Jump to content
Sign in to follow this  
harry

[EN] Concordata da Gol parece iminente

Recommended Posts

As dúvidas somente serão definitivamente sanadas ao final do 3T, quando publicadas as respectivas informações.

O que temos visto é um sem número de informações de caráter meramente especulativo, sem levar em consideração alguns fatos importantes, tais como tratar-se de uma empresa listada e, como tal, auditada, sujeita a regras estritas de transparência e divulgação, com uma governança de alto nível, com um bom número de conselheiros independentes e membros de comitês, igualmente, independentes.

Falta, acima de tudo, uma análise fria das informações disponíveis, em especial o informe do 2T e a tão divulgada operação de antecipação de recursos do Smiles, recentemente. Não tenho a menor ideia do quanto sangrou o caixa da empresa após o encerramento do 2T em razão da pandemia. Também não me cabe fazer qualquer juízo de valor a respeito da operação com parte relacionada que está sob discussão. Porém, com a simples observação desses números, não tenho dúvida de que os recursos já estavam lá.

Grande parte das opiniões aqui proferidas, e até mesmo o título deste tópico (retirado de uma duvidosa análise cuja independência é altamente questionável) não passam de meras especulações que ecoam movimentos cujo propósito desconheço. Mas o que afirmo sempre, desde que comecei a investir no mercado de renda variável, é que não há, neste mundo, sequer um analista em quem eu deposite minha integral confiança.

  • Like 1
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

4 hours ago, Cidade said:

As dúvidas somente serão definitivamente sanadas ao final do 3T, quando publicadas as respectivas informações.

O que pode levar os papéis da empresa a ficarem "patinando" até que as dúvidas sejam sanadas ao final do 3T, ao invés de engrenar em uma tendência de alta desde já, como seria normal para uma empresa que tem uma posição forte de caixa e vários anos sem vencimentos relevantes no horizonte. Porém o cenário anterior era exatamente o oposto, e um incremento de quase 5 bilhões na liquidez de caixa de qualquer empresa deveria ser explicado por meio de nota ou comunicado, por ser um fato relevante, caso contrário dará margem para questionamentos e investigações incentivadas por concorrentes,.

Pode não ser obrigatório, mas não fazer isso deixa uma dúvida no ar que é incômoda para os investidores, principalmente os fundos e tesourarias, que são aqueles os quais as ações de compra e venda realmente empurram o valor para cima ou para baixo.

Por fim, creio que uma das primeiras finalidades de um fórum é para que hajam debates acerca dos acontecimentos relevantes sobre o tema em questão, se não for permitido debate, passa a ser apenas um portal de notícias, e não um fórum. Por sinal, à julgar pelo que tenho visto recentemente no CR, se fosse uma certa empresa concorrente que estivesse estrelando essa polêmica, o discurso seria outro, diretamente oposto. 

  • Thanks 2
  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas eu não entendo exatamente o problema aqui. A empresa tinha uma dívida, conseguiu pagá-la. É um empresa de capital aberto, auditada e de administração seria, certamente que o dinheiro veio de algum lugar lícito e tudo será esclarecido com a divulgação dos resultados. 
 

Sobre a publicização dos dados, o que tem que ser divulgado certamente a CVM e demais reguladores pelo mundo vão  cobrar que seja público, se não divulgou é porque não era obrigatório. Ter capital aberto não significa que toda negociação comercial  tem que ser feita como uma assembleia de condomínio  e ter papéis não nos garante acesso a tudo. 

Não entendo a celeuma sobre uma dívida que tinha tudo pra dar trabalho mas foi paga no prazo. Graças a Deus!

  • Like 15
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
28 minutes ago, Luckert said:

GOL não QUITOU a tão falada DÍVIDA, alguém sabe se a nota abaixo procede?????

Não consegui colar o texto na íntegra 

 

Vinda de outra fonte confiável, é a mesma notícia que reproduzi no post abaixo, e que causou essa enorme comoção sobre eu estar questionando demais uma empresa que está acima de todo e qualquer tipo de questionamento por ser listada na bolsa.

On 02/09/2020 at 14:17, diasfly said:

Delta ajudou Gol a refinanciar dívida de US$300 mi, mostra memorando

CHICAGO (Reuters) - A Delta Air Lines (NYSE:DAL) ajudou a Gol (SA:GOLL4) a refinanciar uma dívida de 300 milhões de dólares garantida pela companhia dos EUA que venceria na segunda-feira, mostrou memorando interno da Delta

A Delta confirmou que o memorando foi enviado aos funcionários nesta quarta-feira, mas se recusou a fornecer detalhes adicionais.

(Por Tracy Rucinski)

https://br.investing.com/news/stock-market-news/delta-ajudou-gol-a-refinanciar-divida-de-us300-mi-mostra-memorando-780203

Por maior que seja a ponta solta dessa história, melhor não debater sobre esse assunto, pra evitar ferir os sentimentos de alguns.

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 hours ago, Luckert said:

Página/FanPage com censura seletiva esse AeroFlap.

Bloqueado no Facebook, comentário excluído e e-mails que não são respondidos... 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 hours ago, diasfly said:

Vinda de outra fonte confiável, é a mesma notícia que reproduzi no post abaixo, e que causou essa enorme comoção sobre eu estar questionando demais uma empresa que está acima de todo e qualquer tipo de questionamento por ser listada na bolsa.

Por maior que seja a ponta solta dessa história, melhor não debater sobre esse assunto, pra evitar ferir os sentimentos de alguns.

Então eles só copiaram a informação desse site, de concreto não se sabe de nada.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 hours ago, diasfly said:

Vinda de outra fonte confiável, é a mesma notícia que reproduzi no post abaixo, e que causou essa enorme comoção sobre eu estar questionando demais uma empresa que está acima de todo e qualquer tipo de questionamento por ser listada na bolsa.

Por maior que seja a ponta solta dessa história, melhor não debater sobre esse assunto, pra evitar ferir os sentimentos de alguns.

Pelo amor de Deus cara, aceita que as pessoas podem contrapor e discordar das suas opiniões sem ser mimimi, comoção ou melindre! É um fórum. Pra monólogo posta no seu Facebook e tranca comentários. 

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Luckert said:

Então eles só copiaram a informação desse site, de concreto não se sabe de nada.

Apesar de ser claramente a mesma fonte (Reuters), não parece um ctrl-c ctrl-v olhando as duas notícias. A do investing inclusive é uma mera nota de rodapé. Porém ao que parece a própria fonte não conseguiu maiores informações à respeito do assunto, daí realmente rende essa atmosfera de incerteza.

 

 

On 03/09/2020 at 18:42, A350XWB said:

Não entendo a celeuma sobre uma dívida que tinha tudo pra dar trabalho mas foi paga no prazo.

 

36 minutes ago, A350XWB said:

Pelo amor de Deus cara, aceita que as pessoas podem contrapor e discordar das suas opiniões sem ser mimimi, comoção ou melindre! É um fórum. Pra monólogo posta no seu Facebook e tranca comentários. 

Um discurso curioso para quem chama um debate sobre um tema que não o agrade de "celeuma". Mas vida que segue. 

4 hours ago, diasfly said:

Por maior que seja a ponta solta dessa história, melhor não debater sobre esse assunto, pra evitar ferir os sentimentos de alguns.

Meu caro, conforme eu mesmo informei no último post, eu já estou, por opção minha, evitando debater o assunto. Já que que uma simples notícia reproduzida é classificada como "celeuma", tomei essa decisão.

Diante disso, não precisa "mandar" eu parar de postar aqui nem "mandar" eu ir postar a notícia em outra rede social como se eu fosse seu subordinado. Se quer respeito da parte de alguém, o primeiro passo é respeitar, e se você, por qualquer que seja o motivo, já entra na conversa sendo agressivo como se isso aqui fosse uma arena de gladiadores ao invés de fórum, deveria no mínimo esperar uma resposta à altura ao invés de se fazer de vítima dessa forma e render a sua "batalha épica de internet" com mais uma agressão tentando ser o dono da palavra final.

Sem mais. Espero que tenha me feito ser entendido.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutes ago, diasfly said:

Apesar de ser claramente a mesma fonte (Reuters), não parece um ctrl-c ctrl-v olhando as duas notícias. A do investing inclusive é uma mera nota de rodapé. Porém ao que parece a própria fonte não conseguiu maiores informações à respeito do assunto, daí realmente rende essa atmosfera de incerteza.

 

 

 

Um discurso curioso para quem chama um debate sobre um tema que não o agrade de "celeuma". Mas vida que segue. 

Meu caro, conforme eu mesmo informei no último post, eu já estou, por opção minha, evitando debater o assunto. Já que que uma simples notícia reproduzida é classificada como "celeuma", tomei essa decisão.

Diante disso, não precisa "mandar" eu parar de postar aqui nem "mandar" eu ir postar a notícia em outra rede social como se eu fosse seu subordinado. Se quer respeito da parte de alguém, o primeiro passo é respeitar, e se você, por qualquer que seja o motivo, já entra na conversa sendo agressivo como se isso aqui fosse uma arena de gladiadores ao invés de fórum, deveria no mínimo esperar uma resposta à altura ao invés de se fazer de vítima dessa forma e render a sua "batalha épica de internet" com mais uma agressão tentando ser o dono da palavra final.

Sem mais. Espero que tenha me feito ser entendido.

Eu não tenho nada contra o assunto e todo assunto deve ser debatido. Achei que sua opinião sobre a publicidade da transação da gol com a delta era exagerada e não cabia, você pode retrucar a minha visão da forma que quiser, o que é chato é isso de querer se vitimizar e achar que tão te atacando pessoalmente só porque discordaram da sua posição. 
 

Quanto a batalha épica de internet e querer ter a palavra final, nunca foi o caso talvez tenha passado a impressão errada ou você  deve estar me medindo pela sua régua. É ótimo discutir ideias, contrapor ideias, refutar ideias, acrescentar ideias e construir conhecimento, mas é difícil quando uma simples discordância da sua visão você acusa de comoção e sentimentos feridos. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

My Nickelback:

As notícias tem nítido caráter especulativo, com claro intuito de criar uma crise de reputação na empresa, faz parte do mundo dos "negócios", em que se ganha e perde muito dinheiro com este tipo de especulação.

A empresa pode ter inúmeros motivos para não detalhar as suas operações, o mais óbvio e que neste momento ela tem que lidar com uma crise real, de consequências catastróficas, que vão derrubar as suas ações a níveis mínimos, as negociações neste período vão se limitar a especulação e apostas de alto risco, a empresa pode fazer muita pouca coisa para evitar isso e não vai se importar com este investidor especulativo.

Neste momento a empresa não pode se capitalizar na bolsa, suas ações em patamares tão baixos chegam até a ser um atrativo para quem deseja injetar dinheiro no caixa em troca de conversíveis.

De resto, no atual contexto, em que todas as aéreas do mundo estão num momento pre-falimentar, o pagamento de um empréstimo de 300 USD, ganha outro significado, ainda que houvesse a moratória a empresa não iria entrar em concordata(que nem existe mais no Brasil), isso e óbvio, como e igualmente previsível que a dívida não foi paga, mas sim rolada (aparentemente com a "ajuda" da Delta que era a "fiadora").

A Azul por exemplo nem pestanejou em falar que não pagaria os lessors e dividas de curto prazo, quem não quisesse renegociar teria que se aventurar a tentar receber em plena pandemia, sem ter o que fazer com os bens retomados e nem por isso passou minimamente perto de uma recuperação judicial ou falência formal.

A comunicação com os investidores neste momento não e boa? Concordo. Mas num cenário de tantas incertezas e bem difícil dizer o que seria de fato uma boa comunicação, só o tempo vai dizer.

Abraços

 

 

 

 

Edited by PT-WRT
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu penso que houve uma ação coordenada entre Delta, Gol e outras "stakeholders" que só eles mesmos sabem o que aconteceu.

O mundo da aviação é uma caixinha de surpresa e bizarra. Há infinitas histórias sobre isso na aviação.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ahh os especialistas, adoro eles.

Já condenaram a Gol ao caixão algumas dezenas de vezes em seus quase 20 anos de existência.

Cabe uma reação bovina:

"HUMMMMM.."

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

No momento a maior reação bovina é sua troca de camisa!

Sai: Mr.Jabuticaba Cadier

Entra: Kakinoon (pq de Off não tem nada)

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 03/09/2020 at 17:47, diasfly said:

O que pode levar os papéis da empresa a ficarem "patinando" até que as dúvidas sejam sanadas ao final do 3T, ao invés de engrenar em uma tendência de alta desde já, como seria normal para uma empresa que tem uma posição forte de caixa e vários anos sem vencimentos relevantes no horizonte.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

Pistas paralelas, mesmo vento de proa pra ambas. Na semana passada as duas iniciaram a corrida simultânea e hoje enfim decolaram para esse voo. Se o voo vai ser longo ou curto, não se sabe. Mas fato é que uma delas se esqueceu de tirar o pino do trem de pouso e vai fazer esse voo inteiro com isso atrapalhando.

O moral da história cabe a cada um de nós interpretar à sua maneira.

  • Haha 1
  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, diasfly said:

Nenhuma descrição de foto disponível.

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

Pistas paralelas, mesmo vento de proa pra ambas. Na semana passada as duas iniciaram a corrida simultânea e hoje enfim decolaram para esse voo. Se o voo vai ser longo ou curto, não se sabe. Mas fato é que uma delas se esqueceu de tirar o pino do trem de pouso e vai fazer esse voo inteiro com isso atrapalhando.

O moral da história cabe a cada um de nós interpretar à sua maneira.

A moral que eu tiro é: não se analisa e nem se compara empresa em variação de 1 dia.

O mercado sempre, SEMPRE preferiu a Azul pelo modelo de negócio mais alinhado e pela estrutura de dívida da mesma, tanto que antes da pandemia era uma empresa muito mais bem vista que a Gol.

Pós pandemia, Gol registra +264% de alta desde a mínima contra +154% da Azul.

Pós anúncio da amortização do Term Loan B, Gol registra 11% de alta contra 18% da Azul... mas claro, é mais conveniente manipular os números para sustentar a própria tese do que olhar o big picture.

Se a preocupação se desenhasse realmente relevante, o mercado precificaria isso de imediato, não 1 semana depois, em um dia aleatório. O que estamos vendo é apenas a expectativa do investidor voltando ao patamar pré pandemia, onde Azul sempre foi vista como empresa superior a Gol para investir.

(PS: Fonte dos números é a Bloomberg, infelizmente meus limitados conhecimentos de postagem em fórum não possibilitam que eu poste as imagens aqui)

Edited by gabrielcarvalho
Pleonasmo
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, gabrielcarvalho said:

A moral que eu tiro é: não se analisa e nem se compara empresa em variação de 1 dia.

Isso é fato, não existe análise de 1 dia, é um erro da minha parte comparar dessa forma.

Porém se comparar os gráficos diários é possível notar um descolamento de tendências justamente na faixa de dias onde ocorreram os últimos acontecimentos relevantes, entre 10 a 15 dias atrás. 

Nenhuma descrição de foto disponível.

Os dois gráficos mostram uma evolução quase idêntica desde o início da recuperação. Mas isso parece ter mudado agora, pelo menos pra mim, sei que posso estar errado, mas na minha opinião essa mudança tem a ver com a incerteza financeira.

Nota-se que a Azul, após 26/08 fez um pivô de alta e disparou, rompendo a resistência da consolidação e indo buscar o pico de junho. A Gol no mesmo período fez um movimento ensaiando uma disparada de mesmo nível percentual, mas o resultado prático saiu como se ela tivesse arrancando com o freio de mão puxado. Não chegou nem mesmo a superar a resistência da consolidação. É isso que eu chamo de "patinar".

1 hour ago, gabrielcarvalho said:

O mercado sempre, SEMPRE preferiu a Azul pelo modelo de negócio mais alinhado e pela estrutura de dívida da mesma, tanto que antes da pandemia era uma empresa muito mais bem vista que a Gol.

Apesar de ser claro que a Azul era mais valorizada antes da crise, eu não acho que essa máxima de que o mercado sempre preferiu a Azul e por isso ela sempre vai subir mais seja válida. Se do nada a Azul, por algum motivo, passar a apresentar incertezas financeiras e a Gol demonstrar por A+B que não tem nada de errado no seu impressionante salto de caixa, a tendência à curto e médio prazo vai se inverter, com a Gol passando a ser a preferida. Simplesmente por ser a mais previsível.

1 hour ago, gabrielcarvalho said:

Se a preocupação se desenhasse realmente relevante, o mercado precificaria isso de imediato, não 1 semana depois, em um dia aleatório. O que estamos vendo é apenas a expectativa do investidor voltando ao patamar pré pandemia, onde Azul sempre foi vista como empresa superior a Gol para investir.

Essas mudanças de tendências nunca ocorrem da noite para o dia depois de uma notícia, os grandes players do mercado costumam levar alguns dias para fazer e desfazer suas posições (exceto em crises, quando os stops entram em cena), inclusive é por isso que acontece muito de os ativos apresentarem reações completamente contra-intuitivas depois de eventos relevantes.

Essas reações rápidas só aconteceriam se quem mandasse no mercado fossem os acionistas individuais, eu por exemplo, no início do mês passado tinha o mesmo capital investido igualmente entre Gol e Azul, no dia 28/08 vendi tudo da Gol e só voltei na quinta feira passada, mesmo assim com apenas cerca de 25% do capital anterior. Como tenho certeza que não fui o único que fez isso, se não fossem os grandes fundos e tesourarias que mandassem na direção do mercado, os papéis da Gol teriam entrado em colapso e despencado vertiginosamente no dia 28. Porém quando vc olha o resultado de 28/08 o que se vê é uma alta moderada.  

1 hour ago, gabrielcarvalho said:

(PS: Fonte dos números é a Bloomberg, infelizmente meus limitados conhecimentos de postagem em fórum não possibilitam que eu poste as imagens aqui)

Normalmente funciona copiar e colar a imagem aqui, com o botão direito.

Edited by diasfly

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agradeço pela aula sobre análise técnica, mas para evitar que isso descambe para uma discussão de finanças muito específica num tópico sobre a laranja, encerrarei por aqui, lembrando que apesar de ditar uma parte importante do mercado e muitas pessoas seguirem como se fosse a verdade absoluta, nem tudo é explicado por análise técnica no mercado, o mercado brasileiro ainda mais, onde o "Bizu" predomina sobre qualquer análise racional.

16 minutes ago, diasfly said:

Apesar de ser claro que a Azul era mais valorizada antes da crise, eu não acho que essa máxima de que o mercado sempre preferiu a Azul e por isso ela sempre vai subir mais seja válida. Se do nada a Azul, por algum motivo, passar a apresentar incertezas financeiras e a Gol demonstrar por A+B que não tem nada de errado no seu impressionante salto de caixa, a tendência à curto e médio prazo vai se inverter, com a Gol passando a ser a preferida. Simplesmente por ser a mais previsível


Uma empresa que apresenta resultados melhores, menor endividamento, uma estratégia de negócio mais consolidada, além do monopólio de diversas rotas, mas o mercado não prefere a Azul num cenário de retomada da economia?
A imprevisibilidade da Gol não advém exclusivamente de não revelaram, temporariamente, como pagaram a dívida, pode haver sigilo na transação entre as partes, existem termos nesse tipo de transação, a imagem e o valor enxergado da Gol na Bolsa vem já de anos, basta comparar a volatilidade da empresa vs Azul pré pandemia (55 na Gol contra 40 na Azul)
 

20 minutes ago, diasfly said:

Essas mudanças de tendências nunca ocorrem da noite para o dia depois de uma notícia, os grandes players do mercado costumam levar alguns dias para fazer e desfazer suas posições (exceto em crises, quando os stops entram em cena), inclusive é por isso que acontece muito de os ativos apresentarem reações completamente contra-intuitivas depois de eventos relevantes.

Essas reações rápidas só aconteceriam se quem mandasse no mercado fossem os acionistas individuais, eu por exemplo, no início do mês passado tinha o mesmo capital investido igualmente entre Gol e Azul, no dia 28/08 vendi tudo da Gol e só voltei na quinta feira passada, mesmo assim com apenas cerca de 25% do capital anterior. Como tenho certeza que não fui o único que fez isso, se não fossem os grandes fundos e tesourarias que mandassem na direção do mercado, os papéis da Gol teriam entrado em colapso e despencado vertiginosamente no dia 28. Porém quando vc olha o resultado de 28/08 o que se vê é uma alta moderada.  

Me permita discordar, 2020 é a maior prova de como reações rápidas ocorrem e os maiores fundos são os principais responsáveis por isso. Acionistas individuais não fazem cócegas no preço das ações. Ainda posso citar casos particulares de cada empresa, mas não quero prolongar a discussão.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
26 minutes ago, gabrielcarvalho said:

Uma empresa que apresenta resultados melhores, menor endividamento, uma estratégia de negócio mais consolidada, além do monopólio de diversas rotas, mas o mercado não prefere a Azul num cenário de retomada da economia?
A imprevisibilidade da Gol não advém exclusivamente de não revelaram, temporariamente, como pagaram a dívida, pode haver sigilo na transação entre as partes, existem termos nesse tipo de transação, a imagem e o valor enxergado da Gol na Bolsa vem já de anos, basta comparar a volatilidade da empresa vs Azul pré pandemia (55 na Gol contra 40 na Azul)

Tem razão. De fato não é de ontem que existe essa diferença e nem tem como ela ocorrer por um único motivo.

29 minutes ago, gabrielcarvalho said:

Me permita discordar, 2020 é a maior prova de como reações rápidas ocorrem e os maiores fundos são os principais responsáveis por isso. Acionistas individuais não fazem cócegas no preço das ações. Ainda posso citar casos particulares de cada empresa, mas não quero prolongar a discussão.

2020 o que ocorreu foi justamente uma crise das mais agudas na história, que citei como exceção. Nem se compara à uma notícia relevante de uma única empresa...

Agradeço muito pela disponibilidade em apresentar seus argumentos com cordialidade e sem tentativas de ridicularizar a opinião contrária, tem sido raro por aqui. E nem de longe eu dou aula de análise técnica, não chego aos pés de um analista profissional (e na verdade nem compreendo boa parte do que alguns deles falam), eu compartilho o que sei de experiência própria, e por vezes acabo sendo excessivamente detalhista no pouco que sei.

Gostaria apenas de observar que acredito que essa discussão não prejudica em nada o tópico, além de saudável, serve para agregar novos conhecimentos à todos que participam e leem, e para mim tem tudo a ver com o motivo de algum portal estrangeiro publicar a tal "Concordata iminente da Gol", que dá título ao tópico.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 01/09/2020 at 17:31, A350XWB said:

Não sei por que, talvez numa inocência sonhadora, mas no fundo sabia que a administração da da Gol , pelo que tem mostrado,  não iria dar moratória e deixar esse rojão estourar, foi com emoção, mas foi.

Mas acho bem estranho mesmo não ter havido fato relevante sobre a origem da grana, vamos viver nesse mistério até o próximo balanço. 

As vezes foi até dinheiro do 'I'm sorry' da boeing pelo max que ninguém sabe de quanto se trata rs

Meus prezados

GOL usará BNDES americano para financiar os Boeings 737 MAX

Por  Carlos Martins

Um executivo da GOL afirmou que a empresa irá utilizar um banco estatal americano para financiar as entregas do Boeing 737 MAX. A declaração foi dada por Richard Lark, Presidente Financeiro da GOL, para o Airfinance Journal.

Segundo Lark, se a empresa voltar a receber os jatos 737 MAX direto da Boeing, isto é, sem intermediadores como lessores, irá utilizar como financeira o US Export-Import Bank (ou simplesmente Ex-Im Bank). Este banco estatal americano atua como uma agência independente e financia venda de produtos americanos, similar ao que o BNDES faz para impulsionar as empresas nacionais, com algumas linhas de crédito específicas.

“Se recebermos as aeronaves que restam, iremos contar primeiramente com o US Export-Import como garantidor do financiamento, utilizando também os restantes 15% do nosso caixa”, afirmou o executivo.

Lark destaca que, após fecharam um acordo com a Boeing envolvendo a paralisação do 737 MAX e toda crise gerada pelo Covid-19, a empresa não tem obrigação de receber novos aviões até 2022.

“Nós reduzimos nossos pedidos firmes de 139 para 95 aeronaves, e temos a flexibilidade de reduzir ainda mais. Nós eliminamos a obrigatoriedade de receber aviões nos próximos dois anos e recebemos R$500 milhões de reembolso compensatório”, conclui Richard.

Lembrando que, em março, a GOL chegou a um acordo de compensação pela paralisação dos Boeing 737 MAX e de reestruturação da carteira de pedidos, pelo qual recebeu R$ 500 milhões em dinheiro em abril e retém um valor presente total de R$1,9 bilhão a receber nos próximos anos. A companhia não tem pagamentos planejados de novas aeronaves nos próximos 24 meses.

A GOL quer fechar o ano com 124 aeronaves, 13 a menos que 2019. Este ano, a companhia chegou a receber três jatos 737 NG oriundos da falida indiana Jet Airways, como medida para compensar a paralisação do 737 MAX, mas devolveu 16 jatos devido à crise do coronavírus.

Fonte: AEROIN 9 set 2020

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gol está no caminho certo para emergir da crise, diz Ágora

Avião da Gol GOLL4 A Gol terminou o mês passado com aproximadamente R$ 2,1 bilhões em liquidez total (Imagem: Facebook/ Gol)

Os dados preliminares de agosto da Gol(GOLL4), divulgados na manhã desta quinta-feira (10), mostraram que a companhia aérea possui uma posição de caixa confortável para dar continuidade à reconstrução de sua rede. De acordo com Victor Mizusaki e Flávia Meireles, analistas da Ágora Investimentos, a empresa está no caminho certo para emergir da crise causada pela pandemia de covid-19.

A Gol terminou o mês passado com aproximadamente R$ 2,1 bilhões em liquidez total. A empresa cumpriu suas obrigações com o “Term Loan B”, sua principal dívida de curto prazo. Com a amortização, o prazo médio da dívida de longo prazo, excluindo arrendamento de aeronaves e notas perpétuas, é de quase 4 anos.

Malha aérea

A Gol aumentou a média de voos diários após verificar um crescimento de 20% na demanda por transporte aéreo em agosto. O BTG Pactual (BPAC11), em relatório enviado aos clientes, disse que o aumento é positivo para o setor, embora a ampliação já fosse esperada pelo mercado, considerando a reabertura da economia brasileira.

Segundo a Gol, as operações devem alcançar em setembro 40% do realizado no mesmo período de 2019. A companhia projetou um aumento de capacidade de 300% no terceiro trimestre deste ano e de 120% no quarto trimestre.

A Ágora manteve a recomendação de compra para a ação da aérea, com preço-alvo de R$ 24 ao fim do ano.

“A empresa está consistentemente adicionando capacidade de expansão, mês a mês, com taxa de ocupação de cerca de 79%”, comentaram Mizusaki e Meireles.

Pelas estimativas da Ágora, a receita por unidade de capacidade teve queda anual de 14% entre julho e agosto de 2020.
 

https://www.moneytimes.com.br/gol-esta-no-caminho-certo-para-emergir-da-crise-diz-agora/

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Luckert said:

De fato, isso é muito relevante? Pode prejudicar significativamente a empresa?

Pra mim tem mais potencial para ajudar do que para prejudicar. É mais provável a Gol dar uma reforçada no departamento de RI pra mitigar esses problemas do que surgir alguma multa absurdamente alta de uma ação coletiva como essa.

O que essa ação coletiva pode mesmo é espantar potenciais investidores futuros da empresa na hora que estes estiverem garimpando informações à respeito dela, mas nada extremo.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade