por acaso Juiz de Chapter 11 liga o fato de os tripulantes serem bem remunerados ou não? 

Link to post
Share on other sites
3 hours ago, Luckert said:

Será que tudo estará pronto até o final de ano? Será que em janeiro darão prosseguimento ao processo de fusão com a Azul Group?

Pode acordar desse seu pesadelo aí...

  • Haha 1
Link to post
Share on other sites
16 minutes ago, CabinCrew said:

E por acaso Juiz de Chapter 11 liga o fato de os tripulantes serem bem remunerados ou não? 

A empresa alega que tem que mostrar um plano de reestruturação ao juiz e isso inclui a salários... ou seja, reduzir salários pra se mostrar competitiva... bom, esse é um dos discursos deles pra tentar justificar redução salarial 

Edited by Roadster
Link to post
Share on other sites
3 hours ago, A350XWB said:

Mas onde, fora da AFA, decretaram que vai ter fusão? 

Tirando o que os jornais publicaram e o que os próprios presidentes de ambas empresas falaram, não há nada oficial, mesmo porque uma empresa no Chapter 11 não pode fazer nenhuma negociação durante o processo 

Link to post
Share on other sites
3 hours ago, thgsr08 said:

Oi?

Nada é impossível, por anos o Rolin tentou comprar a LAN que,por fim, comprou/fusionou a TAM 

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade